Image default
Candidíase

Candidíase ou Sapinho

O “sapinho”, também chamado de candidíase, é uma doença causada por um fungo (Cândida albicans). Todo mundo tem este fungo tanto sob quanto dentro de seus corpos. Ele pode ser encontrado sob a pele, no estômago, no cólon e reto, na vagina, e na boca e garganta. Na maioria das vezes, a Cândida albicans é inofensiva e até ajuda a manter os níveis bacterianos em ordem. Ás vezes, entretanto, há um crescimento exagerado deste fungo que pode levar a uma série de problemas.

Tanto as pessoas HIV-positivo quanto as HIV-negativo podem desenvolver a candidíase. Muitas mulheres sofrem com infecções vaginais fúngicas, um tipo de candidíase. De modo similar, uma pessoa pode experimentar um crescimento dos fungos em sua boca ou atrás de sua garganta. O stress, uma dieta pobre, ou pouco descanso podem contribuir para estes problemas. Uma pessoa que toma antibióticos para infecções bacterianas por um longo período também pode desenvolver o sapinho em sua boca ou vagina. A candidíase na boca (candidíase oral) também pode ocorrer em pessoas que inalaram esteroides, tais como aquelas habituadas a tratar a asma ou outros problemas pulmonares.

 

, SoropositivoOrg
La mujer que Al amor no se asoma No merece llamarse mujer Es cual flor que No esparce su aroma Como un leño que No sabe arder La pasión tiene Passion has Un magico idioma Que con besos Se debe aprender Puesto que una mujer Que no sabe querer No merece llamarse mujer Una mujer debe ser Soñadora coqueta y ardiente Debe darse al amor Con frenético ardor Para ser una mujer Não resisti…. Sou o que sou… (…) …

Uma higiene oral pobre e o tabagismo também podem contribuir para um aumento exagerado de fungos na boca. O consumo exagerado de álcool e açúcar também tem sido ligados ao desenvolvimento da candidíase.

Em pessoas HIV-positivo, a candidíase oral e a infecção fúngica vaginal podem ocorrer a qualquer momento, independente de sua contagem de células CD4. Quanto mais o sitema imunológico se torna danificado, mais freqüentemente a candidíase oral e a infecção fúngica vaginal se tornam recorrentes. Pessoas HIV-positivo com sistemas imunológicos danificados, geralmente com contagem de células CD4 abaixo de 200, estão mais propensas a desenvolver uma candidíase mais profunda em seus corpos, tais como no esôfago ou nos pulmões. Assim como muitas infecções oportunistas, a candidíase irá geralmente melhorar ou recorrer com menos freqüência se a terapia antiretroviral aumentar significantemente a contagem das células CD4.

Tradução Rodrigo S. Pelegrini

Nota do Editor de Soropositivo web Site: Eu procurei muito por uma foto light de candidíase e não achei uma só que eu tivesse coragem de postar aqui.

Todavia, se você se julga um espírito forte, clique aqui o link abre em outra aba do seu navegador

[contact-form][contact-field label=’Nome’ type=’name’ required=’1’/][contact-field label=’E-mail’ type=’email’ required=’1’/][contact-field label=’Site’ type=’url’/][contact-field label=’Comentário’ type=’textarea’ required=’1’/][/contact-form]

Sugestões de leitura

3 Parece que está começando a acontecer um debate por aqui! Participe

Tem algo a dizer? Diga!!! Este blog é melhor contigo!!!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

A Automattic, o Wordpress e Soropositivo.Org, e eu, fazemos tudo a nosso alcance no que tange à sua privacidade. E estamos sempre aprimorando, melhorando, testando e implementando novas tecnologias de proteção de dados. Seus dados estão protegidos e, eu, Cláudio Souza, trabalho neste blog 18 horas or dia para, dentre tantas outras coisas, garantir a segurança de suas informações, posto que sei das implicações e complicações das publicações aqui passadas e trocadas Eu aceito A Política de Privacidade de Soropositivo.Org Conhecer Nossa Política de Privacidade

Whatsapp WhatsApp Us