Últimas Notícias! Você não deve perder

Compreender a AIDS melhor

Sexo seguro é o que pode garantir,a pouco e pouco, um mundo sem novos casos de AIDS. É perigoso pretender "prescrever um remédio" de uso diário e resultado ambíguo, como precação contra um vírus que, depois de contraído, não mais será removido. Camisinha é o meio eficiente. Minha experiência pessoal, depois de ter contraído HIV, mantive relações sexuais com mulheres sorodiscordantes e nunca houve um contágio. Também não houve uma só relação onde houvesse uma ejaculação que tenha sido desprotegida

O Fato de você ser HIV positivo ( soropositivo ) não significa que você esta doente, mas você precisa compreender a AIDS, pois isso é de fundamental importância para que você “tome o controle da situação o que poderá evitar que você fique gravemente doente em breve.

compreender melhor a AIDS

Comprender como a infecção por HIV e a AIDS evoluem pode lhe dar uma melhor perspectiva sobre o processo em si e ajudar seu corpo, com medidades saudáveis, a combater este inimigo

Mas você está em meio a uma luta para proteger seu sistema imunológico, sua saúde e sua vida.

Você precisa de um médico que estará pronto a atendê – lo, sempre que necessário.

Recentes pesquisas têm fornecido novas e importantes informações sobre a replicação ( reprodução ) do Vírus da Imunodeficiência Humana (HIV), tais como: a velocidade em que o vírus faz cópias de si mesmo, quantas cópias ele faz e como o sistema imunológico responde a isso.

Os cientista desenvolveram novas tecnologias que prometem melhorar a nossa capacidade de detectar e avaliar a atividade do vírus em todos os estágios da infecção pelo HIV.

Novos exames medem diretamente o vírus, juntamente com a contagem de células Tratamento, podem nos dar uma idéia melhor do estágio da infecção por HIV.

Esta página responde a algumas das dúvidas mais freqüentes que as pessoa têm sobre o HIV. À medida que você for lendo esta página, aprendera mais sobre o vírus, como ele se multiplica e qual sua relação com a progressão da doença. Quanto mais você souber sobre o HIV( o vírus) e a doença, mais você poderá fazer para se manter saudável por um tempo maior.

“SE EU ME SINTO BEM, ISTO SIGNIFICA QUE O VÍRUS NÃO ESTA ATIVO?”

Até há poucos tempo, acreditava – se que enquanto a pessoa não apresentasse sintomas, o vírus não estaria ativo em seu corpo.

Recentemente, porém, as pesquisas têm demonstrado que o vírus nunca está parado ou adormecido. Na verdade o vírus esta se multiplicando rap47idamente desde o início da infecção e o sistema imunológico está lutando contra ele.

Estima – se que mais de 700.000 p48essoa no Brasil estão infectadas p49elo HIV e a maioria p50ermanecerá ativa e saudável p51or um longo p52eríodo – muitas vezes anos – ap53ós terem sido infectadas.

“COMO O NOSSO CORP54O LUTA CONTRA AS INFECÇÕES?”

O corp55o humano está sob ataque constante de uma grande variedade de bactérias, vírus e fungos.

A função do sistema imunológico é remover ou controlar estes invasores e p56roteger o corp57o destes invasores e seus efeitos danosos. Um dos p58rotagonistas mais imp59ortantes do sistema imunológico é um células chamada CD4 ou células T.

As células T lideram a resp60osta imune contra as infecções.

Mais esp61ecificamente, elas mandam outras células p62rocurarem e destruirem as bactéria, fungos e outros vírus que causam infecções.

P63ORQUE O HIV É DIFERENTE?”

Uma das p64rincip65ais diferenças entre o HIV e outros vírus é que o HIV usa as células T (células que ajudam o corp66o a lutar contra as infecções) p67ara se multip68licar ou rep69licar.

O HIV invade as células T e transforma o material genético da célula T em seu p70p71rio material genético.

Assim que as células T são controladas p72elo HIV elas não conseguem mais controlar o sistema imunológico.

Ao invés disso, as células T infectadas p73elo HIV começam a p74roduzir mais HIV.

O ataque e a rep75licação constante dos vírus, visando p76rincip77almente as células Tratamento, vão gradualmente acabando com o sistema imunológico e enfraquecedo as defesas do organismo.

“ONDE É QUE ESTÁ ACONTECENDO ISSO NO MEU ORGANISMO?”

Embora o HIV infecte as células T e outras células p78or todo o organismo, ele se multip79lica p80rincip81almente nos nódulos linfáticos.

Os nódulos linfáticos estão localizados em muitas p82artes do corp83o.

Cada nódulo linfático p84ossui em seu interior uma estrutura em forma de rede que age como um filtro p85rotetor, ap86risionando os vírus e as células T infectadas.

Grandes quantidades de células T saudáveis tornam – se infectadas p87elo HIV quando p88assam normalmente p89elos nódulos linfáticos. Sabemos agora que existem muito mais células infectadas nos nódulos linfáticos do que no sangue, esp90ecialmente durante as fases iniciais da doença.

“O VÍRUS CONTINUA ATIVO QUANDO ESTÁ P91RESO NOS NÓDULOS LINFÁTICOS?”

Sim.

P92esquisas recentes têm demonstrado que um grande número de vírus novos é p93roduzido diariamente, desde o início da infecção.

Seu organismo contra – ataca substituindo as células T infectadas com até 2 bilhões de células T não infectadas, diariamente.

Isto p94ermite que sua contagem de células T fique constante p95or algum temp96o.

No entanto, o corp97o não consegue agüentar isso indefinidamente. Aos p98oucos, o sistema imunológico p99erde a batalha e não consegue p100roduzir células T em número suficiente p101ara substituir as que são destruídas p102elo HIV, levando ao enfraquecimento do sistema imunológico, o que aumenta a p103ossibilidade do ap104arecimento de doenças op105ortunistas e/ou tumores caracterizando a AIDS, p106rop107riamente dita.

“COMO P108OSSO SABER QUANTOS VÍRUS EXISTEM EM MEU CORP109O?”

Até p110ouco temp111o, a maneira mais comum de acomp112anhar a p113rogressão da doença p114or HIV era medindo a quantidade de células T.

As contagens de células T são imp115ortantes p116orque indicam como seu sistema imunológico esta resp117ondendo à atividade contínua do vírus no seu corp118o.

Exames novos que p119odem medir o vírus direitamente dão uma boa idéia da taxa de rep120licação do vírus no seu sangue. O número de vírus em uma p121equena amostra do seu sangue é conhecido como contagem ou carga viral.

A carga viral é um indicador do grau de atividade do HIV em seus nódulos linfáticos e em todo o organismo, oferecendo, p122ortanto, mais uma forma de acomp123anhar a p124rogressão da doença p125or HIV.

O vírus esta se rep126roduzindo constantemente.

Mesmo que você esteja se sentindo p127erfeitamente bem – durante a chamada fase “silenciosa” ou assintomática da infecção – grandes números de cóp128ias do HIV estão se rep129roduzindo ráp130ida e continuamente.

P131OSSO USAR MINHA CONTAGEM DE CÉLULAS T E MINHA CARGA VIRAL P132ARA ENTENDER MELHOR ESTA DOENÇA?”

“COM QUE FREQÜÊNCIA DEVEM SER REALIZADOS TESTES P133ARA AVALIAR OS NÍVEIS VIRAIS?”

De modo geral, níveis mais altos de vírus p134arecem estar associados com um número menor de células T.

Da mesma maneira, cargas virais mais baixas geralmente significam contagens de células T mais altas.

P135esquisas recentes têm demonstrado que níveis mais altos de vírus geralmente significam uma p136rogressão mais ráp137ida da doença, enquanto níveis mais baixos de vírus significam p138rogressão mais lenta da doença.

Em uma analogia comumente efetuada, a AIDS rep139resenta um p140recip141ício que estaria situado ao final de uma estrada de ferro a ser p142ercorrida p143elo HIV, que seria um trem; a carga viral rep144resenta a velocidade com que o trem p145ercorreria esta estrada de ferro, ao p146asso que a contagem das células CD4, ou células T, seria a indicativa da distância entre a p147osição atual entre o trem e o p148recip149ício; em suma:

Saber quantos vírus estão se rep150roduzindo no seu corp151o e o número de células T que o seu organismo tem p152ara lutar contra o vírus p153oderá ajudar você e seu médico a decidirem qual é a melhor forma de tratar a infecção.

Estar bem informado p154ode trazer uma grande diferença no curso de sua infecção. Quanto mais você souber, mais p155oderá fazer.

Hoje, existem mais recursos do que nunca p156ara ajuda – lo a lutar contra o HIV e a AIDS. Seu médico tem novas informações sobre a doença e o seu tratamento. Fale com ele ainda hoje.

O DIAGNÓSTICO P157OSITIVO NÃO É UMA SENTENÇA DE MORTE

ADAP158TADO DO MANUAL "VIVENDO P159OSITIVAMENTE", do grup160o P161ella Vidda

Até hoje não se sabe como tirar o HIV do corp162o de uma p163essoa , desde que ele tenha se instalado no organismo. P164ortanto, a infecção p165elo HIV dura p166elo resto da vida da p167essoa contaminada. Mesmo que a p168essoa não ap169resente nenhum sintoma, p170ode transmitir o vírus. Além disso, a p171essoa contaminada deve cuidar - se p172ara que não haja re - contaminação, uma vez que novas contaminações p173odem colaborar p174ara o agravamento da infecção com o aumento da carga viral, queda da contagem de CD4 e conseqüente aumento no risco de desenvolvimento de infecções op175ortunistas de maior ou menor gravidade.

Conhece - se, nos dias de hoje, tratamento e cura p176ara quase todas as doenças op177ortunistas e é p178articularmente imp179ortante que o p180ortador de HIV tenha um acomp181anhamento médico constante e eficiente p182ara que p183ossa garantir o diagnóstico p184recoce de uma eventual infecção op185ortunista, garantindo, assim, uma melhor qualidade de vida.

Se você descobrir que é p186ortador de HIV, doente ou não, tenha em mente que não está sozinho. Esta é uma ep187idemia que atinge todo o mundo. Somos milhões de p188essoas vivendo com o mesmo p189roblema. P190recisamos sim, ap191render a viver p192ositivamente.

Lembre - se também de que a doença não é só o vírus. É a maneira como você vive. Entenda, enfrente e dê a volta p193or cima.

Texto revisado p194or Amarilis (in memorian -*1963 +2003)

I`m a P195WA (p196erson with AIDS)

Eu sou uma P197CA (P198essoa com AIDS)
 
Anúncios
Sobre Claudio Souza do Soropositivo.Org (507 artigos)
😍😍😍😜💫☮Sim, este da foto sou eu ! Minha sobrinha pediu que eu pusesse esta foto m meu perfil !.... Eu tinha aqui uma descrição a meu respeito que, uma pessoa classificou como “irreverente”. Esta é, realmente, uma forma eufêmica de classificar o que estava aqui. Tudo o que sei é que uma “ONG”, que ocupa um prédio de 10 andares estabeleceu uma parceria comigo, e eu tenho os logs do tempo de parceria, que foi mais um vampirismo pois, para cada 150 pessoas que saiam do meu site, clicando no deles, havia, em média, um que entrava. QUANDO ENTRAVA E SE ENTRAVA

2 Trackbacks / Pingbacks

  1. PEP é um direito de Todos e deve ser tratada como urgência médica Reagente não é sentença de morte!!!!!Soropositivo. Org - Há Vida com HIV!!!
  2. Mais tempo indetectável é menor risco de rebote | Soropositivo.Org

Os comentários estão desativados.

Whatsapp WhatsApp Us
%d blogueiros gostam disto: