Infecção aguda por HIV da Fase Aguda à Latência Clínica

Home / HIV e AIDS / Infecção aguda por HIV da Fase Aguda à Latência Clínica
Infecção aguda por HIV, Blog Soropositivo. Org
HIV e AIDS

Infecção aguda por HIV, Blog Soropositivo. OrgInfecção aguda por HIV da Fase Aguda à Latência Clínica são pontos obscuros na mente de quem teme estar contagiado ou, em uma palavra mais triste, infectado. o caso é que há muita gente escrevendo e dizendo besteiras, tornando o caminho ainda mais nebuloso.

Embora eu não seja o bam-bam-bam do tema, eu não escrevo o que vem de minha cabeça. Eu pesquiso, leio, traduzo, espero que revisem, torno a ler e, finalmente, eu publico e, desta forma este texto fala que a infecção aguda por HIV é o período imediato após a infecção pelo HIV ; e refere-se ao primeiro mês após a infecção, enquanto o termo infecção primária pelo HIV é o período de seis meses após a infecção, procure compreender isso da melhor maneira e tenha em mente que o exame de detecção do HIV funciona e este é o período da…

…Infecção aguda e primária pelo HIV

Em Síntese, o que é a Infecção aguda e primária pelo HIV?

  • A infecção precoce pelo HIV pode causar sintomas similares aos da gripe *tenha em mente que você pode, mesmo, estar com gripe!.
  • Alguns testes são mais capazes de detectar o HIV após uma infecção recente do que outros.
  • O HIV se multiplica rapidamente durante a fase inicial e enfraquece o sistema imunológico.
  • O início do tratamento logo após o diagnóstico evita a infecção de outras pessoas e protege o sistema imunológico.

A infecção aguda pelo HIV é o período imediato após a infecção pelo HIV e refere-se ao primeiro mês após a infecção, enquanto o termo infecção primária pelo HIV é o período de seis meses após a infecção. Esse período inicial representa um período importante em termos de infecciosidade e danos ao sistema imunológico.

Sintomas de soroconversão!

Após ser infectado pelo HIV, você pode se sentir mal por um curto período de tempo. Os sintomas da infecção precoce pelo HIV podem incluir sintomas inespecíficos como os da gripe! Ou, ainda, como as de u algumas viroses comuns, tais quais a febre, glândulas inchadas. E também dor de garganta, úlceras orais ou sapinhos, perda de peso, cansaço, dores no corpo, vômitos e erupção cutânea. Isso é chamado de doença de soroconversão.

Quando ocorre geralmente ocorre de uma a quatro semanas após a infecção. A doença de soroconversão sintomática ocorre em pelo menos 50% das pessoas infectadas. E, talvez, entre 80 a 90%, dos indivíduos infectados.

Durante a soroconversão, seu sistema imunológico fica enfraquecido e o HIV se espalha muito rapidamente por todo o corpo. A força do sistema imunológico é medida observando as células CD4.

E essas contagens de células geralmente diminuem durante esta fase inicial da infecção. Existe uma grande quantidade de HIV no seu sangue e isso é conhecido como carga viral. Nesta fase inicial da infecção, há mais risco de infectar outras pessoas devido a uma alta carga viral.

Teste de HIV após uma infecção recente

Se você está preocupado com uma possível infecção recente pelo HIV, faça um teste de HIV. Se este resultado do teste for não reativo ou negativo, pode ser repetido em algumas semanas para ter certeza. Nem todo mundo tem sintomas após uma infecção recente e, portanto, o teste é a única maneira confiável de saber se você tem HIV.

Se você foi exposto ao HIV nas últimas 72 horas, você e seu médico também devem discutir se a profilaxia pós-exposição (PEP) é apropriada no seu caso. A PEP é tomada para impedir que o HIV entre em ação e permaneça negativo para o HIV.

Os testes mais precisos para o diagnóstico do HIV após infecção recente são os testes laboratoriais de antígeno / testes de anticorpos (também conhecidos como quarta geração ou ELISA). Um antígeno do HIV faz parte do próprio vírus e está presente em altos níveis no sangue entre a infecção pelo HIV e a soroconversão. Durante a soroconversão, os anticorpos contra o HIV são produzidos pelo organismo em resposta à infecção e persistem por toda a vida.

Nem todos vivenciam Infecção aguda por HIV

“A doença de soroconversão sintomática ocorre em pelo menos 50%, e possivelmente em 80 ou 90%, dos indivíduos infectados”.

Os testes de antígeno / anticorpo do HIV detectam a maioria das pessoas infectadas pelo HIV dentro de quatro semanas após a infecção, mas às vezes podem detectar infecções logo dez dias depois. Embora sejam extremamente precisos, exigem que o sangue seja coletado com uma agulha e os resultados não estão disponíveis imediatamente. Esses testes costumam ser oferecidos em ambientes hospitalares ou para fins de confirmação.

Testes rápidos no local de atendimento podem ser administrados e interpretados em qualquer ambiente, exigindo apenas uma pequena amostra de sangue (obtido por picada no dedo) ou fluido oral (obtido por meio de um cotonete), com um resultado geralmente disponível em 30 minutos . Da mesma forma, auto-testes pode ser realizado em casa, onde você administra o teste e interpreta os resultados com base nas instruções fornecidas. A desvantagem desses dois tipos de testes é que eles podem não ser capazes de detectar com precisão uma infecção recente. A maioria depende da detecção de anticorpos anti-HIV, o que pode levar algum tempo para aparecer.

A Infecção aguda por HIV e a Latência Clínica

Portanto, é aconselhável testar usando um teste de laboratório capaz de testar antígenos e anticorpos do HIV.

Às vezes, o ponto de atendimento e o autoteste podem fornecer resultados de testes falsos negativos para pessoas que iniciam terapia anti-retroviral (TARV) logo após a infecção pelo HIV. Parece que quando o tratamento é iniciado durante a infecção aguda, a resposta dos anticorpos pode ser suprimida. Isso pode levar a um resultado negativo.

Mas não significa que o HIV tenha sido curado ou removido do corpo. Se você já está em tratamento contra o HIV, não deve usar um teste rápido ou autoteste para confirmar que está com HIV.

As diretrizes atuais de tratamento no Reino Unido sugerem que todas as pessoas com infecção recente pelo HIV sejam revisadas por um especialista e ofereçam TARV imediatamente. O tratamento deve ser iniciado quando você estiver pronto para fazê-lo.

No entanto, existem alguns casos de infecção aguda ou primária em que o tratamento é altamente recomendado, incluindo:

  • Sintomas neurológicos (meningite, sintomas cognitivos ou motores, fraqueza / dormência como resultado de danos nos nervos)
  • Qualquer doença definidora de AIDS
  • A CD4 conta abaixo de 350 células
Combater o Crescimento da carga viral pode ser melhor

Há benefícios em iniciar o tratamento o mais rápido possível, independentemente da contagem de CD4. Um benefício é impedir a transmissão progressiva do HIV.

Com o início do tratamento, sua carga viral diminuirá até atingir um nível baixo.

Espera-se que desça o suficiente para ser classificada como ‘indetectável’.

No Brasil, indetectável é avaixo de 40 cópias por militro de soro.

Pesquisas mostram que aqueles em tratamento eficaz com carga viral indetectável não podem transmitir o vírus a outras pessoas. Geralmente, são necessários seis meses para reduzir a carga viral a níveis indetectáveis ​​uma vez em tratamento.

Você é mais infeccioso durante a infecção precoce pelo HIV.

Pois é quando a carga viral é muito alta. É importante que métodos preventivos, como preservativos ou PrEP, sejam usados ​​durante esse período para proteger os parceiros sexuais.

A continuação do tratamento garante que a quantidade de vírus no corpo seja mantida indetectável e que o sistema imunológico tenha a chance de se fortalecer, a fim de prevenir doenças. Se você iniciar o tratamento durante o estágio inicial da infecção, isso ajudará a limitar os danos ao sistema imunológico.

Quanto Antes Combater a carga Viral, Melhor!

Há evidências de que há menos chances de atingir uma contagem normal de células CD4 se o tratamento for adiado por mais de um ano após a infecção. Portanto, recomenda-se iniciar o tratamento dentro de um ano, se não antes.

Apesar de estar ai, eu afirmo que a minha experiência pessoal, bem a de muitas pessoas que conheço e mesmo de amigos muito próximos nega esta tese! Ou estaríamos mortos! A minha experiência pessoal, e a de muitas pessoas que conheço e mesmo de amigos muito próximos nega esta tese! Quem conhece minha história in loco, o sabe!

O início do tratamento continua sendo sua decisão e você deve discutir quaisquer preocupações que tenha com seu médico. Manter a adesão ao tratamento para obter uma carga viral muito baixa (indetectável) é importante para controlar o vírus e limitar sua capacidade de danificar o sistema imunológico. Tomar medicamentos será um compromisso contínuo e de longo prazo.

Mesmo se você fizer o tratamento, após alguns meses, seu sistema imunológico estará mais apto a manter o vírus sob controle. Você se sentirá melhor, sua carga viral diminuirá e sua contagem de CD4 aumentará. No entanto, você ainda pode transmitir o HIV se não estiver em tratamento.Esta página foi revisada pela última vez em maio de 2019. Ela deve ser revisada em maio de 2022.

Krishen Samuel

Maio de 2019

Infecção aguda por HIV, Blog Soropositivo. Org
A imagem é clicável e abre em outra aba

Publicações Relacionadas

Pelo Dia 8 De Março de 2019 – O Dia Internacional da Mulher

Cláudio Souza

Coccidioidomicose: Mais Uma Doença Oportunista

Cláudio Souza

O Carnaval Acabou

Cláudio Souza

Soropositivo.Org, Wordpress.com e Automattic fazem tudo a nosso alcance no que tange à sua privacidade. Você pode saber mais sobre esta política neste link Eu aceito A Política de Privacidade de Soropositivo.Org Ler Tudo em Política de Privacidade

Política de cookies e privacidades
Olá! Você me autoriza a enviar notificações sempre que houver novas publicações? Serão mensagens automáticas e eu não saberei sua identidade!
Dismiss
Allow
Whatsapp WhatsApp Us
Olá! Sou o Beto Volpe! Quer Conversar? Diga olá! Mas tenha em mente que eu trabalho aqui entre 9:00 da manhã e 20 horas. Você pode deixar a mensagem, mas eu responderei nestes horários. Talvez eu demore, mnas em *SEMPRE RESPONDO*

Este Site usa Cookies e você pode recusra este uso. Mas pode saber bem o que está sendo registrado em, conssonãncia com nossa política de privacidade