Esposas, ponham as barbas de molho…..

, 26 de Outubro 2007 – 11h27 Um em cada três que procuram o Disk-Aids é casado Um em cada três brasileiros que procuram o Disk-DST/Aids é casado. É o que aponta o mais recente balanço da secretaria estadual da Saúde com base em 4,4 mil ligações feitas ao serviço telefônico do programa paulista de prevenção de combate à doença.Do total de chamadas recebidas no período de setembro de 2006 a agosto deste ano, 58,3% foram de pessoas do sexo masculino. O levantamento revelou ainda que os solteiros são a maioria dos que ligam para tirar dúvidas, representando 53,6% do total. As pessoas com parceiros sexuais fixos realizaram 41,6% das ligações. Outros 24,7% possuem parceria eventual e 16,6% afirmaram ter parceiros fixos e casuais.Segundo o balanço, a faixa etária principal dos que ligam para o Disque-DST/Aids é de 20 a 29 anos, representando 43,5% dos atendimentos, seguida pela faixa de 30 a 39 anos, com 26,6%. Somente 3,7% das chamadas foram feitas por pessoas acima de 50 anos. Do total de ligações, 2.146 foram de moradores da capital e Grande São Paulo, 1.523 do interior e litoral, e 805 dos demais Estados brasileiros.As dúvidas sobre Aids e DSTs recebidas pelo serviço da Secretaria nesse período se referiram a 65 temas diferentes. Das 4,4 mil chamadas, 15,3% foram em relação aos locais disponíveis para a realização do teste anti-HIV. Outros 9,1% eram relacionados a formas de transmissão de doenças, 8,4% sobre HPV (papilomavírus humano), 8,3% sobre janela imunológica e 7,9% sobre sexo oral.“É importante que todas as pessoas com vida sexual ativa procurem tirar suas dúvidas, sem qualquer vergonha ou receio, para não correr riscos. O Disque-Aids preserva a identidade dos usuários e conta com profissionais capacitados para esclarecer a população”, afirma a diretora do Programa Estadual de DST/Aids, Maria Clara Gianna.O Disque-DST/Aids funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h, pelo 0800-162-550. A ligação é gratuita.

Um pouco mais para sua leitura

Oi! Sua opinião sempre importa. tem algo a dizer? É aqui! Alguma dúvida? Podemos começar por aqui!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

A Automattic, o Wordpress e Soropositivo.Org, e eu, fazemos tudo a nosso alcance no que tange à sua privacidade. E estamos sempre aprimorando, melhorando, testando e implementando novas tecnologias de proteção de dados. Seus dados estão protegidos e, eu, Cláudio Souza, trabalho neste blog 18 horas or dia para, dentre tantas outras coisas, garantir a segurança de suas informações, posto que sei das implicações e complicações das publicações aqui passadas e trocadas Eu aceito A Política de Privacidade de Soropositivo.Org Conhecer Nossa Política de Privacidade

%d blogueiros gostam disto: