Descoberto o esconderijo do HIV na célula, informou o R7

Inicial / Antiretrovirais / Descoberto o esconderijo do HIV na célula, informou o R7
Antiretrovirais
, Descoberto o esconderijo do HIV na célula, informou o R7

Na Itália, conforme informa o R7, foi descoberto por cientistas o local onde o HIV se oculta, dentro das células de defesa do sistema imunológico humano.

[googlemaps https://www.google.com/maps/embed?pb=!1m18!1m12!1m3!1d7058711.206336625!2d12.573610799999999!3d41.292460049999995!2m3!1f0!2f0!3f0!3m2!1i1024!2i768!4f13.1!3m3!1m2!1s0x12d4fe82448dd203%3A0xe22cf55c24635e6f!2sItaly!5e1!3m2!1spt-BR!2sbr!4v1428075877483&w=600&h=450%5D

, Descoberto o esconderijo do HIV na célula, informou o R7
Líder do grupo de cientistas que fizeram esta descoberta

Foi obtida, segundo informou o R7, na ultima quinta feira, dia 02 de Abril, a foto da estrutura do núcleo de uma célula do sistema imunológico conhecida pelas pessoas que vivem com HIV como CD4 ou, em termos médicos menos populares, como linfócito B, descobrindo, desta forma, o “esconderijo” do vírus da imunodeficiência Humana, o VIH, em português, ou HIV, como é mais comumente conhecido, e, a partir desta foto, onde se descobre onde ele, o vírus, fica literalmente invisível para o sistema imunológico , dentro das células de defesa do organismo, como uma espécie de Cavalo de Troia.

A pesquisa foi realizada pelo ICGEB (Centro Internacional de Engenharia Genética e Biotecnologia) de Trieste, com a condução do professor .

Ó fato foi publicado no dia dois de abril e repercutiu fortemente dentro da comunidade científica, o que trouxe esperança de novos e mais potentes medicamentos, trazendo ainda mais qualidade de vida e esperança de cura às pessoas que vivem com HIV ou AIDS

Um dos maiores problemas era saber como o vírus insere seu RNA dentro da estrutura nucleica da do linfócito T (nota do Editor de soropositivo Web Site: Embora o R7 refira-se, em sua matéria à inserção do DNA o HIV é, na verdade um retrovírus e, portanto, sua estrutura primária é em formato de RNA), tornando-se, assim parte de seu código genético que levava a recidiva da infecção por HIV mesmo após a eliminação completa do mesmo de toda a corrente sanguínea, pouco tempo depois da interrupção do tratamento. Leia, aqui, uma matéria relevante a esta situação que dará a exata noção da importância da descoberta destes cientistas italianos.

O motivo pelo qual o vírus escolhe apenas alguns dos mais de vinte mil genes humanos para com eles se integrar e, desta forma, ocultar-se do sistema imunológico, bem como ele se escondia (ainda se esconde) da ação dos remédios e do próprio sistema imunológico, que produz anticorpos contra o HIV mas não conseguem encontrá-lo dentro das células, miscigenados aos genes, onde permanecia, no entanto, como um doloroso mistério até esta descoberta.

Da ANSA, com informaçoes do R7

Publicações Relacionadas

Tratamento do HIV  – uma vida mais longa e mais saudável

Cláudio Souza

O envelhecimento dos olhos e degeneração macular relacionada com a idade (DMRI)

Cláudio Souza

Sofosbuvir mais Daclatasvir por 12 Semanas Cura a Maioria dos Pacientes Co-Infectados de HIV/HCV

Cláudio Souza

1 comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Soropositivo.Org, Wordpress.com e Automattic fazem tudo a nosso alcance no que tange à sua privacidade. Você pode saber mais sobre esta política neste link Eu aceito A Política de Privacidade de Soropositivo.Org Ler Tudo em Política de Privacidade

Olá! Sou o Beto Volpe! Quer Conversar? Diga olá! Mas tenha em mente que eu trabalho aqui entre 9:00 da manhã e 20 horas.