Últimas

Candidíase. “Só uma candidíase, um sapinho, básico”….

A Candidíase, uma doença provocada por fungos Esta é uma laranja com fungos. Quem quer comê-la? E, por exemplo, eu te sugerir que corte a parte "prejudicada" e como o restante.... Topas? A Candidíase, uma doença provocada por fungos

Candidíase. Um sapinho, básico”….

O que me move, neste texto, é a naturalidade com que uma pessoa me conta se ela, a pessoa, poderia ter contraído HIV ao receber sexo oral de outra pessoa quando, ela mesma, a pessoa que recebeu o sexo oral com uma manifestação genital de candidíase, sem proteção e sem, obviamente, informar isso a outra pessoa.

Minha revolta e repugnância por tal pessoa não tem limites e, eu creio, talvez infundadamente, que possa haver um lampejo de humanismo que a faça acordar como ser humano. Por isso o título.

Foi com esta impressão que eu fiquei, logo após ter recebido uma resposta a um comentário meu, já um pouco irritado, por conta da frieza de uma pessoa em expor outra pessoa a contrair candidíase (só um sapinho), enquanto recebia sexo oral desprotegido. 

Mulher suicida-se com fogo

A imagem não traduz o horror, e eu jamais poria algo que o traduzisse

E, depois disso, fez-se manifesto pela preocupação de poder tido, ou poder não tido vir a contrair HIV! 

Sabe, eu vivi na Noite, na “Boca do Luxo” (sic) e eu pensava, anos atrás, quando a baderna em minha vida estabeleceu-se em definitivo, que “finalmente eu tinha visto tudo, em termos de maldade. E eu digo isso depois de saber, por exemplo, que uma “Stripper” comprou um vidro do mesmo colírio de outra “Stripper” e o encheu com “ácido”, eu não sei qual. O que posso vos dizer é que os gritos e a infecção no olho queimado se propagou, afetou o nervo ótico do outro olho, não houve tratamento que pudesse resolver a questão e eu não preciso “soprar em seus ouvidos” O Triste final desta história é que a autora da tragédia acabou por ser descoberta.

Não se sabe como, mas ela portava uma garrafa de álcool, que era líquido naquela época e há até bem pouco tempo, certamente alguém se lembra do álcool zulu, por exemplo.

Ela disse que não era isso o que ela pretendia e ateou fogo ao próprio corpo…. E eu pensando que já tinha visto tudo…. PqmP

E observem, esta pessoa tem um padrão comportamental que eu já pude aferir e, lamentavelmente, eu creio…. Cedo ou tarde esta pessoa passará em sil~encio por este site, neste grupo de  artigos sobre sorologia reagente para  HIV.

Neste momento da vida eu peço desculpas por os erros ortográficos e mesmo de português. 

A neuropatia periférica avançou, reduziu minha capacidade de digitação a apenas os dois dedos indicadores. Eu dito o texto ao documents do Google, mas ele não é lá esta “excelente secretária” e a dislexia que me acompanha desde criança me prega algumas peças e trotes que a imaginação pode criar e Mara está muito ocupada e cansada para revisar.

Candidíase Pode Ser Evitada?

Não há como evitar a exposição à cândida. Medicamentos não são normalmente usados para prevenir a candidíase. Existem várias razões para isso:

Não é muito perigoso
Existem medicamentos eficazes para tratá-lo.
A levedura pode desenvolver resistência aos medicamentos.
O fortalecimento do sistema imunológico através da terapia antirretroviral combinada (TARV) é a melhor maneira de prevenir um surto de candidíase.

COMO É TRATADO?

Um sistema imunológico saudável mantém a candida em equilíbrio. Bactérias normalmente encontradas no corpo também ajudam a controlá-lo.

Alguns antibióticos matam essas bactérias úteis e causam um surto de candidíase. Tratar candidíase não vai se livrar do fermento, mas vai mantê-lo sob controle.

Os tratamentos podem ser locais ou sistêmicos. Tratamentos locais são aplicados onde a infecção é encontrada.

Tratamentos sistêmicos afetam todo o corpo. Muitos profissionais de saúde preferem usar primeiro o tratamento local. Coloca a medicação diretamente onde é necessário. Tem menos efeitos colaterais do que um tratamento sistêmico.

Além disso, há menos risco de candida tornando-se resistente aos medicamentos.

Os medicamentos usados para combater a cândida são antifúngicos. Quase todos os seus nomes terminam em “-azole”.

Eles incluem clotrimazol, nistatina, fluconazol e itraconazol. 

Os Tratamentos Incluem:

 Cremes de supositórios para tratar a vaginite ou líquidos
“troches” ou “pastilhas” que se dissolvem na boca

Tratamentos locais podem causar algumas picadas ou irritação.

O tratamento sistêmico necessário se os tratamentos locais não funcionarem ou se a infecção se espalhar para a garganta (esofagite) ou outras partes do corpo. Algumas drogas sistêmicas são tomadas em forma de pílula. Os efeitos colaterais mais comuns são náuseas, vômitos e dor abdominal. Menos de 20% das pessoas têm esses efeitos colaterais.

A candidíase pode voltar repetidamente. Alguns prestadores de cuidados de saúde prescrevem medicamentos antifúngicos a longo prazo. Isso pode causar resistência. A levedura pode sofrer mutação para que uma droga não funcione mais.
Alguns casos graves não respondem a outros medicamentos. Então, a anfotericina B pode ser usada. É uma droga muito potente e tóxica, administrada por via oral ou intravenosa. Os principais efeitos colaterais são problemas renais e anemia. Outras reações incluem febre, calafrios, náusea, vômito e dor de cabeça. Estes geralmente melhoram após as primeiras doses.

TERAPIAS NATURAIS

Várias terapias não medicamentosas parecem ajudar. Elas não foram cuidadosamente estudados para provar que eles funcionam.

Reduza a quantidade de açúcar que você come.

Beba chá Pau d’Arco.

É feito da casca de uma árvore sul-americana.Tome suplementos de alho ou coma alho cru.

O alho tem propriedades antifúngicas e antibacterianas.

No entanto, pode interferir com os fármacos inibidores da protease. Gargareje com óleo de tea tree diluído em água.

Tome cápsulas de lactobacillus (acidophilus) ou coma iogurte com esta bactéria. Verifique se o rótulo diz que em culturas ativas ao vivo.

Pode ajudar a tomar depois de tomar antibióticos. Tome suplementos de ácido gama-linoleico (GLA) e biotina.

Ambos parecem retardar a propagação da cândida. 

O GLA é encontrado em vários óleos prensados a frio. A biotina é uma vitamina B.

Conclusão 

A candidíase é uma infecção muito comum por fungos (fungos). O fungo normalmente vive no corpo. Não pode ser eliminado. A melhor maneira de evitar um surto de candidíase é fortalecer seu sistema imunológico tomando medicamentos antirretrovirais (ARVs).
A maioria das infecções por candida é facilmente tratada com terapias locais. Em pessoas com sistema imunológico enfraquecido, essas infecções se tornam mais persistentes. Drogas anti-fúngicas sistêmicas podem ser tomadas, mas candida pode se tornar resistente a elas. A droga antifúngica mais potente, a anfotericina B, tem sérios efeitos colaterais.
Várias terapias naturais parecem ajudar a controlar as infecções por cândida.

 

Anúncios
Sobre Claudio Souza do Soropositivo.Org (508 artigos)
😍😍😍😜💫☮Sim, este da foto sou eu ! Minha sobrinha pediu que eu pusesse esta foto m meu perfil !.... Eu tinha aqui uma descrição a meu respeito que, uma pessoa classificou como “irreverente”. Esta é, realmente, uma forma eufêmica de classificar o que estava aqui. Tudo o que sei é que uma “ONG”, que ocupa um prédio de 10 andares estabeleceu uma parceria comigo, e eu tenho os logs do tempo de parceria, que foi mais um vampirismo pois, para cada 150 pessoas que saiam do meu site, clicando no deles, havia, em média, um que entrava. QUANDO ENTRAVA E SE ENTRAVA

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Whatsapp WhatsApp Us
%d blogueiros gostam disto: