Global Statistics

All countries
95,007,057
Confirmed
Updated on 17 de January de 2021 05:49
All countries
67,607,460
Recovered
Updated on 17 de January de 2021 05:49
All countries
2,032,106
Deaths
Updated on 17 de January de 2021 05:49

Soropositivo.Org Informa: COVID-19 no Mundo

All countries
95,007,057
Confirmed
Updated on 17 de January de 2021 05:49
All countries
67,607,460
Recovered
Updated on 17 de January de 2021 05:49
All countries
2,032,106
Deaths
Updated on 17 de January de 2021 05:49
Responsabilidade Social - Anuncie AquiAnuncie aqui! Apoie este trabalho, são vinte anos online. Apoie e fique "bonito na foto"

Seja voluntário na luta contra a AIDS

Vaginose Bacteriana – Doença Inflamatória Pélvica

Vaginose Bacteriana, também conhecida como Doença Inflamatória Pélvica é uma DST que pode criar muitos problemas para a saúde da mulher, a saúde feminina....

DST ou IST Aquelas Doenças da Nossa Boa Vênus

DST, ou IST, bem como doenças venéreas, as doenças sexualmente transmissíveis (DST’s), são contraídas, em geral, através do contato íntimo com um parceiro infectado. Quanto mais parceiros sexuais você tiver, maior será a probabilidade de exposição a uma DST, mas também existem outros fatores de risco.

Transmissão sexual do HIV e uso da carga viral indetectável como meio para prevenir a transmissão do Vírus 

Transmissão sexual do HIV e uso da carga viral indetectável como meio para prevenir a transmissão do Vírus é uma "estratégia que tem ganho espaço nos últimos anos,  dentro da caixa de ferramentas de prevenção do HIV que se expandiu significativamente. Isso se deve ao rápido crescimento do nosso conhecimento sobre abordagens eficazes que ajudam a prevenir a transmissão do HIV. No entanto, para maximizar o impacto dessas abordagens na epidemia de HIV, devemos efetivamente aumentar a conscientização, a compreensão e o uso adequado delas.

Infecção genital por HPV E Sexo oral a principal forma de transmissão

Infecção genital por HPV dá causa e curso a muito sofrimento humano. Ocorreu-me agora, durante a revisão do texto que há mais de dez...

Terapia Antirretroviral Carga Viral E Contágio

Carga Viral E Contágio. A Terapia Antirretroviral, a TARV, foi o que mudou a cara da pandemia HIV/AIDS, pois reduz a carga viral e,...

Seja voluntário na luta contra a AIDS

Você pode, participando desta luta, melhorar a vida das pessoas vivendo com AIDS ou HIV e ainda ajudar na prevenção!

A Luta contra a AIDS já está completando 32 anos no mundo.

, Seja voluntário na luta contra a AIDS
A ação voluntária é dignificante do ser humano. Fazei o bem em olhar a quem é uma frase de Chico Xavier. lembro-me de uma época muito remota onde minha primogênita esteve muito doente e nenhum médico sabia resolver o problema quando me indicaram um benzedor. Na época eu teria, fara salvar minha filha, ido até a uma missa negra. mas aparecu o benzedor e eu fui. A casa dele, uma choupana na verdade, era muito pobre e os utensílios de uso doméstico dele eram antigos e desgastados; tudo isso é memória viva no meu espírito porque eu tinha a intenção de retribuir de alguma forma qualquer mínimo benefício que ele fizesse à minha filha. O Homem negro, quase um ancião, mãos calosas tomou minha criaturinha amada em seus braços e, com um ramo de arruda começou a murmurar preces a uma velocidade espantosa e a arruda secava a olhos vistos; Minha filha saiu de lá curada. Eu quis oferecer tudo o que eu tinha no bolso àquelehomem que fizera, com a intercessão de Deus, um milagre, mas ele recusou. O que eu mais me recordo,e muitras vezes vejo isso aplicado à minha p´ropria vida é uma frase do Emmanuel: “Quem se atreve a fazer o bem e a caridade deve ter coragem para suportar a ingratidão”. Com o caso das assinaturas para a petição da Avaast, em que eu cheguei quase a implorar eu me senti exatamente assim

No início da epidemia, houve muito pânico gerando atitudes de discriminação. Em consequência, ocorreu uma grande mobilização de pessoas e instituições que se comprometeram em enfrentar o preconceito e diminuir a discriminação. Hoje, observamos que está ocorrendo uma queda do ativismo na luta contra a AIDS, mas, por outro lado, a epidemia da doença continua aumentando.

A expansão da AIDS está ocorrendo, principalmente, em pessoas que vivem em situação de pobreza, o que leva a necessidade de uma maior participação da sociedade no apoio às pessoas que vivem com HIV/AIDS. Também o crescimento da epidemia mostra a necessidade do maior envolvimento da sociedade nas ações de prevenção na comunidade onde cada pessoa reside, no local de trabalho, nos sindicatos de classe, nas instituições públicas, nas organizações da sociedade civil e associações de moradores.

O trabalho voluntário é uma ação de cidadania e solidariedade, que traz realização pessoal para quem o faz. Ser voluntário é dedicar espontaneamente parte do seu tempo para trabalhar em prol do bem social e comunitário.

Trabalhar como voluntário é também um aprendizado, já que com ele aprendemos a dividir melhor nosso tempo, conhecemos pessoas de realidades muito diferentes da qual se está acostumado, assumindo assim uma postura responsável por uma sociedade menos desigual.

A Secretaria de Estado da Saúde, através da Gerência de DST/AIDS está iniciando a formação de um grupo de voluntários denominado “AMIGOS DA PREVENÇÃO E CIDADANIA” que serão capacitados para atuarem em várias áreas ligadas a ações de prevenção e cidadania. As áreas de atuação serão:

Campanhas de Prevenção junto à comunidade, em locais de trabalho e junto às populações específicas; Ações de apoio e assistência às pessoas que vivem com HIV/AIDS (Visitas domiciliares, hospitalares, etc.); Voluntário das Casas de Apoio que assistem pessoas vivendo com HIV/AIDS e outras ONG/AIDS; Voluntário online para divulgação de boas práticas de prevenção e solidariedade nas redes sociais.

Na próxima terça-feira, dia 27 de maio, das 8 às 17 horas, será realizada uma capacitação para a formação do primeiro grupo de voluntários, no auditório da FUNESA, na Travessa Basílio Rocha, nº 33, Getúlio Vargas, Aracaju/SE (próximo à antiga Estação Ferroviária da Leste).  Serão inscritas 50 pessoas. A inscrição poderá ser feita através do telefone da Gerência Estadual de DST/AIDS (3226-8322) ou pessoalmente, no Edifício Maria Feliciana (Edifício Banco do Estado de Sergipe), 18°andar, no centro de Aracaju.

Também pode ser feita através do e-mail: jalmirs@infonet.com.br; joseaugusto.oliveira@saude.se.gov.br.


Enfrentar a epidemia de AIDS não é só obrigação do governo. A sociedade civil precisa também fazer a sua parte.

Participe do grupo “AMIGOS DA PREVENÇÃO E CIDADANIA”.

Você pode contribuir com suas habilidades, talentos ou simplesmente com sua vontade de ajudar. 

Seu trabalho pode ajudar a melhorar a vida de pessoas com HIV/AIDS e a diminuir a vulnerabilidade de muitas pessoas que estão expostas à infecção pelo HIV.

Nota do Editor de Soropositivo Web Site: O texto a seguir foi extraído do site maisbrasil.org.br

É um breve relato do que eu pude assistir, digamos, pessoalmente. Um ato de amor que agigantou-se e virou referência na luta contra a AIDS no Rio de Janeiro:

A MAIS Brasil – Movimento de Apoio à Inclusão Social no Brasil nasceu no Natal de 2005, a partir da iniciativa da pesquisadora musical Renata Cholbi de coletar alimentos e brinquedos com amigos e através do site de relacionamentos Orkut, para doar às mães e crianças soropositivas do Hospital dos Servidores do Estado (HSE), no Rio de Janeiro. Mas ela não quis parar por aí. Reunida com um grupo de amigos na comunidade     “Apoio Mães e crianças com HIV”,   Renata Cholbi, uma das mais autênticas voluntárias na luta contra a AIDS deu   início a um   projeto    de inclusão social, inicialmente voltado a mães e crianças portadoras do vírus HIV, justamente o primeiro público a que teve possibilidade de atender.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Hot Topics

Vaginose Bacteriana – Doença Inflamatória Pélvica

Vaginose Bacteriana, também conhecida como Doença Inflamatória Pélvica é uma DST que pode criar muitos problemas para a saúde da mulher, a saúde feminina....

DST ou IST Aquelas Doenças da Nossa Boa Vênus

DST, ou IST, bem como doenças venéreas, as doenças sexualmente transmissíveis (DST’s), são contraídas, em geral, através do contato íntimo com um parceiro infectado. Quanto mais parceiros sexuais você tiver, maior será a probabilidade de exposição a uma DST, mas também existem outros fatores de risco.

Transmissão sexual do HIV e uso da carga viral indetectável como meio para prevenir a transmissão do Vírus 

Transmissão sexual do HIV e uso da carga viral indetectável como meio para prevenir a transmissão do Vírus é uma "estratégia que tem ganho espaço nos últimos anos,  dentro da caixa de ferramentas de prevenção do HIV que se expandiu significativamente. Isso se deve ao rápido crescimento do nosso conhecimento sobre abordagens eficazes que ajudam a prevenir a transmissão do HIV. No entanto, para maximizar o impacto dessas abordagens na epidemia de HIV, devemos efetivamente aumentar a conscientização, a compreensão e o uso adequado delas.

Related Articles

Vaginose Bacteriana – Doença Inflamatória Pélvica

Vaginose Bacteriana, também conhecida como Doença Inflamatória Pélvica é uma DST que pode criar muitos problemas para a saúde da mulher, a saúde feminina....

DST ou IST Aquelas Doenças da Nossa Boa Vênus

DST, ou IST, bem como doenças venéreas, as doenças sexualmente transmissíveis (DST’s), são contraídas, em geral, através do contato íntimo com um parceiro infectado. Quanto mais parceiros sexuais você tiver, maior será a probabilidade de exposição a uma DST, mas também existem outros fatores de risco.

Transmissão sexual do HIV e uso da carga viral indetectável como meio para prevenir a transmissão do Vírus 

Transmissão sexual do HIV e uso da carga viral indetectável como meio para prevenir a transmissão do Vírus é uma "estratégia que tem ganho espaço nos últimos anos,  dentro da caixa de ferramentas de prevenção do HIV que se expandiu significativamente. Isso se deve ao rápido crescimento do nosso conhecimento sobre abordagens eficazes que ajudam a prevenir a transmissão do HIV. No entanto, para maximizar o impacto dessas abordagens na epidemia de HIV, devemos efetivamente aumentar a conscientização, a compreensão e o uso adequado delas.