Pelo fim da violência contra as mulheres! Nada justifica a agressão!

Image default
Artigos, Traduções e Edições

, Blog Soropositivo. OrgAs agressões contra mulheres acontecem de formas variadas, e podem ser veladas ou bastante explícitas. Uma pesquisa realizada pelo Instituto Avon, em parceria com o Data Popular, mostra que a violência contra mulheres é uma prática mais comum e generalizada do que muitos imaginam. O estudo, chamado “Violência Doméstica: o jovem está ligado?”, foi feito a partir de entrevistas com 2 mil jovens, entre 16 e 24 anos, em todas as regiões do Brasil. Apesar de a maioria dos entrevistados (96%) aprovarem a Lei Maria da Penha e reconhecerem a existência do machismo no Brasil, mais da metade dos homens (55%) afirmou já ter agredido uma mulher de alguma forma, seja empurrando, batendo, humilhando em público ou proibindo de usar algum tipo de roupa.

Infelizmente, a violência contra a mulher ainda está longe de acabar no Brasil. No entanto, é preciso que os homens se conscientizem sobre o que de fato é violência. Ser violento com uma mulher não é apenas bater ou machucar fisicamente. Quando uma mulher está caminhando sozinha pela rua e é assediada por um desconhecido, muitas se sentem acuadas, com medo. Mas vários homens consideram isso uma forma de elogiar a mulher! Isso é um grande absurdo e precisa ser mudado! Quando falamos entre homens e mulheres que têm um relacionamento amoroso, podemos ver que o avanço das redes sociais ajuda a potencializar o controle e submissão. Mais da metade das mulheres entrevistadas na pesquisa (51%) afirmaram terem dado a senha do celular para o parceiro e 46% dividiam a senha do Facebook.

Muito desse comportamento agressivo é estimulado pela cultura machista da nossa sociedade e pela própria família. Ainda segundo a pesquisa,, Blog Soropositivo. Org 43% dos jovens já viram a mãe ser agredida por algum parceiro do sexo masculino. 64% dos homens jovens que admitiram ter praticado algum tipo de violência contra uma parceira presenciaram cenas de violência doméstica em casa. No Brasil, é comum a culpabilização da vítima nos casos de estupro e agressão contra mulheres. Quando se procura compreender as razões pela qual um crime grave como o estupro ocorreu, é de praxe colocar uma parte da culpa na mulher: ou ela estava usando roupas muito curtas, ou ela foi provocante demais, entre outras razões. Esse tipo de pensamento protege o agressor e ajuda a perpetuar a cultura machista e misógina que sempre esteve entre nós. Muitos homens até hoje não sabem que sexo sem consentimento, mesmo que com a namorada ou esposa, é considerado violência sexual e rende pena de reclusão de 2 a 6 anos de prisão, de acordo com a lei 12.015.

Para que este panorama negativo mude, é necessário que nós, mulheres, conheçamos melhor nossos direitos! Deve haver uma conscientização sobre o que é violência de gênero e as mulheres não podem ter medo de denunciar! A certeza da impunidade é o combustível do comportamento agressivo e violento. Mudanças culturais não acontecem rapidamente e, por isso, toda a sociedade deve cobrar do governo e da polícia ações rigorosas contra os agressores. As leis de proteção às mulheres, como a Lei Maria da Penha, são severas mas ainda pouco cumpridas. E isso precisa mudar imediatamente. Afinal, a vida de muitas mulheres está, neste exato momento, em risco!

Apresentação de Slides por 

Se você é usuário de Natura Compre Conosco

 

Este é um trabalho feito com amor, dedicação, carinho e um 1⃣ senso de responsabilidade! Ele gera custos e despesas! 

Apoie neste link https://www.natura.com.br/?consultoria=claudiosouzaebeleza

E logo abaixo um formulário em que você possa mandar uma mensagem para mim!

Doe R$ 10,00 Doe R$ 50,00 Doe R$ 100,00

 

, Blog Soropositivo. Org
Se você pode e quer, por favor, ajude
, Blog Soropositivo. Org

E não foi dentro de uma “zona temporal de conforto”! Esta é uma história que só eu a tem para contar!

Fui a primeira pessoa física, um CPF, não um CNPJ a, entre aspas, “dar minha cara a tapa”!

Por tudo o que vivi, isso tudo aconteceu em um período ainda conturbado pelo preconceito e, sim, houve preços a serem pagos.

A moeda sempre foi a da exclusão social e cheguei a titubear entre prosseguir ou não!

O grande “IT” de tudo isso é que sem este trabalho nada me restaria, senão o  ócio e com toda a certeza não suportaria. Tenho a necessidade de ser produtivo.

We are Borg!

Se não de tédio pelas horas vazias, ao menos por suicídio pela absoluta falta de propósito que minha vida teria e a terrível impressão de parasitose que viria a me acometer. Assim, eu não pude parar.

Tive a oportunidade de realizar muitas coisas e, na outra mão, perdi diversas oportunidades de fazer mais, com um alcance mais profundo e melhor.

Nem tudo é como se quer. Deixa chover (Guilherme Arantes)!

Enfim, se você tem a possibilidade de apoiar, de financiar, mesmo que minimamente este projeto, eis aqui os fatos:

, Blog Soropositivo. Org
Este é o Único Blog ” Ainda ON LINE” a ter recebido este prêmio e esta consagração. O blog que alcançou o mesmo Status foi o Solidariedaids, de Paulo Giacommini. Infelizmente eu não consigo encontrar o link e a comunicação este eu e ele é muito difícil
  •  
, Blog Soropositivo. Org
Único Blog On Line Tratando deste tema a Ter Recebido Este Prêmio pelo Júri Acadêmico

, Blog Soropositivo. Org

Leitura Recomendada Neste Blog

Oi! Pessoal, obrigado por ter chegado até aqui! Sua atenção e interesse é o nosso maior interesse, trabalhamos aqui, eu e mara, com a finalidade de informar vocês, far alguma clareza em alguns pontos nebulosos de “tudo isso”.

Entretanto, nos faltam recursos financeiros

Se você gosta do trabalho, se tem condições de ajudar e quer ajudar, muitas vezes o custo de uma bobagem do seu dia-a-dia para nós, certamente fará a diferença porque, sabemos, o beija-flor, carregando água na pontinha de seu bico fará toda a diferença no esforço de apagar o incêndio na floresta!

Pense nisso!

Logo abaixo alguns recursos para facilitar o apoio!

Sugestões de leitura

Tem algo a dizer? Diga!!! Este blog é melhor contigo!!!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

A Automattic, o Wordpress e Soropositivo.Org, e eu, fazemos tudo a nosso alcance no que tange à sua privacidade. E estamos sempre aprimorando, melhorando, testando e implementando novas tecnologias de proteção de dados. Seus dados estão protegidos e, eu, Cláudio Souza, trabalho neste blog 18 horas or dia para, dentre tantas outras coisas, garantir a segurança de suas informações, posto que sei das implicações e complicações das publicações aqui passadas e trocadas Eu aceito A Política de Privacidade de Soropositivo.Org Conhecer Nossa Política de Privacidade

Whatsapp WhatsApp Us