Últimas noticias

Doenças pulmonares anteriores, relacionadas com a aids são associadas com risco de câncer do pulmão para as pessoas com HIV

 

cigarretoDoença pulmonar relacionado à AIDS é um fator importante no aumento do risco de câncer de pulmão visto em pessoas com HIV, os investigadores de  relatório dos Estados Unidos em AIDS. finger cigarO estudo comparou as taxas de incidência de câncer de pulmão e o  tempo de sobrevida entre pacientes HIV positivos e indivíduos HIV negativos.

“Verificamos que a infecção pelo HIV sozinho não foi um fator de risco independente para o câncer de pulmão, mas a quantidade de cigarro ao longo do tempo e a AIDS, mais pneumonias prévias entre adultos infectados pelo HIV foram os principais contribuintes para o desenvolvimento de câncer de pulmão,” comentaram os autores.

A incidência de cancros relacionados com o da AIDS (especialmente o sarcoma de Kaposi e linfoma não-Hodgkin) diminuiu acentuadamente desde a introdução da  terapia antirretroviral eficaz (TARV). No entanto, diversos estudos têm relatado aumento da incidência de câncer de pulmão entre pessoas com HIV desde o advento da TARV. Não está claro se este aumento é simplesmente devido às altas taxas de tabagismo observada em pessoas com VIH. Existem algumas evidências de que a supressão imunológica associados com a  infecção pelo HIV e o dano pulmonar causada por infecção relacionada a AIDS como pneumonia PCP  e  pneumonia bacterianas recorrentes também podem ser importantes fatores de risco para câncer de pulmão.

Face a tal incerteza, investigadores conceberam um estudo para determinar a incidência de fatores de risco e o  tempo de sobrevida para o câncer de pulmão entre os indivíduos recrutados em dois estudos de coorte longitudinal da infecção pelo HIV, envolvendo mulheres (mulheres HIV Estudo interdepartamental [WIHS]) (n=2549), outros homens ( Estudo de coorte multicêntrico AIDS [MACS]) (n=4274]). Ambas as coortes incluem uma população de comparação do HIV-negativo em indivíduos de risco.

Os pacientes foram acompanhados até Setembro de 2012. Um total de 60 incidente do câncer  do pulmão (46 em pessoas comHeavy smoker HIV, 14 em pacientes HIV negativos participantes) foram registradas entre participantes da coorte.r- A média de idade ao diagnóstico de câncer de pulmão foi de 52 anos entre mulheres com HIV e 51 anos entre mulheres HIV-negativos. Para os homens, a média de idade do diagnóstico foi de 50 anos para aqueles com HIV e 54 anos para pacientes HIV-negativos. Todos eram tabagistas.

Globalmente, incidência do cancro do pulmão foi significativamente maior entre as mulheres (IRR = 151,8 por 100.000) do que os homens (IRR = 50,7 por 100.000)(p < 0,001). Incidência também foi maior entre os pacientes com HIV (IRR = 119 por 100.000) comparados com indivíduos HIV negativos (IRR = 45 por 100.000)(p = 0,001).

Todos os casos de câncer de pulmão ocorreu em fumantes. Trinta e um de 60 casos ocorreram em pessoas que haviam acumulado pelo menos trinta anos de história pregressa de tabagismo. (Um pack ano é equivalente de fumar 20 cigarros por dia por um ano). Pacote de dez ou mais anos de tabagismo foi significativamente associada com a incidência de câncer de pulmão em uma análise multivariável.

A infecção pelo HIV não foi associado com um aumento significativo do risco de câncer de pulmão quando as duas coortes foram analisados separadamente. Foi só quando a duas coortes foram combinadas que o HIV se tornou significativamente associado com o risco de cancro do pulmão (IRR = 2,64; 95% IC, 1.43-5.21).

Após o controle para potenciais confundidores, análise de coortes combinada mostrou que fatores independentemente associados com câncer de pulmão foram idade , menor escolaridade, a intensidade do tabagismo e um diagnóstico prévio de pneumonia relacionado à AIDS.

“Descobrimos que cerca de dois terços do efeito da infecção pelo HIV foi explicado por um diagnóstico prévio de pneumonia,” comentários sobre AIDS dos autores. “Doença pulmonares inflamatórias e infecções foram mostradas como fator de  desempenho num papel no desenvolvimento do câncer de pulmão na população geral, e isto também foi observado entre os indivíduos infectados pelo HIV, particularmente em associação com pneumonia recorrente”.

Dos 31canceres  do pulmão entre as mulheres diagnosticadas com HIV, 20 tinham um anterior diagnóstico de AIDS, 14 das quais envolvidos uma pneumonia relacionado à AIDS. Dos 15 casos de câncer de pulmão entre homens com HIV, seis indivíduos envolvidos com a anterior diagnóstico de AIDS, dos quais três envolvidos pneumonia.

 Dados de sobrevida estavam disponíveis para 56 pacientes e durante o seguimento 45 desses indivíduos morreram. A média do tempo de sobrevida para as mulheres foi de 9,5 meses, considerando que os homens sobreviveram por uma média de seis meses. A análise de todos os 56 pacientes mostraram que o único fator associado com maior sobrevida foi diagnóstico após 2001. Uma história de  uso de drogas injetáveis foi associada com menor sobrevida.

Healthy Women's Lungs

Os pesquisadores, depois da analise restrita para os 42 pacientes com câncer de pulmão com HIV. O único fator relacionado com o VIH independentementeLungs of Female Smokers associados com câncer de pulmão sobrevida foi um índice da contagem de CD4 abaixo de 200 células/mm3 (HR = 2,55; 95% IC, 1,09 5,0.95).

“Nossos dados sugerem que o dano pulmonar e inflamação associada à infecção pelo HIV pode ser causador de aumento do risco de câncer de pulmão, concluem os investigadores. Mas eles também observaram, “incentivar e ajudar jovens infectados pelo HIV fumantes para sair e sustentar a cessação do tabagismo é imperativo reduzir o ónus de câncer de pulmão nessa população.”

Michael Carter

Publicado em: 22 de Dezembro de 2015 Traduzido por Cláudio Souza do original em Previous AIDS-related pulmonary disease associated with lung cancer risk for people with HIV Revisão Mara Macedo

Referência

Hessol NA et al . Incidência do cancro do pulmão e sobrevida entre pacientes infectados pelo HIV e não infectadas entre homens e mulheres. A SIDA 29: 1183-93, 2015.

Anúncios

Precisa conversar

Whats App Soropositivo.Org

Estamos aqui para ajudar a pensar, não para diagnosticar

Top Blog Pessoal Saúde Juri Acadêmico 2013/2014

Top Blog Pessoal Saúde Juri Acadêmico
Sobre Claudio Santos (508 artigos)
Depois de passar quatro décadas tentando estabelecer pelo menos um armistício com meu pai e ver as falhas ocorrerem sistematicamente, tentativa após tentativa, eu desisti do sobrenome “de Souza”. Estava me preparando espiritualmente para isso quando uma amiga locupletou a façanha de descobrir onde está minha mãe... Cláudio Santos. Quem preferir, aluda-se a mim como o Cláudio do Site,ou Cláudio do Soropositivo.Org, ou ainda aquele da promessa não cumprida: Cláudio, o trouxa do livro que acreditou em "palavra emprenhada". Eu mostro meu rosto, embora alguns me censurem, porque, no meu modesto ponto de vista, ser portador de HIV não é crime e, portanto, não há do que me envergonhar. Eu contraí HIV pela via sexual. Eu fui um DJ e, durante cinco anos fui DJ no vagão Plaza e durante uns outros dois fui DJ do Le Masque. Lá, um filho da puta me pediu para fazer minhas férias e puxou meu tapete. Aí fui parar na "Segredos", uma casa gay e, de quebra, morei lá por um tempo. Rua da Amargura, onde R.A. Gomes me colocou. Mas dei a volta por cima e fu trabalhar na SKY. Depois, na Pink Panther, em Santos e, enfim, na XEQUE Mate e, terminei minha carreira, aquele que fora três vezes considerado o Melhor DJ de São Paulo, como um apagado DJ do La Concorde e do Clube de Paris, onde conheci uma das mais belas mulheres com quem convivi e a perdi. Conheci alguém novo, uma mulher, "do dia", que me apresentou esta Entidade, o computador e, por muito tempo vivi de consertá-los. Sei, hoje, que ainda há muita gente que me odeia. Quer saber? Get them the hell and fuck off porque eu não dou a mínima. Simplesmente faço meu trabalho e me reporto a Deus... E pra quem não acredita em resiliência, eis meu histórico médico De acordo com o que preceitua o Código de Ética Médica, nos termos da legislação vigente e de conformidade com o pedido formulado pelo interessado, declaro que o Sr Cláudio Santos de Souza, matrícula no serviço sob registro RG3256664J, está em acompanhamento regular com seguintes diagnósticos/CID-10 até o presente momento: #HIV/Aids diagnóstico em 11/1996 (B24) #Candidíase oral 1996 (B20.4) #lnfecção latente tuberculosa tratada com Isoniazida em 1997 (Z20.1) #Arritmia cardíaca: bloqueio parcial ramo D/bradicardia sinusal por antidepressivos tricíclicos em 2006 (I49.9/R00.1) #Depressão (F32) Dislipidemia (E78.5) Diabetes (E14.) Obesidade (E66.) #PO tardio de gastroplastia redutora (técnica Capella 10/2011) #Embolia Pulmonar (126.) em 2011 + hipertensão pulmonar #HAS (110) controlada após cirurgia bariátrica Catarata (H26.9) #Sífilis (A51.0) gonorréia (A54.0), herpes genital (A60) Litíase vesicular (K80.5) #Trombose venosa profunda/tromboflebite MMII de repetição (182.9): 2008, 2009 e 2010 #lntervenção cirúrgica em 21/01/2013: de herniorrafia incisional abdominal, apendicectomia, colecistectomia #Herpes zoster ramo oftálmico 04/2015 (B02) 2 # Neuropatia periférica em membros superiores e inferiores (G62.9), acarretando fraqueza muscular, parestesias e dor, medicado e em seguimento pela equipe de dor #Angioma cavernoso cerebelar - em seguimento com neurologia Tratamento: TDF+3TC+ATVr, ezetimibe, alopurinol, AAS, atorvastatina, enoxaparina, clomipramina, risperidona, zolpidem, clorpromazina, flunitrazepam, gabapentina, amitriptilina, metadona Últimos exames: CD4=1070 (28%)/CD8=1597 rel=0,67 (08/03/2015) e Carga viral- HIV(PCR)

Seu retorno é importante. Nós atendemos às solicitações de textos, desde que ligados ao tema central de alguma forma. Faça seu comentário, de sua opnião

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: