4.9 C
Nova Iorque
sexta-feira, outubro 30, 2020

Buy now

Estimativa de Mulheres Negras com HIV nos EEUU É assustadora

Mulheres negras HIV positivas representam uma taxa de mais 2000% que a de mulheres brancas HIV positivas!

Mulheres negras HIV positivas  norte americanas surpreendeu especialistas

Isso porque números da relação entre as mulheres afro-americanas e HIV nos EUA lembram a África sub-saariana.

Cuidado mulheres. Este é vosso melhor amigo!
Lembrem se. Um em cada cinco homens heterossexuais contraiu HIV de outro homem! Clique no Claudinho sem buchecha….!!! (abre em outra aba)

E assim, viu-se uma taxa de infecção pelo HIV de 0,24% em um grupo de quase 2.100 mulheres, sendo que a maioria é de mulheres de pele negra. 

Assim, a taxa é cinco vezes maior que as estimativas anteriores emitidas pelo governo federal.

A alta taxa de infecção foi encontrada em seis áreas geográficas conhecidas por pelos indíces epidemia de HIV e, ainda, a pobreza é mais comum. 

Mulheres de pele escura com HIV representam 66% dos casos!!!!!

O Índice é semelhante aos da África Subsaariana

As seis áreas estudadas foram em Atlanta, Washington, DC, Baltimore, Newark, NJ, Harlem (Nova York) e Wake County, NC.

Os dados provêm do importante ISIS estudo (The Women’s HIV Seroincidence Study), que foi realizado depois de estudos anteriores.

Uma pesquisa mostrou que as mulheres negras representam uma taxa der 66% dos novos casos de  infecção por HIV no país, mas representam apenas  (…) 14% da população.

 Mulheres de cor com HIV representam 2000% superior ao de mulheres brancas

As mulheres negras têm 20 vezes a taxa de infecção pelo HIV entre as mulheres brancas e quatro vezes a taxa entre as latinas

O HIV e a AIDS são duas das principais causas de morte entre as mulheres negras dos EUA

Algumas mulheres não sabem que estão infectadas. 

No estudo, 1,5% das mulheres descobriram que tinham HIV somente quando se inscreveram no estudo.

Sabíamos que as negras norte-americanas  são desproporcionalmente afetadas pelo HIV.”

E, no entanto, a magnitude dessa disparidade nas áreas mais afetadas pela epidemia de HIV agravado problema”!

Enfatizou assim a principal autora do estudo, Dra. Sally Hodder , da Universidade de Medicina e Odontologia da Faculdade de Medicina de Nova Jersey-Nova Jersey.

 

Related Articles

Sou Soropositivo! Estou Vivendo Com HIV! E Agora? O Que Faço?

De resto, pode seguir estes passos gradualmente. Esta é uma grande mudança e você levará algum tempo para integrá-la à sua autoimagem de uma forma positiva. Não tenha pressa, mas incentive e celebre os pequenos avanços em seu pensamento sobre o HIV. Tenha em mente que você esta vivendo na segunda década do século XXI e, esperançosamente, isso é consideravelmente melhor que esta na [ultima década do Século XX, embora nada tenha de fácil a vida com HIV!

Riscos do Sexo Oral

Riscos do sexo oral se você pega ou passa HIV pelo sexo oral tem todas as respostas que você precisa aqui nesta página sobre riscos da felação, a #¿$?%!¡, que está intrinsecamente ligado ao medo e a “ignorância cultivada” dentro da vida sexual das pessoas, e este “binômio” me traz muitas pessoas. Assim, eu concluí que, para muitas pessoas, está é a uma das “eternas dúvidas” dentro da vida sexual das pessoas, quase sempre tão ignorantes a respeito de sexo oral e HIV! Eu quero estabelecer, neste ponto que a chupeta oferece, para muitos, uma experiência intensamente prazerosa

O que São Antirretrovirais? Eis Uma Visão geral 

O que são antirretrovirais? Os antirretrovirais são os medicamentos que mudaram a face da pandemia HIV/AIDS para algo controlável, que deixou de ser uma ceifadora de vidas. No entanto, eles ainda não removeram a ameaça que a pandemia HIV/AIDS representa e nem mesmo com grande otimismo chegamos à reta final desta pandemia. Pois, apesar de todo o esforço feito por organizações não governamentais e iniciativas individuais, o HIV ainda continuará a ser contraído. E por muito tempo ainda.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Stay Connected

0FansLike
0FollowersFollow
0SubscribersSubscribe
- Advertisement -

Latest Articles

Sou Soropositivo! Estou Vivendo Com HIV! E Agora? O Que Faço?

De resto, pode seguir estes passos gradualmente. Esta é uma grande mudança e você levará algum tempo para integrá-la à sua autoimagem de uma forma positiva. Não tenha pressa, mas incentive e celebre os pequenos avanços em seu pensamento sobre o HIV. Tenha em mente que você esta vivendo na segunda década do século XXI e, esperançosamente, isso é consideravelmente melhor que esta na [ultima década do Século XX, embora nada tenha de fácil a vida com HIV!

Riscos do Sexo Oral

Riscos do sexo oral se você pega ou passa HIV pelo sexo oral tem todas as respostas que você precisa aqui nesta página sobre riscos da felação, a #¿$?%!¡, que está intrinsecamente ligado ao medo e a “ignorância cultivada” dentro da vida sexual das pessoas, e este “binômio” me traz muitas pessoas. Assim, eu concluí que, para muitas pessoas, está é a uma das “eternas dúvidas” dentro da vida sexual das pessoas, quase sempre tão ignorantes a respeito de sexo oral e HIV! Eu quero estabelecer, neste ponto que a chupeta oferece, para muitos, uma experiência intensamente prazerosa

O que São Antirretrovirais? Eis Uma Visão geral 

O que são antirretrovirais? Os antirretrovirais são os medicamentos que mudaram a face da pandemia HIV/AIDS para algo controlável, que deixou de ser uma ceifadora de vidas. No entanto, eles ainda não removeram a ameaça que a pandemia HIV/AIDS representa e nem mesmo com grande otimismo chegamos à reta final desta pandemia. Pois, apesar de todo o esforço feito por organizações não governamentais e iniciativas individuais, o HIV ainda continuará a ser contraído. E por muito tempo ainda.

Sexo Oral Gonorreia e lésbicas

Sexo oral, gonorreia e lésbicas não são temas corriqueiros. E é bem por isso que eles me preocupa,. Se toda hora alguém me perguntasse...

O que é a carga viral?

O objetivo do teste de a carga viral é simples: quanto menos cópias do HIV no sangue, melhor. Ao iniciar o tratamento, os testes de carga viral fornecem as medidas de linha de base pelas quais os testes posteriores são comparados. Cada queda de dez vezes na carga viral é considerada uma queda de um tronco. Por exemplo, se a carga viral cair de 50.000 cópias/mL para 500 cópias/mL, diz-se que o paciente tem uma queda de dois troncos na carga viral
Olá! Sou o Beto Volpe! Quer Conversar? Diga olá! Mas tenha em mente que eu trabalho aqui entre 9:00 da manhã e 20 horas. Você pode deixar a mensagem, mas eu responderei nestes horários. Talvez eu demore, mnas em *SEMPRE RESPONDO*
Olá! Será que você me autorizaria a te avisar quando eu fizesse uma nova publicação ou atualização de um texto? Veja bem, eu não teria a menor ideia a respeito de quem você é! Seria algo anônimo, que me deixaria feliz por sua atenção e interesse. Quando eu fui DJ meu salário era a gritaria! Agora, é seu interesse! E, me perdõem por algum erro ortográfico. Eu sou disléxico e a neuropatia periférica complica ainda mais toda esta coisa. :-(
Dismiss
Allow