Anúncios
News Ticker

O que são doenças oportunistas? Como atuam?

Pessoal, manter o site nos traz custos, custos estes que estão difíceis para arcarmos sozinhos. Nós queremos continuar trazendo informações e ajudando as pessoas que chegam até aqui, mas para isso também precisamos de ajuda. Qualquer valor é bem vindo e nos ajudará a manter o site de pé, caso contrário não conseguiremos mais ter esse canal de informação e ajuda mútua. Segue a conta para depósito: Banco do Brasil, agência 1521-0, conta corrente 19957-5, em nome de Claudio Souza

Temos, neste site, uma enquete que visa obter os percentuais de pessoas que fizeram o teste para HIV e qual o percentual deu positivo e qual o percentual que deu negativo e outras nuances da questão HIV/AIDS, exames, resultados e consequências .

A enquete é complexa e tem mais de dez opções de respostas diferentes e me chamou à atenção que, apesar de apresentar um percentual baixo, mostra-se preocupante. A resposta é a seguinte:

Sou casado, tive relações extraconjugais, fiz o exame, deu positivo, acredito que contaminei minha esposa e agora não sei como agir!

 

Taxi Girl

Minha vida no Moulin Rouge

Não saber como agir, neste caso, significa medo. Medo de perder a esposa, de perder o apoio familiar, medo do preconceito, um pouco de culpa, a ideia de ter sido apanhado com “a boca na botija”

É um medo natural. Eu passei por coisa similar, com a diferença que eu não era casado e tratava-se, no meu caso, de uma pessoa a quem eu amei muito e que terminou comigo por telefone e me disse coisas horríveis… Meu medo era sobre o que ela me diria por saber que eu poderia ter transmitido a doença a ela, o que não aconteceu, e eu me esquecia da hipótese bastante palpável que poderia ter sido ela a me contaminar, como, na verdade, não foi.

O cerne da questão neste caso não é o que pode acontecer depois da revelação funesta. É exatamente o oposto. É preciso dar à pessoa envolvida, a possibilidade de ter um diagnóstico rápido, para obter a melhor possibilidade de obter o tratamento mais rapidamente e, ainda, quem sabe, a possibilidade de fazer o PEP (Profilaxia Pós Exposição).

É imprescindível que as pessoas se desencapsulem-se de suas egoísticas posições para dar lugar a um determinado senso de responsabilidade que permita, ao outro, a possibilidade de obter o melhor tratamento possível, no menor tempo possível, exatamente como está acontecendo com você agora; qualquer coisa que fuja a isso é irresponsabilidade a mais.

Não entro no mérito da traição, pois este parece ser um esporte muito praticado neste século e no anterior também. De fato eu não sou um pseudo moralista e nem hipócrita para levantar esta bandeira.

A bandeira que eu levanto aqui é a da responsabilidade e da ética.

Bem, faltou responsabilidade ao manter uma relação extraconjugal sem o uso do preservativo. O jeito, então, é fazer aparecer a responsabilidade na hora de cuidar da saúde do “outro”, mesmo que isso represente uma perda amorosa em sua vida, provocada por ninguém mais que você. E não é nem pela relação extraconjugal, é pelo descuido com sua própria saúde que parece estender-se à sua parceira… Vocês precisam abrir o jogo com elas.

Isso é ponto pacífico e não cabe discussão neste sentido.

É um erro grave deixar passar um dia que seja sem comunicar à outra pessoa a situação, beirando à completa irresponsabilidade.

A vocês que responderam à enquete com a resposta já mencionada eu só posso dizer que é tempo e hora de assumir seus erros e suportar as consequências com a devida resignação e comunicarética às pessoas envolvidas, a verdade, doa a quem doer, se eu tivesse uma religião, eu diria, dentre outras possibilidades que chega a ser anticristão tomar uma atitude como esta…

Mas eu nem sei se você é Cristão ou Satanista…

Às mulheres eu aconselharia dose dupla de cautela. Basta dar uma checadinha neste link. Mas leia-o inteiro.

Anúncios

Olha só pessoal.

No início do post tem uma imagem com um texto falando sobre o trabalho e os custos que a gente tem. Você que está me lendo agora, pode e tem o direito de não acreditar.

No mês de mais, quando mais de quarenta mil visitas foram registradas, houve três cooperações.

Quando nós pedimos cooperação financeira, qualquer valor é bom.

Sabe, o beija-flor pode carregar uma diminuta gota d’água em seu bico, no afã de apagar o incêndio na floresta….

E nunca será insuficiente 😊

Está conta serve para transferências de qualquer banco ou depósitos na boca do caixa de qualquer agência do Santander

Esta conta não permite, senhores abusadores, que seja feito nada a título de débito nela.

Você não poderá, como já pôde, assinar 65 revistas de uma só editora e, muito menos abrir contas de acesso à Internet 🙂

Precisa conversar

Whats App Soropositivo.Org

Estamos aqui para ajudar a pensar, não para diagnosticar. Não somos médicos ou profisionais de saúde. Buscamos ajudar com palavras amigas, conforto espiritual e, na medida do possível, terminar com a neurose gerada por bloqueiros de meia pataca ou homofóbicos sem caráter que não pensam duas vezes antes de espalhar terros entre pessoas que, quer eles, os homofóbicos, queiram ou não, são seres humanos. Tenha em mente que o numero do WhatsApp esta conectado a um CPF

A PEP é um direito de todos! Saiba onde a achar

A PEP é um direito de Todos

A PEP É um DIREITO DEDOS

[EIKYGMrz]

Top Blog Pessoal Saúde Juri Acadêmico 2013/2014

Top Blog Pessoal Saúde Juri Acadêmico

3 Trackbacks / Pingbacks

  1. Janela Imunológica. Os fatos. Texto Atualizado em 21/01/2016 – Soropositivo.Org. Há vida com HIV
  2. Sistema Imunológico: O que é? Como trabalha, por que é vulnerável ao HIV? Reagente não é sentença de morte!!!!!Soropositivo. Org - Há Vida com HIV!!!
  3. Sistema Imunológico: O que é? Como trabalha, por que é vulnerável ao HIV? - Soropositivo. Org - Há Vida com HIV!!!
%d blogueiros gostam disto: