Super-HIV pode se tornar nova epidemia

Image default
HIV nova pode

, SoropositivoOrgEstudo vê risco de epidemia de HIV resistente a medicamentos

Folhaonline O aumento da circulação de variantes do HIV resistentes ao tratamento com antirretrovirais nos EUA pode provocar uma epidemia desse tipo de “supervírus” com início nos países desenvolvidos.

O alerta é de um estudo publicado na edição da revista “Science”, que analisou a dinâmica de transmissão do vírus em San Francisco, na Califórnia.

Nos últimos 20 anos, a presença do vírus resistente cresceu de forma significativa na cidade, assim como na maioria dos países ricos, onde o tratamento com antirretrovirais é comum.

Como os soropositivos podem transmiti-lo para mais de uma pessoa, os pesquisadores afirmam que a ameaça de epidemia nesses países é real.

Simulação

Para mapear a evolução do HIV em São Francisco, os cientistas criaram um modelo matemático com os dados das infecções nas últimas duas décadas.

A simulação considerou a transmissão dos três tipos de HIV resistentes aos principais antirretrovirais do mercado. A partir dessas informações identificaram os fatores do tratamento que levaram à resistência aos medicamentos.

O modelo mostrou que muitos dos HIV resistentes, que têm evoluído nos últimos dez anos, são transmitidos de uma pessoa para outra mais facilmente do que se acreditava. Essa nova, SoropositivoOrg dinâmica, dizem os cientistas, tem potencial para provocar uma nova onda de resistência aos medicamentos.

Embora os remédios tenham conseguido manter a taxa de transmissão do HIV resistente abaixo de 15% do que seria esperado, cerca de 60% dos vírus desse tipo têm potencial para causar epidemias autossustentáveis caso saiam do controle.

“Este estudo não é só sobre San Francisco. É basicamente sobre muitas outras comunidades de países ricos e tem implicações significativas para a saúde global”, afirmou Sally Blower, da Universidade da Califórnia em Los Angeles, líder da pesquisa em comunicado à imprensa.

Segundo ela, o modelo matemático aplicado à cidade pode ser transposto para “qualquer outro lugar”, desde que feitas adaptações necessárias.

Migração viral

Uma das maiores preocupações dos cientistas agora é a disseminação do vírus resistente aos tratamentos nos países pobres.

A chegada desse tipo HIV a locais onde o acesso aos medicamentos é difícil e as políticas de saúde pública são limitadas pode anular os recentes avanços conquistados em áreas mais atingidas pelo HIV, como a África do Sul.

Por enquanto, não há dados sobre a presença do vírus resistente nos países mais pobres. De acordo com a OMS (Organização Mundial de Saúde), o principal empecilho é a falta de informações confiáveis sobre saúde pública nessas nações.

A insistência da entidade em tratar de maneira semelhante todos os infectados pelo HIV foi alvo de críticas de Blower.

“O mais inquietante é que nosso modelo mostra que a estratégia atual para a eliminação do HIV proposta pela OMS inadvertidamente pode piorar as coisas e aumentar significativamente os níveis de resistência aos medicamentos em muitos países africanos”, afirmou a pesquisadora americana.

De acordo com os cientistas, o modelo aplicado na pesquisa pode ser usado para o estudo da dinâmica de outras doenças resistentes a tratamentos.

EM SERGIPE – SE

Editoria: Pág. Dia / Mês/Ano:

SAÚDE

18/JANEIRO/10

↑ Grab this Headline Animator

Se você é usuário de Natura Compre Conosco

 

Este é um trabalho feito com amor, dedicação, carinho e um 1⃣ senso de responsabilidade! Ele gera custos e despesas! 

Apoie neste link https://www.natura.com.br/?consultoria=claudiosouzaebeleza

E logo abaixo um formulário em que você possa mandar uma mensagem para mim!

Doe R$ 10,00 Doe R$ 50,00 Doe R$ 100,00

 

, SoropositivoOrg
Se você pode e quer, por favor, ajude
, SoropositivoOrg

E não foi dentro de uma “zona temporal de conforto”! Esta é uma história que só eu a tem para contar!

Fui a primeira pessoa física, um CPF, não um CNPJ a, entre aspas, “dar minha cara a tapa”!

Por tudo o que vivi, isso tudo aconteceu em um período ainda conturbado pelo preconceito e, sim, houve preços a serem pagos.

A moeda sempre foi a da exclusão social e cheguei a titubear entre prosseguir ou não!

O grande “IT” de tudo isso é que sem este trabalho nada me restaria, senão o  ócio e com toda a certeza não suportaria. Tenho a necessidade de ser produtivo.

We are Borg!

Se não de tédio pelas horas vazias, ao menos por suicídio pela absoluta falta de propósito que minha vida teria e a terrível impressão de parasitose que viria a me acometer. Assim, eu não pude parar.

Tive a oportunidade de realizar muitas coisas e, na outra mão, perdi diversas oportunidades de fazer mais, com um alcance mais profundo e melhor.

Nem tudo é como se quer. Deixa chover (Guilherme Arantes)!

Enfim, se você tem a possibilidade de apoiar, de financiar, mesmo que minimamente este projeto, eis aqui os fatos:

, SoropositivoOrg
Este é o Único Blog ” Ainda ON LINE” a ter recebido este prêmio e esta consagração. O blog que alcançou o mesmo Status foi o Solidariedaids, de Paulo Giacommini. Infelizmente eu não consigo encontrar o link e a comunicação este eu e ele é muito difícil
  •  
, SoropositivoOrg
Único Blog On Line Tratando deste tema a Ter Recebido Este Prêmio pelo Júri Acadêmico

, SoropositivoOrg

Leitura Recomendada Neste Blog

Oi! Pessoal, obrigado por ter chegado até aqui! Sua atenção e interesse é o nosso maior interesse, trabalhamos aqui, eu e mara, com a finalidade de informar vocês, far alguma clareza em alguns pontos nebulosos de “tudo isso”.

Entretanto, nos faltam recursos financeiros

Se você gosta do trabalho, se tem condições de ajudar e quer ajudar, muitas vezes o custo de uma bobagem do seu dia-a-dia para nós, certamente fará a diferença porque, sabemos, o beija-flor, carregando água na pontinha de seu bico fará toda a diferença no esforço de apagar o incêndio na floresta!

Pense nisso!

Logo abaixo alguns recursos para facilitar o apoio!

Sugestões de leitura

Tem algo a dizer? Diga!!! Este blog é melhor contigo!!!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

A Automattic, o Wordpress e Soropositivo.Org, e eu, fazemos tudo a nosso alcance no que tange à sua privacidade. E estamos sempre aprimorando, melhorando, testando e implementando novas tecnologias de proteção de dados. Seus dados estão protegidos e, eu, Cláudio Souza, trabalho neste blog 18 horas or dia para, dentre tantas outras coisas, garantir a segurança de suas informações, posto que sei das implicações e complicações das publicações aqui passadas e trocadas Eu aceito A Política de Privacidade de Soropositivo.Org Conhecer Nossa Política de Privacidade

Whatsapp WhatsApp Us