Blog Soropositivo. Org

Nova cepa mais violenta do HIV é encontrada em larga escala em Cuba

Home / Destaques / Nova cepa mais violenta do HIV é encontrada em larga escala em Cuba
Destaques

A nova cepa do vírus foi nomeada CRF19. É uma combinação dos subtipos A, D e G.

Pesquisadores estudando pacientes em Cuba descobriu uma forma agressiva do HIV que pode progredir para AIDS em apenas três anos. A observação foi feita por uma equipe internacional na Universidade de Lovaina, Bélgica.

Em média, sem tratamento a infecção pelo HIV leva 5 a 10 anos para progredir para AIDS.

Uma progressão rápida do HIV para a AIDS leva, como resultado, a um enfraquecimento do sistema imunológico do paciente, ao invés do subtipo específico do HIV envolvido neste estudo, de acordo com o Professor Anne-Mieke Vandamme.

A nova cepa foi nomeada CRF19. É resultante de uma combinação dos subtipos A, D e G.

Quando uma pessoa contrai o HIV, o vírus se une às células CD4 humanas com a ajuda da proteína do receptor chamada CCR5. Ele tem de mudar para outro receptor, chamado CXCR4 antes de progredir para AIDS. O processo de mutação é difícil e demorado.

Pessoas com a Nova cepa do HIV tem uma maior concentração do vírus e da molécula RANTES, que é uma molécula de defesa do organismo e é liberada quando a pessoa é infectada pelo HIV. Esta molécula é normalmente vinculada ao CCR5. Assim, quanto mais moléculas RANTES são liberadas, mais moléculas CCR5 são tomadas. Como resultado, o HIV é forçado a vincular-se ao CXCR4, causando uma progressão muito mais rápida para a AIDS.

Apesar deste recombinante do HIV responder à maioria das drogas anti-retrovirais, as pessoas podem não perceber a infecção pelo HIV até que seja tarde demais para qualquer terapia.

De acordo com os cientistas, esta cepa do HIV tem sido vista, com frequência na África, mas não haviam pacientes num número que pudesse permitir um estudo em grande escala.

Em Cuba, o vírus está amplamente disseminado e, portanto pode ser minuciosamente estudado.

Com Informações do Sputinik News

Traduzido e adaptado para o Português do Brasil do original em inglês New Strain of HIV Causes AIDS Before Victims Realize They Are Infected Por Cláudio Souza

Olá Meu nome é Renata Reis. Sou enfermeira e professora da Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto da USP. Desenvolvi um estudo sobre o risco cardiovascular de pessoas com HIV. Após este estudo elaboramos um e-book educativo para prevenção do risco cardiovascular.
 
Segue o link: https://pt.surveymonkey.com/r/SQLQSW8Instagramm. A pesquisa é totalmente sigilosa e você terá acesso ao nosso material educativo. Muito obrigada!
Validação de Material Educativo-
Take this survey powered by surveymonkey.com.
Create your own surveys for free.
 
 

Publicações Relacionadas

Reposição da Inflação no FGTS de 1999 a 2013

Cláudio Souza

Grande proporção de homens heterossexuais HIV+ infectou-se com homens

Cláudio Souza

Como o HIV é transmitido? Estou Infectado com HIV? Como saber?

Cláudio Souza

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Soropositivo.Org, Wordpress.com e Automattic fazem tudo a nosso alcance no que tange à sua privacidade. Você pode saber mais sobre esta política neste link Eu aceito A Política de Privacidade de Soropositivo.Org Ler Tudo em Política de Privacidade

Olá! Sou o Beto Volpe! Quer Conversar? Diga olá! Mas tenha em mente que eu trabalho aqui entre 9:00 da manhã e 20 horas. Você pode deixar a mensagem, mas eu responderei nestes horários. Talvez eu demore, mnas em *SEMPRE RESPONDO*
Olá! Será que você me autorizaria a te avisar quando eu fizesse uma nova publicação ou atualização de um texto? Veja bem, eu não teria a menor ideia a respeito de quem você é! Seria algo anônimo, que me deixaria feliz por sua atenção e interesse. Quando eu fui DJ meu salário era a gritaria! Agora, é seu interesse! E, me perdõem por algum erro ortográfico. Eu sou disléxico e a neuropatia periférica complica ainda mais toda esta coisa. :-(
Dismiss
Allow