Sintomas De HIV! A HIV-Fobia! O Pavor da Janela Imunológica Eterna!

Image default
AIDS

Janela Imunológica é uma das coisas mais temidas! E já faz alguns dias que minha preocupação exponenciou-se!

Uma das pessoas que conversa comigo por What’s App, uma pessoa que me procurou há, eu acredito que seja este o lapso de tempo, uns dois anos, que acredita ser portadora de HIV. 

E, para que se diga tudo, ela é uma das pessoas mais renitentes que eu vi em minha vida e, agora, por meio de palavras não ditas, ela apresenta ideação suicida e não tenho como alcança-la fisicamente. Ela seria, diante de um ou uma psiquiatra, uma entre muitas pacientes com transtornos de personalidade. Eu não saberia o dizer., mas é a cara dela!

Sintomas de HIV e  descrença na janela imunológica! É sobre isso que mais ouço e tem sido por isso que me exaspero.

 

Ela me disse que vai “acabar por morrer de AIDS porque todos os exames estão errados”, baseando-se, a pessoa por esta coisa:

Sintomas De HIV e Janela Imunológica. 

Pois o quadro que vejo é o de pessoas completamente despreparadas para expressar suas sexualidades pois, aquilo que deveria ser fonte de união, alegria e prazer, tem se transformado no Inferno Em Vida de Milhares, milhões de pessoas…

Sintomas De HIV, Blog Soropositivo. Org

Ainda não vi algo assim. Mas é quase isso

Algumas delas vão e vem, somem por um tempo, muitas vezes aparecem no campo dos comentários. Outro nome, mesma situação, mesma fraseologia, mesmo modo de pensar, mesmas palavras e colocações ignorantes e, não poderia faltar, o mesmo preconceito: 

– “Eu não posso dizer à minha família que me tornei uma *pessoa assim*”.

Ou então:

– Como direi a minha mãe que “VIREI ISSO”?

“Isso”, leitores….

…Sou eu!

Pow!!!

Ou, ainda esta:

– “Não é por mim!!!!! É por minha esposa e minha filha…. Eu sou um FDP e mereço me f**** por ter traído às duas….

Bem, eu devo aferir que também mereço T**** N* ** por conta de incontáveis erros, erros mesmo! Muito grosseiros que eu cometi ao longo da vida, em um momento de deplorável delinquência emocional e sexual!

Será?…. Não sei, mas pensem:

É assim que me sinto nestas horas, com vontade de….

Mas eu Busco Manter a Calma e explicar que estes Sintomas, são genéricos.

E tudo isso pode ser evitado assim:

Sintomas De HIV, Blog Soropositivo. Org
Uma só camisinha, a que você deveria usar, tem o poder de quebrar a cadeia de transmissão

Sabe aquela coisa da “cobertura vacinal”?

Se um determinado percentual de pessoas está vacinado contra uma enfermidade, seja ela qual for, quebra-se a cadeia de transmissão. No cado da infecção por HIV e a AIDS como consequência direta, não há vacina. Então é dramaticamente necessário que você use sem me perguntar o porquê, eu não usei e….

Veja bem, eu não usei e Dancei!

Pensem em uma explosão de uma estrela de neutrinos e cronotons.

Sabe…. Editando e formatando o texto, eu me lembrei de uma coisa sinistra ou mesmo funesta.

Quando eu fui abrigado na Casa de Apoio Brenda Lee, na década de 90! Outra realidade, mas…. Eu me recordo de ter sido mal interpretado por uma pessoa que lá vivia e, em dado momento, colocado dentro de um contexto deplorável, esta moça olhos para mim e, em meio a todos os insultos, o mais doloroso:

Eu não quero nada com LIXO AIDÉTICO

Geralmente eu tenho uma resposta rápida para insultos. Uma vez, apenas para ilustrar, eu fiz uma alteração no meu “layout” e,m ao passar pelo bar do Seu Chico, ali na rua Bento Freitas de esquina com a General Jardim, um garção que, realmente não gostava de mim e me chamou de viadinho enquanto eu estava “en passant”.

Eu não cheguei a dar o próximo passo. Olhei para ele e disparei: “As mulheres de muitos garçons não costumam dizer algo assim”. E fui embora como um raio, pois ele era três vezes maior que eu que não daria conta, ia levar um coro!

É assim que me sinto nestas horas, com vontade de….

Mas eu Busco Manter a Calma e explicar que estes Sintomas, são genéricos.

O que nem sempre funciona. Aí, bem. A necessidade é de um tranco mais forte, de uma chacoalhada. E é bem a hora de dizer que, se você insiste, dona moça, em dizer que isso não é culpa, remorso ou medo eu te digo que em psicologia isso é chamado “negação”.

Negação sim! E é a negação do óbvio ululante. Meu bebê foi criado de forma humilhada. Ele cresceu debaixo de um milhão de terawatts de humilhação! Pois bem. Quer saber?

Um Soco no Estomago

Isso está bem para algo que eu escrevi em outra página, que um leitor considerou um soco no estômago:

Seu remorso, sua vergonha e seu medo não distendem a janela imunológica

Cláudio Souza

E quando eu falo em somatização esta pessoa me diz que somatização não faz sair “massa branca do nariz” (Deus sabe o que é isso, porque eu não sei) e ela sempre repisa:

Não estou louca: Eu peço licença à Wikipedia e colo uma parte do texto, avisando que os números têm links e levam a outra página, nesta mesma janela, para expor:

Somatização

-“Somatização não consegue fazer isso não!….”

A fala de uma pessoa desinformada? Talvez. Pois bem, temos aqui mais uma boa caçada por informações! A Wikipedia esta lá, esperando. Pois, no fim das contas, é uma questão de abrir os olhos e buscar outras vertentes, outras explicações, OUTRAS CAUSAS,  quando a tão temida não se comprova.

É preciso haver algum interesse maior em buscar alargar horizontes, descerrando, assim, horizontes ainda mais amplos, novas possibilidades.

E assim, ora essa, poder-se-ia chegar à paz de espírito, à compreensão que a fala estúpida daquele “profissional” foi, tão-somente, o que se vê claramente:

O displante de alguém mal-preparado, ineficaz, capaz de dar causa a muitos danos. Muitos mesmo!

E, quicá…. Poder dar curso inicial ao sofrimento de outros e outras; cabedo até mesmo uma representação contra a criatura em si.

Insensibilidade à dor

Não pelos valores, embora isso conte e importe, pois em algumas criaturas este, o bolso, seja o único órgão sensível à dor. Sabemos disso.

E, desta forma, dar a ela a possibilidade de um bom e didático sofrimento na educação da cautela, para que  ela sinta na própria pele algum sofrimento.

E assim, consolide o hábito de refletir antes de falar, e só falar quando estiver coberto ou coberta por completa e inexpugnável certeza.

Percebe Isso?

Pois bem, deixemos o catedrático falar de Somatização!

Somatização, um breve resumo

É comum ocorrerem reações físicas a extremo sofrimento psicológico como a morte de ente queridos

Somatização é uma tendência a sofrer um desarranjo psicológico que se manifesta mediante sintomas somáticos exigindo intervenção médica.[1][2] Grosso modo, a somatização expressa-se pela geração de sintomas físicos de uma condição psiquiátrica tal como a ansiedade. O termo “somatizatização” foi cunhado por Wilhelm Stekel em 1924.[3]

A presença de somatizações não exclui o diagnóstico de outras doenças psiquiátricas, ocorrendo frequentemente em comorbidade (presença simultânea) com estes. Pacientes com transtornos psiquiátricos como depressãotranstorno de ansiedade ou algum transtorno de personalidade descrevem sintomas físicos além dos usados para diagnóstico do transtorno em 72% dos casos.[4]

Características

Somatização, segundo sua definição contemporânea, criada por Zbigniew Lipowski (1924-1997), é “uma tendência para experimentar e comunicar desconforto somático e sintomas que não podem ser explicados pelos achados patológicos, atribuí-los a doenças físicas e procurar ajuda médica para eles”[5]. É um diagnóstico que deve ser feito por exclusão de outras causas, que deve ser usado com cautela por ser muito difícil garantir que não há outras causas. É uma causa bastante frequente em serviços de atenção primária, onde pelo menos um sintoma somatizado aparece em 16% a 50% das entrevistas iniciais (anamnese).[6]

Quando não identificados, os pacientes com transtornos somatizantes costumam demandar uma grande quantidade de consultas médicas e exames, gerando altos custos para o sistema de saúde que apenas aumentam seu sofrimento, ansiedade e frustrações.[7]

Fatores Psicológicos (remorso e vergonha?) E Psicossociais (preconceito largamente disseminado, inclusive no Self?)

Acredita-se que fatores psicológicos e psicossociais desempenham um papel importante na etiologia dessa condição. Em pacientes com transtornos de somatização, o sofrimento emocional ou as situações de vida difíceis são experimentados como sintomas físicos. Quando se diagnostica uma causa psicológica passa a ser chamado de psicossomatização.

Negligenciar a importância desses sintomas pode provocar revolta, descrédito, sentimento de rejeição e aumentar ainda mais os sintomas e a angústia do paciente.[6] O paciente frequentemente considera que o médico é incompetente, inexperiente ou desinteressado e procurar outro profissional aumentando assim os custos para a rede de saúde pública ou para o próprio paciente com exames desnecessários.

E, minha querida amiga, veja, por favor, quantas pequeninas (…) coisas podem ser somatizadas:

Somatizações mais comuns

Desmaiar diante de notícias impactantes é um exemplo de somatização.

Diante de eventos psicologicamente traumáticos (como casamento, divórcio, demissão, sequestro, traição, hospitalização ou morte de pessoa querida…) é comum que um ou mais dos seguintes sintomas sejam somatizados:

  1. Dor difusa por todo o corpo. O que é difusa? Está neste link;
  2. Dor de cabeça;
  3. Dor no peito, braços, pernas, costas e/ou articulações;
  4. Dificuldade para respirar;
  5. Hipersensibilidade;
  6. Desmaios. É…. A somatização é “fraquinha”. Ela te derruba. Ou a mim, por simples medo!
  7. Náusea/Mal-estar;
  8. Vômito;
  9. Fadiga(Cansaço excessivo) – Parece familiar?
  10. Manchas na pele;
  11. Tonturas;
  12. Batimentos cardíacos acelerados (Taquicardia);
  13. Fraqueza muscular;
  14. Perda do apetite por longos períodos;
  15. Sangramento menstrual excessivo. Fraquinha né?
  16. Desinteresse sexual;
  17. Amnésia;
  18. Alucinação;
  19. Perda de voz;
  20. Surdez;
  21. Visão dupla ou borrada;
  22. Cegueira (viu só?);
  23. Dificuldade para caminhar;
E, por favor, E-N-T-E-N-D-A-M:

Enfim, sintomas, com os seiscentos mil diabos, podem ser somatizados sim, e tenho dito isso a muitos e muitas, muitas pessoas e, agora, documentei a coisa.

Tire suas dúvidas lá. O conteúdo é excelente: Somatizações pela Wikipédia.

Todos nós podemos somatizar qualquer coisa. Alguns dias atrás eu me recordei das duas embolias pulmonares que Deus me deu para me fazer entender quem é que dava as ordens nesta relação Pai e filho e isso me assustou.

Na sequência eu me lembrei de uma consulta que fiz com um neurologista que tem tanta empatia quanto um BORG e ele me disse, calmamente que eu não deveria me preocupar com o cavernoma cerebelar que eu tenho enquanto ele não estourar.

E eu disse a ele:

– “E como saberei”?

-Você estará passando por um AVC e não perceberá muita coisa….

Médico maldito, desalmado filho de uma tartaruga de Plástico.

E Eu somatizei! Morri de medo por horas!

E, após lembrar disso, meu rosto começou a coçar e a mostrar outras coisas que, sim, eu sei que são sintomas de AVC.

Levantei-me, sentei-me aqui, e pesquisei para me reiterar dos sintomas e eles estavam lá, do mesmo jeitinho que eu os conheci, antes.

Uma amiga, Francisca Cante, apareceu do nada as três da manhã e fez porque fez com que eu acordasse Mara pois, e Cante estava coberta de razão, seu e passasse a um estágio mais avançado da situação, quando ela finalmente me visse caído, não saberia o que poderia estar ocorrendo.

Mara ficou acordada comigo até as seis da matina e voltamos a dormir.

Qualquer coisa pode ser somatizada e, por fim, eu deixo o trecho abaixo.

Síndrome Retroviral Aguda

[su_quote cite=”A síndrome retroviral aguda pelo vírus HIV é um quadro clínico muito semelhante à gripe ou a quaisquer outras viroses pois, em síntese, a infecção pelo _vírus_ conhecido como HIV é, mesmo, uma virose cujos sinais surgem entre de duas ou quatro semanas após o contágio.  Nem todos as pessoas recém-infectadas vivem este quadro conhecido, também, como a fase aguda e muitos dos que a vivenciam não sofrem este quadro de forma específica, com sintomas como já dito semelhantes aos de quaisquer viroses respiratórias comuns ao gênero humano.  A infecção aguda é o período imediatamente após o contato entre o organismo humano e o HIV, o vírus da imunodeficiência humana.”]Tomar o medicamento conforme prescrito é essencial para o funcionamento do tratamento. Você deve tentar tomar seus comprimidos aproximadamente à mesma hora todos os dias. Esta página inclui conselhos sobre como lidar com doses perdidas. Também é importante seguir as instruções sobre alimentos e verificar se há interações medicamentosas. [/su_quote]

Replicação veloz e candente

Durante este período, alguns dias após a infecção, a replicação do HIV é feita de forma extremamente rápida com a geração por parte do HIV de muitas cópias de si mesmo, levando a uma quantidade extremamente alta de RNA de HIV no sangue, índice conhecido como Carga Viral (clique aqui para saber mais: O que é carga Viral? – abre em outra aba). Isso ocorre, pois, as defesas do corpo ainda não puderam apresentar uma resposta eficiente contra o HIV. 

Durante este período, alguns dias após a infecção, a replicação do HIV é feita de forma extremamente rápida com a geração por parte do HIV de muitas cópias de si mesmo, levando a uma quantidade extremamente alta de RNA de HIV no sangue, índice conhecido como Carga Viral (clique aqui para saber mais: O que é carga Viral? – abre em outra aba). Isso ocorre, pois, as defesas do corpo ainda não puderam apresentar uma resposta eficiente contra o HIV. 

Este período se chama janela imunológica e o período de janela imunológica é de 30 dias.

Faça o teste antes, para saber se já está infectado, NESTE CASO, AVISE SUAS OU SEUS CONTACTANTES DE RISCO (TODOS TÊM O DIREITO DE SABER).

Aceite o Resultado, ponto, ponto e ponto!

Se der não reagente, faça de novo ao trigésimo dia e, uma vez não reagente, NÃO REAGENTE E PONTO. PONTO, PONTO E PONTO.

Se reagente, eu complemento: Vá buscar forças onde você precisar! VENHA ME PROCURAR mas fale, por favor, eu imploro, com a (as) pessoa(as) que se relacionou/relacionaram com você, pois ela está agindo como vetor e precisa ser esclarecida, para ter a oportunidade de discernir a respeito de parar, ou não, e isso é problema dele/dela, com isso.

Simples assim. Faça a sua parte dentro das regras do jogo. Sim, a vida é um jogo e eu mostro um link no final!

E no seu caso, basta olhar em volta e ver que seu parceiro e sua parceira, cada um que leia e entenda como puder, continua não reagente! Parece estranho? Ou seria normal, em um caso evidente de testagem após testagem e testagem, testagem, testagem. 

Sabe, eu fico me perguntando se tivesse que fazer o exame com base em sangue venoso, se alguém iria passar meses tomando picadas de agulhas diariamente!!!!

Tudo isso por causa de “sintomas

Créditos

Traduzido Por Cláudio Souza de diversos textos do AIDSMAP e combinado com experiência pessoais minhas, bem como a obervação de diversos fatos que tive a  a infelicidade de assistir, tendo como meta buscar apaziguar os ânimos suicidas de uma pessoa a quem não tenho como proteger de si mesmo.

Vocês querem saber? Eu gostaria, e muito, de ter poderes suspensivos sobre determinadas pessoas. Mas deve ser uma baita responsabilidade! Eu não daria conta!

Você pode clicar aqui mesmo e ir para a ágina Inicial de Soropositivo.Org

https://youtu.be/5nNR7hmtUxY

Publicações Relacionadas

Tem algo a dizer? Diga!!! Este blog é melhor contigo!!!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Soropositivo.Org, Wordpress.com e Automattic fazm tudo a nosso alcance no que tange à sua privacidade. Você pode saber mais sobre esta polític nste link Eu aceito A Política de Privacidade de Soropositivo.Org Ler Tudo em Política de Privacidade

Whatsapp WhatsApp Us