Home / Carga Viral / Células T CD4 porque são tão importantes?
AIDS

Células T CD4 porque são tão importantes?

Células T CD4 são componentes chaves de nosso sistema imunológico e quanto mais se pesquisa sobre isso, mais se aprende. E eu, em minhas pesquisas esbarrei, por assim o dizer, neste artigo que esclarece a uma pergunta constante”

Porque as Células T CD4 porque são tão importantes?

As células T CD4 são um subconjunto de células brancas do sangue que desempenham um papel importante no sistema imunológico do corpo. O CD4 é, por outro lado, uma  proteína expressa em determinadas  células do sistema imunológico, como as células T, os macrófagos e os monócitos.

As células T CD4 são consideradas células “auxiliares” porque não neutralizam infecções, mas desencadeiam a resposta do corpo às infecções.

Em resposta, as células T CD8 – classificadas como tal devido à  proteína expressa em sua superfície e desempenham o papel de células “matadoras” produzindo substâncias (anticorpos) que ajudam a combater vírus e outros invasores estrangeiros.

Qual é o Papel destas as células T na infecção pelo HIV

Um dos enigmas da infecção pelo HIV é que as próprias células destinadas a iniciar uma defesa imunológica são as mesmas direcionadas à infecção pelo HIV. Como retrovírus, o HIV precisa infectar certas células “hospedeiras”, neste caso as T CD4, para fazer cópias de si mesmo. As células CD4 são os principais alvos este fim no curso de uma infecção.

Células T CD4, Blog Soropositivo. Org
Esta foto foi obtida através de um microscópio de “tunelamento eletrônico”.
Em azul um linfócito T CD4 cultivado.
E este é um bom modo de se compreender “a coisa”!
Cada ponto verde destes é um novo virion, descendente daquele primeiro invasor da célula que acabou escravizada e trabalhará até a exaustão.E observe bem, pois, para esta aqui na imagem, não há esperanças! Quantos ele ainda produzirá, eu não saberia dizer. Mas os seus, os meus e os nossos (…) só tem a Terapia Antirretroviral como muralha cientificamente eficiente para manter as coisas assim!

Só Há Vida Com HIV se Você puder respeitar seus limites

Durante a infecção, o HIV se liga a essas células auxiliares, as T CD4, esvaziando seu material genético,  para que o código genético do hospedeiro possa ser alterado para exercer outra função, um processo de escravização da célula, forçando-a produzir outros virions do HIV. 

Ao fazer isso, depois de algum tempo, o também conhecido como glóbulo branco hospedeiro é eliminado. 

A capacidade da pessoa infectada de desencadear uma defesa imune é gradualmente esgotada. E tal esgotamento deixa seu organismo aberto as infecções oportunistas.

Na dinâmica do HIV é tal que as células T CD8 “matadoras” ficam cada vez mais “cegas” em uma infecção avançada e, eventualmente, tornam-se incapazes de lidar com a crescente população de cópias do HIV (medida pela carga viral).

A infecção pelo HIV for deixada sem tratamento, o sistema imunológico, em todos os casos, entrará em colapso completo! Ou ficará extremamente comprometido. No entanto, existem as raras exceções!

Categorias de células T CD4

Mais frequentemente, tendemos a pensar nas células T CD4 como uma espécie de  células. 

De fato, foi apenas em meados da década de 1980 que os cientistas começaram a identificar vários subconjuntos de células brancas com funções diferentes. Algumas são importantes na ativação de macrófagos e células dendríticas durante a infecção inicial, enquanto outros direcionam as defesas imunológicas quando confrontados, individualmente, com organismos parasitas, bactérias ou vírus.

Isso inclui subtipos chamados 

  • T-helper 1, 
  • T-helper 2, 
  • T-helper 9,
  •  T-helper 17,
  •  (célula) T reguladora e célula T auxiliar folicular.

E cada uma das quais expele (o verbo é, na verdade, secretar) tipos diferentes de substâncias. E estas tem a finalidade de ajudar a neutralizar diversas espécies e matizes de agentes agressores. Com uma plêiade de diferentes características.

Pois, quem entende isso, certamente enxergará a Deus!

Valor diagnóstico das células  CD4

Ao determinar quantas células CD4 em funcionamento estão circulando no sangue, um médico pode determinar as condições funcionais do sistema imunológico.

Pois, com um simples exame de sangue chamado contagem de CD4 estima o número de células CD4 (células que expressam a proteína  que dá nome às células T CD4) em funcionamento em um milímetro cúbico de sangue. 

Quanto maior a contagem de CD4,melhor e mais forte a função imunológica.2

Em um adulto saudável, uma contagem normal de Células T CD4 pode variar enormemente (por população, grupo de idade, etc), mas é tipicamente cerca de 500 a 1500 células por milímetro cúbico de sangue (ml)

Quando cai abaixo de 200, no entanto, a doença é tecnicamente classificada como SIDA/SIDA (síndrome da imunodeficiência adquirida).3

É nesse período que se sabe que ocorrem as infecções oportunistas. E sempre serão as mais graves, pois o sistema imunológico está superprejudicado pela infecção por HIV!

Antes de 2016, as contagens de CD4 tinham sido usadas como um meio para determinar quando iniciar a terapia anti-retroviral

A Terapia Antirretroviral, TARV, aproximou os horizontes!

O conceito de início da  Terapia Antirretroviral (TARV) foi mudada pelos resultados de um estudo chamado de START. Eles gostam de acrônimos

Mas, nos últimos anos, esse papel foi alterado à medida que as autoridades globais agora apoiam o início imediato da terapia para o HIV no diagnóstico (em vez de esperar até que a contagem de CD4 caia abaixo de 500 células / mL, como foi a diretriz anterior).4

A contagem de CD4 é também utilizado para monitorizar a resposta de um indivíduo a terapia. O início precoce da terapia antirretroviral, em geral, capaz de restaurar a função imune de uma pessoa. 

Por outro lado, as pessoas que iniciam o tratamento com contagens muito baixas de Células T CD4 (abaixo de 100 células / mL) geralmente têm mais dificuldade em reconstituir suas contagens de CD4 aos níveis normais, principalmente após um ataque grave de doença.5

Infelizmente é inumerável o número de pessoas que só são diagnosticadas tardiamente. E, tardiamente, tudo é mais complicado.

E bem mais difícil de resolver e determinadas doenças oportunistas. Pois, algumas são bem para lá de fatais. Porque minariam a qualidade de vida, deixando poucas possibilidades de recuperação às pessoas assim debilitadas!

Estes aqui são os cinco em meio aos 17!

Estou vivo, e não apenas eu, bem mais pela bondade de Deus do que por outra razão médica qualquer! Só sei o quanto dói na cabeça uma meningite; e eu sei quantas pessoas perdi em meio ao tiroteio da primeira metade da década de 90.

Quanto Mais cedo você descobre sua sorologia, menos danos terão ocorrido ao seu contingente de células T Helper

O medo de saber não é sensato. Um das razões de minha predicação de haver vida com HIV é exatamente esta.

Você, diagnosticado, rapidamente,  tem melhores possibilidades de vida com qualidade. E eu nem quero pensar nas resultantes de diagnoses tardias. 

É, portanto, importante fazer o teste e procurar atendimento imediato em caso de um diagnóstico HIV-positivo. Se o tratamento for iniciado rapidamente, as pessoas que vivem com HIV agora têm um possibilidades muito maiores e melhores de viver uma vida normal e saudável.

Basta entender a Sífilis para não se

Tenha em mente que o COVID-19 independe disso para ser letal, mas para nós, pode ser ainda mais complicado!

Mark Cichocki, RN  Medicamente revisado por Richard N. Fogoros, MD 

Traduzido por Cláudio Souza em 23 de junho de 2020 do original em What are CD4 T-Cells and Why They Are Important 

Células T CD4, Blog Soropositivo. Org
A imagem é clicável e abre em outra aba

Publicações Relacionadas

Saúde Sexual e Reprodutiva Por Que Fazer Exames A Respeito Disso?

Cláudio Souza

AIDS – É preciso a compreender melhor

Cláudio Souza

Indetectável É Igual A Intransmissível – Cuidadores Devem Esclarecer Pacientes Soropositivos

Cláudio Souza

Soropositivo.Org, Wordpress.com e Automattic fazem tudo a nosso alcance no que tange à sua privacidade. Você pode saber mais sobre esta política neste link Eu aceito A Política de Privacidade de Soropositivo.Org Ler Tudo em Política de Privacidade

Política de cookies e privacidades
Whatsapp WhatsApp Us
Olá! Sou o Beto Volpe! Quer Conversar? Diga olá! Mas tenha em mente que eu trabalho aqui entre 9:00 da manhã e 20 horas. Você pode deixar a mensagem, mas eu responderei nestes horários. Talvez eu demore, mnas em *SEMPRE RESPONDO*

Este Site usa Cookies e você pode recusra este uso. Mas pode saber bem o que está sendo registrado em, conssonãncia com nossa política de privacidade