Os Sintomas da Infecção Por HIV São Similares aos de uma virose como a gripe!

Sintomas da Infecção por HIV Sãos os de Qualquer Virose E Mesmo Um Médico precisa prescrever um exame, depois da janela imunológica, para confirmar este diagnóstico.

Com relação a sintomas da Infecção por HIV eu ouvi a narrativa de um amigo que faz um trabalho igual ao meu.

Mas em outro país e me falor de um indivíduo o procurou contando uma história que beirou à insanidade!

Como ele descreveu:Uma “sequência de acontecimentos de tirar o fôlego!”

E me causou revolta. Por isso a exponho aqui

Hemograma

-“…com base nesta contagem de leucócito, disse o médico, esta pessoa precisa ser internada, poi isso pode ser um quadro de AIDS…! – Assim disse o médico naquele hospital da Bélgica.

O par desta pessoa mantinha relações extra-conjugais desprotegidas e a primeira coisa que foi sentida era uma mistura de medo, remorso e desespero.

“Eu fiz isso com a pessoa que eu amo”!….. E para esta pessoa o Inferno de Dante se estabeleceu

A primeira pessoa foi testada contra HIV e deu não reagente. E outro hemograma mostrou uma contage “normal” de leucócitos

 

 

 

Porque as pessoas infectadas com o HIV muitas vezes apresentam alguns sintomas e sinais de doença da soroconversão, contando com tais marcadores, muitas vezes inespecíficos, é uma má forma para detecção precoce da infecção pelo HIV em clínicas, relatou, hoje, a MedPage.

Um indivíduo é agudamente infectado com HIV quando ele ou ela respondem “positivo” (reagente) para o RNA do  HIV ou o antígeno p24 (cada um dos quais mostram a presença do HIV no corpo antes de anticorpos para o vírus terem sido gerados), mas com resultados negativos (não reagente) para anticorpos.

Um total de 261 membros da coorte de testes positivos para HIV RNA, e 112 ou 3,4 por cento da coorte, tiveram seus status de HIV confirmado. Desse grupo, 50 pessoas deu duas ou mais amostras de sangue que testaram positivo para o RNA do HIV antes de apresentarem resultados reagentes para anticorpos também. A análise do estudo incidiu sobre este grupo.

A média do pico de carga viral entre os grupos foi de 5 milhões, ocorrendo 13 dias após o primeiro teste positivo de RNA do HIV. Após o primeiro resultado Reagente para o RNA, uma média de 14 dias se passaram antes dos indivíduos apresentarem resultados reagentes para anticorpos específicos contra o HIV. Após ter atingido um pico de carga viral desceu a um ponto baixo de 20.000, que é um resultado de contagem viral “básico” de 25.000.

Mais comumente, sintomas físicos da fase aguda do HIV, também conhecida como doença de soroconversão, teve lugar em torno do tempo do pico de carga viral. Os sintomas mais freqüentemente relatados foram febres, cefaleia e mal-estar. Os sinais mais frequentes que os médicos observaram foram a frequência cardíaca alta e linfadenopatia. Os participantes relataram uma media de um sintoma de infecção aguda em uma média de duas visitas durante o estudo. Os médicos observaram um sinal de infecção aguda em uma média de três visitas.

Os pesquisadores concluíram: “sintomas inespecíficos e sinais [ infecção aguda por HIV] foram mais comuns, manifestações graves não foram observadas, voluntários relataram sintomas em apenas 29 por cento das visitas e em qualquer dia de visita a probabilidade de observar um sintoma ou sinal foi de apenas 50 %.”

Traduzido por Cláudio Souza do original em Acute HIV ‘Difficult’ to Detect in Clinic.

Revisado por Mara Macedo

😍😍😍😜💫☮Sim, este da foto sou eu ! Minha sobrinha pediu que eu pusesse esta foto m meu perfil !.... Eu tinha aqui uma descrição a meu respeito que, uma pessoa classificou como “irreverente”. Esta é, realmente, uma forma eufêmica de classificar o que estava aqui. Tudo o que sei é que uma “ONG”, que ocupa um prédio de 10 andares estabeleceu uma parceria comigo, e eu tenho os logs do tempo de parceria, que foi mais um vampirismo pois, para cada 150 pessoas que saiam do meu site, clicando no deles, havia, em média, um que entrava. QUANDO ENTRAVA E SE ENTRAVA

1 Comment

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.