Há Vida Com HIV

Eugenismo Governamental e Institucional! O Inferno Não É AQUI!

E com apoio dos porcos que os puseram lá

Este banner abre uma página em outra aba, não se preocupe Não vai atrapalhar sua leitura ou pesquisa!

0

Acordei e, antes mesmo do café da manhã já estava estarrecido, porque dei de cara com notícias sobre Eugenismo Governamental e Institucional e estou louco da vida! Sabe lá você o que é acordar e dar-se frente a frente, logo de manhã, com uma coisa como está?

Em meio a dificuldades no enfrentamento da pandemia de covid-19, o Ministério da Saúde anunciou, por meio de uma portaria, que vai gastar R$ 40 milhões na incorporação de um novo método anticoncepcional no SUS: o implante subdérmico de etonogestrel (medicação contraceptiva aplicada sob a pele). O contraceptivo, no entanto, vai ser direcionado a cinco grupos específicos:

  1. Trabalhadoras sexuais,
  2. Mulheres em situação de rua,
  3. Presidiárias,
  4. Mulheres com HIV,
  5. Mulheres com tuberculose

Por conta deste outra bosta criada por este desgoverno anti-humanidade, discricionário, sectarizador, odioso, covarde e, agora, também eugenista. Leiam, abre em outra aba.

Eugenismo Governamental e Institucional tem de ser combatido

Agora, eles não apenas querem decidir quem pode e quem não pode gerar filhos, parece-me, eles querem implementar uma política de esterilização em massa.

Em pobres, pessoas em situação de rua (já vivi nas ruas, diabos), mulheres privadas de suas liberdades, mulheres com HIV (vivo com uma mulher que tem HIV).

O que mais está sob a cabeça satânica destes canalhas, eu não sei.

O Thanos em Pessoa

Mas li alguns comentários e, dentre eles, o deste panaca aqui:

Fala de eugenista

Gente! É o Thanos, o maldito Thanos falando! E se ele tivesse a manopla e as joias, estalaria os dedos. Pior! Imagino que ele, e milhões como ele, torceram para o Thanos nos dois últimos filmes, gritaram de alegria no final de Guerra Infinita e choraram de tristeza em Endgame. Pior que isso, eles podem star torcendo para ele voltar. Bem, este trecho é mera retórica, mas representa, e bem, o dilema social e planetário que vivemos, este Eugenismo Governamental e Institucional não vai vingar, pois tem sons e fumos de nazismo, outra doutrina hedionda!

 

Os ricos, não todos. Os egoístas, cruéis, indiferentes, mesquinhos, COVARDES, querem aplicar o eugenismo à humanidade. Mas não querem, os cães, doar uma parte minúscula de seus mundos àqueles que coabitam o mundo e, de uma maneira ou de outra, o tornam possível.

Não se iluda! Vivi na noite, em fui DJ em casas de tolerância, e vi o que estes “homens de bem”, pais de família, são capazes de fazer, em público, dentro de um salão com 500 pessoas e, ouvi também, o relato enojado e enojante que as moças me faziam sobre determinadas figuras públicas que, vez por outra, iam tomar “um uisquinho” com a dona da casa, nada mais, nada menos, que uma cafetina de elite.

Porcos imundos e decadentes

Eles pregam decência, mas são os mais decadentes, eles falam em moral, e deitam-se na lama, arrastando infelizes para a lama, pelo prazer de chafurdar na lama, como porcos que são. Porcos imundos, inomináveis em sua indecente covardia e imundície intelectual. Eu não teria como parar de escrever, se fosse dar vazão à toda a minha indignação, revolta, asco, como reação simples e natural a esta nova bestialidade! Mas não!

Porque a Terra, que está pronta, mas não terminada, em breve, não dará guarida a pessoas assim e com que ansiedade, pressa e angústia, espero por este dia, mas ele virá.

Com certeza, Ele virá! Isso me acalanta! O eugenismo governamental e institucional é só (…) mais um pesadelo. E vamos acordar!

Este banner abre uma página em outra aba, não se preocupe Não vai atrapalhar sua leitura ou pesquisa!

Ajude a transformar 21 anos de trabalho em 30

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.