Leucoplasia
Parece feio? E é mesmo. Só que dói mil vezes mais do que é feio. Eu servi como voluntário no CRTA, quando morei na casa de apoio Brenda Lee e Deus sabe as coisas que eu vi, que o capiroto duvidava que seres humanos fossem capazes de fazer

Leucoplasia Pilosa Oral (OHL)

O que é?

MAC - Mycobacterium Avium Complex - Uma doença triste

 

A Leucoplasia Pilosa Oral (OHL, em inglês) se refere a uma placa branca – ou placas brancas – que podem se desenvolver na boca. Estas placas geralmente ocorrem ao longo das laterais da língua, embora às vezes elas possam se desenvolver no alto e na base da língua ou ao longo da parte de dentro da bochecha. Olhando cuidadosamente para estas placas, elas podem parecer desgrenhadas ou podem conter um número de pequenas dobras ou cristas.

 

A OHL pode parecer afta, outro problema comum caracterizado por placas brancas que podem se desenvolver nas bocas de pessoas HIV-positivo. Entretanto, a afta geralmente sai quando raspada com uma escova de dente, enquanto a OHL não.

 

leucoplasia pilosa em adictos do alcoolA OHL é geralmente uma das primeiras infecções oportunistas a ocorrer em pessoas HIV-positivo. Ela pode ocorrer em qualquer uma das contagens de células-T. Pessoas HIV-positivo com mais de 500 células-T desenvolveram OHL, mas ela é mais comum entre pessoas HIV-positivo com menos de 200 células-T. Também é importante notar que a OHL pode ocorrer em pessoas com sistemas imunológicos saudáveis, incluindo aquelas que não estão infectadas com HIV.

 

Esta doença é considerada benigna, significando que ela raramente causa problemas físicos sérios e não progride para complicações mais sérias.O OHL é causada pelo vírus Epstein-Barr (EBV, em inglês). A maioria das pessoas no mundo são infectadas com EBV. Somente em algumas pessoas, incluindo aquelas com sistemas imunológicos comprometidos, causa doença.


Mais de 25% das pessoas HIV-positivo desenvolvem OHL em algum ponto durante o curso de sua infecção. Ela é mais comum entre homens e fumantes HIV-positivo.

 


 

O que é e quais os sintomas?

 

A Leucoencefalopatia Multifocal Progressiva (PML, em inglês) é uma infecção no cérebro que oferece risco de vida e que pode ocorrer em pessoas vivendo com HIV. Ela é causada por um vírus – o vírus JC. “JC” são as iniciais do primeiro paciente a ser diagnosticado com PML. O vírus é o poliomavírus, uma família de vírus que também inclui o papillomavírus humano (HPV).

 

O termo “progressiva” na PML significa que ela continua a piorar e geralmente leva a danos cerebrais graves. O termo “multifocal” significa que o vírus “JC” causa doenças em diferentes partes do cérebro. A “leucoencefalopatia” significa que a doença afeta a matéria branca do cérebro. Mais especificamente, o vírus JC infecta as células no cérebro chamadas oligodendrócitos. Estas células são responsáveis por produzir mielina, uma substancia gordurosa que ajuda a proteger os nervos no cérebro. Se muita mielina é perdida e não é reposta pelos oligodendrócitos, os nervos são danificados e geralmente param de funcionar corretamente.

 

Mais de 85% dos adultos no mundo inteiro estão infectados com o vírus JC, geralmente durante os primeiros anos da infância. Entretanto, o vírus só se torna ativo em pessoas que tem o sistema imunológico ativo. Isto inclui pessoas passando por quimioterapia imuno-supressora para câncer e pessoas com o sistema imunológico comprometido devido ao HIV. Antes do uso da combinação de terapia antiretroviral (ARV), se estimava que entre 3 e 7 por cento das pessoas com AIDS desenvolviam PML. Ela geralmente ocorre em pessoas com contagem de células CD4 muito baixas (menos que 100), mas foi vista em algumas pessoas HIV-positivo com contagem de células CD4 em 500.

 

Nos anos iniciais da epidemia de AIDS, a PML era geralmente progressiva e fatal. A morte ocorria entre 1 e 4 meses após o aparecimento dos primeiros sintomas. Enquanto o diagnostico da PML hoje permanece rápido em sua progressão e possivelmente fatal, melhorias em nossa habilidade de estabilizar o sistema imunológico usando medicamentos para HIV têm ajudado a melhorar o prognóstico associado a esta infecção oportunista.

 

Os sintomas da PML incluem deterioração mental, perda de visão, distúrbios na fala, ataxia (inabilidade de coordenar os movimentos), paralisia e coma. Em casos raros, convulsões podem ocorrer. Como as lesões e os danos aos nervos podem ocorrer em qualquer parte do cérebro, os sintomas iniciais podem ser diferentes entre as pessoas com a doença.

Tradução

Rodrigo S Pelegini

😍😍😍😜💫☮Sim, este da foto sou eu ! Minha sobrinha pediu que eu pusesse esta foto m meu perfil !.... Eu tinha aqui uma descrição a meu respeito que, uma pessoa classificou como “irreverente”. Esta é, realmente, uma forma eufêmica de classificar o que estava aqui. Tudo o que sei é que uma “ONG”, que ocupa um prédio de 10 andares estabeleceu uma parceria comigo, e eu tenho os logs do tempo de parceria, que foi mais um vampirismo pois, para cada 150 pessoas que saiam do meu site, clicando no deles, havia, em média, um que entrava. QUANDO ENTRAVA E SE ENTRAVA

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

As ùltimas desde:

We use cookies to give you the best online experience. By agreeing you accept the use of cookies in accordance with our cookie policy.

Fim da Linha por aqui. tente outra opção a partir do Início Volte Para Topo - Click
%d blogueiros gostam disto: