Anúncios

A Janela Imunológica, um Um Triste Papo Com Anônimo

Você esta em Início => Janela Imunológica => A Janela Imunológica, um Um Triste Papo Com Anônimo
Janela Imunológica

“Resfriado”, A Janela Imunológica, A Vergonha, A Culpa (???), O Medo Irracional e, O Papo triste Com Este Anônimo em desespero! 

Nesta coisa de atender pessoas pelo WhatsApp (porque já tinha sido via MSN, Messenger e, para falar a verdade eu acho que só não fiz isso no ICQ e no Yahoo Messenger) o interessante está mais para o aprendizado diário sobre a natureza humana do que no alívio (…) que se pode dar porque, a bem da verdade, o alívio só chega quando a pessoa faz o primeiro ou o septuagésimo quinto exame e, aparentemente, se convence que “Seu Crime Contra a Natureza,” seu “Desrespeito à Deus”, Sua Infidelidade ao Tálamo Doméstico” entraram, finalmente, em remissão e foram redimidos.

Por mais que se diga, ninguém acredita! A culpa é maior

Bem… há casos. Tem um certo rapaz, lá do Nordeste que, sempre segundo ele mesmo, era o exemplo da família. “Todos queriam ser como ele, um sucesso pessoal e profissional”. Mas ele não era um exemplo, e disso nem ele sabe, era no campo afetivo.

“Não tinha namorada”!

A leitora mais sagaz pensará: É Gay!

O Gay que me lê dirá: Ele ainda não se descobriu…

A dondoca frufru que passeia à beira mar de sombrinha preta com um poodle preto vaticinará: Ele ainda não me achou. Este sim! O maior dos delírios!!!!! Fru-frus estão demodé e em decomposição! 

moca da sombrinha preta sompra

 

E eu pergunto Culpa pelo quê

1f633
Ops

Quase  Quarenta Anos

E assim, cada um de vocês, mencionados ou não deverá ter uma tese e eu ousaria apostar em todos, pois é bem possível que todos estjam certos sobre todos, porque este é o caminho pelo qual eu circulo há há mais de duas décadas! E isso me permite dizer:

Anos, anos, anos, anos e anos!!! Porque sou eu quem conhece o peso de cada um deles.

Desta forma, felizmente, eu me dei conta de ter-me dado, deus, um Tesouro, cuja preciosidade nenhuma riqueza desta terra, ou mesmo deste mundo, poderia comprar para mim!

A minha amiga, amante e confidente, a cúmplice de tudo o que eu fizer a mais.

Este lugar onde eu circulo. é o Labirinto das Hipóteses…

Como seria, se não fosse? Se eu não te tivesse “oca”?
ogum
OH meu Pai, que me levou a tantas vitorias, perdoe a ingratidão deste filho, que trocaria todas as vitórias por apenas uma, impossível mesmo para Tí, Pai Amado,

A Janela Imunológica. Um Suplício, um suplício um suplício sem fim para muitos

O Drama da janela Imunológica – Parte 1 de uma!

[21:36, 2/5/2017] O Triste Anônimo: Claudio Boa noite

Imagino que seu tempo seja curto diante de tantas perguntas. Procurei algumas respostas pela internet, mas fiquei ainda mais confuso e pesquisando no seu blog acabei encontrando seu celular.

Me perdoe se vc já respondeu isso, mas gostaria de saber qual a percentagem de pessoas que apresentam a chamada crise aguda que acontece logo após a infecção pelo hiv?

Gostaria de saber também se uma única colocada dentro da vagina seria suficiente para contágio?

Desde já agradeço pela atenção.

[22:02, 2/5/2017] Eu respondendo: Eu cheguei a crer que tive a infecção aguda

[22:02, 2/5/2017] Eu respondendo: Que tivesse sido uma meningite em tempos distantes, mas não foi bem assim. Pelo menos, apesar deste fato, eu não tenha devastado a vida de alguém que, mais ded duas décadas atrás, eu tinha acabado de começar a amar. E como doeu esta perda, não ouso negar! Hoje eu entendoi melhor! Ela falhou, sim, comigo, mas não porque não me amou! Porque me abandonou em meio à tempestade e, creiam-me, nós tínhamos um trato a respeito disso!

