Doenças relacionadas à AIDS

Doenças relacionadas à AIDS

 Dr. Arthur Frazão (Médico)

As doenças “relacionadas à AIDS” são aquelas que atacam os pacientes soropositivos, devido à debilidade do seu sistema imune, indicando que o paciente encontra-se no estágio final da infecção pelo HIV.

Alguns exemplos de doenças relacionadas a AIDS são:

  • Tuberculose;
  • Candidíase persistente;
  • Pneumonia;
  • Toxoplasmose;
  • Sarcoma de Kaposi;
  • Doença por citomegalovírus;
  • Neurotoxoplasmose;
  • Encefalopatia;
  • Criptococose extrapulmonar;
  • Micoses;
  • Doenças cardíacas;
  • Linfoma não-Hodgkin de células B;
  • Doença de Chagas;
  • Emagrecimento de mais de 10% do peso;
  • Diarreia por mais de 1 mês;
  • Febre por mais de 1 mês;
  • Estomatite, aftas;
  • Púrpura.

Muitos pacientes portadores de HIV apresentam problemas neurológicos durante o curso da doença com comprometimento cognitivo e da memória, bem como comprometimento da capacidade de concentração e de realizar tarefas complexas.

A síndrome de perda de peso associada ao HIV é um termo que se refere à perda de 10% ou mais peso corpóreo sem justificação por dieta ou aumento da atividade física. Os problemas metabólicos causados pelo HIV, pelas infecções oportunistas ou por determinadas medicações impedem o corpo de absorver e processar adequadamente o alimento, resultando em perda de peso.

Tratamento das doenças relacionadas a AIDS

O tratamento das doenças relacionadas a AIDS deve ser feito com o uso de remédios receitados pelo médico para o controle da infecção, além da terapia antirretroviral com o uso do coquetel. No entanto é possível que haja interação medicamentosa e para diminuir os sintomas desagradáveis do paciente o médico poderá indicar o uso de outros medicamentos.

Após o controle da doença o médico poderá recomendar que o paciente fique somente com a terapia antirretroviral e faça os testes de CD4 e carga-viral para confirmar a concentração de CD4  e vírus no sangue.
el-guapoNota do Editor de Soropositivo Web Site: EU marquei em vermelho a primeira afirmação do médico que assina este artigo porque fiquei bem irritado com a maneira como ele descreveu as coisas.

Só para falar numa coisa eu me atenho às pneumonias, que eu perdi a conta quando ia pela oitava que eu passava. Tive duas meningites (virais), duas embolias pulmonares e um enfarto; e não me sinto como alguém que está na “fase final da infecção por HIV”.

AIDS pode até matar. Mas atitude conta muito e eu recomendo, para maiores esclarecimentos que você sida este link: Doenças Oportunistas

😍😍😍😜💫☮Sim, este da foto sou eu ! Minha sobrinha pediu que eu pusesse esta foto m meu perfil !.... Eu tinha aqui uma descrição a meu respeito que, uma pessoa classificou como “irreverente”. Esta é, realmente, uma forma eufêmica de classificar o que estava aqui. Tudo o que sei é que uma “ONG”, que ocupa um prédio de 10 andares estabeleceu uma parceria comigo, e eu tenho os logs do tempo de parceria, que foi mais um vampirismo pois, para cada 150 pessoas que saiam do meu site, clicando no deles, havia, em média, um que entrava. QUANDO ENTRAVA E SE ENTRAVA

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.