Anúncios
News Ticker

Função física reduzida aumenta significativamente risco de mortalidade de pessoas de meia-idade vivendo com HIV

Pessoal, manter o site nos traz custos, custos estes que estão difíceis para arcarmos sozinhos. Nós queremos continuar trazendo informações e ajudando as pessoas que chegam até aqui, mas para isso também precisamos de ajuda. Qualquer valor é bem vindo e nos ajudará a manter o site de pé, caso contrário não conseguiremos mais ter esse canal de informação e ajuda mútua. Segue a conta para depósito: Banco do Brasil, agência 1521-0, conta corrente 19957-5, em nome de Claudio Souza

Eu, que não sou nenhum meninote, melhorei muito depois de ter recomeçado a caminhar, com o apoio de minha consorte. Sim, é verdade, eu eliminei muito peso depois da gastroplastia (69Kg+/-). Mas caminhar 45 minuos, dia sim, dia não, além de me fazer mais forte e mais leve, nos aproximou ainda mais. É o momento do relax, do papo bom, fora da rotina da casa. Recomendamos e aconselhamos a todos.

Anúncios
Eu e ela, no asfalto, sentimo-nos assim

Eu e ela, no asfalto, sentimo-nos assim

Infecção pelo HIV está associada a um menor desempenho físico, afirmam os pesquisadores na edição on-line da Revista AIDS. Descobriu-se também que as pessoas que vivem com HIV e que tê a atividade física reduzida tiveram um aumento significativo em seu risco de morte.

A população do estudo foi constituída por pacientes soropositivos para HIV na meia-idade e pacientes soronegativos também na meia idade das pessoas em Baltimore, Estados Unidos, quer fossem, quer não, usuários de drogas injetáveis (UDI).

“Os nossos resultados mostram o grande impacto da doença por HIV no desempenho físico, apoiar o crescente reconhecimento e a importância da doença crônica por HIV na meia idade com os resultados e pode informar e formar estratégias para o manejo clínico do envelhecimento em pessoas infectadas pelo HIV”, comentam os autores.

Graças às melhorias no tratamento e cuidado às pessoas soropositivas, uma grande porçãocada vez mais crescente de pessoas vivendo com HIV estão chegandoa idades cada vez mais avançadas. Isso significa, em síntese, que as doenças do envelhecimento são, hoje em dia, uma importante causa de óbito nesses pacientes; mortes que podem ser evitadas ou, ao menos postergadas

A atividade física reduzida é associada com maior risco de mortalidade de idosos em relação à população em geral. Em função da parte inferior do corpo – capacidade de equilíbrio, velocidade de caminhada e a dificuldade em levantar-se de uma posição sentada – isso pode ser avaliado usando uma bateria de testes curta de desempenho físico bateria (SPPB em Inglês).  Na população em geral, a pontuação SPPB abaixo de dez está associada a um risco aumentado de deficiência ao acesso a cuidados de enfermagem e a mortalidade.

Usando a SPPB, os pesquisadores queriam ver se portar o HIV poderia ser associado a uma menor função física. Eles também queriam ver se o desempenho físico teve uma associação com risco de mortalidade em pessoas vivendo com HIV/AIDS.

Assim, avaliou-se prospectivamente o desempenho físico e o risco de mortalidade em uma coorte de 1627 HIV-positivos em risco corrente e ex-usuários de drogas injetáveis. Desempenho físico foi medido a cada seis meses. O estudo follow-up ocorreu entre os anos de 2005 e 2010, e os participantes contribuíram com um total de 12.270 visitas de estudo.

Os participantes tinham uma idade média de 51 anos, a maioria afro-norte-americanos e um terço composto por mulheres.

Os participantes que vivem com HIV contribuíram com 3715 visitas de estudo (30%).  A contagem mediana de CD4 e carga viral foram 340 células/mm3 e 70 cópias/ml, respectivamente.

Os escores de SPPB com dez ou menos pontos foram responsáveis por um terço das visitas de estudo.

E um dia, no futurooooo, estaremos assim

E um dia, no futurooooo, estaremos assim

Depois de levar em conta possíveis fatores de confusão, a infecção pelo HIV foi independentemente associada com um aumento de 30% no risco de uma pontuação SPPB de dez ou abaixo (OR = 1,30; IC95% 1,12 -1.52).

Durante o período de acompanhamento, 165 pacientes (10%) foram a óbito. Isto significa que a taxa de mortalidade foi de 2,75 por 100 pessoas-ano.

A Pontuação SPPB dos dez pontos ou abaixo foi associada a um 2,3 pontos no aumento do risco de mortalidade em relação a uma maior Pontuação SPPB (HR 2,34; IC95% 1,67 -3,27).  Para pacientes HIV-negativos, a SPPB de menor escore foi associada com um 2.21 -dobre (IC 95 %, 1,37 -3,55) aumento no risco de mortalidade, em comparação com uma entre 2,55-dobre (IC 95 %, 1,33 -4.76) aumento de pacientes HIV-positivos às pessoas com HIV mal controlada, e a 2,02-dobre (IC 95 %, 0,95 -4,3) aumento de todos os outros indivíduos HIV positivos.

Infecção pelo vírus HIV por si só, mostrou-se associada a quase três vezes mais em risco de mortalidade (HR = 2,78; IC95% 1,70 -4.54).

Os autores encontraram que a menor desempenho físico e a infecção pelo HIV tinham um efeito conjunto no risco de mortalidade.

As pessoas que vivem com HIV e que tiveram baixas pontuações SPPB tiveram um aumento de seis vezes (HR= 6,03; IC95% 3,80 -10,0) no risco de morte durante o período de acompanhamento em relação aos indivíduos HIV-negativos com maior pontuação SPPB.

“Nossos achados reforçam a necessidade de se integrar os princípios como avaliação geriatrica funcional para o cuidado de idosos infectados pelo HIV,” concluem os autores. “A pontuaçãoo SPPB pode ser uma ferramenta eficaz para uso em pesquisa clínica e em clínico/terapêuticas de configurações para suportar o envelhecimento saudável de pessoas com infecção pelo HIV.”

 

Traduzido do original Reduced physical function significantly increases mortality risk of middle-aged people living with HIV por Cláudio Santos de Souza em 16/06/2015

Anúncios

Olha só pessoal.

No início do post tem uma imagem com um texto falando sobre o trabalho e os custos que a gente tem. Você que está me lendo agora, pode e tem o direito de não acreditar.

No mês de mais, quando mais de quarenta mil visitas foram registradas, houve três cooperações.

Quando nós pedimos cooperação financeira, qualquer valor é bom.

Sabe, o beija-flor pode carregar uma diminuta gota d’água em seu bico, no afã de apagar o incêndio na floresta….

E nunca será insuficiente 😊

Está conta serve para transferências de qualquer banco ou depósitos na boca do caixa de qualquer agência do Santander

Esta conta não permite, senhores abusadores, que seja feito nada a título de débito nela.

Você não poderá, como já pôde, assinar 65 revistas de uma só editora e, muito menos abrir contas de acesso à Internet 🙂

Precisa conversar

Whats App Soropositivo.Org

Estamos aqui para ajudar a pensar, não para diagnosticar. Não somos médicos ou profisionais de saúde. Buscamos ajudar com palavras amigas, conforto espiritual e, na medida do possível, terminar com a neurose gerada por bloqueiros de meia pataca ou homofóbicos sem caráter que não pensam duas vezes antes de espalhar terros entre pessoas que, quer eles, os homofóbicos, queiram ou não, são seres humanos. Tenha em mente que o numero do WhatsApp esta conectado a um CPF

A PEP é um direito de todos! Saiba onde a achar

A PEP é um direito de Todos

A PEP É um DIREITO DEDOS

[EIKYGMrz]

Top Blog Pessoal Saúde Juri Acadêmico 2013/2014

Top Blog Pessoal Saúde Juri Acadêmico
%d blogueiros gostam disto: