Cura Para O HIV? Cinco Pessoas se Tornaram Indetectáveis

Sempre fico meio assim com notícias de cura da AIDS. Em 1996, quando foi comprovada a funcionalidade da terapia tríplice, uma “Revista Científica” anunciou!

AIDS! A 1% da Cura. Algum Tempo Mais tarde, quando todas as teses de um assim chamado cientista, esta mesma “Revista” publicou, na Capa, em letrar garrafais: E se o HIV for Inocente?

Há pouco tempo, e desta vez eu confesso não me recordar bem qual a causa da manifestação a mesma insistente revista pôs, na capa. Enfim, a Cura do HIV.

Tudo Isso Era e Sempre Que Se Faz, É feito De Forma que a Pessoa leia a Chamada de capa a Vinte metros de Distância e Veja, mais ou Menos Assim:

e se o HIV for Inocente?

E em todas as vezes este sensacionalismo barato mostrava uma capa quando a realidade era, e ainda é, bem outra! Uns tempoos atrás eu tive de traduzir isso às pressas, sobre Cura do HIV

Este sensasionalismo barato me faz pensar que mesmo em papel, a filosofia é o “clique” a qualquer preço, mesmo que o preço seja informar mal e levar ao sofrimento!

Com os seiscentos mil diabos!!!!! Só Eu Vejo Isso? Não!!!! Já conversei com outras pessoas, mas não porei seus nomes aqui. O que sei é que sentem-se impotentes.

E eu toco o dane-se

E eu pergunto, cá contigo, se não é por isso que “patrocínio” é coisa que não obtenho! E as pessoas que me fazem doações são poucas e já não tenho mais coragem para pedir, como foz nesta semana. Mas, para estas pessoas, não pedirei de novo.

Basta

O Grande X desta Notícia é o “volume de bons resultados

Eu Gostaria de Ser O Primeiro a Anunciar a Cura, já que fui a primeira “pessoa física” a ter um site sobre o tema e dar a cara a tapa, como se ouve por ai. E Tudo Se Publica Como “Cura“!

Gente, eu quero, e muito, anunciar esta cura! Mas não quero o clique sensasionalista!

Um novo tratamento baseado em vacinas contra o HIV conseguiu suprimir o vírus em cinco pacientes, aumentando as esperanças de que novas pesquisas possam ajudar a prevenir a AIDS sem a necessidade de medicamentos diários.

Pesquisadores combinaram duas vacinas inovadoras contra o HIV com uma droga normalmente usada para tratar o câncer no estudo, conduzida ao longo de três anos no Instituto de Pesquisa de AIDS em Barcelona.

Depois de receber o tratamento, o vírus tornou-se indetectável em cinco dos VINTE E QUATRO participantes e sua disseminação foi interrompida por seus sistemas imunológicos, informou o New Scientist. Um deles está Terapia Antirretrovirais (medicamentos que controlam a replicação do HIV) há sete meses.

Mas é apenas um![/penci_text_block]

Gente, a pessoa que fez a matéria se equivocou na redação, com toda a certeza. 

Eu creio que ela não estava prestando atenção ao que fazia e deu esta gafe terrível. Mas o trabalho da pessoa está bem feito e eu peço desculpas por manter a literalidade da tradução, fazendo praticamente uma tranbscrição.

É a única maneira de eu dar a vocês a certe de eu estar trabalhando direito e trabalhando sério.

🙂

Anúncios

Publicações Relacionadas

Comente e Socialize-Se. A vida é melhor com amigos!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Soropositivo.Org, Wordpress.com e Automattic fazm tudo a nosso alcance no que tange à sua privacidade. Você pode saber mais sobre esta polític nste link Eu aceito A Política de Privacidade de Soropositivo.Org Ler Tudo em Política de Privacidade

Whatsapp WhatsApp Us
Precisa conversar? Há três pessoas aqui prestando serviços voluntários dentro de suas possibilidadades