[22:02, 2/5/2017] Eu respondendo: No mais, eu não creio que tenha visto, in persona alguém  que tenha vivenciado esta condição, até porque ela é ambígua e obscura, e mesmo a gripe, ou uma somatização, fundamentada, talvez pelo meno, quem sabe pelo remorso, possa parecer tão autêntica que nem mesmo a mais autêntica possa ser tão realista! [complicado isso]

[22:03, 2/5/2017] Eu respondendo: A verdade é que é como ficar resfriado e ng dá atenção a isso. Eu vou te dar uma matéria para vc ler antes de continuarmos a conversar.

[22:07, 2/5/2017] O Triste Anônimo: Entendo, então todo mundo tem esse “resfriado”

[22:11, 2/5/2017] E eu digo: Todo mundo acha que tem AIDS. Alguns já me disseram! Eu mereço ter AIDS. E, desgraçadamente eles estão, sem mesmo notar, destilando preconceito inconsciente me dizendo: Você tem AIDS “ou HIV, foda-se ‘o foda-se é deles’ porque merece! E eu prossigo:Um exemplo clássico é o do cara que para na padaria, pede um c’X’-maionese e um suco de laranjas! O Cara que espreme as laranjas nem olha para elas e, assim, aquela que tinha uma parte um tanto quanto estragada, entra para o suco e o suco vai para o estômago e corre, com suas impurezas, para o intestino e é aí onde a rebelião começa. No dia seguinte, o cara vai ao banheiro e tem uma diarreia! O pensamento dele será, pois com certeza ele não usaria camisinha nem para fazer sexo com a nóia (infeliz) de alguma cidade e assim, ele, finalmente para e, milagrosamente, pensa, em dúvida:

 “Meu Deus! Estou com AIDS“? Aí ele vai divagar até se lembrar daquela pessoa que ele diz que tocou com a língua (isso é um fato real) na vagina da garota de programas (em essência uma mulher, gostando vocês, mulheres ou não gostando disso) por dois segundos (eu fiquei com uma pena lascada dela, a garota de programas, que ainda foi sistematicamente perseguida até fazer o exame! Eu creio que se ela pudesse, daria uma da Janeway e viajaria no tempo pela enésima vez!). Se segura aí que eu vou pegar um café (sadismo meu! Ele não se segurou nem para por o preservativo!!!). Enquanto isso, vai lendo para começar a pensar mais e melhor na vida! E na sequência, este outro (só um café) mais este abaixo!

https://soropositivo.org/2015/05/30/infeccao-aguda-por-hiv-pode-se-apresentar-de-varias-maneiras-por-vezes-como-uma-doenca-grave-e-quase-fatal/                      

[22:16, 2/5/2017] O Triste Anônimo: Sensacional a história! (A história sensacional é meu laudo médico!!!!!)

[22:16, 2/5/2017] O Triste Anônimo: Vou ler a matéria

[22:32, 2/5/2017] O Triste Anônimo: Bem complexa a matéria

[22:33, 2/5/2017] Eu respondendo: Para vc ver

[22:33, 2/5/2017] Eu respondendo: agora vou te dar algo realmente complexo.

[22:33, 2/5/2017] O Triste Anônimo: Manda

:33, 2/5/2017] Eu respondendo:vinte e tantos anos de minha vida! Porca miséria! Isso é o que eu diria se fosse filho de italiano. O que eu mais fiz, na vida, foi me apaixonar por filhas de italianos!!! E veja, eu ainda não encontrei o texto, mas ele trata da pobreza infinita que é esta de tentar avaliar AIDS por sintomas. No dia, este texto esta em edição agorinha, 19 de Janeiro de 2019, 00:49, eu acabei por não encontrar o texto.

Bem:

  1. Definir AIDS por Sintomas,
  2. Definir AIDS por Sintomas
  3. Definir AIDS por Sintomas
  4. Definir AIDS por Sintomas
  5. Definir AIDS por Sintomas

[22:36, 2/5/2017] O Triste Anônimo: Caramba quantas complicações

[22:36, 2/5/2017] O Triste Anônimo: Como vc se sente hoje?

