Anúncios
Últimas noticias

Acesso à reconstrução facial na Espanha

O movimento associativo do HIV desempenhou um papel fundamental para convencer as autoridades sobre a necessidade de que os sistemas de saúde públicos disponibilizem tratamentos de reconstrução para tratar a lipoatrofia facial.

País Vasco, Comunidade Valenciana, Catalunha e Andaluzia foram Comunidades Autônomas pioneiras, assim como centros das Ilhas Baleares, Castilha e Leão, Extremadura, Madri e Navarra (com diferentes resultados).

Em agosto de 2008, no México e durante a XVII Conferência Internacional sobre AIDS, o então ministro da Saúde, Bernat Soria, anunciou a decisão do governo de garantir o acesso a todas as pessoas que precisassem deste tratamento na Espanha.

Em setembro do mesmo ano, no Plenário do Conselho Interterritorial do Sistema Nacional de Saúde (SNS), foi debatida sua inclusão como prestação social na oferta de serviços do SNS, sendo proposta a realização de um uso tutelado; pois, de acordo com tais debates, as evidências científicas disponíveis até então sobre a segurança e a eficácia destes tratamentos cirúrgicos não eram conclusivas, especialmente a médio e longo prazo.

 

O uso tutelado é um procedimento prévio de avaliação contemplado na Lei 16/2003. Trata-se de uma utilização autorizada e financiada, que neste caso teria uma duração de três anos. Após este período, se a experiência tiver sido positiva, esta prestação social seria incorporada à oferta de serviços prestados.

Quando estávamos elaborando este guia, aguardávamos a aprovação do Real Decreto que regulará este uso. As Comunidades Autônomas que não tenham centros associados para o uso tutelado teriam que custear o deslocamento dos pacientes a outra Comunidade Autônoma.

Baixe aqui o PDF com o Mapa de Acesso à reconstrução Facial na Espanha.

 

Lista de entidades na Espanha

 

A seguinte informação foi recopilada durante 2009, principalmente graças à colaboração de distintas associações locais e da Coordenadoria Estadual do HIV/AIDS (CESIDA). No momento de sua publicação, ainda não eram conhecidos todos os centros associados ao uso tutelado.

Para obter informações atualizadas, dirija-se às associações citadas a seguir ou ligue para o telefone de Consultas sobre Tratamentos de gTt (934 582 641, segundas e quartas de 11:00 a 18:00).

Andaluzia: 
Foi implementado por iniciativa da Comunidade Autônoma e se realiza no Hospital Virgen del Rocío (Sevilha) e, com dificuldades, no Hospital Pascual (Málaga). Esteve sendo utilizado o Bioalcamid®, substância que costuma gerar complicações e que já está em desuso.

Para obter informações atualizadas, entre contato com ADHARA em Sevilha (telefone: 954 981 603, e-mail: adhara.sevilla@gmail.com) ou com a Asociación Ciudadana Antisida de Málaga (ASIMA) [telefone: 952 601 780, e-mail: info@asima.org].

Aragão:
Não está disponível o acesso, mas nas Cortes de Aragão está sendo tramitada uma proposta de lei. Provavelmente será disponibilizado o uso tutelado. O hospital de referência seria o Miguel Servet (Zaragoza).

Para maiores informações, entre em contato com OMSIDA em Zaragoza (telefone: 976 201 642, e-mail: jancho_barrios@hotmail.com).

Astúrias: 
Não está disponível o acesso,.

Para maiores informações, entre em contato com o Comitê Cidadão anti-Aids de Astúrias (e-mail: info@comiteantisida-asturias.org).

Baleares: 
Foi estabelecido por iniciativa da Comunidade Autônoma. Está disponível no Hospital Son Dureta (Palma de Mallorca). A técnica empregada é a de Coleman (gordura própria) e também utilizam Aquamid®.

Para maiores informações, entre em contato com as seguintes organizações em Mallorca: ALAS (telefone: 971 714 488, e-mail: social@alas-baleares.com), SILOÉ (telefone: 971 14 42 66, e-mail: asociacion_siloe@hotmail.com).

Canárias: 
Não está disponível o acesso e não aderirá ao uso tutelado promovido pelo MSPS. Os pacientes serão enviados a centros de referência da Península. O governo autonômico custeará os gastos de transporte.

Para obter maiores informações, entre em contato com UNAPRO em Tenerife (telefone: 922 632 971, e-mail: unapro@unapro.org), INFOSIDA em La Palma (telefone: 922 402 538, e-mail: infosidalapalma@hotmail.com), Amigos contra a AIDS em Gran Canaria (telefone: 928 149 969, e-mail: vecindario@amigoscontraelsida.org), Faro Positivo em Lanzarote (telefone: 928 801 793, e-mail: faro_vih@hotmail.com).

Cantábria: 
Não está disponível o acesso.

Para obter informações atualizadas, entre em contato com a Associação Cidadã Cântabra Anti-Aids (ACCAS) [telefone: 942 313 232, e-mail: accas@accas.es].

Castela-La Mancha: 
Não está disponível o acesso. Aderirá ao uso tutelado.

Maiores informações: BASIDA (telefone: 91 892 35 37, e-mail: aranjuez@basida.org). Fundação Triângulo de Castela– La Mancha (telefone: 925 282 492, e-mail: castillalamancha@fundaciontriangulo.es).

Castela e Leão: 
O serviço começou a ser oferecido por iniciativa da Comunidade Autônoma no Complexo Hospitalar de Salamanca. Os materiais utilizados são Sculptra® e Radiesse®.

Maiores informações: Comitê anti-Aids de Salamanca (telefone: 923 219 279, e-mail: sidasalamanca@yahoo.es).

Catalunha:
Foi implementado por iniciativa da Comunidade Autônoma. Realiza-se no Hospital Clínic (Barcelona) e no Hospital Germans Trias i Pujol (Badalona, Barcelona). A técnica utilizada é a de Coleman (gordura própria), Aquamid®, Sculptra® e Radiesse®.

Para maiores informações, entre em contato com Grupo de Trabajo Sobre Tratamientos del HIV (gTt-HIV), Barcelona [telefone: 934 582 641, e-mail: consultas@gtt-vih.org).

Ceuta: 
Não está disponível o acesso.

Maiores informações: Associação Ceutense Anti-Aids e Exclusão Social “El Rumor” (telefone: 608 331 707, e-mail: info@elrumorceuta.org).

Comunidade Valenciana: 
Foi implementado por iniciativa da Comunidade Autônoma. Os centros de referência são os hospitais Clínico, La Fe e General (Valência), o Hospital de la Ribera (Alzira, Valência) e o Hospital Geral (Alicante). Aderirá ao uso tutelado, e possivelmente estes cinco centros se reduzam a dois. Até agora foi utilizado Aquamid®, técnica de Coleman e ácido hialurônico.

Maiores informações: Coordenadoria de Associações de Luta Contra a Aids da Comunidade Valenciana (CALCSICOVA) [telefone: 963 731 002, e-mail: calcsicova@calcsicova.org).

Extremadura: 
Foi estabelecido por iniciativa da Comunidade Autônoma e se realiza no Complexo Hospitalar de San Pedro de Alcántara (Cáceres). Está sendo utilizado Aquamid®.

Para maiores informações, telefone para o Comitê Anti-Aids de Extremadura (telefone: 927227613, e-mail: caex@caextremadura.org).

Galícia: 
Aderirá ao uso tutelado. Os centros de referência são os Complexos Hospitalares Universitários de A Corunha e de Santiago de Compostela (A Coruña), aos que poderia somar-se também o de Vigo (Pontevedra).

Maiores informações: LAZOS Pro Solidariedade-Comitê Anti-Aids de Ferrol (telefone: 981350777, e-mail: comiteantisidaferrol@gmail.com).

La Rioja: 
Não está disponível o acesso. Aderirá ao uso tutelado.

Para obter informações atualizadas, entre em contato com o Comitê Cidadão Anti-Aids de Logronho (telefone: 941 25 55 50, e-mail: ccasr@eresmas.com).

Madri: 
É realizado de maneira intermitente nos hospitais La Paz e Gregorio Marañón. Foram recebidas queixas de usuários por não terem sido atendidos de maneira adequada.

Maiores informações:
Apoio Positivo (telefone: 913 581 444, e-mail: info@apoyopositivo.org).

 

Melilla: 
Não está disponível o acesso.

 

Múrcia: 
Há uma lista de espera.
Está previsto que comece em breve no Hospital de Santa María de Rosell (Cartagena).
Para obter informações atualizadas, entre em contato com: Comitê Cidadão Anti-Aids Região de Múrcia (CASMU) [telefone Múrcia: 968 298 831 / telefone Cartagena: 968 521841; e-mail: casmuct@hotmail.com].

 

Navarra: 
Foi iniciado por iniciativa da Comunidade Autônoma no Hospital Virgen del Camino (Pamplona), que aderirá ao uso tutelado como centro de referência. Atualmente, está sendo utilizada gordura própria e ácido hialurônico.

Para obter informações atualizadas, entre em contato com a associação SARE (telefone: 948 384 149, e-mail: sare@pangea.org).

 

País Basco: 
Foi estabelecido por iniciativa da Comunidade Autônoma. Disponível nos hospitais de Cruces (Barakaldo, Viscaia), Basurto (Bilbao, Viscaya) e Donostia (San Sebastián, Gipuzkoa). O material de preenchimento utilizado é Aquamid®.

Para maiores informações, entre em contato em Bilbao com a Associação T4 (telefone: 944 222 467, e-mail: ana@asociaciont4.org), Itxarobide (telefone: 944 449 250, e-mail:elkartea@itxarobide.com), Comissão Anti-Aids de Bizkaia (telefone: 944 160 055, e-mail: bizkaisida@euskalnet.net).

 

Lista de fármacos

 

Edição Original de:

Grupo de Trabalho sobre Tratamentos do HIV (gTt)
Entidade declarada de Utilidade Pública
Calle Sardenya, 259 3º 1ª
08013 Barcelona (Espanha)
www.gtt-vih.org

Tradução para o Português do Brasil por:

Raquel Cirne
¡Traducciones con arte!
www.eltesorodepalabras.com
Skype: cirnetrad

Edição e Montagem:

Cláudio Souza:

SKYPE: tannwander@hotmail.com

Anúncios

A PEP é um direito de todos! Saiba onde a achar

A PEP é um direito de Todos

A PEP É um DIREITO DEDOS

Precisa conversar

Whats App Soropositivo.Org

Estamos aqui para ajudar a pensar, não para diagnosticar. Não somos médicos ou profisionais de saúde. Buscamos ajudar com palavras amigas, conforto espiritual e, na medida do possível, terminar com a neurose gerada por bloqueiros de meia pataca ou homofóbicos sem caráter que não pensam duas vezes antes de espalhar terros entre pessoas que, quer eles, os homofóbicos, queiram ou não, são seres humanos. Tenha em mente que o numero do WhatsApp esta conectado a um CPF

[EIKYGMrz]

Top Blog Pessoal Saúde Juri Acadêmico 2013/2014

Top Blog Pessoal Saúde Juri Acadêmico
Sobre Claudio Santos (515 artigos)
Depois de passar quatro décadas tentando estabelecer pelo menos um armistício com meu pai e ver as falhas ocorrerem sistematicamente, tentativa após tentativa, eu desisti do sobrenome “de Souza”. Estava me preparando espiritualmente para isso quando uma amiga locupletou a façanha de descobrir onde está minha mãe... Cláudio Santos. Quem preferir, aluda-se a mim como o Cláudio do Site,ou Cláudio do Soropositivo.Org, ou ainda aquele da promessa não cumprida: Cláudio, o trouxa do livro que acreditou em "palavra emprenhada". Eu mostro meu rosto, embora alguns me censurem, porque, no meu modesto ponto de vista, ser portador de HIV não é crime e, portanto, não há do que me envergonhar. Eu contraí HIV pela via sexual. Eu fui um DJ e, durante cinco anos fui DJ no vagão Plaza e durante uns outros dois fui DJ do Le Masque. Lá, um filho da puta me pediu para fazer minhas férias e puxou meu tapete. Aí fui parar na "Segredos", uma casa gay e, de quebra, morei lá por um tempo. Rua da Amargura, onde R.A. Gomes me colocou. Mas dei a volta por cima e fu trabalhar na SKY. Depois, na Pink Panther, em Santos e, enfim, na XEQUE Mate e, terminei minha carreira, aquele que fora três vezes considerado o Melhor DJ de São Paulo, como um apagado DJ do La Concorde e do Clube de Paris, onde conheci uma das mais belas mulheres com quem convivi e a perdi. Conheci alguém novo, uma mulher, "do dia", que me apresentou esta Entidade, o computador e, por muito tempo vivi de consertá-los. Sei, hoje, que ainda há muita gente que me odeia. Quer saber? Get them the hell and fuck off porque eu não dou a mínima. Simplesmente faço meu trabalho e me reporto a Deus... E pra quem não acredita em resiliência, eis meu histórico médico De acordo com o que preceitua o Código de Ética Médica, nos termos da legislação vigente e de conformidade com o pedido formulado pelo interessado, declaro que o Sr Cláudio Santos de Souza, matrícula no serviço sob registro RG3256664J, está em acompanhamento regular com seguintes diagnósticos/CID-10 até o presente momento: #HIV/Aids diagnóstico em 11/1996 (B24) #Candidíase oral 1996 (B20.4) #lnfecção latente tuberculosa tratada com Isoniazida em 1997 (Z20.1) #Arritmia cardíaca: bloqueio parcial ramo D/bradicardia sinusal por antidepressivos tricíclicos em 2006 (I49.9/R00.1) #Depressão (F32) Dislipidemia (E78.5) Diabetes (E14.) Obesidade (E66.) #PO tardio de gastroplastia redutora (técnica Capella 10/2011) #Embolia Pulmonar (126.) em 2011 + hipertensão pulmonar #HAS (110) controlada após cirurgia bariátrica Catarata (H26.9) #Sífilis (A51.0) gonorréia (A54.0), herpes genital (A60) Litíase vesicular (K80.5) #Trombose venosa profunda/tromboflebite MMII de repetição (182.9): 2008, 2009 e 2010 #lntervenção cirúrgica em 21/01/2013: de herniorrafia incisional abdominal, apendicectomia, colecistectomia #Herpes zoster ramo oftálmico 04/2015 (B02) 2 # Neuropatia periférica em membros superiores e inferiores (G62.9), acarretando fraqueza muscular, parestesias e dor, medicado e em seguimento pela equipe de dor #Angioma cavernoso cerebelar - em seguimento com neurologia Tratamento: TDF+3TC+ATVr, ezetimibe, alopurinol, AAS, atorvastatina, enoxaparina, clomipramina, risperidona, zolpidem, clorpromazina, flunitrazepam, gabapentina, amitriptilina, metadona Últimos exames: CD4=1070 (28%)/CD8=1597 rel=0,67 (08/03/2015) e Carga viral- HIV(PCR)

Seu retorno é importante. Nós atendemos às solicitações de textos, desde que ligados ao tema central de alguma forma. Faça seu comentário, de sua opnião

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: