Blog Soropositivo.Org

Óleo de Canabidiol e Depressão – Alguns Fatos

Óleo de Canabidiol e Depressão. devido a minhas dores neuropáticas intermináveis, eu vivia deprimido. Hoje, sem dor, não existe depressão em mim e mesmo certos hipnóticos eu pude, com apoio de minha psiquiatra, ir parando até não precisar mais. Este texto trata de responder á pergunta:

Óleo de Canabidiol Pode Tratar Depressão?

 

O interesse nos usos potenciais no campo da saúde mental com óleo de canabidiol (CBD) cresceu tremendamente nos últimos anos, incluindo o uso do CBD para a depressão. O CBD é um composto químico encontrado na Cannabis sativa, também conhecida como maconha ou cânhamo.

A cannabis contém mais de 80 compostos, conhecidos como canabinoides. O principal canabinoide com o qual a maioria das pessoas está mais familiarizada é o tetraidrocanabinol (THC), a substância psicoativa que produz a característica “viagem” da maconha.

O CBD, por outro lado, supostamente tem uma ampla gama de benefícios à saúde sem esses efeitos psicoativos. Algumas pesquisas sugerem que o CBD tem efeitos semelhantes aos antidepressivos, o que significa que pode ser promissor no alívio dos sintomas da depressão.

 

Benefícios Do Uso de Canabidiol Contra Depressão

Apesar das alegações sobre benefícios à saúde mental do CBD, é importante entender que a pesquisa sobre seu uso ainda é limitada. Já foram feitos estudos, mas muitos deles têm limitações e são necessárias mais pesquisas para entender completamente o potencial terapêutico do CBD.

Pesquisas sugerem que o CBD tem efeitos antidepressivos, embora seja importante notar que muitos deles são estudos em animais.1

Outros estudos sugerem que o CBD pode ajudar a aliviar os sintomas de depressão, interagindo com receptores de serotonina no cérebro. A serotonina é um neurotransmissor que desempenha um papel em uma série de funções no corpo, incluindo a regulação do humor. Pode ajudar a contribuir para sentimentos de felicidade e bem-estar. Também é frequentemente implicado no início da depressão e muitas categorias de drogas antidepressivas funcionam aumentando os níveis de serotonina no cérebro.

Um estudo publicado em 2018 sugeriu que o canabidiol não aumenta os níveis de serotonina; em vez disso, parece funcionar influenciando como o cérebro responde à serotonina que já está lá.2

Outro estudo descobriu que CBD teve um “efeito anti-stress claro”, que pode desempenhar um papel na redução dos níveis de estresse que contribuem para sentimentos de ansiedade e depressão.3

Como é tomado

Canabidiol está disponível em várias formas diferentes, embora apenas aqueles usados em ingestões são susceptíveis de produzir qualquer tipo de efeitos antidepressivos ou outros benefícios para a saúde mental. Pode ser tomado por via oral como um óleo, spray ou cápsula. O CBD também pode ser adicionado a produtos comestíveis, incluindo bebidas, doces ou gomas mastigáveis.

O CBD também pode ser usado topicamente em cremes, pomadas, loções e bálsamos, embora seja provável que produza apenas efeitos localizados nessa forma. E líquidos inalados via vaping também estão disponíveis, embora o vaping tenha seus próprios riscos.

Também é importante observar que o CBD está disponível em isolado (apenas CBD), amplo espectro (contém outros canabinóides, mas não THC) e espectro completo (contém outros canabinoides, incluindo THC).

Possíveis efeitos colaterais

A maioria das pesquisas disponíveis sugere que o CBD é geralmente bem tolerado e produz poucos efeitos colaterais. No entanto, isso não significa que as pessoas podem não sentir nenhum efeito colateral indesejado, que podem incluir:

  • Mudanças de humor e apetite
  • Diarreia — Tive alguma antes de me habituar, mas este é um problema comum em minha vida.
  • Ansiedade tive a impressão de estar ansioso e sim, estive um pouco ansioso, mas a ansiedade referia-se à necessidade de acertar a dose
  • Sonolência — O que posso dizer é que durmo melhor e não preciso, não mais, de hipnóticos
  • Náuseas
  • Tonturas — Bem, sigo a letra do original. No entanto, estou em condições de não usar a bengala justamente por esta tontura ter desaparecido!
  • Enzimas hepáticas elevadas4
Segurança

Conforme a Organização Mundial da Saúde, a evidência disponível sugere que a CBD é relativamente seguro.5No entanto, os efeitos a longo prazo não são totalmente claros.

Uma das maiores preocupações que os consumidores enfrentam ao comprar produtos CBD é a falta de regulamentação da FDA.

Os produtos CBD não estão sujeitos a regulamentação porque são comercializados como suplementos, o que significa que você não sabe se está realmente recebendo o que está descrito no rótulo. Como esses produtos não são regulamentados, você não tem como saber com certeza o que está recebendo como pureza, segurança e dosagem.

Bem, o parágrafo acima pode ser fato para muitas realidades. No entanto, existem empresas que consideram estes parâmetros uma meta de saúde a ser respeitada e não medem esforços na obtenção de parâmetros de qualidade e pureza precisos. Responsabilidade e boas origens representam tudo na medicina.

  • Um estudo descobriu que 70% dos produtos CBD vendidos on-line foram rotulados incorretamente, com muitos contendo muito mais THC do que a embalagem alegava.6
  • Portanto, embora muitos produtos de CBD sejam rotulados como não contendo THC, muitos contêm quantidades significativas. Isso poderia resultar em um resultado positivo em um teste de drogas. Essa é uma grande preocupação, principalmente se você quiser evitar os efeitos psicoativos do THC.
  • Outro estudo descobriu que os produtos CBD também podem conter produtos químicos e medicamentos potencialmente perigosos, incluindo canabinóides sintéticos e remédios para tosse.7 Essa contaminação pode levar a problemas de saúde, incluindo reações alérgicas ou interações medicamentosas.
CBD vs. Antidepressivos

Então, como o CBD se compara aos antidepressivos tradicionais? As verdadeiras comparações dos efeitos ainda não são possíveis simplesmente porque não há pesquisas suficientes sobre os efeitos do CBD.

No entanto, um estudo em animais sugere que o CBD pode ter alguns benefícios possíveis em comparação:

  • Um estudo de 2018 publicado na Molecular Neurobiology concluiu que o CBD era promissor como um medicamento antidepressivo de ação rápida. Embora os medicamentos antidepressivos tradicionais geralmente demorem algum tempo para começar a funcionar, pesquisas em roedores descobriram que o CBD mostrou efeitos semelhantes aos antidepressivos rápidos e sustentados.8
  • CBD também parece ter poucos efeitos colaterais. Os medicamentos antidepressivos às vezes podem causar grandes alterações no apetite e efeitos colaterais no campo da sexualidade.
Ponto a ponderar

A conclusão quando se trata do potencial do CBD como tratamento para a depressão é que mais pesquisas são necessárias. A maioria das evidências que apoiam os efeitos antidepressivos do CBD vem de estudos em animais ou pequenos ensaios, e uma das maiores revisões da pesquisa descobriu que as evidências disponíveis não são fortes o suficiente para recomendar o CBD como tratamento para a depressão.9

Se você estiver experimentando sintomas de depressão, é importante falar com um médico ou profissional de saúde mental. A depressão pode piorar com o tempo se não for tratada, mas existem tratamentos eficazes disponíveis, incluindo psicoterapia e medicamentos.

Se você estiver interessado em usar o CBD para aliviar os sintomas da depressão em conjunto com outros tratamentos, sempre converse com seu médico primeiro sobre como usá-lo e sobre possíveis interações medicamentosas.

Bem, este texto mostra os porquês de meu entusiamo:

Óleo de Canabidiol é Bom — E o que é bom precisa ser compartilhado. 

Traduzido por Cláudio Souza do original em Can CBD Help With Depression?

 escrito por Kendra Cherry Atualizado em 3 de junho de 2020

 Revisado clinicamente por Steven Gans, MD

Tem algo a dizer? Diga!!! Este blog, e o mundo, é muito melhor com amigos!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Soropositivo.Org, Wordpress.com e Automattic fazem tudo a nosso alcance no que tange à sua privacidade. Você pode saber mais sobre esta política neste link Eu aceito A Política de Privacidade de Soropositivo.Org Ler Tudo em Política de Privacidade