[22:40, 2/5/2017] O Triste Anônimo: Bacanas as fotos.

[22:41, 2/5/2017] O Triste Anônimo: Vc curte Pink Floyd

[22:41, 2/5/2017] Eu respondendo: Sim

[22:41, 2/5/2017] Eu respondendo: Te Parece uma pessoa com AIDS há Vinte e tantos anos anos?

 

[22:41, 2/5/2017] Eu respondendo: Aquela me beijando é minha esposa!

[22:41, 2/5/2017] Eu respondendo: 28 anos com HIV (ela)

[22:41, 2/5/2017] O Triste Anônimo: Parabéns

[22:42, 2/5/2017] O Triste Anônimo: Vc Me parece saudável

[22:42, 2/5/2017] Eu respondendo: Eu tinha acabado de dar a boina para ela!

[22:42, 2/5/2017] Eu respondendo: aproveitei para registrar

[22:43, 2/5/2017] Eu respondendo: o q vc vê nos olhos dela?

[22:43, 2/5/2017] O Triste Anônimo: Não saberia dizer….

E eu penso:, despreparo para a vida. Não saber ler os olhos de uma mulher é estar fadado a não fazer a nenhuma delas feliz! Sabiamente Pessoa disse: “Quem não entende um olhar não entende uma explicação!….

[22:43, 2/5/2017] O Triste Anônimo: Acho que ela me parece feliz….

E eu penso: (Um pouco tarde! O momento do avanço é único!) (E eu já não sei, não mesmo, se ele viu ou chutou! Não dá para fazer uma mulher feliz no chute! Amar, me foi ensinado, é amar vivendo!)

[22:44, 2/5/2017] Eu respondendo: É exatamente isso! Me faça um flash back de suas histórias! Eu

dormi à tarde! E esqueci tudo!

[22:44, 2/5/2017] O Triste Anônimo: Não sei se entendi! Flash back de minhas histórias?

[22:46, 2/5/2017] Eu respondendo: Não! Diabos!!!!!! Do seu caso

[22:47, 2/5/2017] O Triste Anônimo: Ah sim! Resumidamente… Eu me diverti com uma garota e acabei entrando na vagina dela uma vez (Música da jovem guarda: Pobre menina…) Sem preservativo

Já faz um tempo que aprendi: Sem camisinha: Calamidade inominável Isso já tem 45 dias: Estou preocupado se posso ter pego algo nesse deslize eu tive uma gripe no dia seguinte!

[22:55, 2/5/2017] Eu respondendo: Vc fez o exame aos 30 dias?

Tempo passando, nenhuma resposta. Eu urrei mentalmente e digitei com a delicadeza de um Mamute:

Sim ou não?

[22:58, 2/5/2017] O Triste Anônimo: Não fiz

[22:59, 2/5/2017] Eu respondendo: Espere os 60 dias s e resolva isso de uma vez por todas. Já se passaram quase seis dias desde que recebi informação melhor e mais atualizada. Esta é a força motriz que me mantém aqui a esta hora. Estou atualizando textos. A janela é de até 45 dias. Entre 30 a quarenta e cinco dias, E NÃO MAIS. está determinado o ALGORRITMO da investigação da sorologia positiva, ou não, para HIV.

[22:59, 2/5/2017] O Triste Anônimo: Entendi

[23:00, 2/5/2017] O Triste Anônimo: Farei isso

[23:00, 2/5/2017] O Triste Anônimo: Farei isso

[23:00, 2/5/2017] Eu respondendo: porque 30 dias elimina 99% das possibilidades. Mas se chegamos até aqui, façamos uma vez e de uma vez por todas!!!

[23:00, 2/5/2017] Eu respondendo: Enquanto vc não resolve isso, vamos conversando

[23:01, 2/5/2017] Eu respondendo: mas eu tenho de te mostrar outra coisa, infelizmente

[23:01, 2/5/2017] Eu respondendo: Posso mandar uma imagem?

[23:01, 2/5/2017] O Triste Anônimo: Está bem

[23:01, 2/5/2017] O Triste Anônimo: Pode mandar….

Houve um grande problema em meu celular, e o que houve depois disso, se perdeu.

Mas conversamos bastante e, na medida em que não posso avaliar estado de espírito por manifestações the caracteres impressos. Se fossem manuscritos… Bem, aí daria e, se me lembro bem conversamos até um pouco além da meia noite e, para não fechar um assunto aberto lá no alto, o Rapaz Exemplar, seu papo modorrento e a moça cujo vocabulário da margem a ilações, levou a “moça” para a cama e no rala e rola não rolou camisinha por um breve momento. Como ele já tinha feito três exames que resultaram em não reagente, eu movi céus e terras tentando convencê-lo que “daquela vez”, ele escapou, mas que não fizesse mais isso.

Depois de seis meses estressado por ele, (eu) com meu rosto coberto por dermatite seborreica ele me apareceu, eu já irritadíssimo tentei dar um fim naquele drama e ainda me lembro da última mensagem dele, antes de eu bloqueá-lo for ever and ever:

A frase funesta, esquisita e sinistra:

EU TENHO AIDS E VOU PROVAR

Tem gente que é assim, vive em janela imunológica eterna.

janela imunológica eterna
Eis ai alguém em janela imunológica eterna. Parece que o Sol nasceu para todos os outros. Mas o pecado… a transgressão… Isso não pode ficar sem punição

Não importa o que se lhes diga, o que se lhes mostrem, o que lhes façam beber para incutir a verdade simplíssima, pela qual eu daria muita coisa.

 

Se você respeita a janela imunológica, entra, faz o exame, espera o tempo passar e a enfermeira vem pata perto de si e te e diz, risonha ou séria:

-“Não reagente“!

Oh God know,s I’d do not deserve a third chance

 

Talvez ninguém venha a entender bem tudo isso, nem mesmo ela, já supramencionada, mas este texto é dedicado com grande carinho e grande amizade à minha analista:

 

Maíra Xavier

 

Em clima de luto por Belchior só me resta dizer: Minha dor é perceber que apesar de tudo, tudo, tudo o que fizemos, ainda somos os mesmos e vivemos, ainda somos os mesmos e vivemos, ainda, somos, os mesmos, e vivemos, como nossos país

E todo ano tem carnaval!

Quod Scripsi, Scripsi

Pôncio Pilatos

Assine Nossa Newsletter – Ela É Mensal, Com O Melhor Do Melhor






E Você? O Que Acha

Muitas Pessoas, os “sorointerrogativos” olham com desdém para as pessoas com HIV.

Um amigo meu (ex-amigo que levou uma chave…), no passado, ciente de minha condição, referiu-se a outra pessoa, supostamente infectada por HIV da seguinte maneira:

-“Este é outro que está bichado”.

Até hoje eu não entendo os porquês de eu não tê-lo socado até fazer dele um pastel de burro, sei lá.

Como o assuto é sério e esclarecimentos cabem, eu coloco, antes, este vídeo:

Durante Décadas Foi Tabú! Pessoalmente sofri por isso. E Você, teria um relacionamento sorodivergente

Você é portador(a) de HIV? Se sim, conseguiu a aposentadoria ou o auxilio doença como manda a ei ou teve de lutar como um cão?







 

Anúncios

2 omentários

Janela Imunológica. Os fatos. Atualizado em 10/2018 · Soropositivo.Org 9 09America/Sao_Paulo dezembro 09America/Sao_Paulo 2018 at 15:41

[…] Um Papo sobre A Janela […]

O Que São Doenças Oportunistas Relacionadas à AIDS? 26 26America/Sao_Paulo novembro 26America/Sao_Paulo 2018 at 21:51

[…] gripe não implica em fatalidade relacionada à baixa imunidade (AIDS/SIDA). A gripe pode matar, mas não se relaciona com AIDS/SIDA, eu estou te sugerindo que […]

Os Comentários estão suspensos

Este Site usa Cookies e você pode recusra este uso. Mas pode saber bem o que está sendo registrado em, conssonãncia com nossa política de privacidade

%d blogueiros gostam disto: