Business is booming.

Vulnerabilidade social entre jovens aumenta os casos de AIDS entre mulheres e gays jovens

Responsabilidade Social deixa sua empresa, seu pequeno negócio, muito bonita na foto!

render 010 / poser 3dSegundo a notisa, uma agência de notícias científicas, a epidemia de HIV encontra-se em plena expansão, debalde todos os progressos feitos pelas grandes e pequenas nações do planeta, dos 34 milhões de pessoas infectadas um grupo com cerca de dez milhões de pessoas soropositivas está na faixa etária dos jovens, entre 15 a 24 anos.

Diversos indicadores, de vários contextos indicam que é dentro desta a faixa etária que há o maior número de DSTs e, portanto, a quem deve ser um alvo prioritário em todas as ações de prevenção à AIDS, bem como de outras DSTs, tendo em vista que quando há a presença de outras DSTs, algumas das quais extremamente traiçoeiras já que são silenciosas e praticamente assintomáticas no início de sua evolução, que mais crescem as possibilidades de se contrair HIV.

O artigo “Fatores associados à infecção pelo HIV/AIDS entre adolescentes e adultos jovens matriculados em Centro de Testagem e Aconselhamento no Estado da Bahia, Brasil”, publicado na revista Ciência & Saúde Coletiva ano passado, traça os fatores relacionados à prevalência da enfermidade nesse grupo. A autoria é da pesquisadora Bianca de Souza Pereira e colegas da Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS).

A pesquisa investigou os exames para detecção de HIV de 3768 jovens, na faixa etária entre 13 a 24 anos, todos realizados no Centro de Referência Municipal em DST/HIV/AIDS do município de Feira de Santana.

Os pesquisadores descobriram que 1,94% de tais jovens foi diagnosticado como reagentes (positivos para o HIV), e que a maioria esmagadora desta população era composta por mulheres (73,1%), pardas (70-80%), com oito ou mais anos de escolaridade (60-80%), residentes em Feira de Santana (83-97%) e na zona urbana (95-100%).

Oi. O blog precisa de seu apoio para continuar. Até aqui, leitores, foram 20 anos de trabalho, fiz o que pude, quase sem ajuda. Agora preciso MUITO de ajuda. Este QR code, ou o email soropositivowebsite@soropositivo.org servem como PIX. Apoie este trabalho! Ele é feito para pessoas como você

Oi. O blog precisa de seu apoio para continuar. Até aqui, leitores, foram 20 anos de trabalho, fiz o que pude, quase sem ajuda. Agora preciso MUITO de ajuda. Este QR code, ou o email soropositivowebsite@soropositivo.org servem como PIX. Apoie este trabalho! Ele é feito para pessoas como você

As pesquisas também levantaram que entre estas as jovens, há uma maior proporção de soropositivas entre as mulheres em relações estáveis ou casadas e também apresentavam ocorrência mais elevada de uso de drogas e álcool.

Entre jovens do sexo masculino, os homossexuais e bissexuais apresentaram prevalências com incidência maior que entre os heterossexuais – de oitenta e seis jovens heterossexuais testados cercaGay Marriage Concept with Rainbow Rings de 16 a 17 por cento receberam o diagnóstico reagente para HIV enquanto todos os 14 homossexuais ou bissexuais apresentaram a doença. Além disso, a proporção da prevalência de outras DSTs em soropositivos (70%) foi aproximadamente três vezes e meia maior do que em soronegativos (21,3%).

Isso vem a corroborar meus raciocínios, que concluíram que as pessoas mais vulneráveis, no Brasil, são as mulheres (jovens ou não, casadas ou não) que mais necessitam de atenção no âmbito desta faixa etária, e que seria necessária uma estratégia de PrEP e de redução de danos enquanto, por outro lado, são necessárias campanhas de educação preventiva entre elas, que precisam se conscientizar de seus direitos enquanto cidadãs, e de seus parceiros, que deveriam (devem) ser conscientizados sobre o uso de preservativos em todas as relações sexuais, demonstrando que não é apenas o HIV/AIDS que eles evitam mas, também, a gravidez indesejada ou não planejada, bem como a Sífilis e outras DSTs; por outro lado, os jovens deveriam também ser conscientizados sobre o uso do preservativo e da busca pelos centros de saúde para a PEP, já disponível no Brasil.

Com informações do Paraná On Line

Cláudio Souza

Oi. O blog precisa de seu apoio para continuar. Até aqui, leitores, foram 20 anos de trabalho, fiz o que pude, quase sem ajuda. Agora preciso MUITO de ajuda. Este QR code, ou o email soropositivowebsite@soropositivo.org servem como PIX. Apoie este trabalho! Ele é feito para pessoas como você

Oi. O blog precisa de seu apoio para continuar. Até aqui, leitores, foram 20 anos de trabalho, fiz o que pude, quase sem ajuda. Agora preciso MUITO de ajuda. Este QR code, ou o email soropositivowebsite@soropositivo.org servem como PIX. Apoie este trabalho! Ele é feito para pessoas como você

Comentários
Olá, eu gostaria que você considerasse a ideia de receber notificações a cada nova publicação que eu fizer. Veja bem, é menos incômodo que e-mails em newsletters, pois você não precisará checar seus e-mails para saber se algo novo está on-line no Soropositivo.Org! Por outro lado, não há o risco de vocês perderem informações importantes dada a possibilidade de algum algoritmo maluco classificar-me como spammer. E D.E.T.E.S.T.O. Spammers! E você sempre poderá cancelar este aceite. E tenha certeza de uma coisa: Não é não! Você não receberá uma só mensagem desautorizada e, reitero, você terá a liberdade de cancelar estas notificações com dois ou três cliques, em menos de um minuto. Tudo isso GRATUITAMENTE! Não é o máximo!?
Dismiss
Allow Notifications