Como é que O HIV afeta o processo de envelhecimento? O que é “Exaustão Imune?”

HIV e Envelhecimento

muay thai at sunsetPara entender bem este texto, recomendamos que pegue o tema pelo início neste link: O envelhecimento e O HIV

Os educadores muitas vezes explicam o que acontece no corpo de pessoas  com HIV como uma batalha : a guerra entre o vírus  e células imunológicas. Embora simples demais, esta explicação é verdadeira. O HIV não é exclusivo neste aspecto , no entanto. O sistema imunológico está constantemente “em guerra” com uma série de organismos prejudiciais, por exemplo os vírus e as bactérias que penetram nos nossos corpos e com as nossas próprias células que se tornam defeituosas e começam a se reproduzir muito rapidamente – o que chamamos câncer.

Onde o HIV difere de muitas doenças é que em 99 por cento dos pacientes HIV-positivos  o sistema imunológico das pessoas  não consegue controlar o vírus muito bem. Este constante estado de batalha, onde o vírus se reproduz e o corpo luta contra ele , mantém o sistema imunológico  em alerta elevado cronicamente , uma síndrome denominada inflamação.

Inflamação não é intrinsecamente má e isso é algo de que nós temos necessidade, para combater infecções, como a gripe aviária, para reparar os danos aos tecidos do corpo e a prevenir o crescimento de certos tipos de canceres, mas desmarcada inflamação pode causar caos absoluto sobre o corpo, causando , inclusive, ataque cardíaco e acidente vascular cerebral, causado pelas placas de gordura nas nossas artérias, alimentando o crescimento de alguns tipos de câncer, e a perda gradativa de nosso sistema imunológico.

Sabemos que desde os primeiros anos da epidemia os sistemas imunológicos das pessoas com HIV foram cronicamente inflamados, mas antes da introdução da combinação de potente terapia antirretroviral (TARV) no final da década de 1990, a maioria das pessoas com HIV morreu muito jovem e muito rápido para sabermos das conseqüências a longo prazo da inflamação de forma que possamos conhecê-las. Uma vez que a TARV  se tornou disponível, e as pessoas começaram a viver muito mais tempo, os cientistas foram, finalmente, capazes de estudar os efeitos a longo prazo da inflamação nas pessoas vivendo com HIV.

Na última década, vários estudos produziram alguns resultados importantes. Nós sabemos que a inflamação é significativamente reduzida em pessoas que  são capazes de alcançar e manter as suas cargas virais indetectáveis usando TARV. Esta é uma das razões pelas quais a  comissão responsável por escrever  as diretrizes de tratamento para HIV do Departamento de Saúde e Serviços Humanos  (DHHS) recomenda que as pessoas comecem a TARV contra o HIV o mais precocemente possível. Infelizmente, temos também aprendido que uma carga viral indetectável não significa que a inflamação está completamente bloqueada, o que pode ainda ser detectado, e pode causar problemas em pessoas que , de outra forma, estariam respondendo bem à TARV (Terapia Antirretroviral) .

Enquanto os pesquisadores estão preocupados  com a forma como inflamação afeta diretamente grandes órgãos, como o coração, o fígado e os rins , eles também estão interessados em saber como inflamação crônica afeta o próprio sistema imune . Quanto mais tempo o sistema imunológico da pessoa continua a combater  o HIV – mesmo se TARV está sendo utilizada e o mais provável que essa pessoa com essa experiência possua imunossenescência relacionada à idade, às vezes também chamado de “exaustão imune.”

Esta condição significa que células imunológicas não conseguem reagir adequadamente quando confrontados com um novo desafio . Eles também não se reproduzem facilmente e eficientemente. De fato, quando os cientistas têm  as células imunológicas das pessoas com  HIV, eles acham que essas células têm frequentemente o mesmo grau  de desgaste que,  em comparação com o sistema imune das pessoas HIV negativas as pessoas com HIV são, biologicamente, muitas décadas mais velhas do que a idade temporal dessas pessoas.


Se Você pode, apoie








Nós temos muitos projetos a serem realizados, mas não temos recursos.

Por outro Lado, temos nossos custos operacionacionais, que não são poucos.

Se Você gosta deste trabalho, pode ajudar e assim o deseja, faça uma pelo Pay Pal

Se Você quer saber mais sobre nós e a quem e ao que está ajudando, este link mostra algo de tudo e abre em outra aba!

 

 

 

[bws_popular_posts]

Em nenhuma outra entrevista eu fui tão bem tratado e nunca estive em uma entrevista em que não tivesse ocorrido edições, com as exceções da Astrid e do Erotika da MTV

Você pode procurar algumas ONG ue eu conheço em São Paulo

 

Rede Nacional de Pessoas Vivendo com HIV ou AIDS

Grupo De Incentivo à Vida

Pela Vidda

GAPA

CEFRAN

Anúncios

Related posts

Há tratamentos experimentais para lentificar envelhecimento em pessoas com HIV?

Cláudio Souza 1/4 de Século Vivendo Com HIV

É possível retardar o processo de envelhecimento?

Cláudio Souza 1/4 de Século Vivendo Com HIV

HIV e envelhecimento precoce

Cláudio Souza 1/4 de Século Vivendo Com HIV

Pessoas soropositivas em idade mais avançada sofrem com múltiplas morbidades mas não com envelhecimento precoce

Cláudio Souza 1/4 de Século Vivendo Com HIV

Como é a infecção por HIV? Como ela nos conduz à enfermidade?…

Cláudio Souza 1/4 de Século Vivendo Com HIV

A infecção por HIV é relacionada a uma maior prevalência de doenças associadas ao envelhecimento segundo estudo holandês

Cláudio Souza 1/4 de Século Vivendo Com HIV

1 comment

Droga contra Doença de Crohn produz carga viral indetectável de longa duração e a restauração de células T sem TARV em macacos Soropositivo.Org - Há vida com HIV 17 17America/Sao_Paulo outubro 17America/Sao_Paulo 2016 at 14:31

[…] que isso aconteça. Estes danos imunes podem ser um dos principais mecanismos da exaustão imune progressiva visto no tratamento da infecção pelo […]

Comments are closed.

Nós usamos Cookies Para Te Oferecer Uma Experiência On Line em .soropositivo.org e todos os seus subdomínios de acordo com nossa Política de Privacidade, neste link: Política de Privacidade ( Bellow Portuguese version there is a English version of these Privacy Policies)

%d blogueiros gostam disto: