CD4 Mulher e AIDS Mulheres com HIV O que é CD4

Estimativa de Mulheres Negras com HIV nos EEUU É assustadora

Mulheres Negras com HIV

Mulheres negras HIV positivas representam uma taxa de mais 2000% que a de mulheres brancas HIV positivas!

Mulheres negras HIV positivas  norte americanas surpreendeu especialistas

Isso porque números da relação entre as mulheres afro-americanas e HIV nos EUA lembram a África sub-saariana.

Cuidado mulheres. Este é vosso melhor amigo!
Lembrem se. Um em cada cinco homens heterossexuais contraiu HIV de outro homem! Clique no Claudinho sem buchecha….!!! (abre em outra aba)

E assim, viu-se uma taxa de infecção pelo HIV de 0,24% em um grupo de quase 2.100 mulheres, sendo que a maioria é de mulheres de pele negra. 

Assim, a taxa é cinco vezes maior que as estimativas anteriores emitidas pelo governo federal.

A alta taxa de infecção foi encontrada em seis áreas geográficas conhecidas por pelos indíces epidemia de HIV e, ainda, a pobreza é mais comum. 

Mulheres de pele escura com HIV representam 66% dos casos!!!!!

O Índice é semelhante aos da África Subsaariana

As seis áreas estudadas foram em Atlanta, Washington, DC, Baltimore, Newark, NJ, Harlem (Nova York) e Wake County, NC.

Os dados provêm do importante ISIS estudo (The Women’s HIV Seroincidence Study), que foi realizado depois de estudos anteriores.

Uma pesquisa mostrou que as mulheres negras representam uma taxa der 66% dos novos casos de  infecção por HIV no país, mas representam apenas  (…) 14% da população.

 Mulheres de cor com HIV representam 2000% superior ao de mulheres brancas

As mulheres negras têm 20 vezes a taxa de infecção pelo HIV entre as mulheres brancas e quatro vezes a taxa entre as latinas

O HIV e a AIDS são duas das principais causas de morte entre as mulheres negras dos EUA

Algumas mulheres não sabem que estão infectadas. 

No estudo, 1,5% das mulheres descobriram que tinham HIV somente quando se inscreveram no estudo.

Sabíamos que as negras norte-americanas  são desproporcionalmente afetadas pelo HIV.”

E, no entanto, a magnitude dessa disparidade nas áreas mais afetadas pela epidemia de HIV agravado problema”!

Enfatizou assim a principal autora do estudo, Dra. Sally Hodder , da Universidade de Medicina e Odontologia da Faculdade de Medicina de Nova Jersey-Nova Jersey.

 

Se você precisa conversar e não conseguiu encontrar a mim ou ao Beto Volpe, este é uma opção bem mais equilibrada, o Beto, você também pode enviar sua mensagem. Talvez eu possa Demorar um tempo. Eu verifico as mensagens ao meio dia, pouco depois na verdade e as 20:00.
Está cada vez mais difícil para mim, esta coisa toda, de digitar.
E eu acabo precisando de um intervalo entre um parágrafo e outro.

Mas tenha certeza de uma coisa que eu aprendi:

Tempo e paciência resolvem praticamente tudo!
———————————————————————————–



Privacidade Quando você envia esta mensagem fica implicado que você leu e aceitou nossas políticas de privacidade e manejo de dados [/acceptance]

Leitura Recomendada Neste Blog

 

 

Sugestões de leitura

Oi! Sua opinião sempre importa. tem algo a dizer? É aqui! Alguma dúvida? Podemos começar por aqui!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

A Automattic, o Wordpress e Soropositivo.Org, e eu, fazemos tudo a nosso alcance no que tange à sua privacidade. E estamos sempre aprimorando, melhorando, testando e implementando novas tecnologias de proteção de dados. Seus dados estão protegidos e, eu, Cláudio Souza, trabalho neste blog 18 horas or dia para, dentre tantas outras coisas, garantir a segurança de suas informações, posto que sei das implicações e complicações das publicações aqui passadas e trocadas Eu aceito A Política de Privacidade de Soropositivo.Org Conhecer Nossa Política de Privacidade

Precisa Conversar? Eu procuro estar aqui no horário que mostrei. Se eu não responder, foi por não o poder fazer. De uma coisa você pode ter certeza. Eu SEMPRE acabo por responder