Anúncios
News Ticker

Diretrizes atualizadas enfatizam os benefícios do tratamento precoce com a TARV contra a infecção pelo HIV

Pessoal, manter o site nos traz custos, custos estes que estão difíceis para arcarmos sozinhos. Nós queremos continuar trazendo informações e ajudando as pessoas que chegam até aqui, mas para isso também precisamos de ajuda. Qualquer valor é bem vindo e nos ajudará a manter o site de pé, caso contrário não conseguiremos mais ter esse canal de informação e ajuda mútua. Segue a conta para depósito: Banco do Brasil, agência 1521-0, conta corrente 19957-5, em nome de Claudio Souza

human checkO Departamento de Saúde e Serviços Humanos atualizou suas Orientações para o uso de terapia anti-retroviral em Crianças Infectadas pelo HIV-1, adultos e adolescentes para refletirem as conclusões obtidas a partir dos estudos START e TEMPRANO estudos que demonstram os benefícios sobre o quadro clínico das pessoas que tiveram um início precoce da terapia antirretroviral (TARV) com um pré tratamento destes pacientes, mesmo naqueles com contagens de células CD4 e acima de 500 células/mm3.

Resultados do estudo START foram anunciadas pela primeira vez em Maio do ano passado e apresentados na Conferência Internacional da AIDS Society em Julho de 2015. Os participantes nos ensaios com contagens de células CD4 acima de 500 células/mmforam randomicamente designados para iniciar o tratamento imediatamente ou esperarem até que suas contagens de células CD4 terapias caíssem abaixo de 350 células/mmou quando desenvolvessem sintomas da AIDS.

O estudo mostrou que as pessoas no grupo de tratamento imediato foram 57% menos susceptíveis de experimentar um desfecho com graves acontecimentos relacionados à AIDS, não ligados à AIDS e morte, em comparação com os grupos de terapia diferidos. Pessoas tratadas precocemente não só tiveram um risco 72% menor de sofrerem com eventos ligados à AIDS, mas também uma redução de 39% em eventos sem relação com a AIDS, incluindo câncer!

As descobertas do estudo TEMPRANO apresentadas na conferência do ano passado sobre retrovírus e infecções oportunistas, também mostrou que o início da TARV em uma contagem de CD4 acima de 500 células/mmreduziu o risco de doença grave e morte em comparação ao início postergado do tratamento .

As principais alterações às orientações

  • O painel DHHS aumentou a força e a prova de classificação para “A1” para a recomendação de que todas as pessoas diagnosticadas com HIV devem iniciar a arte independentemente da contagem de CD4.
  • A recomendação de início de tratamento para pacientes com diagnóstico de infecção pelo HIV aguda ou recente foi reforçada, dado também uma classificação de “A1”.
  • Embora os adolescentes não tenham sido incluídos no estudo START ou TEMPRANO, o painel decidiu a recomendação para tratar todos os pacientes portadores de HIV deve incluí-los; o painel recomenda que adolescentes pós-puberdade devem ser tratados de acordo com as orientações de adultos e que crianças pré-púberes devem ser tratadas de acordo com orientações pediátricas.

O painel reforçou a sua ênfase no tratamento imediato para os adultos mais idosos vivendo com HIV, uma vez que estas pessoas correm riscos maiores de serem acometidos por complicações graves não relacionados à AIDS e uma  resposta imunológica à TARV potencialmente embotada.

Em Novembro de 2015 o painel adicionou a recém-aprovada formulação Genvoya — o primeiro esquema para conter o “novo” (as aspas são do editor) e mais seguro tenofovir alafenamide (TAF) — como uma opção recomendada para o tratamento de primeira linha.

As diretrizes completas e atualizadas estão disponíveis online emhttps://aidsinfo.nih.gov/guidelines. O painel saúda feedback sobre as diretrizes revistas até 12 de Fevereiro 2016 (enviar para ContactUs@aidsinfo.nih.gov).

Escritos por Liz Highleyman. Traduzido por Cláudio Souza na noite de 05/02/2016 do original em DUpdated Antiretroviral Therapy Guidelines Emphasize Benefits of Early HIV Treatment Revisão, Mara Macedo.

Referência

 Painel sobre orientações anti-retroviral HHS para adultos e adolescentes. Orientações para o uso de terapia anti-retroviral em Crianças Infectadas pelo HIV-1 adultos e adolescentes (abre em outro site, em inglês – Prometo Traduzir).  28 de Janeiro de 2016.

Outra fonte

Aidsinfo. HHS adulto e adolescentes atualizado tratamento anti-retroviral orientações liberado. Assessoria de Imprensa. 28 de Janeiro de 2016.

Nota angustiada do editor de Soropositivo.org|: Sim, eu sei. Estes estudos são necessários. Eu só me pergunto se é necessário que existam óbitos, e que estas pessoas mortas sejam transformadas em dados estatísticos. Embora eu não tenha nehuma ligação com qualquer ong e nenhum compromisso com qualquer laboratório (O site é mantido com o meu dinheiro e o meu trabalho) eu questiono a ética médica que estuda vidas e estratifica mortes por “um bem maior”.

Quantos de nós ainda teremos de morrer para que se chegue a uma vacina ou uma cura. Porque a Gilead espremeu o Tenofovir até o último centavo antes de lançar o Genoya e quantas vezes isso ainda será feito.

Alvíssaras, vos que sois dianosticados  agora e não viveram momentos como eu, de “férias terapêuticas” e que, agora, me sinto lesado em tempo de vida e qualidade de vida por uma coisa que, hoje, só pode ser vista como uma enorme monstruosidade e uma concupiscência feroz em se reter Recur$os. Tereis uma vida melhor e mais longa. Lembrai-vos de virdes às nossas campas, depositar flores e alguns comprimidos. E, se possível, também uma prece.

Anúncios

Precisa de algo? Ou quer ajudar?






Precisa conversar

Whats App Soropositivo.Org

A PEP é um direito de todos! Saiba onde a achar! Clique na imagem

A PEP é um direito de Todos

A PEP É um DIREITO DEDOS

Top Blog Pessoal Saúde Juri Acadêmico 2013/2014

Top Blog Pessoal Saúde Juri Acadêmico
%d blogueiros gostam disto: