Últimas

Você sabe o que é PEP (Profilaxia Pós-Exposição)?

Pois é... profilaxia oós exposição é mais ou menos como isso. Escovar os dentes... Alimentou-se? Escove os dentes para evitar cáries. Só que é em outro nível, muito masi complexo, onde não é só na hora em que você se alimentou, que é uma coisa, geralmente, espont6anea. A PEP também é para os momentos em que voc6esofreu, desde uma violêcia sexual ou depois daquelea boa transa onde a camisinha, por infelicidde, foi mal-colocada e estourou!...

Pois é… profilaxia pós exposição é mais ou menos como isso. Escovar os dentes… Alimentou-se? Escove os dentes para evitar cáries. Só que é em outro nível, muito mais complexo, onde não é só na hora em que você se alimentou, que é uma coisa, geralmente, espontânea. A PEP também é para os momentos em que você sofreu, desde uma violência sexual ou depois daquela boa transa onde a camisinha, por infelicidade, foi mal-colocada e estourou!…

Pois é muitas pessoas não sabem do que se trata, mas a profilaxia pode ajudar a quem se expôs a momentos de risco como o sexo sem camisinha ou obteve ferimento com algo pérfuro cortante contaminado pelo vírus do HIV.
Conversando com diversas amigas garotas de programa pude perceber a falta de conhecimento e o grande interesse em conhecer o que é a Profilaxia.

Profilaxia Pós-Exposição (PEP) é uma forma de prevenção da infecção pelo HIV usando os medicamentos que fazem parte do coquetel utilizado no tratamento da Aids (Zidovudina + Lamivudina), para pessoas que possam ter entrado em contato com o vírus recentemente, através da exposição ocupacional, no caso de profissionais de saúde ou pela exposição não ocupacional (sexual), ocorrida em casos de sexo sem camisinha ou de violência sexual. Esses medicamentos, precisam ser tomados por 28 dias, sem parar, para impedir a infecção pelo vírus, sempre com orientação médica.

No caso de um possível contato com o HIV, seja nos casos de violência sexual e de profissionais de saúde que se acidentam com agulhas e outros objetos cortantes contaminados, busque, o quanto antes, um serviço de saúde público ou que seja credenciado.

Lembre-se: O tempo corre contra você. o Ideal é que comece em até duas horas após a exposição. Após 72 horas a PEP já não pode ser realizada por inócua

Lembre-se: O tempo corre contra você. o Ideal é que comece em até duas horas após a exposição. Após 72 horas a PEP já não pode ser realizada por inócua

O ideal é que você comece a tomar a medicação em até 2 horas após a exposição ao HIV e no máximo após 72 horas. A eficácia da PEP pode diminuir à medida que as horas passam.

O risco de transmissão do HIV varia com a natureza da exposição: de 1% a 30% nas relações anais receptivas, de 0,1% a 10 % nas relações anais insertivas e nas vaginais receptivas, de 0,1% a 1% nas vaginas insertivas.

Embora haja descrições de infecção pelo HIV em pessoas que praticaram apenas sexo oral, o risco desse tipo de prática é bem mais baixo.
A probabilidade de transmissão varia com a presença ou ausência de doenças venéreas (DST), ulcerações genitais (herpes, sífilis), circuncisão, displasia anal ou do colo uterino, com a virulência e com a concentração do vírus (carga viral) presente nas secreções sexuais.

Quanto mais rapidamente for administrada a profilaxia, melhor será o resultado. Dados experimentais indicam que os índices de infecção são mais baixos quando ela é iniciada nas primeiras 36 horas. Um estudo mostrou que filhos de mães infectadas apresentam menor chance de contrair o HIV quando tratados nas primeiras 48 horas depois do parto.

Lernen draußen auf dem SchulhofPrecisamos informar nossos amigos em rodas de conversas sobre o que é a profilaxia!
Está rolando assunto falando sobre sexo?! Pegação?! etc…
Comentem sobre a PROFILAXIA, não custa nada informar seus amigos sobre isso.
Repasse, comente, compartilhe essa informação
Fez sexo sem camisinha? Procure uma unidade de saúde perto da sua casa, isso pode custar muito!

Pode custar a sua VIDA.

Anúncios
Sobre Claudio Souza do Soropositivo.Org (508 artigos)
😍😍😍😜💫☮Sim, este da foto sou eu ! Minha sobrinha pediu que eu pusesse esta foto m meu perfil !.... Eu tinha aqui uma descrição a meu respeito que, uma pessoa classificou como “irreverente”. Esta é, realmente, uma forma eufêmica de classificar o que estava aqui. Tudo o que sei é que uma “ONG”, que ocupa um prédio de 10 andares estabeleceu uma parceria comigo, e eu tenho os logs do tempo de parceria, que foi mais um vampirismo pois, para cada 150 pessoas que saiam do meu site, clicando no deles, havia, em média, um que entrava. QUANDO ENTRAVA E SE ENTRAVA

10 comentários em Você sabe o que é PEP (Profilaxia Pós-Exposição)?

  1. Estou fazendo a profilaxia pós exposição, estou no 5 dia, e estou com um dente infeccionado posso tomar antibiótico sem problema junto a peo

    • Olá. boa tarde. eu não posso dar este tipo de aconselhamento. Eu não sou médico e, mesmo que seja difícil para você ou outras pessoas acreditarem, este é um blog pessoal de uma pessoa vivendo com HIV e nada mais

  2. Fez 74h após exposição, fiz teste de Elisa ,e deu negativo. Comecei a tomar o coquetel. É possível q eu esteja com HIV?

    • Eu não tenho como responder isso. Eu não sou médico. Mas… Tenha e mente, e eu temo pelo dia que tiver de dizer isso a mim mesmo… “Tudo é como Deus deseja”. Força e por piores que possam vir a ser os efeitos colaterais, não pare de toma-los, pois isso, agora, pode vir a ser a garantia de que vc não sofrerá com estes efeitos colaterais por tora uma vida e, creia que, a despeito de tudo, há vida com HIV. Eu vivo com ele desde 1994. Abraços

  3. Tive uma exposição em 20/01/17 e fiz exame de 4a geração em 01/11/17. Tenho vários sintomas da fase aguda. Como pode isso?

  4. Olá Claudio! Eu estou no período de não detectação dos 56 dias, tenho vários sintomas do período de duas semanas tais como dores no corpo e articulações, pontos vermelhos na língua (tem médicos que erroneamente acham que isto só ocorre em pés e mãos, neste caso o ponto de transmissão foi a língua), estou perdendo peso rapidamente e olha que só como porcaria, tive um esbranquiçamento na língua sugerindo candidíase oral, fazem 13 dias que fui beijado por uma carimbadora que utilizou-se de subterfúgios como a casquinha e gergelim para causar micro lesões e consequentemente sangramento. Não se fala disto na mídia e quando é tratado se sensionaliza um lado e vitimiza-se o outro. Enquanto isso o vírus espalha-se sem as pessoas saberem. O que é possível fazer nesses casos?

    • Se vc for HIV positivo e tiver feito um exame antes da janela, bem após a relação, que deu negativo, vc pode prestar queixa, ou talvez representar contra ela. E ver o que acontece. No fim de cada texto do blog tem meu zap, e eu mesmo não sei meu número. Gostaria de, horas destas, conversar contigo

  5. Henrique Guerra // 28 de março de 2018 às 20:45 //

    Qual a janela imunológica para quem toma Pep?Qual o teste a fazer,o rápido ou de 4 geração?

    • Claudio Souza // 6 de abril de 2018 às 16:15 //

      A janela imunológica para o pe´riodo pós PEP éa mesma. Informação do DISK aids reitera que quem faz PEP corretamente não soroconverte

1 Trackback / Pingback

  1. O Carnaval Acabou Teste-se para o HIV!Soropositivo. Org - Há Vida com HIV!!!

Os comentários estão desativados.

Whatsapp WhatsApp Us
%d blogueiros gostam disto: