A infecção por HIV está relacionada à uma maior prevalência de doenças ligadas ao envelhecimento

Image default
Postagens

Também foi observada uma maior prevalência dos fatores de risco clássicos pelas tais patologias neste grupo populacional.

, SoropositivoOrg

De acordo com um estudo holandês, publicado na edição online da revista Clinical Infectious Diseases, parece haver relação entre a infecção pelo HIV e um aumento do risco de várias doenças associadas ao envelhecimento.

A equipe de pesquisa comparou o risco de doença cardiovascular, renal e óssea em idosos infectados pelo HIV e um grupo de controle formado por pessoas HIV-negativos com características semelhantes. A prevalência destas doenças associadas ao envelhecimento foi maior no grupo de pessoas com HIV, em especial no caso de doenças cardiovasculares e renais. Como esperado, foi encontrada uma associação entre a probabilidade de desenvolver estas doenças e a presença de outros fatores de risco mais comumente relatados, mas também está relacionada com a presença de infecção por HIV, com o período de imunossupressão contínua e a presença de inflamação sistêmica.

A prevalência de comorbidades associadas ao envelhecimento foi significativamente maior entre aqueles com HIV que no grupo de controle. Este fenômeno, que também está presente nos casos de carga viral indetectável, é consistente com os resultados de pesquisas anteriores. Então, meses atrás, uma maior prevalência de síndromes geriátricas foi associado à contagens de CD4 baixas (ver La Notícia del Día, 25/03/2014).

Melhorias no tratamento e cuidados fizeram com que a infecção pelo HIV não impeça que, em muitos casos, se alcance uma idade avançada. No entanto, nestes casos, parece que ocorre um início precoce de doenças associadas ao envelhecimento. A razão exata pela qual isto acontece é desconhecida, mas podem ser contados os fatores de risco, incluindo clássica (tabagismo, obesidade, etc.), os efeitos colaterais da terapia anti-retroviral, os efeitos inflamatórios da infecção por HIV e os danos da imunossupressão.

Em 2010, uma equipe de pesquisa com sede em Amsterdã (Holanda) estabeleceu um grupo para estudar a relação entre HIV e doenças associadas ao envelhecimento. Sobre este grupo se desenvolveu o estudo agora apresentado que comparou, por um período de dois anos, a prevalência de doenças associadas ao envelhecimento, entre um grupo de pessoas com infecção pelo HIV e um grupo de controle composto por soronegativos desenvolvido pelo ajuste dos resultados de ambos os grupos por sexo e idade. Os fatores de risco associados ao aumento do risco de comorbidades relacionadas com a idade também foram examinados.

, SoropositivoOrg

A população do estudo incluiu 540 pessoas com HIV em um grupo e 524 pessoas soronegativos no grupo de controle. Os grupos foram ajustados por idade, com a mesma média de idade (52 anos). A maioria dos participantes eram homens que tinham se submetido à prática de sexo com homens.

Cerca de um terço dos participantes com HIV havia sido diagnosticado antes da AIDS, mas em quase todo o estudo estavam sob terapêutica anti-retroviral e a carga viral era indetectável.

A prevalência de fatores de risco cardiovascular para fumantes – pressão arterial elevada, relação cintura-quadril, sedentarismo – foi significativamente maior no grupo HIV-positivo do que no grupo de controle.

A prevalência de comorbidades relacionadas com a idade, também foi significativamente maior entre o grupo de pessoas com o HIV do que no grupo de controle, com uma prevalência média de 1,3 por participante versus 1,0 (p <0,001). Do mesmo modo, no primeiro grupo a probabilidade de várias doenças associadas com o envelhecimento foi significativamente maior (p= 0,009). Esta prevalência mais alta ocorreu em todas as faixas etárias consideradas (50-55, 60-65, mais de 65 anos). Além disso, o tempo de ocorrência de cada uma das doenças associadas ao envelhecimento em pessoas com HIV antecede em cerca de cinco anos a ocorrência observada entre os soronegativos.

Considerando cada comorbidade separadamente, a prevalência no grupo de pessoas com HIV também foi significativamente maior em todos os casos, especialmente no caso de hipertensão (45 vs 31%, P <0,001), infarto do miocárdio (4 vs 2%, p <0,018), doença arterial periférica (3 contra 1%, p <0,008) e disfunção renal (4 vs 2%, P <0,044).

Também foi encontrada relação entre fatores de risco tradicionais (idade, tabagismo, história familiar e relação cintura-quadril) com maior comorbidade.

Infecção pelo HIV como fator de risco atuou de forma independente, aumentando o risco associado com o envelhecimento em mais de 50% (quociente de probabilidade [CP] de doenças: 1,58, intervalo de confiança de 95% [IC 95%]: 1,23-2,03, P <0,001).

Ao observar explicitamente os fatores de risco observados no grupo HIV-positivo pode-se notar, em primeiro lugar, que um longo período de infecção por HIV (p <0,001), um período mais longo de submissão ao tratamento anti-retroviral (p <0,001) e um longo período com uma contagem de CD4 inferior a 200 células / mm 3 (p <0,001) aumentou o risco de doenças relacionadas à idade. No entanto, depois de eliminar potenciais fatores de confusão, foi encontrado somente tempo estatisticamente significativo de imunossupressão.

Também foi encontrada relação entre o risco de comorbidade e marcadores de inflamação. A infecção pelo HIV está associada à inflamação, ativação do sistema imunológico e distúrbios da coagulação comumente considerados por causar maior comorbidade tanto em pessoas com HIV quanto naqueles não infectados com o vírus.

O tempo de tratamento em dose de Ritonavir completo (Norvir®) foi encontrado no limite da significância estatística.

Os autores concluíram que os resultados do estudo suportam a hipótese de que a infecção por HIV está associada ao envelhecimento precoce. Permanece como uma questão a saber se isto é devido ao HIV atuar como um fator de risco adicional frente ao tradicional, aumentando a morbidade, ou o HIV age diretamente sobre a biologia do envelhecimento.

 

Fonte: Aidsmap / Elaboração própria (gTt-VIH).

Referência: Schouten J et al. Cross-sectional comparison of the prevalence of age-associated comorbidities and their risk factors between HIV-infected and uninfected individuals: the AGEh IV cohort study. Clin Infect Dis, online edition, 2014.

Fonte: http://gtt-vih.org/

Original em espanhol: http://gtt-vih.org/actualizate/la_noticia_del_dia/29-09-14

Tradução: Eliane Mendes de Lima

Contato: lilith1stw@gmail.com / elianemlima@correioweb.com

Jesús Damieta – 29/09/2014Copyscape has not detected any matches for the current post. (1041 words checked)

Se você é usuário de Natura Compre Conosco

 

Este é um trabalho feito com amor, dedicação, carinho e um 1⃣ senso de responsabilidade! Ele gera custos e despesas! 

Apoie neste link https://www.natura.com.br/?consultoria=claudiosouzaebeleza

E logo abaixo um formulário em que você possa mandar uma mensagem para mim!

Doe R$ 10,00 Doe R$ 50,00 Doe R$ 100,00

 

, SoropositivoOrg
Se você pode e quer, por favor, ajude
, SoropositivoOrg

E não foi dentro de uma “zona temporal de conforto”! Esta é uma história que só eu a tem para contar!

Fui a primeira pessoa física, um CPF, não um CNPJ a, entre aspas, “dar minha cara a tapa”!

Por tudo o que vivi, isso tudo aconteceu em um período ainda conturbado pelo preconceito e, sim, houve preços a serem pagos.

A moeda sempre foi a da exclusão social e cheguei a titubear entre prosseguir ou não!

O grande “IT” de tudo isso é que sem este trabalho nada me restaria, senão o  ócio e com toda a certeza não suportaria. Tenho a necessidade de ser produtivo.

We are Borg!

Se não de tédio pelas horas vazias, ao menos por suicídio pela absoluta falta de propósito que minha vida teria e a terrível impressão de parasitose que viria a me acometer. Assim, eu não pude parar.

Tive a oportunidade de realizar muitas coisas e, na outra mão, perdi diversas oportunidades de fazer mais, com um alcance mais profundo e melhor.

Nem tudo é como se quer. Deixa chover (Guilherme Arantes)!

Enfim, se você tem a possibilidade de apoiar, de financiar, mesmo que minimamente este projeto, eis aqui os fatos:

, SoropositivoOrg
Este é o Único Blog ” Ainda ON LINE” a ter recebido este prêmio e esta consagração. O blog que alcançou o mesmo Status foi o Solidariedaids, de Paulo Giacommini. Infelizmente eu não consigo encontrar o link e a comunicação este eu e ele é muito difícil
  •  
, SoropositivoOrg
Único Blog On Line Tratando deste tema a Ter Recebido Este Prêmio pelo Júri Acadêmico

, SoropositivoOrg

Leitura Recomendada Neste Blog

Oi! Pessoal, obrigado por ter chegado até aqui! Sua atenção e interesse é o nosso maior interesse, trabalhamos aqui, eu e mara, com a finalidade de informar vocês, far alguma clareza em alguns pontos nebulosos de “tudo isso”.

Entretanto, nos faltam recursos financeiros

Se você gosta do trabalho, se tem condições de ajudar e quer ajudar, muitas vezes o custo de uma bobagem do seu dia-a-dia para nós, certamente fará a diferença porque, sabemos, o beija-flor, carregando água na pontinha de seu bico fará toda a diferença no esforço de apagar o incêndio na floresta!

Pense nisso!

Logo abaixo alguns recursos para facilitar o apoio!

Sugestões de leitura

Tem algo a dizer? Diga!!! Este blog é melhor contigo!!!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

A Automattic, o Wordpress e Soropositivo.Org, e eu, fazemos tudo a nosso alcance no que tange à sua privacidade. E estamos sempre aprimorando, melhorando, testando e implementando novas tecnologias de proteção de dados. Seus dados estão protegidos e, eu, Cláudio Souza, trabalho neste blog 18 horas or dia para, dentre tantas outras coisas, garantir a segurança de suas informações, posto que sei das implicações e complicações das publicações aqui passadas e trocadas Eu aceito A Política de Privacidade de Soropositivo.Org Conhecer Nossa Política de Privacidade

Whatsapp WhatsApp Us