Anúncios
Últimas noticias

Dr Anthony S Fauci discute os principais desafios da descoberta da cura do HIV

AIDS 2014, Dr. Anthony S. Fauci discute os principais desafios da descoberta científica do HIV Cura e Vacina

Dr. Anthony S. FauciSegunda-feira, 21 de julho
Uma cura para o HIV e uma vacina para prevenir a infecção são essenciais para alcançar o fim da pandemia do HIV /AIDS, mas os pesquisadores devem aprender muito mais para desenvolver qualquer intervenção, disse o Dr. Anthony S. Fauci, M.D., diretor do Instituto Nacional de Alergia e Doenças Infecciosas (NIAID), parte do Instituto Nacional de Saúde ((em inglês: National Institutes of Health, NIH)).
As observações de Fauci foram entregues na 20ª Conferênccia Internacional AIDS (SIDA 2014) em Melbourne, Austrália, como parte de sua palestra plenária, “Desafios Críticos na Descoberta do HIV: Cura e Vacina”.

“Nós podemos ansiar ao mundo sem AIDS baseado nas modalidades de tratamento e na prevenção que já temos”, disse Fauci. “No entanto, não há dúvida na minha mente de que poderíamos alcançar esse objetivo de forma mais rápida e permanente, se nós poderíamos oferecer a possibilidade de uma cura- ou pelo menos mantida/sustentada a remissão virológica na ausência de terapia para uma proporção substancial de indivíduos infectados com HIV, enquanto que, ao mesmo tempo, aumenta nossas opções de prevenção de combinação com a vacina”.

Globalmente, estima-se que 35 milhões de pessoas estavam vivendo com HIV no final de 2013, de acordo com UNAIDS. O número de novas infecções e mortes pelo HIV ambas relacionadas à AIDS caíram mais de um terço na última década, em grande parte, devido aos avanços extraordinários no tratamento e prevenção do HIV. Encontrar uma cura para a infecção do HIV é uma das principais metas científicas, mas Fauci destacou que ainda estamos na fase inicial de descoberta na pesquisa pela cura e que a área está confrontada com diversos desafios. Uma das principais adversidades em determinar uma cura é a capacidade do vírus de estabelecer rapidamente reservatórios ocultos no corpo. Caracterizar e quantificar esses reservatórios é uma prioridade para os pesquisadores, assim como o desenvolvimento de biomarcadores para identificá-los e rastreá-los.

Os pesquisadores também estão buscando uma variedade de estratégias para a erradicação dos reservatórios virais, tais como, a ativação de células, latentemente contagiadas para tornar o vírus vulnerável a drogas antirretrovirais e respostas imunológicas, usando a terapia de genes para tornar as células de um paciente refratário a infecção do HIV, e até mesmo, transplantes de células-tronco. Com exceção de único indivíduo que recebeu um transplante de células-tronco de uma pessoa cujas células foram refratoras à infecção pelo HIV- o chamado “Paciente de Berlim”- essas abordagens ainda não foram bem sucedidas.

HIV Cura e Vacina

Dr. Fauci afirmou que várias linhas de evidências sugerem que o tratamento muito precoce pode vir a ser extremamente importante, se a erradicação viral for para se r alcançada. “Se o vírus for para ser erradicado de indivíduos infectados do HIV, provavelmente, será muito importante partir com um reservatório menor por tratamento de infecção tão cedo quanto possível” disse ele, enfatizando o caso do bebê de Mississipi – uma criança infectada pelo HIV, tratada dentro de suas primeiras 30 horas de vida, com tratamento contínuo por mais 18 meses e, logo, interrompendo o uso da terapia antirretoviral por 27 meses sem evidências do vírus no sangue, ou uma reação de imunidade contra o HIV até que, por fim, o vírus voltou. Questões científicas críticas permanecem sem resposta, nesse caso, incluindo quais foram os mecanismos imunológicos u outros que mantinham o vírus da recuperação por mais de dois anos, o que ocasionou, o tipo de célula e em qual compartimento corporal acontece a reativação do vírus. Um novo teste clínico financiado pela NHI tentará responder à essa e outras questões.

Na ausência da capacidade de erradicar o vírus completamente, melhorando a compreensão dos reservatórios do HIV e trabalhando para manter as remissões virológicas sustentadas após suspensão do tratamento antirretroviral são as metas de pesquisa para a cura do HIV, de acordo com o Dr. Fauci.

Além da pesquisa de cura para HIV, encontrar uma vacina para prevenir a infecção continua a ser uma prioridade. Ainda que muitas abordagens científicas para a vacina têm sido experimentadas desde o final dos anos 1980.

Immunization

Apenas uma grande experimentação, o estudo RV144 na Tailândia, demonstrou um degrau de sucesso. Pesquisadores estão fazendo progresso no entendimento às respostas imunológicas que ajudaram a proteger contra infecções no estudo Tailandês e trabalhando para desenvolver a próxima produção de vacinas do HIV, tais como, aquelas que podem induzir anticorpos capazes de matar uma ampla gama de cepas de HIV amplamente neutralizantes. Tais anticorpos também são promissores para uso como terapia. Abordagens complementares, tais como, vacinas que induzem as células T para matar as células infectadas pelo HIV, também estão sendo perseguidas.

“Pesquisadores estão fazendo progresso, mas ainda, há muito para ser aprendido antes que nós temos uma cura ou a vacina para o HIV”, disse o Dr.Facci. “Devemos permanecer focalizados no desenvolvimento dessas ferramentas para mover-nos para mais perto do fim da AIDS”.

Os esclarecimentos dos meios de comunicação podem ser direcionados para o escritório de Comunicações do NIAD em 301-402-1663, niaidnews@niad.nih.gov

NIAD conduz e apóia a investigação – no NIH, nos Estados unidos e em todo o mundo – para estudar as causas das doenças infecciosas e imunológicas para desenvolver o melhor meio de prevenir, diagnosticar e tratar essas doenças. Centro de Notícias de descargas, fichas técnicas e outros materiais relacionados com NIAID estão disponíveis no site do NIAID WWW.niaid.nih.gov

 

Tradução Aline Amorin

el guapoNota do Editor de Soropoitivo.Org A Tríade HIV Cura e Vacina me faz pensar em Matriz e sua triologia, na triplice fronteira, na triplice coroa… O que há de tão enigmático no numero três.

U

Copyscape has not detected any matches for the current post. (960 words checked)

SE vc precisa do texto para um trabalho escolhar nos avise pelo formulário de contato e enviaremos um PDF para vc

SE vc precisa do texto para um trabalho escolhar nos avise pelo formulário de contato e enviaremos um PDF para vc

Anúncios

Olha só pessoal.

No início do post tem uma imagem com um texto falando sobre o trabalho e os custos que a gente tem. Você que está me lendo agora, pode e tem o direito de não acreditar.

No mês de mais, quando mais de quarenta mil visitas foram registradas, houve três cooperações.

Quando nós pedimos cooperação financeira, qualquer valor é bom.

Sabe, o beija-flor pode carregar uma diminuta gota d’água em seu bico, no afã de apagar o incêndio na floresta….

E nunca será insuficiente 😊

Está conta serve para transferências de qualquer banco ou depósitos na boca do caixa de qualquer agência do Santander

Esta conta não permite, senhores abusadores, que seja feito nada a título de débito nela.

Você não poderá, como já pôde, assinar 65 revistas de uma só editora e, muito menos abrir contas de acesso à Internet :-)

Precisa conversar

Whats App Soropositivo.Org

Estamos aqui para ajudar a pensar, não para diagnosticar. Não somos médicos ou profisionais de saúde. Buscamos ajudar com palavras amigas, conforto espiritual e, na medida do possível, terminar com a neurose gerada por bloqueiros de meia pataca ou homofóbicos sem caráter que não pensam duas vezes antes de espalhar terros entre pessoas que, quer eles, os homofóbicos, queiram ou não, são seres humanos. Tenha em mente que o numero do WhatsApp esta conectado a um CPF

A PEP é um direito de todos! Saiba onde a achar

A PEP é um direito de Todos

A PEP É um DIREITO DEDOS

[EIKYGMrz]

Top Blog Pessoal Saúde Juri Acadêmico 2013/2014

Top Blog Pessoal Saúde Juri Acadêmico
Sobre Claudio Santos (524 artigos)
Depois de passar quatro décadas tentando estabelecer pelo menos um armistício com meu pai e ver as falhas ocorrerem sistematicamente, tentativa após tentativa, eu desisti do sobrenome “de Souza”. Estava me preparando espiritualmente para isso quando uma amiga locupletou a façanha de descobrir onde está minha mãe... Cláudio Santos. Quem preferir, aluda-se a mim como o Cláudio do Site,ou Cláudio do Soropositivo.Org, ou ainda aquele da promessa não cumprida: Cláudio, o trouxa do livro que acreditou em "palavra emprenhada". Eu mostro meu rosto, embora alguns me censurem, porque, no meu modesto ponto de vista, ser portador de HIV não é crime e, portanto, não há do que me envergonhar. Eu contraí HIV pela via sexual. Eu fui um DJ e, durante cinco anos fui DJ no vagão Plaza e durante uns outros dois ou tres, quase quatro anos, fui DJ do Le Masque. Lá, um filho da puta me pediu para fazer minhas férias e puxou meu tapete. Aí fui parar na "Segredos", uma casa gay e, de quebra, morei lá por um tempo. Rua da Amargura, onde R.A. Gomes me colocou. Mas dei a volta por cima e fu trabalhar na SKY. Depois, na Pink Panther, em Santos e, enfim, na XEQUE Mate e, terminei minha carreira, aquele que fora três vezes considerado o Melhor DJ de São Paulo, como um apagado DJ do La Concorde e do Clube de Paris, onde conheci uma das mais belas mulheres com quem convivi e a perdi. Conheci alguém novo, uma mulher, "do dia", que me apresentou esta Entidade, o computador e, por muito tempo vivi de consertá-los. Sei, hoje, que ainda há muita gente que me odeia. Quer saber? Get them the hell and fuck off porque eu não dou a mínima. Simplesmente faço meu trabalho e me reporto a Deus...

Seu retorno é importante. Nós atendemos às solicitações de textos, desde que ligados ao tema central de alguma forma. Faça seu comentário, de sua opnião

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: