Últimas noticias

HIV pode ser removido de seus esconderijos por droga anticâncer que pode ajudar na luta contra a AIDS

Droga anticâncer parece ter propriedades capazes de levar o HIV a mover-se para fora de seus esconderijos, fazendo o um “alvo fácil” para o sistema imunológico da pessoa soropositiva

virus expulso de seus esconderijos

vírus HIV expulso de seus esconderijos

A Terapia antirretroviral que ajuda a eliminar o RNA viral da corrente sanguínea, bem como de outros fluidos corporais não é capaz de alcança-lo em determinadas regiões do organismo humano.

Entretanto ele, o HIV, pode ser expulso de seus esconderijos com o uso de uma droga anticâncer, de acordo com informações de alguns pesquisadores.

A TARV evita a replicação do vírus nas células CD4 dentro do sistema imunológico e, todavia, não consegue alcançar êxito quando é preciso expulsar o vírus destes esconderijos onde permanece incólume; uma vez que se interrompa a medicação ele volta a atacar as células CD4 e reinicia o processo de destruição do sistema imunológico, sendo esta a grande barreira para se conseguir a cura do HIV.

Um estudo divulgado na publicação científica PLoS Pathogens indica que uma droga anticâncer é “altamente potente” na reativação do HIV ‘oculto’.

Especialistas afirmam que o achado é interessante e, contudo, ainda é importante saber se é seguro usar a droga em pacientes soropositivos para o HIV, posto que não se sabe quais são as potenciais interações medicamentosas entre estes compostos…

‘Chutar e matar’

Anticorpos específicos e amplamente neutralizantes massacrandoas cópias do HIV expilsas de seus esconderijos

Anticorpos específicos e amplamente neutralizantes massacrandoas cópias do HIV expulsas de seus esconderijos

Uma estratégia conhecida como ‘chutar e matar’ é considerada ‘chave’ para a cura do HIV – o chute desperta o vírus, faz com que ele saia de seus esconderijos, a TARV impede que eles reinfectem as células CD4 e permitem que os anticorpos específicos façam o trabalho de eliminá-lo do organismo

A equipe na Escola de Medicina da Universidade da Califórnia, em Davis, pesquisou o PEP005 – um dos ingredientes no tratamento para prevenir câncer – em uma pele que sofreu danos pelo sol.

Os testes da droga anticâncer foi feito em células criadas em laboratório e em partes do sistema imunológico retiradas de treze pacientes portadores de HIV.

A conclusão foi de que o “PEP005 é altamente potente na reativação do HIV latente” e que o ingrediente representa “um novo grupo de composições importantes para combater o HIV”.

Um dos pesquisadores, o professor Satya Dandekar, considerou a descoberta um grande avanço.

“Estamos bastante empolgados com o fato de termos identificado um candidato acima de todos os padrões para a reativação e erradicação do HIV que já é aprovado e até utilizado por pacientes. Essa molécula tem um grande potencial de avanço em estudos clínicos tradicionais.”

Cartoon bacteria under a magnifying glassTodavia, o remédio ainda não foi testado em indivíduos HIV positivos.

Conforme informa a professora da Universidade de Melbourne, Sharon Lewin, que também participou da pesquisa, os resultados são um ‘avanço importante em novos elementos que podem ativar o HIV latente.”

“O estudo acrescenta outro tipo de remédio a ser testado para eliminar potencialmente as formas ‘sobreviventes’ do HIV, mas ainda é preciso muito trabalho para entender se isso realmente funciona em pacientes.” “Apesar de o PEP005 já ser aprovado pela FDA (órgão dos Estados Unidos que regulamenta a produção e a comercialização de remédios e alimentos no país), ainda será preciso um pouco de tempo para analisar se é seguro utilizá-lo em pacientes com HIV”, concluiu.

Talvez a cura da AIDS

Quem sabe não é este o caminho para a Cura da AIDS

Com informações de James Gallagher Repórter de ciência da BBC Brasil e reedição de Cláudio Souza.

Revisão Mara Macedo

Claudio-panamaNota do Editor de Soropositivo.Org: Uma amiga leu a matéria em “avant-premiére” e perguntou se isso, atrair todo o HIV para fora de seu esconderijo, não seria uma forma de debilitar o paciente e eu achei esta uma excelente questão; por outro lado, eu tenho uma questão pessoal a lançar sobre o assunto, e creio que pelo menos 15% das pessoas vivendo com HIV, que sofrem com neuropatia periférica, é se esta droga anticâncer seria (ou será?) capaz de remover o HIV infiltrado no sistema nervoso e quanto custaria este novo “insumo” medicamentoso dentro do orçamento de países que, como o Brasil, tem uma política de tratamento universal gratuito para todas as pessoas que vivem com HIV?

Anúncios

Precisa conversar

Whats App Soropositivo.Org

Estamos aqui para ajudar a pensar, não para diagnosticar

Top Blog Pessoal Saúde Juri Acadêmico 2013/2014

Top Blog Pessoal Saúde Juri Acadêmico
Sobre Claudio Santos (509 artigos)
Depois de passar quatro décadas tentando estabelecer pelo menos um armistício com meu pai e ver as falhas ocorrerem sistematicamente, tentativa após tentativa, eu desisti do sobrenome “de Souza”. Estava me preparando espiritualmente para isso quando uma amiga locupletou a façanha de descobrir onde está minha mãe... Cláudio Santos. Quem preferir, aluda-se a mim como o Cláudio do Site,ou Cláudio do Soropositivo.Org, ou ainda aquele da promessa não cumprida: Cláudio, o trouxa do livro que acreditou em "palavra emprenhada". Eu mostro meu rosto, embora alguns me censurem, porque, no meu modesto ponto de vista, ser portador de HIV não é crime e, portanto, não há do que me envergonhar. Eu contraí HIV pela via sexual. Eu fui um DJ e, durante cinco anos fui DJ no vagão Plaza e durante uns outros dois fui DJ do Le Masque. Lá, um filho da puta me pediu para fazer minhas férias e puxou meu tapete. Aí fui parar na "Segredos", uma casa gay e, de quebra, morei lá por um tempo. Rua da Amargura, onde R.A. Gomes me colocou. Mas dei a volta por cima e fu trabalhar na SKY. Depois, na Pink Panther, em Santos e, enfim, na XEQUE Mate e, terminei minha carreira, aquele que fora três vezes considerado o Melhor DJ de São Paulo, como um apagado DJ do La Concorde e do Clube de Paris, onde conheci uma das mais belas mulheres com quem convivi e a perdi. Conheci alguém novo, uma mulher, "do dia", que me apresentou esta Entidade, o computador e, por muito tempo vivi de consertá-los. Sei, hoje, que ainda há muita gente que me odeia. Quer saber? Get them the hell and fuck off porque eu não dou a mínima. Simplesmente faço meu trabalho e me reporto a Deus... E pra quem não acredita em resiliência, eis meu histórico médico De acordo com o que preceitua o Código de Ética Médica, nos termos da legislação vigente e de conformidade com o pedido formulado pelo interessado, declaro que o Sr Cláudio Santos de Souza, matrícula no serviço sob registro RG3256664J, está em acompanhamento regular com seguintes diagnósticos/CID-10 até o presente momento: #HIV/Aids diagnóstico em 11/1996 (B24) #Candidíase oral 1996 (B20.4) #lnfecção latente tuberculosa tratada com Isoniazida em 1997 (Z20.1) #Arritmia cardíaca: bloqueio parcial ramo D/bradicardia sinusal por antidepressivos tricíclicos em 2006 (I49.9/R00.1) #Depressão (F32) Dislipidemia (E78.5) Diabetes (E14.) Obesidade (E66.) #PO tardio de gastroplastia redutora (técnica Capella 10/2011) #Embolia Pulmonar (126.) em 2011 + hipertensão pulmonar #HAS (110) controlada após cirurgia bariátrica Catarata (H26.9) #Sífilis (A51.0) gonorréia (A54.0), herpes genital (A60) Litíase vesicular (K80.5) #Trombose venosa profunda/tromboflebite MMII de repetição (182.9): 2008, 2009 e 2010 #lntervenção cirúrgica em 21/01/2013: de herniorrafia incisional abdominal, apendicectomia, colecistectomia #Herpes zoster ramo oftálmico 04/2015 (B02) 2 # Neuropatia periférica em membros superiores e inferiores (G62.9), acarretando fraqueza muscular, parestesias e dor, medicado e em seguimento pela equipe de dor #Angioma cavernoso cerebelar - em seguimento com neurologia Tratamento: TDF+3TC+ATVr, ezetimibe, alopurinol, AAS, atorvastatina, enoxaparina, clomipramina, risperidona, zolpidem, clorpromazina, flunitrazepam, gabapentina, amitriptilina, metadona Últimos exames: CD4=1070 (28%)/CD8=1597 rel=0,67 (08/03/2015) e Carga viral- HIV(PCR)

Seu retorno é importante. Nós atendemos às solicitações de textos, desde que ligados ao tema central de alguma forma. Faça seu comentário, de sua opnião

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: