Há Vida Com HIV

Óleo de Canabidiol é Bom — E o que é bom precisa ser compartilhado. 

Cannabidiol é Bom — E o que é bom precisa ser compartilhado. 

 

Basta um olhar breve para o passado e recordar-me de, em certa madrugada, comentar no Facebook, na fã page do Blog, que eu havia passado mais uma noite em claro por conta de dores neuropáticas e receber pelo menos 5 respostas que diziam, sinteticamente:

 

“Conheço o drama”.

Óleo de Canabidiol é Bom E Precia Ser Conhecido

O Óleo de Canabidiol me ajuda a suporta as dores dissoPortanto, não estou a sós neste inferno! Eu vivo em dor!

Alguns anos atrás eu escrevi um review para o óleo CBD. Para escreve-lo, pesquisei muito. Mas não podia pagar cem euros por cada vidro.

Segui sentindo dor. Dor como não sei descrever e a cada dia que se passava, menos, menos e menos eu tinha alegria em viver. Para ter “algum alívio, eu tomava gabapentina, 400 mg a cada duas horas, alternadas com doses de Metadona. de 10 mg.

Este foi o esquema medicamentoso mais difícil de gerenciar e, vejam, eu gerenciei tratamentos meus, contra o HIV, que implicavam em várias tomadas de medicamentos por dia. Alguns em jejum, outros de barriga cheia, alguns, o estomago em estado de hiperacidez gástrica e, outros, com proteínas. Fico pensando como gerenciariam estes tratamentos as pessoas que, portando HIV, ou com AIDS, morassem nas ruas.

Penso nisso porque morei por um tempinho extra, um segundo turno, digamos assim, depois que fui “descoberto” como pessoa vivendo com HIV! Isso acabou na Casa de Apoio Brenda Lee que, além de teto, comida e mil outras coisas, deu-me uma Tuberculose ativa. Mais um tratamento chato.

Mas nenhum deles tão chato, em especial pela necessidade de usar medicamentos a cada 60 minutos (haja paciência né) e com tão pouco efeito.

 

Um dia liguei para o Instituto Nere e marquei uma consulta com uma fisiatra e ela me atendeu em estado de exceção, por ver o quão deplorável era meu estado.

Full Spectrum da CANNAMEDS.

CBDApós muita conversação, e lágrimas, ela me receitou Cannabidiol Full Spectrum da CANNAMEDS. Meu maior drama é a vulnerabilidade econômica. 

Por exemplo, desde 28 de maio deste ano estou esperando os resultados de um recurso contra o INSS que cortou meu auxílio-doença.

Quando circulei por São Paulo, encontrei o CBD por nada menos de R$ 2.100,00 e até mesmo 4.500.

E não é em qualquer farmácia. E há outras dificuldades.

“Minha” infectologista disse-me assim:

 

EU NÃO TENHO MÃO PARA PRESCREVER ISSO.  🤮

Posso te encaminhar para a Clínica de Dor.                            🥶

Já passei por isso e, na real, para mim, não funcionou. Foi uma médica que, durante 12 anos cuidou de mim (Que saudade) que me sugeriu o fisiatra e a acupuntura! Na Clínica Nere eu também faço acupuntura e, creiam, está diminuindo o prazer (estúpido) e o impulso (condicionamento) de fumar.

No entanto, e o CBD, o que fez? Bem, eu fui ajustando as doses e, hoje, posso dizer haver pelo menos dez dias não sofro com dores neuropáticas. Parei (tive de pagar para ver) com metadona, gabapetina e quetiapina, que havia esquecido de mencionar! Seiscentos miligramas por noite.

 

No começo gerou alguma ansiedade pois, de fato, não tenho mesmo para onde correr. A única maneira de sentir menos dor era sob efeito de tranquilizantes; mas, com o sono associado á dor, o CBD é minha última fronteira!

Para responder a eventual pergunta o que é o Canabidiol, ou Óleo CDB recorri a uma fonte de alta confiabilidade com que trabalho. Encontrei uma profusão de informações e isso vai gerar, com certeza, uma Editoria nova em meu blog pois, sem dores, apesar das dificuldades econômicas, eu ainda consigo trabalhar o blog.

 

Segue abaixo a tradução e o link da fonte, em inglês, em outro site.

 

O que é Óleo de Canabidiol (CBD)?

O canabidiol, ou CBD, é um ingrediente ativo da droga cannabis, também conhecida como maconha. O CBD é o segundo composto mais prevalente da maconha, depois do delta-9-tetraidrocanabinol, ou THC. A maconha contém mais de 400 substâncias ativas diferentes, e o THC e o CBD são apenas duas de suas 60 moléculas de canabinoides diferentes.

O canabidiol pode ser derivado da planta do cânhamo ou da planta da cannabis. Ele contém THC quando derivado de plantas de maconha, enquanto o canabidiol derivado de cânhamo contém apenas vestígios do composto psicoativo.1

 Como o CBD e o THC são diferentes?

Tipos de cannabidiol 

O cannabidiol está disponível em várias formas diferentes e pode ser encontrado em uma ampla variedade de produtos. Os três tipos principais de canabidiol disponíveis são:2

  • Espectro total: isso significa que o produto contém outros compostos encontrados na planta de cannabis, incluindo quantidades variáveis ​​de THC.
  • Amplo espectro: este tipo contém outros compostos encontrados na cannabis, mas não contém THC.
  • Isolar: este tipo contém apenas canabidiol e não outros compostos de cannabis.

Os produtos que podem conter canabidiol incluem óleos, sprays, cápsulas, loções, doces e bebidas. Pode ser administrado nas formas oral, tópica, comestível ou inalada.

Algumas pesquisas sugerem que tomar produtos de canabidiol de espectro total pode ser benéfico graças a algo conhecido como efeito de entourage. 

 

De maneira resumida, o entourage effect, ou efeito entourage, também conhecido como efeito de sinergia ou efeito de comitiva, é a combinação dos compostos químicos presentes na planta de uma forma que gere efeitos diferentes e maiores do que se é esperado. O sistema é complexo e ainda pouco estudado, mas foi descoberto que junção dos compostos proporciona a interação das moléculas e potencializa o seu efeito, além de mudar a maneira como ela age, segundo o que se é misturado. A combinação das partes é maior que os elementos isolados. Sendo assim, um dos componentes pode alterar a forma que o outro age quando se junta a ele.

Essencialmente, tomar CBD e THC juntos maximiza os benefícios terapêuticos.3

Usos do Óleo de Canabidiol

O canabidiol pode ter vários usos. Algumas evidências sugerem que ele pode ter aplicações terapêuticas no tratamento de doenças, incluindo:

  • acne
  • Ansiedade da5
  • Efeitos colaterais relacionados ao tratamento do câncer, como náuseas e vômitos
  • Depressão
  • Epilepsia6
  • Pressão alta
  • Dor
  • Doença de Parkinson
  • Transtorno de estresse pós-traumático (TEPT)
  • sono Problemas do4

É importante observar que, embora o canabidiol seja promissor no tratamento de alguns sintomas e condições, mais pesquisas são necessárias. Estudos adicionais podem explorar variações nas dosagens e administração, bem como como o tratamento com canabidiol se compara a outros medicamentos e opções de tratamento.7

Impacto do cannabidiol

 

Há evidências crescentes de que o CBD pode ter benefícios terapêuticos potenciais, incluindo propriedades anticonvulsivas, sedativas, hipnóticas, antipsicóticas e neuroprotetoras.8 Também tem um efeito antiinflamatório¨que, em estudos com animais, mostrou ser mais potente do que a aspirina (ácido acetilsalicílico).9

Como o CBD produz seus efeitos biológicos sem agir significativamente nos receptores canabinoides do cérebro, ele não causa os efeitos psicotrópicos indesejados que são característicos de outros derivados da maconha.

Isso lhe dá um potencial potencialmente alto para ser usado no desenvolvimento de várias formas de maconha medicinal. Um estudo

comparando THC com CBD mostrou que alguns dos aspectos desagradáveis ​​da alta da maconha, como ansiedade e paranóia, parecem ser causados ​​pelo THC e aliviados pelo CBD.10

Em estudos com animais, mostrou ser mais potente do que a aspirina (ácido acetilsalicílico).9

Como o CBD produz seus efeitos biológicos sem agir significativamente nos receptores canabinoides do cérebro, ele não causa os efeitos psicotrópicos indesejados que são característicos de outros derivados da maconha.

Isso lhe dá um potencial potencialmente alto para ser usado no desenvolvimento de várias formas de maconha medicinal. Um estudo comparando THC com CBD mostrou que alguns dos aspectos desagradáveis ​​da alta da maconha, como ansiedade e paranoia, parecem ser causados ​​pelo THC e aliviados pelo CBD.10

Embora o assunto seja complexo, estudos têm mostrado alguns efeitos neuroprotetores do CBD.

Pesquisas comparando os cérebros de fumantes crônicos de maconha e a quantidade de THC e CBD em amostras de cabelo indicaram que, embora o THC pareça ter um efeito neurotóxico — diminuindo a massa cinzenta em áreas do cérebro — o CBD parece ter um efeito protetor nas mesmas áreas do cérebro.8

Outro estudo analisando os efeitos de vários medicamentos na demência mostrou que o CBD pode ter efeitos positivos em algumas das manifestações comportamentais da doença.11 Existem também algumas pesquisas que sugerem que o CBD pode reduzir os sintomas de psicose em pessoas com doença de Parkinson.12

Dicas ao tomar canabidiol

Antes de decidir experimentar o canabidiol, é importante considerar o que você está tentando alcançar. Se o seu objetivo é aliviar os sintomas de uma condição como depressão ou ansiedade, os produtos ingeridos ou inalados têm maior probabilidade de ter efeitos terapêuticos do que as aplicações tópicas. O canabidiol inalado começa a agir muito rapidamente, enquanto os produtos comestíveis ou outros produtos ingeridos podem demorar mais.

Se você estiver interessado em uma aplicação localizada, como para aliviar problemas de pele ou inflamação muscular, um produto tópico como um creme, pomada, loção ou pomada pode ser preferível.

Também é importante considerar a qualidade do próprio produto. Um estudo de 2017 publicado no Journal of the American Medical Association descobriu que menos de um terço (31%) dos produtos de canabidiol vendidos na Internet foram rotulados corretamente. Muitos continham menos CBD do que o anunciado ou também continham quantidades significativas de THC.13

Riscos  potenciais

Embora a pesquisa sugira que o canabidiol é geralmente bem tolerado, você pode ter alguns efeitos colaterais ao tomar produtos CBD. Alguns desses efeitos colaterais podem incluir:14

  • Alterações do apetite
  • Ansiedade
  • Diarreia
  • Sonolência
  • Boca seca
  • Alterações do humor
  • Náusea
  • Vômitos

Se você está pensando em tomar CBD, sempre converse com seu médico ou profissional de saúde. Alguns produtos de CBD podem interagir com outros medicamentos ou suplementos, portanto, certifique-se de compartilhar quaisquer outras substâncias que você possa estar tomando com seu médico.

Apesar da visão atual de que o CBD parece ser um agente positivo bem como  um modificador potencial de alguns dos aspectos negativos do THC, os relatórios de como os constituintes da cannabis mudaram ao longo da primeira década do século XXI são preocupantes.

Relatos típicos da quantidade de THC e CDB na cannabis giram em torno de 4% de cada substância. Em contraste, cepas de “alta potência” de maconha desenvolvidas mais recentemente, foram relatadas como contendo de 16% a 22% de THC e menos de 0,1% de CBD. Isso pode explicar o aumento de casos de  psicose.15 relacionados à cannabis

 Quanto CBD você deve tomar?

 

 

Fonte What Is Cannabidiol (CBD)? (verywellmind.com)

CBD vs. THC: Qual é a diferença?

A cannabis contém mais de 113 compostos químicos diferentes conhecidos como canabinoides. Canabidiol (CBD) e delta-9-tetraidrocanabinol (THC) são dois compostos químicos derivados da cannabis. Nos últimos anos, aumentou o interesse nos potenciais efeitos e benefícios da cannabis para a saúde. Muito desse interesse está centrado nesses dois canabinoides. 

É provável que esse interesse continue a crescer à medida que a cannabis e os produtos de maconha se tornam legais em mais estados. Surgiram vários produtos diferentes que contêm CBD, THC ou ambos, projetados para aliviar doenças como estresse, ansiedade e insônia. Para entender os efeitos colaterais e os benefícios potenciais desses produtos, é importante primeiro entender as diferenças entre o CBD e o THC.

O que é Óleo de Canabidiol (CBD)?

O canabidiol, geralmente conhecido como CBD, é o segundo composto químico mais prevalente encontrado na cannabis. Descoberto pela primeira vez na década de 1940, o CBD tornou-se recentemente mais popular como um tratamento natural para uma série de doenças. Pode ser derivado do cânhamo ou da maconha. O CBD derivado do cânhamo ainda contém traços de THC, enquanto o CBD derivado da maconha pode conter mais.

O que é THC?

Delta-9-tetraidrocanabinol, ou THC, é o principal ingrediente psicoativo da cannabis. Segundo o Instituto Nacional de Abuso de Drogas (NIDA), o THC ativa o sistema de recompensa do cérebro ao sinalizar a liberação da dopamina química cerebral.1 A 

dopamina é um neurotransmissor que desempenha um papel importante no humor e no prazer. Ao desencadear uma liberação de dopamina acima do normal, o THC faz com que as pessoas tenham sentimentos de euforia. O THC geralmente é administrado fumando maconha, mas também pode ser encontrado como ingrediente em cápsulas, comestíveis e óleos.

CBD vs. THC: Principais diferenças 

O THC e o CBD têm efeito no sistema endocanabinóide, um sistema que desempenha um papel importante na manutenção da homeostase. 

Homeostasia ou homeostase, a partir dos termos gregos homeo, “similar” ou “igual”, e stasis, “estático”, é a condição de relativa estabilidade da qual o organismo necessita para realizar suas funções adequadamente para o equilíbrio do corpo. É a propriedade de um sistema aberto, especialmente dos seres vivos, de regular o seu ambiente interno, de modo a manter uma condição estável mediante múltiplos ajustes de equilíbrio dinâmico, controlados por mecanismos de regulação inter-relacionados.Homeostase – Wikipédia, a enciclopédia livre (wikipedia.org)

Os pesquisadores ainda estão trabalhando para entender os meandros desse sistema complexo, mas sabem que ele está associado a processos que incluem memória, apetite, sono, humor e fertilidade.

Embora o THC e o CBD compartilhem semelhanças, existem algumas diferenças importantes entre os dois compostos.

THC

  • Psicoativo (produz um barato)
  • Originado de maconha

CBD

  • Não psicoativo (não produz o barato)
  • Normalmente originado do cânhamo
Propriedades psicoativas 

O CBD e o THC afetam diferentes receptores no cérebro. Por causa disso, o CBD normalmente não tem efeitos psicoativos — em outras palavras, não fará você ficar chapado. O THC, por outro lado, tem efeitos psicoativos. É o composto que produz o efeito que as pessoas associam à maconha.

Estrutura Química

Tanto o CBD quanto o THC têm uma estrutura química semelhante aos endocanabinoides naturais do corpo. Os endocanabinoides são neurotransmissores que atuam no cérebro. 

Os neurotransmissores são mensageiros químicos que transmitem sinais entre as células nervosas do corpo. Eles desempenham um papel importante em uma ampla gama de funções, incluindo sono, dor, apetite, humor e sistema imunológico.

O CBD e o THC têm a mesma estrutura molecular, mas existem diferenças na forma como essas moléculas estão organizadas, responsáveis pelos diferentes efeitos que causam. Ao imitar os endocanabinóides, eles se ligam a receptores e causam diferentes efeitos no corpo.

Fontes

Embora o CBD possa vir do cânhamo ou da maconha, é geralmente derivado do cânhamo para evitar a adição abundante de THC. O THC, por outro lado, é derivado da maconha.

O CBD que vem da maconha pode conter mais THC, o que pode não ser ideal para pessoas que estão tentando evitar o THC. Alguns produtos de CBD produzidos a partir de cannabis, por exemplo, podem conter mais THC do que o rótulo sugere.

 Benefícios potenciais

Enquanto investigação sobre os potenciais benefícios para a saúde de THC, CBD, e outros canabinoides ainda está nos estágios iniciais, há evidências de que estas substâncias podem ser útil para condições, incluindo:2

  • Epilepsia
  • ansiedade
  • Glaucoma
  • sintomas de HIV / AIDS
  • Dor
  • Dependência de opioides
  • Síndrome do intestino irritável (IBS)
  • Síndrome do intestino inflamatório (IBD)
  • Esclerose múltipla
  • Dificuldades do sono
  • Distúrbios do movimento

Fonte: CBD vs. THC: What’s the Difference? (verywellmind.com)

Resumindo

 

Se eu prosseguisse, não terminaria este texto assim, tão cedo. O mais importante em tudo isso é que são 13:00 e estou acordado, sem uma só sensação incõmoda, sem ter tomado nenhuma medicação alopática para a dor, com disposição para trabalhar este texto, que é resultado de redação minha, mais duas traduções e revisões.

Comecei isso três horas atrás e, sim, estou bem, com bom humor, com a mente limpa, sem medo do futuro, sem aflições.

Mas, tudo isso só foi possível com a ajuda de amigos.

Quando entrei em contado com a Cannameds, vi que seus preços, US$ 150,00 por vidro são menos inacessíveis e, conversando com uma pessoa aqui e outra ali, consegui comprar dois vidros!

O próximo passo, meu, será o de judicializar a questão, pois, de fato, não posso ficar buscando ajuda aqui, ali, lá e alhures devido a minhas dores.

 

Este medicamento mudou minha vida, me recolocou nos trilhos e, sim, voltei a desejar viver até os 80 anos porque, antes do CBD esta ideia era assustadora.

Recuperei a alegria de viver

Visite o perfil da Cannameds Brasil no Instagram


Receba atualizações direto em seu dispositivo gratuitamente

Tem algo a dizer? Diga!!! Este blog, e o mundo, é muito melhor com amigos!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More

Privacy & Cookies Policy