Últimas

Há maiores risco de alguns tipos de câncer não definidores de AIDS em pessoas com HIV com mais de 50 anos

Colón, mama e próstata câncer menos frequente em pessoas com HIV

CâncerO risco de vários cânceres aumenta com a idade para os idosos soropositivos, a partir de pesquisadores do relatório Estados Unidos em Clinical Infectious Diseases. Indivíduos HIV positivos com 50 anos ou mais tinham uma incidência significativamente superior de numerosos tipos cânceres, incluindo vários que não estão normalmente relacionados ao HIV. Ou à AIDS. Embora a incidência de algumas destas malignidades tenha se abrandado com o avanço da idade, o risco absoluto de câncer anal, pulmonar, hepático, oral e da garganta aumentou à medida que as pessoas com HIV envelheceram. O risco de câncer estava mais alto dentro dos cinco anos contados a partir do diagnóstico da infecção por HIV, sublinhando a importância do alerta para a detecção e tratamento imediato da infecção por HIV que, na minha forma de ver, deveria ser uma emergência médica tão urgente quanto a PEP (ou a PEP é emergência médica porque pode evitar *mais um rombo no combalido (…) caixa do nosso País?). Perdoem-me, eu sou um tanto quanto apócrifo… 

Os pesquisadores descobriram que o envelhecimento em si não fez resultar em um aumento do risco de câncer para pessoas com HIV em comparação com a população em geral, sugerindo que, quanto maior prevalência de risco e fatores tais como fumar, consumir álcool e infecções virais causadoras de câncer são responsáveis pelo aumento do risco de alguns tipos de câncer nos idosos com HIV.

“Observamos que o risco de câncer estava elevado em PVHA mais velhas [pessoas vivendo com HIV ou AIDS] em comparação com a população em geral, embora o risco perene de maiores riscos de câncer tenha abrandado com a idade “, comentam os autores. “No entanto, EARs*Acrônimo em Inglês*[excesso absoluto de riscos], que a medida de risco absoluto e, portanto, reflete o número de excesso de casos de câncer ocorrendo entre as PVHA (Pessoas Vivendo Com HIV ou AIDS), aumentou com o avanço da idade para alguns NADCs (Acrônimo em Inglês) [Cânceres não definidores de AIDS]. “

O desenvolvimento de uma terapia anti-retroviral eficaz e segura significa que a maioria das pessoas com HIV podem agora ter uma expectativa de vida para idades mais avançadas.(*É, nós morríamos como moscas e, embora eu não me sinta exatamente como se sente este meu amigo, cujo nome eu não direi, e que deve estar na casa dos 55, ele diz que o corpo e a disposição é de 80 – Que qualidade de vida estão criando para nós, porque não é sobreviver, é viver, e viver bem! E que não ousem me chamar de ingrato…).

As doenças do envelhecimento – incluindo certos cânceres – são, agora, uma causa importante de adoecimento grave e morte entre pessoas com HIV.

Bem como o processo de envelhecimento em geral, dentre variados fatores, contribuem para o aumento do risco de cânceres vistos em pessoas com idade mais avançada vivendo com HIV, incluindo aquelas relacionadas à infecção por HIV e/ou à imunossupressão, a co-infecção com determinados vírus cancerígenos, como o HCV  (vírus da Hepatite C que também é sexualmente transmissível – outra razão para usar camisinha, e fatores ligados ao estilo de vida, como fumar.

Pesquisadores dos Estados Unidos queriam medir o risco de câncer entre pessoas HIV-positivas com idade igual ou superior a 50 anos. Eles, portanto, projetaram um estudo comparando o risco de câncer entre pessoas com HIV e indivíduos na população geral dos Estados Unidos.

Ambos os grupos de cânceres, os definidores de AIDS (sarcoma de Kaposi, linfoma não-Hodgkin, cânceres cervicais) e os não relacionados à AIDS (anal, pulmão, fígado, oral/garganta, mama, próstata e cólon) foram incluídos na análise.

Os pesquisadores inicialmente compararam taxas de incidência de câncer entre pessoas com HIV e a população em geral, calculando e padronizando a Razão de Incidências (SIRs), uma medida de risco que leva em conta as distribuições relativas na população de pessoas de diferentes idades. Eles também calcularam EARs (acrônimo em inglês), ou o excesso de risco de se desenvolver câncer para uma pessoa com HIV.


Os riscos de câncer em pessoas com HIV foram calculados de acordo com a idade (50-59, 60-69, 70 ou mais antigo), diagnóstico de AIDS e tempo desde o diagnóstico de HIV.
A população estudada consistiu em 183.542 pessoas inscritas no estudo HIV/ AIDS Câncer Match. Estas pessoas receberam cuidados entre a introdução de um tratamento efetivo contra o HIV em 1996 e 2012 e contribuiu com um total estatístico de 928.194 pessoas-ano de acompanhamento.

Durante este estudo, houve 10,371 diagnósticos de câncer, dos quais 16% eram relacionados à AIDS e 84% não relacionados à AIDS.
A incidência de todas os três cânceres definidores de AIDS era significativamente superior entre pessoas com HIV, em comparação com a população em geral (sarcoma de Kaposi, SIR = 103,34; linfoma não-Hodgkin, SIR = 3,05; câncer do colo do útero, SIR = 2,02).

Taxas de vários cânceres relacionados ao HIV os cânceres também foram elevados entre pessoas com HIV, incluindo câncer do ânus (SIR = 14), fígado (SIR = 2,91), pulmão (SIR = 1,71) e boca / garganta (SIR = 1,66). Em contraste, as pessoas com HIV apresentaram redução relativo risco de câncer de mama (SIR = 0,61), próstata (SIR = 0,47) e cólon (SIR = 0,63).

Aparentemente os riscos para quase todos os tipos de câncer foram maiores para as pessoas mais jovens e suas incidências diminuíram com a idade. Se o envelhecimento levou a um maior risco de câncer em pessoas com HIV, em comparação com a população em geral, o inverso deveria ser verdade. O risco absoluto para os três tipos de câncer que definem a AIDS, o Sarcoma de Kaposi, o câncer do colo do útero e linfoma de Hodgkin. Além disso o risco diminuiu gradativamente com o avanço da idade (!!!) com a idade. No entanto, o risco absoluto aumentou com a idade para câncer de ânus, pulmão, fígado e boca/garganta.

Um diagnóstico prévio de AIDS estava associado a um aumentode risco dos dois principais cânceres definidores de AIDS, sarcoma de Kaposi, linfoma não-Hodgkin e linfoma de Hodgkin, bem como de câncer anal, oral, pulmonar e de garganta (AIRRs variando de 1,37-2,66).

As maiores taxas de cânceres foram mais elevadas dentro dos primeiro cinco anos após o diagnóstico do HIV e depois diminuiu gradualmente com o tempo.

Uma redução significativa de tendências foi observada para o sarcoma de Kaposi (p <0,0001), linfoma não-linfoma (p <0,0001), pulmão câncer (p = 0,0002), mama câncer (p = 0,02) e linfoma de Hodgkin (p = 0,04).

Em contraste, existe alguma indicação de risco aumentando com o tempo a partir do diagnóstico de HIV para câncer hepático, embora as tendências fossem de significados limítrofes.

“É uma necessidade a prevenção continuada da prevenção do câncer e início da detecção dele entre as PVHA mais velhas”, concluem os pesquisadores. ” O risco de câncer foi mais alto dentro dos primeiros 5 anos após o diagnóstico de HIV para a maioria de cânceres, ressaltando a importância do diagnóstico precoce do HIV, rápido início da TARV após o diagnóstico do HIV e intervenções para reduzir os tradicionais fatores de risco PVHA mais velhas “.

Traduzido por Cláudio Souza em 09 de fevereiro de 2018 do original em Risk of some non-AIDS cancers greater for people with HIV than others over 50, escrito por Michael Carter e Publicado: 30 de janeiro de 2018

Revisão de Mara Macedo

Anúncios
Sobre Claudio Souza do Soropositivo.Org (508 artigos)
😍😍😍😜💫☮Sim, este da foto sou eu ! Minha sobrinha pediu que eu pusesse esta foto m meu perfil !.... Eu tinha aqui uma descrição a meu respeito que, uma pessoa classificou como “irreverente”. Esta é, realmente, uma forma eufêmica de classificar o que estava aqui. Tudo o que sei é que uma “ONG”, que ocupa um prédio de 10 andares estabeleceu uma parceria comigo, e eu tenho os logs do tempo de parceria, que foi mais um vampirismo pois, para cada 150 pessoas que saiam do meu site, clicando no deles, havia, em média, um que entrava. QUANDO ENTRAVA E SE ENTRAVA

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Whatsapp WhatsApp Us
%d blogueiros gostam disto: