Blog Soropositivo. Org

O Crescimento silencioso do HIV

Home / HIV / O Crescimento silencioso do HIV
HIV

Apesar do tratamento o HIV cresce silenciosamente

O HIV pode continuar a crescer em pacientes que pensam estar respondendo bem ao tratamento, de acordo com uma pesquisa da Universidade de Liverpool.

Durante o tratamento do vírus HIV oculta-se nas células sanguíneas chamadas linfócitos T CD4 que são responsáveis pela resposta imune do paciente, inserindo sua própria informação genética no DNA das células CD4.

Um estudo realizado pela Universidade do Instituto da infecção e Saúde Global medindo os níveis de HIV integrado às células CD4 dos pacientes submetidos à tratamento ininterrupto por até 14 anos, comparando-se, assim, pacientes que receberam tratamento para diferentes comprimentos de tempo. Os pesquisadores descobriram que a quantidade de HIV foi encontrada e integrada às células CD4 não foi diminuída em nada desde p 1º ano de tratamento mesmo em pacientes com uma janela de tratamento de até 14 anos.

Copiar genes

A pesquisa demonstra que, sempre que uma célula CD4 se multiplica a fim produzir mais células, ela faz uma cópia de si mesma e copia também os genes HIV. Este processo – uma espécie de replicação silenciosa do HIV , significa o vírus não precisa de se copiar, produzir novas partículas de vírus e infectar novas células CD4 – mas é incorporado automaticamente no momento do nascimento da célula recém criada.

Terapia Antiretroviral é dada a pacientes com HIV para interromper a produção de novos vírus que impede a infecção e a morte dos linfócitos T CD4 e a progressão da doença .

Os avanços na terapia antirretroviral ao longo dos últimos 30 anos, fazem com que a maioria dos pacientes possam ter os seus vírus suprimido para níveis indetectáveis e viver uma vida longa e saudável. Pensara-se que, após muitos anos de tratamento bem-sucedido, o corpo seria capaz de purgar-se do vírus por si mesmo.

Difícil de reprimir

A Professora Anna Maria Geretti, que liderou o estudo, disse: ” esta pesquisa demonstra que, infelizmente, o vírus HIV encontrou uma outra maneira de escapar dos nossos tratamentos.

“Nós sempre sabíamos o HIV é difícil de suprimir completamente, e que ele se esconde no interior células CD4, mas sempre esperávamos que o corpo gradualmente renovasse as suas células CD4 e, em seguida, o HIV teria uma morte oculta. Ficamos surpresos ao descobrir que os níveis de HIV integrado nas células CD4 não se reduz nem mesmo ao longo de um período de 14 anos.

“A boa notícia é que nós não vemos qualquer piora ao longo do tempo; infelizmente a má notícia é que esses achados realmente lançam dúvidas sobre a questão de saber se o HIV pode ser “curado”  por simplesmte melhorar as respostas imunológicas contra ele – uma estratégia que, agora, parece estar condenado ao fracasso”.

Os resultados estão publicados na revista Biomedicina .

Traduzido do original em HIV grows despite treatment, study finds por Cláudio Souza.

     
     
  1. Dõe R$ 10,00 com este link
  2. Dõe R$ 20,00 com este link
  3. E Dõe R$ 50,00 com este link!
  4. E com este link você pode ajudar com R$ 100,00
A imagem é clicável e abre em outra aba

]

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Publicações Relacionadas

Como o HIV é transmitido? Estou Infectado com HIV? Como saber?

Cláudio Souza

Vacina contra papilomavírus humano é eficaz para mulheres com HIV

Cláudio Souza

Sofosbuvir mais Daclatasvir por 12 Semanas Cura a Maioria dos Pacientes Co-Infectados de HIV/HCV

Cláudio Souza

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Soropositivo.Org, Wordpress.com e Automattic fazem tudo a nosso alcance no que tange à sua privacidade. Você pode saber mais sobre esta política neste link Eu aceito A Política de Privacidade de Soropositivo.Org Ler Tudo em Política de Privacidade

Olá! Sou o Beto Volpe! Quer Conversar? Diga olá! Mas tenha em mente que eu trabalho aqui entre 9:00 da manhã e 20 horas. Você pode deixar a mensagem, mas eu responderei nestes horários. Talvez eu demore, mnas em *SEMPRE RESPONDO*
Olá! Será que você me autorizaria a te avisar quando eu fizesse uma nova publicação ou atualização de um texto? Veja bem, eu não teria a menor ideia a respeito de quem você é! Seria algo anônimo, que me deixaria feliz por sua atenção e interesse. Quando eu fui DJ meu salário era a gritaria! Agora, é seu interesse! E, me perdõem por algum erro ortográfico. Eu sou disléxico e a neuropatia periférica complica ainda mais toda esta coisa. :-(
Dismiss
Allow