No Reino Unida as Linhas de orientação para o uso da PEP foram revistas, tendo em conta níveis indetectáveis de carga viral

Home / AIDS / AIDS depois Dos 50 / No Reino Unida as Linhas de orientação para o uso da PEP foram revistas, tendo em conta níveis indetectáveis de carga viral
AIDS

, Blog Soropositivo. Org

 
Roger Pebody

As novas linhas de orientação do Reino Unido para o uso da profilaxia pós-exposição (PPE) após exposição sexual foram publicadas no número de Dezembro da revista International Journal of STD and AIDS. Há a refere nesta nova versão que a PPE já não é recomendada em várias situações quando se sabe que o “parceiro fonte” é seropositivo e tem carga viral indetectável.

As linhas orientadoras são emitidas pela Brithish Association for Sexual Health and HIV (BASHH) e substituem o documento anterior datado de 2006.

A profilaxia pós-exposição é uma medida de emergência que se destina a prevenir a infecção pelo VIH após uma possível exposição ao vírus. A PPE consiste num tratamento de 3 ou 4 medicamentos antirretrovirais com a duração de um mês. As linhas orientadoras afirmam que é “crucial considerar a PPE na exposição sexual apenas como uma estratégia na prevenção da infecção pelo VIH e, como tal, deve ser considerada como a excepção quando outros métodos de prevenção falharam”.

Na avaliação da instituição da PPE, o documento recomenda que os médicos considerem o seguinte:

  • O risco de transmissão em causa durante a relação sexual ou outro tipo de exposição
  • O risco do “parceiro fonte” ser seropositivo para o VIH – se o estatuto serológico do/a parceiro/a é desconhecido, isto depende da prevalência da infecção pelo VIH nas diferentes comunidades
  • A carga viral do “parceiro fonte”, se conhecida.

As recomendações que dizem respeito a níveis indetectáveis de carga viral são novas. Os autores referem os dados que mostram que, em muitas situações com um nível indetectável de carga viral a transmissão é altamente improvável e como tal a PPE é desnecessária. Após o contato sexual com uma pessoa com o diagnóstico de infecção pelo VIH e com carga viral indetectável, a PPE já não é recomendada se a actividade sexual foi penetração vaginal não protegida, penetração anal não protegida ou sexo oral. Mas a PPE ainda é recomendada após relação sexual anal receptiva.

As linhas de orientação também se destacam pela não recomendação de PPE nas situações em que se pensa que o “parceiro fonte” não pertence a um grupo social no qual a prevalência é elevada. Por outras palavras, se o parceiro sexual não é homossexual ou migrante proveniente de um país com alta prevalência (tal como a Africa subsaariana), a PPE não será por regra administrada após exposição sexual.

As linhas orientadoras também esclarecem que a PPE é desnecessária após um episódio de mordedura humana ou de contacto com agulha descartável, devido a muito baixo risco de infecção.

A tabela abaixo sumariza esta secção das linhas orientadoras

Estatuto serológico do parceiro sexual

VIH positivo

VIH positivo com carga viral indetetável

Homossexual ou imigrante africano de estatuto desconhecido

Estatuto serológico desconhecido, mas não proveniente de um grupo com alta prevalência

Sexo anal recetivo

sim

sim

sim

não

Sexo anal insertivo

sim

não

Considerar*

não

Sexo vaginal

sim

não

Considerar*

não

Sexo oral com ejaculação na boca

Considerar*

não

não

não

Todas as outras práticas de sexo oral

não

não

não

não

Contacto de esperma no olho

Considerar*

não

não

Não

Partilha de material de injecção

sim

não

Considerar*

não

Mordedura humana

não

não

não

não

Contacto com agulha descartável no espaço público

não

não

não

não

*Quando as linhas orientadoras afirmam que a PPE se deve “considerar”, esta só deve ser administrada se existirem factores adicionais que aumentem a possibilidade de transmissão, tais como, uma prevalência lical particularmente elevada, a existência de outra infecção de transmissão sexual, infecção aguda pelo VIH no parceiro fonte, agressão sexual ou traumatismo, sangramento (incluindo menstruação) ou – no caso de sexo vaginal – se o parceiro seronegativo masculino não for circuncidado.

A PPE só deve ser administrada se o doente se apresentar dentro de 72 horas ( e dias) após a exposição. Quanto mais precoce for a administração da PPE, maior é a eficácia.

A combinação antirretroviral recomendada é Truvada® (tenofovir/FTC) e Kaletra® (lopinavir/ritonavir). Esta combinação pode ser modificada se o “parceiro fonte” é seropositivo e apresenta resistências a determinados medicamentos antirretrovirais. Uma outra razão para modificar a combinação terapêutica é a toma de outra medicação que possa interagir com os medicamentos antirretrovirais (por exemplo, Estatinas ou contracetivos de emergência).

Nas linhas orientadoras anteriores a combinação de dois medicamentos inibidores da transcriptase reversa nucleósidos/nucleótido e de um inibidor da protéase também era recomendada mas em pé de igualdade com um número diversos de outras opções.

Referência

Benn P et al. UK guideline for the use of post-exposure prophylaxis for HIV following sexual exposure (2011). International Journal of STD & AIDS 22: 695-708, 2011.

, Blog Soropositivo. Org
A imagem é clicável e abre em outra aba

Publicações Relacionadas

Enzima APOBEC pode fazer o HIV Co-habitar com o Organismo Humano

Cláudio Souza

Estudo: jovens não recebem informação adequada de saúde sexual

Cláudio Souza

Sexo oral é a principal forma de transmissão de HPV

Cláudio Souza

Soropositivo.Org, Wordpress.com e Automattic fazem tudo a nosso alcance no que tange à sua privacidade. Você pode saber mais sobre esta política neste link Eu aceito A Política de Privacidade de Soropositivo.Org Ler Tudo em Política de Privacidade

Política de cookies e privacidades
Olá! Você me autoriza a enviar notificações sempre que houver novas publicações? Serão mensagens automáticas e eu não saberei sua identidade!
Dismiss
Allow
Whatsapp WhatsApp Us
Olá! Sou o Beto Volpe! Quer Conversar? Diga olá! Mas tenha em mente que eu trabalho aqui entre 9:00 da manhã e 20 horas. Você pode deixar a mensagem, mas eu responderei nestes horários. Talvez eu demore, mnas em *SEMPRE RESPONDO*

Este Site usa Cookies e você pode recusra este uso. Mas pode saber bem o que está sendo registrado em, conssonãncia com nossa política de privacidade