Blog Soropositivo. Org

Conhecendo a gonorréia e evitando-a

Home / AIDS / AIDS depois Dos 50 / Conhecendo a gonorréia e evitando-a
AIDS

Conhecendo a gonorréia

 

Esta doença é uma doença comum sexualmente transmissível (DST). A gonorréia é causada por uma bactéria, que pode infetar a vagina, colo do útero, reto, pênis, uretra, ou por vezes a garganta. A gonorréia pode ser facilmente curada. Porque gonorréia geralmente não apresenta sinais ou sintomas, muitas pessoas não percebem que estão infetadas.
Cerca de 500.000 a 600.000 novos casos de gonorréia ocorrem a cada ano nos Estados Unidos.
A gonorréia é transmitida pela pratica de relação vaginal, anal ou sexo oral sem proteção, com um parceiro infetado, mesmo que essa pessoa não apresente sintomas. Ejaculação não tem que acontecer para obter gonorréia. A gonorréia também pode ser transmitida da mãe para o bebê durante o parto.
A maioria das mulheres (e alguns homens) que têm gonorréia não percebe nada de errado. Se os sintomas ocorrem, eles geralmente aparecem 1 a 2 semanas após a infeção. Estes são os principais sintomas, listados do mais comum até ao menos comum:
HOMENS
• Dor ou ardor ao urinar.
• Comichão no interior do pênis.
• Testículo inchado doloroso.
MULHERES
• Corrimento vaginal incomum.
• Dor ou ardor ao urinar.
• Sangramento entre períodos menstruais ou depois de relação sexual.
• Dor durante as relações sexuais.
• Dor de estômago.
Se gonorréia ocorrer na garganta ou reto, pode haver poucos ou nenhuns sintomas. Algumas pessoas sentem uma dor de garganta ou prurido e dor no reto. Mesmo que você não tenha sintomas, você ainda pode ter a doença e pode transmiti-la a outras pessoas.

el-guapoNota do editor de Soropositivo Web Site: A gonorréia é uma doença séria que pode levar à infertilidade. De fácil transmissão, tem havido relatos de bactérias resistentes a quase todos os antibióticos. Melhor prevenir…..

Publicações Relacionadas

Células T CD4 porque são tão importantes?

Cláudio Souza

Deu Reagente!!! E agora? Calma… Há muito a ser feito!

Cláudio Souza

Pesquisa ajuda a explicar como a terapia com anticorpos de “vedolizumab” leva a remissão viral sustentada

Cláudio Souza

1 comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Soropositivo.Org, Wordpress.com e Automattic fazem tudo a nosso alcance no que tange à sua privacidade. Você pode saber mais sobre esta política neste link Eu aceito A Política de Privacidade de Soropositivo.Org Ler Tudo em Política de Privacidade

Olá! Sou o Beto Volpe! Quer Conversar? Diga olá! Mas tenha em mente que eu trabalho aqui entre 9:00 da manhã e 20 horas. Você pode deixar a mensagem, mas eu responderei nestes horários. Talvez eu demore, mnas em *SEMPRE RESPONDO*
Olá! Será que você me autorizaria a te avisar quando eu fizesse uma nova publicação ou atualização de um texto? Veja bem, eu não teria a menor ideia a respeito de quem você é! Seria algo anônimo, que me deixaria feliz por sua atenção e interesse. Quando eu fui DJ meu salário era a gritaria! Agora, é seu interesse! E, me perdõem por algum erro ortográfico. Eu sou disléxico e a neuropatia periférica complica ainda mais toda esta coisa. :-(
Dismiss
Allow