Restauração imune: O que é restauração do sistema imunológico?

Home / HIV / Restauração imune: O que é restauração do sistema imunológico?
HIV
HIV

Restauração imune significa reparação dos danos causados ao  sistema imunológico pelo HIV.

, Blog Soropositivo. OrgEm um sistema imune saudável, existe uma gama (Nota do tradutor: Deixei gama porque é “chique”, mas em bom português a melhor definição para isso são times ou equipes e até mesmo grupos especializados) completa de células CD4 para que se possa combater doenças diferentes. Conforme a infecção por HIV progride, o número de células CD4 cai. As células CD4 são as que se envolvem no primeiro ataque contra o HIV, especificamente na luta contra o HIV. Alguns tipos de células CD4 podem desaparecer, deixando lacunas nas defesas imunitárias. A restauração imune procura formas de colmatar estas lacunas.

Um sistema imune saudável pode lutar exterminando Infecções oportunistas. Porque essas infecções se desenvolvem quando os níveis de células CD4 estão em baixa; muitos pesquisadores pensam que a contagem de células CD4 são uma boa medida da função imune. Eles acreditam que os aumentos na contagem de células CD4 são um sinal da restauração imune. Existe algum desacordo sobre este ponto. Consulte “As novas células CD4 são tão boas como as anteriores?”.

 Como pode o sistema imune ser restaurado?

Se a terapia antiretroviral (TARV) é iniciada imediatamente após alguém descobrir-se estar infectado pelo HIV, o sistema imune não será danificado. Infelizmente, muito poucos casos de HIV são identificados cedo. Nota do editor: É por isso que eu apareço com notas em quase todos os textos. O teste para o HIV é muito importante!, Blog Soropositivo. Org Descobrir-se soropositivo para o HIV no início da infecção, como é LEI no Brasil, ajuda, e muito, a melhorar não apenas a qualidade de vida e o bem-estar, sem contar que você não tem aquela coisa estúpida que chamam de “Cara de AIDS”, até porque isso não existe e, num plus ultra, vc começa um tratamento num momento em que o seu corpo está forte o bastante para receber o tratamento. Sou diagnosticado desde 1994 e não havia, para mim, nada além do AZT e eu não aceitei tomar aquilo seis vezes por dia e vomitar seis vezes por dia; em 1996 quando o coquetel chegou, não sei porque logo eu…, mas o fato é que eu estava ainda saudável o bastante para iniciar o tratamento e eu recuperei-me rapidamente. Perdi muita gente querida, que não estava bem o bastante para receber a terapia tríplice – um dos muitos nomes usados para definir TARV e gostaria que vc, que me lê agora, possa estar bem o bastante para receber medicações que, sim, tem seus efeitos colaterais, mas eles são fáceis de se levar, comparados com os de 20 anos atrás (Consulte Fact sheet 103 na infecção pelo HIV aguda). Como a infecção pelo HIV continua, ela pode danificar o  sistema imune. Os cientistas estão a explorar várias maneiras para reparar esse dano.

Melhoria da função do timo: timo é um pequeno órgão situado na base da garganta. Leva glóbulos brancos que vêm da medula óssea e os transforma em células CD4. Ele funciona muito mais difícil quando você está na faixa etária entre 6 meses e dois anos de idade. Ele começa a encolher quando você estiver na puberdade. Os cientistas pensavam que o timo parou de funcionar por volta dos vinte anos de idade. No entanto, a investigação mostra que ele mantém produzindo novas células CD4, talvez até idade  de 50 anos. Uma TARV forte pode permitir que o timo possa substituir a perda de tipos de células CD4 que são componentes de um time específico.

Quando os cientistas pensavam que o timo parou de funcionar em uma idade mais jovem, estudaram o transplante de timo de origem animal (supostamente irracionais) para um ser humano ou animal em pessoas vivendo com HIV. Eles também tentaram estimular o timo usando hormônios tímicos. Esses métodos ainda poderão ser importantes para pessoas idosas com HIV.

Restaurando o número de células imunes: conforme a doença (infecção por.…) HIV progride, os números de ambas células CD4 (T4) e CD8 (T8) entram em severa queda, debilitando ainda mais os pacientes. Alguns pesquisadores estão tentando manter ou aumentar o número dessas células.

Uma abordagem chamada de expansão de células. As células de um indivíduo são multiplicadas fora do corpo e depois infundidos de volta para o corpo. Uma segunda abordagem é a transferência de células. Isto envolve dar a um paciente algumas células imunes do paciente ou um twin dos HIV-negativos relativos ao time perdido.

Um terceiro método usa citocinas. Estes são mensageiros químicos que suportam a  resposta imune. A maioria dos trabalhos tem sido feito da interleucina-2 (IL-2), que podem levar a grandes aumentos na células CD4. Infelizmente, isto não conduz a melhores resultados no domínio da saúde. Folha de facto 482 tem mais informações sobre IL-2.

Uma outra abordagem é a  terapia gênica. Este consiste em alterar as células de medula óssea que vão viajar para o timo e se tornarem células CD4. A terapia gênica tenta fazer o transplante de células da medula óssea imune à infecção pelo HIV.

Deixar o sistema imunológico reparar-se por si mesmo:
Contagens de CD4 aumentaram para muitas pessoas que tomaram TARV. Alguns cientistas acreditam que o sistema imune pode ser capaz de curar e reparar a si mesmo se não tiver de lutar contra um grande número de cópias do HIV. Esta abordagem parece mais provável agora que sabemos que o timo continua a funcionar até que uma pessoa quase alcança cinquenta anos de idade.

A maioria das pessoas tomam medicamentos para evitar infecções oportunistas quando sua contagem de células CD4 está abaixo de 200. No entanto, se estas pessoas tomam medicamentos antirretrovirais e sua contagem de células CD4 subir de volta para mais de 200, é seguro, na maioria dos casos, parar a tomada dos medicamentos para prevenir essas infecções (Nota do tradutor: Isso se chama quimioprofilaxia e tem a finalidade de dar uma recepção quimicamente hostil a qualquer invasor, de forma que eles não encontrem uma maneira de estabelecerem para depois iniciar o processo que se define como doença X).  

 

Certifique-se de falar com o seu prestador de cuidados de saúde antes de parar de tomar qualquer medicação.

Estimular resposta imune específica contra o HIV:
Pesquisadores utilizaram de um vírus modificado, mortos pelo vírus HIV (Remune) para estimular a resposta do organismo ao HIV. Anos de investigação produziram resultados confusos e decepcionantes. Novas abordagens estão sendo estudadas. Um destes é uma vacina terapêutica chamado DermaVir. É aplicado à pele. DermaVir já completou e passou com sucesso por um estudo de fase II.

Não há ainda informações sobre se este enfoque leva a melhores resultados no domínio da saúde. Muitas pessoas sob TARV agora estão com contagens de células CD4 em patamares bem mais altos. No entanto, pessoas com HIV estão desenvolvendo doenças “Não definidoras de AIDS”.  Doenças como o câncer e as doenças de coração Estes ocorrem em taxas mais alta do que o normal com base na idade. Uma pesquisa recente mostra que o nível mais baixo de contagem de CD4 (o “nadir”) podem prever problemas no sistema nervoso central (consulte Fact sheet 505) melhor do que a atual da contagem de células. Aumentar a contagem de CD4 e não reduzir esses sintomas é um problema, especialmente quando se observa que o número de pacientes com HIV tem crescido com base em duas fontes nós estamos envelhecendo (Eu tenho 52 anos e fui diagnosticado com 30 anos) e os avanços nas pesquisas, que permitem que homens com idade mais avançada estão encontrando forças para terem vidas sexuais por mais tempo, aumentando, por um lado, a melhoria da qualidade de vida e, do outro lado, maiores propensões ao contágio com DSTs e, dentre elas a AIDS. Uma contagem de células CD4 normal por si só não significa que o sistema imune foi restaurado. A investigação continua para ver se há melhores maneiras de medir a saúde imune. Diminuir a inflamação: HIV causa inflamação (consulte Folha de facto 484.) Esta está ligada a muitas doenças. Reduzir a inflamação relacionada ao HIV pode ajudar a restaurar o  sistema imunológico.

 São as novas células CD4 tão boas quanto as velhas?

, Blog Soropositivo. Org
Conforme eu prometi: Olha ai a Cara da AIDS

A maioria das abordagens para a restauração imune a tentar aumentar o número de células CD4. Este é baseado na suposição de que quando o aumento de células CD4, o sistema imune é mais forte.

Quando as pessoas com HIV começam a tomar a TARV, sua contagem de células CD4 costuma subir. Em primeiro lugar, as novas células CD4 provavelmente são cópias dos tipos existentes de células CD4. Se alguns “times” de células CD4 foram perdidos, eles não poderão voltar imediatamente e, talvez, nem reapareçam, pois, o modelo para a geração daquelas células eram, justamente as próprias células agora sem remanescentes. Isso pode deixar algumas lacunas nas defesas imunológicas do corpo. E podem ser lacunas sérias…

No entanto, se o HIV permanece sob controle durante alguns anos, o timo pode fazer novas células CD4 que poderia colmatar estas lacunas e restaurar o sistema imunológico. Algumas destas  células CD4 pode ajudar a controlar a infecção pelo HIV. Algumas medicações anti-HIV conduzem a maior aumento da contagem de células CD4 do que outros. Não há ainda informações sobre se este leva a melhores resultados no domínio da saúde.

Muitas pessoas tomando fortes Terapias Antirretrovirais estão, agora com contagens de células CD4 “normais. No entanto, pessoas com HIV estão desenvolvendo Doenças não definidoras de AIDS; doenças como o câncer e as doenças de coração, bem como doenças vasculares. Estes ocorrem em taxas mais alta do que o normal com base na Faixa Etária em que se desenvolvem…

Uma pesquisa recente mostra que o nível mais baixo de contagem de CD4 (o “nadir”) podem prever problemas no sistema nervoso central (consulte Folha de facto 505) melhor do que a atual da contagem de células. Aumentar a contagem de CD4 não reduz esses sintomas.

Uma contagem de células CD4 normal por si só não significa que o sistema imune tenha sido restaurado em toda a sua magnitude e as investigações continuam para ver se há melhores maneiras de medir a saúde imune.

 

, Blog Soropositivo. Org
A imagem é clicável e abre em outra aba

Publicações Relacionadas

Regimes de tratamentos  anti-retrovirais não Nucleosídeos, são sempre uma opção segura?

Cláudio Souza

Infecção Por HIV: Medicação Contra o HIV Evita a Infecção Por HIV

Cláudio Souza

Indetectável É Igual A Intransmissível – Cuidadores Devem Esclarecer Pacientes Soropositivos

Cláudio Souza

Soropositivo.Org, Wordpress.com e Automattic fazem tudo a nosso alcance no que tange à sua privacidade. Você pode saber mais sobre esta política neste link Eu aceito A Política de Privacidade de Soropositivo.Org Ler Tudo em Política de Privacidade

Política de cookies e privacidades
Whatsapp WhatsApp Us
Olá! Sou o Beto Volpe! Quer Conversar? Diga olá! Mas tenha em mente que eu trabalho aqui entre 9:00 da manhã e 20 horas. Você pode deixar a mensagem, mas eu responderei nestes horários. Talvez eu demore, mnas em *SEMPRE RESPONDO*

Este Site usa Cookies e você pode recusra este uso. Mas pode saber bem o que está sendo registrado em, conssonãncia com nossa política de privacidade