Anúncios
News Ticker

O aconselhamento a casais pode ser vital na prevenção do HIV

Pessoal, manter o site nos traz custos, custos estes que estão difíceis para arcarmos sozinhos. Nós queremos continuar trazendo informações e ajudando as pessoas que chegam até aqui, mas para isso também precisamos de ajuda. Qualquer valor é bem vindo e nos ajudará a manter o site de pé, caso contrário não conseguiremos mais ter esse canal de informação e ajuda mútua. Segue a conta para depósito: Banco do Brasil, agência 1521-0, conta corrente 19957-5, em nome de Claudio Souza

O aconselhamento a casais pode ser vital na prevenção do HIV na África

Um amplo estudo realizado em Zambia descobriu que, no contexto dos casais heterossexuais sorodiscordantes ao HIV, realizar intervenções de conselling e a realização da prova do HIV aos dois membros do casal resulta mais eficaz na hora de reduzir a transmissã, do HIV na África a uma pessoa que tem o vírus que proporcionar terapia anti-retroviral à pessoa com HIV sem ser acompanhados de nenhum elemento decounselling.

Em Zâmbia até a presente data, mais de 150.000 casais receberam uma intervenção de realização voluntária decounselling e prova e em 12% dos casos, um membro do casal vivia com HIV. Esse estudo revelou que os casais que receberam esta intervenção, a taxa anual de infecção entre os membros sem HIV dos casais reduziu para menos da quinta parte do 11% ao 2%. A realização voluntária decounselling e provas não implicou necessariamente no diagnóstico de um membro do casal: em muitos casos permitiu que pessoas que já sabiam que tinham o HIV e ocasionalmente faziam terapia anti-retroviral revelaram aos seus respectivos parceiros.

A equipe de pesquisadores comparou a incidência de HIV antes e depois que já sabiam que tinham o HIV na África e ocasionalmente faziam terapia anti-retroviral revelaram aos seus respectivos parceiros.

A equipe de pesquisadores comparou a incidência de HIV antes e depois da intervenção em casais cujo membro com HIV já fazia tratamento com a incidência antes e depois da intervenção nos casos de diagnóstico recentes mas que não tinham iniciado a terapia. Isto evidenciou de modo significativo que a incidência de HIV no casal diminuiu em 70% após a realização voluntária de counselling e provas, mas só um 30% nos casos em que a pessoa com HIV tinha iniciado a terapia anti-retroviral sem ter recebido a intervenção voluntária. Quando se deram as duas circunstancias, a redução na incidência chegou a 83%. Esta cifra é bastante diferente do 96% na redução de infecções por HIV, observada no estudo HPTN052 quando as pessoas com HIV iniciaram o tratamento. Parte da explicação a esta discrepância parece ser que níveis comunitários de adesão ao tratamento são muito ruins em Zâmbia e isto se deve em parte ao medo que as pessoas tem de que os seus parceiros descubram que tem HIV, portanto ajudar a revelar o estado serológico poderia contribuir na redução das transmissões.

Comentário: Um resultado significativo, e é um que tem que ser repetido, e confirmando-se deveria servir para incentivar uma reflexão sobre os protocolos de outros estudos sobre tratamento como prevenção que evitaram intencionalmente que se produzisse desenvolvimento do estado serológicos entre o casal por medo a rejeição ou mesmo a violência à pessoa com HIV. Que de modo geral, o conselling contribuiu para criar um ambiente de maior confiança e intimidade onde se vê refletida a incidência de HIV nos casais onde nenhuma das pessoas tinha HIV (ou seja, infecções procedentes de algum de fora da relação) também foram reduzidas em um 70% após a intervenção voluntária, passando de 1,4% a um 0,44% ao ano.

Moral da História: O HIV na África pode ser controlado com políticas simples e baratas.

Tradução Martha Prieto

http://br.linkedin.com/pub/martha-prieto/82/185/2a8/

 

Copyscape has not detected any matches for the current post. (574 words checked).

Anúncios

Olha só pessoal.

No início do post tem uma imagem com um texto falando sobre o trabalho e os custos que a gente tem. Você que está me lendo agora, pode e tem o direito de não acreditar.

No mês de mais, quando mais de quarenta mil visitas foram registradas, houve três cooperações.

Quando nós pedimos cooperação financeira, qualquer valor é bom.

Sabe, o beija-flor pode carregar uma diminuta gota d’água em seu bico, no afã de apagar o incêndio na floresta….

E nunca será insuficiente 😊

Está conta serve para transferências de qualquer banco ou depósitos na boca do caixa de qualquer agência do Santander

Esta conta não permite, senhores abusadores, que seja feito nada a título de débito nela.

Você não poderá, como já pôde, assinar 65 revistas de uma só editora e, muito menos abrir contas de acesso à Internet 🙂

Precisa conversar

Whats App Soropositivo.Org

Estamos aqui para ajudar a pensar, não para diagnosticar. Não somos médicos ou profisionais de saúde. Buscamos ajudar com palavras amigas, conforto espiritual e, na medida do possível, terminar com a neurose gerada por bloqueiros de meia pataca ou homofóbicos sem caráter que não pensam duas vezes antes de espalhar terros entre pessoas que, quer eles, os homofóbicos, queiram ou não, são seres humanos. Tenha em mente que o numero do WhatsApp esta conectado a um CPF

A PEP é um direito de todos! Saiba onde a achar

A PEP é um direito de Todos

A PEP É um DIREITO DEDOS

[EIKYGMrz]

Top Blog Pessoal Saúde Juri Acadêmico 2013/2014

Top Blog Pessoal Saúde Juri Acadêmico
%d blogueiros gostam disto: