Anúncios
Últimas noticias

Vulnerabilidade: HIV/AIDS e pessoas com deficiência

Há uma grande vulnerabilidade para o HIV/AIDS e pessoas com deficiência segundo informou a Agência AIDS de notícias.

A repórter Cláudia Alquati Bisol apurou, em suas pesquisas, que diversos fatores indicavam haver uma grande lacuna no coorte o HIV/AIDS em pessoas com deficiência a premente necessidade dese obter, da sociedade como um todo, um nível maior de atenção a estas pessoas com deficiência, já tão indevidamente segregadas: Haveria a necessidade premente de diversas ações sistematicamente conjugadas para este fim em campanhas específicas de prevenção no que tange ao Universo HIV/AIDS e pessoas com deficiência que deveriam ser aplicadas sistematicamente para a prevenção e a orientação sexual adaptadas às condições de comunicabilidade com os deficientes auditivos especialmente os surdos profundos (fazendo o uso da Língua Brasileira de Sinais -LIBRAS-), criando estratégias que evitem o abuso sexual destes indivíduos e até mesmo, estupro! Estas estratégias de proteção contra a violência sexual e preparo de profissionais da saúde para garantir acessibilidade na prestação dos serviços  de prevenção ao HIV/AIDS e pessoas com deficiência são exemplos de iniciativas urgentes. Simultanamenteo, detectou Cláudia Bisol,  que cabe à ciência, aos governos e órgãos financiadores incluí-los, DE MANEIRA EFETIVA, para que a prevenção e a educação ao grupo que pode chamar À atenção a prevenção do HIV/AIDS e pessoas com deficiência efetivamente nas pesquisas e no monitoramento da epidemia.

Guide dog isolated on whiteNos últimos anos, novas leis e movimentos sociais têm ampliado os direitos e fortalecido a luta pela inclusão de pessoas surdas e pessoas com deficiências físicas, visuais, cognitivas ou de sofrimento mental em todos os setores da sociedade. Mas pode-se ainda dar um passo além.

Dadas as condições de acessibilidade, essas pessoas podem contribuir ativamente para a melhoria das suas próprias condições de vida e se integrar plenamente à sociedade nos esforços de prevenção e controle da epidemia e na garantia de qualidade de vida às ao grupo  denominado de pessoas vivendo com HIV/AIDS epessoas com deficiência.

Cláudia Alquati Bisol é Professora e Pesquisadora do Curso de Psicologia da Universidade de Caxias do Sul/RS.

http://www.avozdocidadao.com.br/detailAgendaCidadania.asp?ID=1242

http://www.agenciaaids.com.br/site/noticia.asp?id=1038

 

Nota do Editor de Soropositivo Web Site: Enquanto reeditava este texto veio à minha mente uma pessoa muito querida, que tem sido muito importante na luta por direitos. A ATIVISTA ANAÍCA GM, a quem dedico a reedição deste texto sobre Vulnerabilidade: HIV/Aids e pessoas com deficiência.

 

 

anaica

 

 

Last Digiproved: 11 October 2014 18:16:45 UTC, certificate P555430

Link para a licença de Uso

Anúncios

Olha só pessoal.

No início do post tem uma imagem com um texto falando sobre o trabalho e os custos que a gente tem. Você que está me lendo agora, pode e tem o direito de não acreditar.

No mês de mais, quando mais de quarenta mil visitas foram registradas, houve três cooperações.

Quando nós pedimos cooperação financeira, qualquer valor é bom.

Sabe, o beija-flor pode carregar uma diminuta gota d’água em seu bico, no afã de apagar o incêndio na floresta….

E nunca será insuficiente 😊

Está conta serve para transferências de qualquer banco ou depósitos na boca do caixa de qualquer agência do Santander

Esta conta não permite, senhores abusadores, que seja feito nada a título de débito nela.

Você não poderá, como já pôde, assinar 65 revistas de uma só editora e, muito menos abrir contas de acesso à Internet :-)

Precisa conversar

Whats App Soropositivo.Org

Estamos aqui para ajudar a pensar, não para diagnosticar. Não somos médicos ou profisionais de saúde. Buscamos ajudar com palavras amigas, conforto espiritual e, na medida do possível, terminar com a neurose gerada por bloqueiros de meia pataca ou homofóbicos sem caráter que não pensam duas vezes antes de espalhar terros entre pessoas que, quer eles, os homofóbicos, queiram ou não, são seres humanos. Tenha em mente que o numero do WhatsApp esta conectado a um CPF

A PEP é um direito de todos! Saiba onde a achar

A PEP é um direito de Todos

A PEP É um DIREITO DEDOS

[EIKYGMrz]

Top Blog Pessoal Saúde Juri Acadêmico 2013/2014

Top Blog Pessoal Saúde Juri Acadêmico
Sobre Claudio Santos (524 artigos)
Depois de passar quatro décadas tentando estabelecer pelo menos um armistício com meu pai e ver as falhas ocorrerem sistematicamente, tentativa após tentativa, eu desisti do sobrenome “de Souza”. Estava me preparando espiritualmente para isso quando uma amiga locupletou a façanha de descobrir onde está minha mãe... Cláudio Santos. Quem preferir, aluda-se a mim como o Cláudio do Site,ou Cláudio do Soropositivo.Org, ou ainda aquele da promessa não cumprida: Cláudio, o trouxa do livro que acreditou em "palavra emprenhada". Eu mostro meu rosto, embora alguns me censurem, porque, no meu modesto ponto de vista, ser portador de HIV não é crime e, portanto, não há do que me envergonhar. Eu contraí HIV pela via sexual. Eu fui um DJ e, durante cinco anos fui DJ no vagão Plaza e durante uns outros dois ou tres, quase quatro anos, fui DJ do Le Masque. Lá, um filho da puta me pediu para fazer minhas férias e puxou meu tapete. Aí fui parar na "Segredos", uma casa gay e, de quebra, morei lá por um tempo. Rua da Amargura, onde R.A. Gomes me colocou. Mas dei a volta por cima e fu trabalhar na SKY. Depois, na Pink Panther, em Santos e, enfim, na XEQUE Mate e, terminei minha carreira, aquele que fora três vezes considerado o Melhor DJ de São Paulo, como um apagado DJ do La Concorde e do Clube de Paris, onde conheci uma das mais belas mulheres com quem convivi e a perdi. Conheci alguém novo, uma mulher, "do dia", que me apresentou esta Entidade, o computador e, por muito tempo vivi de consertá-los. Sei, hoje, que ainda há muita gente que me odeia. Quer saber? Get them the hell and fuck off porque eu não dou a mínima. Simplesmente faço meu trabalho e me reporto a Deus...

Seu retorno é importante. Nós atendemos às solicitações de textos, desde que ligados ao tema central de alguma forma. Faça seu comentário, de sua opnião

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: