Soropositivo.org HIV, AIDS, Sexo Oral, Janela Imunológica, Recém Diagnosticado?

O Pior Sintoma do HIV é o Preconceito

Você esta em Início ** Uma Mulher Pode Estuprar um Homem ** O Pior Sintoma do HIV é o Preconceito
?>
Image default
Uma Mulher Pode Estuprar um Homem

O Pior Sintoma do HIV é, na verdade, o preconceito. Eu começo por um detalhe, meus amigos (“…”). Uma destas pessoas, alguém que eu já amei como a um pai, tem demonstrado de muitas maneiras, quase que prolixamente, se envergonhar da minha condição.

Exagero? Não sei! Mas este amigo conhece muitas pessoas que poderia, ou não, ter algum interesse em meu trabalho e, com o staus social deles e seus poderes aquisitivos, dar alguma ajuda em toca de publicidade.

Assim, este meu amigo, com mil diabos, alega que empresário não gostam de ouvir falar de doenças, pois estas coisas, doenças, representam fracassos! E eu digo que é a *u** que-m&-***iu!

E assim, eu reitero:

O Pior Sintoma do HIV é o Preconceito

Pois ele te mata aos poucos, com um sorriso no rosto.

E, por pior e por mais doloroso que isso seja, por mais danoso que sejam os fatos, o pior sintoma do HIV é o Preconceito, o maldito preconceito, pois ele acarreta, inexoravelmente à morte social!

Coisa está, que há criaturinhas estranhas, que negam a existência dos fatos, é a banalização da AIDS

Um Simples Vírus

E vejam só os conelhos e normas de conduta que ele oferece!

E Ele le fez questão de ignorar que 1/3 dos brasileiros se recusa a trabalhar ao lado de uma pessoa com HIV ou AIDS

No entanto, e ainda assim, nada é pior do que uma mulher incapaz de ouvir um não!”

E veja bem, você mulher, gostando ou não de ler isso, sabe que muitas de vocês suportam tudo por amor!

E vejam, eu sei disso!

Mas “O NÃO”!

Porexemplo, o caso onde a “bailarina do antigo Louvre (não era o museu)” quebrou um cinzeiro de vidro na cabeça de um DJ!!!

O crime dele? O que ele fez?

Eu me lembro do Chicão perguntando a ele:

O que você fez? – E o meu professor na arte de sonolastia respondendo:

-“É o que eu não fiz Chicão”!

O Pior Sintoma do HIV é o Preconceito

Será que peguei AIDS?
Esta é a cara

Você me perguntou sobre os sintomas do HIV. São os sintomas de uma virose. Talvez você estranhe, mas é isso. Veja, em português seria *Vírus* da Imunodeficiência humana.

Mas, vamos lá, tentar te responder a esta pergunta RECORRENTE!

Mais adiante eu colocarei uns outros links para você entender por exemplo o ciclo de vida do HIV.

E ponham em vossas cabecinhas que o teste do SUS é Confiável

Assim, você vai entender o que é infecção por HIV, que é uma espécie de doença, uma virose, e que a AIDS é bem outra, um conjunto de sintomas e sinais.

Sintomas e sinais e a manifestação de doenças oportunistas, onde uma maldita gripe não encontra acolhida! 😤😤.

A Febre do Vale, bom, está pode ser…

Na infecção por HIV você está vivendo uma virose.

Sim, sim! E observe bem, você a vive com todas as características de uma virose.

E é por isso que, em algumas pessoas, não se percebe nada!

Eu fui portador de HIV não sei bem por quanto tempo! O que eu sei é que, quando a cobra fumou, a coisa estava feia e, sim, eu pensei

PENSEI QUE IA SECAR COMO UMA PLANTINHA ABANDONADA EM UM VASO

  Se nós estivéssemos falando do vírus do sarampo estaríamos falando de um ciclo de 7 a 8 talvez 9 dias com muito mal estar e alguns cuidados que só as mães sabem que tem que ter com seus filhos, e com a graça de Deus um final feliz.

Este sintoma do HIV o Preconceito, Destróis Psiquês!

Quase Aniquilou A Minha!

No Caso da catapora, por evento, você estaria vivendo um outro tipo de virose com um percurso relativamente parecido com o de uma gripe! E gripe não é doença oportunista nem é quadro definidor de AIDS!

Rash cutâneo pode ter tantas causas que nem vou listar muitas, mas veja:

  • Pele Ressecada no Inverno
  • Sarna
  • Zóster – Se você teve catapora é possível que desenvolva zóster

Mas diferente ainda do HIV Por que a infecção por HIV é uma infecção de longo curso e é preciso, de fato, para que se alcancem os efeitos desastrosos que ela pode provocar, um período de tempo de sutil silenciosidade!

Eu poderia simplificar com a sífilis, mas a sífilis não é causada por um vírus é por uma outra forma de vida que eu não sei definir, tenham em mente sempre que:

Eu não sou médico e assim, tudo o que eu posso dizer fundamenta-e no que aprendi traduzindo e vivendo.

E, Bem Sei, Isso Não é Muito

Na Infecção por HIV existe para algumas pessoas, e eu confesso que não percebi a vivência disso em mim, uma fase chamada fase aguda.

Esta fase seria parecida com uma gripe, ou com qualquer outra virose, você iria com certeza acompanhada de alguma febre, ou febrícula, algum mal-estar corporal.

Uma baita preguiça, uma vontade de não trabalhar de não estudar, de entrar para o mundo quântico e desaparecer. Isso eu farei um dia!

Eis Uma História Pavorosa, Um Estupro.

Essa história em se faz parte de um.  O fato é que isso me roubar a paz até hoje.

E, embora uma assistente social tenha dito que tal pessoa, com tal modelo de  comportamento, cedo ou tarde viria a contrair HIV,  eu tenho, cá comigo as minhas dúvidas.

Teria eu de ter gritado, pedido socorro?

Quem acreditaria em mim? As poucas pessoas a quem eu contei isso, fizeram troça e “tiraram um pelo”!

O fato é que em um determinado momento da minha história eu recuperei, por algum tempo, o “status de DJ” por algumas semanas.

Já havia quase um ano que eu não havia te dou um outro contato físico com uma mulher e naturalmente, eu estava subindo pelas paredes!

Existia lá uma moça com o apelido de Índia,  que cismou porque cismou que tinha de ficar comigo! O que é Índia não sabia é que eu não sentia por ela nenhum atração! Nunca quis ficar com uma pessoa como ela, não era meu tipo, não tinha o “Tchan” que me fazia pirar….

Era, por assim dizer, o biotipo dela

E tinha a coisa do HIV, eu tinha medo de contar, e não saberia fazer sem contar.

Esta maluca me fazia, por meio de gorjetas de clientes, tocar Índia.

Com Paulo Sérgio….

Índia Os teus Cabelos Tão longos Caídos, negros como a Noite Que Não tem Luar

Essa Casa tinha quartos, e isso caracterizava exploração de lenocínio! E eu me sentia muito pouco à vontade para trabalhar ali!

Nunca Gostei de Trabalhar em Ambientes assim. Mas Naquele Momento Eu Me Via Sem Saída!

A casa noturna em questão não ficava em São Paulo e, sim na Grande São Paulo!  E eu consumia quase duas horas para voltar do trabalho para “casa” e mais duas horas para ir ao trabalho!

Desta Forma eu conversei com a gerente da casa, explicando a ela que eu estava procurando uma casa para morar naquele município e que estava muito difícil ir e vir cumprindo os horários.

E se ela poderia me ceder o uso um daqueles quartos por algum tempo, so-zi-nho!

E ela me concedeu essa liberdade Mas disse:

Quero que você fique com a porta do quarto destrancada, pois se eu pegar você ali com olhar, eu te ponho no olho da rua na mesma hora! 

Tudo O que Eu Queria

Gente do céu, tudo que eu queria era recomeçar, e ali havia uma grande possibilidade! Eu não poderia correr este risco, de perder o trabalho. Talvez fosse um retorno, eu amava o qie fazia!

De forma alguma, naquele momento da minha vida, eu me envolveria com uma mulher, especialmente tendo acabado de descobrir que eu era portador de HIV!

E eu bem sabia que dificilmente eu teria uma nova chance como DJ era minha última chance!

Mesmo estando assm: Subindo pelas paredes!

Subindo Pelas Paredes! Eu? Sim! Sim e sim! Mais de Um Ano

Tenham em mente que fazia praticamente um ano que eu não tocava mulher!  E é maldita e Índia se aproveitou da situação e entrou no quarto. Eu ainda era jovem, tinha pouco mais de 30 anos, e os hormônios estavam em um caldeirão em ebulição!

Rapidamente ela conseguiu me colocar “excitado” e, perdoe-me o eufemismo, “se encaixou em mim”! Reação orgânica não indica consentimento!

La vérité, toute la vérité

Se eu dissesse que era portador de HIV ela certamente levantaria gritando a Rosa dos Ventos a minha realidade e eu perderia o emprego do!  

Fui Covarde? Sim!

Fui Patético? Sim!

Eu tinha escolhas? Sim, eu tinha, mas não consegui vê-las!

Sim, Eu Tinha Escolhas! Mas Não As Vi!!!

Mas eu tentei! eu disse pare por favor põe a camisinha! E ela retorquiu:  não precisa estar na cara que você não tem! e eu aumentei:

-“E não dá para saber só pela cara eu posso ter e você não sabe se eu tenho ou não!

-“Se você tem já f***u tudo mesmo”!

Fica Evidente nesse ponto da conversa que ela não sabia absolutamente nada sobre HIV e AIDS, mas não  dava a menor importância ao fácil de contrair ou não HIV, colocando-se assim em risco, talvez, constantemente, mas estes raciocínios não vieram depois muitos anos depois!… (…)…

Tempo Recorde? Sim! Em menos de 30 segundos depois eu ejaculei!

E Ela se foi. Alguns anos mais tarde já conversei com uma terapeuta, ele disse que uma pessoa que seguia essa linha de raciocínio, e que adotava essa linha de Conduta dificilmente não via a contrair HIV ou provavelmente até já o portaria!

Mas Nada disso me serviu de consolo ao longo dos anos e já se vão quase 25 anos, quase um quarto de século, e eu nunca mais soube dela! E a dor que dói mais essa, a dor não saber!

Eu não tenho muita certeza, mas creio que quem escreveu isso, esta frase foi Cecília Meireles se não foi Cecília, me perdoe a senhora, autora dessa frase, por favor faça a corrigenda, obrigado!

Felizmente tudo isso acaba entre duas a seis semanas, segundo dizem médicos e textos e o mesmo não vivenciei e não conheço de perto quem quer que seja que tenha vivenciado isso e que eu possa ter observado. Eu sei de pelo menos uma pessoa também recorda de ter vivido algo assim.

O Que temos em seguida no caso da infecção por HIV é uma fase absolutamente silenciosa e assintomática. mas não se deixe enganar o HIV, não é um vírus que, “permaneça encubado”.

O HIV está sempre ativo exercendo o seu ciclo de vida!

O problema é que a cada ciclo de vida do HIV ele produz novas cópias de si, o que é, se eu entendi bem, vai sobrecarregando a célula T+CD4!

A Célula de um linfócito e muitos de vocês vão se abraçar a hemogramas acreditando que pela queda de seus linfócitos, muitas vezes uma queda ocasional e com incidental a presença de uma outra forma de vida, um outro agente etiológico, o leve acreditar que você está perdendo imunidade! (…).

Sabe Aquele emoticon que vocês usam para dizer que estão extremamente tristes?

É Muito comum que as pessoas digam para mim:

Os meus linfócitos estão baixos…. e mostrem  incontáveis emoticons que demonstra que ele está terrivelmente depressivo! 😔😌😌😞😣😢😰😖

O que eu percebo é que eles temem mais o pior sintoma do HIV.

O preconceito. Há pessoas que me procuram, encontram acolhida, ouvem o que precisam ouvir, não se convence e, sabe o que eu ouço?

…é por minha esposa e filha! Eu mereço!

Este é o pior sintoma do HIV: O Preconceito”

Não é por mim! É por minha esposa e filha. Eu mereço!

Sabe, é como se eles olhassem para mim e dissessem: Você merece o que está passando, ficou doente assim porque viveu “uma vida promíscua”! Outro dia, na clinica de dor do HC, em primeira consulta com a anestesiologista, logo após eu dizer que sou umapessoa vivendo com HIV ela disparou, sem pesar as palavras:

-“Como você contraiu HIV”? Você foi muito promíscuo?

Este é o pior sintoma do HIV

Eu tive de contar até 685.254

Eu Precisei aprender a ter paciência para não puxar vocês pelo wi-fi pela rede enforcados aqui mesmo! Pois é é tanto vitimismo, porque é disso que se trata na verdade de 20 mesmo, de infelicidade, de medo, favor, e muitas vezes, de preconceito!

Hemograma Não Serve Para Aliar Status Imunológicos e A Médica Imbecil Lá de Itaquera Tem de Ir Criar Galinhas

Vocês Estão vivenciando sobre si mesmos aquilo que vocês ou muitos de vocês acreditam ser aquilo que pessoas como eu, deveríamos vivenciar!

Eu Sei que eu peguei forte com essa frase, mas a verdade é que polindo um pouco mais limando um pouco menos, o que vocês passam a vivenciar é o medo de estarem socialmente expostos a tudo aquilo que nós pessoas com HIV vez por outra estamos sendo forçados a passar.

É matematica básica quem tem (…), tem medo

E bem, sei de algum exagero nisso tudo, porque as pessoas que me procuram eu creio, não me procurariam, se tivessem tanto desprezo por mim!

E eu me vejo aqui dentro de uma epifania!

A Ideia Inicial era falar a respeito dos sintomas, da infecção por HIV, e o tema aparece ultrapassado já nessa que eu creio ser a terceira página desse texto que a essa altura não tem prazo e números de páginas para terminar!

A Maria Bethânia ela faz a leitura de um texto de Fauzi Arap e eu faço aqui a citação de um trecho:

Eu Nos acuso! E confesso por nós…”

Porque e tenho que começar por mim !

Eu não posso dizer que não sabia da existência do HIV ! Eu sabia Sim, e tinha plena consciência disso, mas acreditava que seria como ser atingido por um raio. E, embora se pareça com isso, na hora do diagnóstico, em verdade não o é!

Por quê?

Porque na minha ignorância na minha cegueira estúpida no meu desinteresse pela minha própria vida, total indiferença pela minha vida e pela qualidade dela, fundamentado na crença de que eu era jovem e era  eterno, eu não tinha nada a temer,acabei contrair HIV seria imediatamente ter AIDS e morrer!

Eu Já falei sobre isso em outro texto um texto em que eu digo que eu não penso em cura e eu não penso mesmo.

Não para mim!

E como eu digo lá, eu penso nisso, para Mara e para vocês!

E talvez vocês me tomem por louco ou fanfarrão.

Mas eu disse isso a minha infectologista anterior que antes de médica é também uma grande amiga da mesma forma que eu já disse isso para Maíra a minha terapeuta ou a Doutora Valéria minha psiquiatra:

Se esta cura aparecer amanhã, eu não entrarei na fila para buscá-la!

Messianismo? Não!

Vitimismo? Se você conhece minha história sabe que a última coisa que eu preciso é de vitimismo ou messianismo!

A vida me bateu o bastante para eu não querer mais apanhar!  E eu creio que é bem por isso, que eu não buscaria esta cura!

Seis meses antes de meu pai vir a falecer, eu assisti “A Cabana”.

E este filme me deu recursos suficientes para eu pensar e, para ser prolixo mesmo, não tive base para perdoar.

Não havia, de fato, o que ser perdoado porque, da mesma forma como eu digo para todos, e disse para mim quando minhas mãos ficaram arruinadas, eu digito apenas com os indicadores ou dito para o Docs, eu tinha de aplicar até a máxima extensão a “lei” que aprendi:

TUDO É COMO DEUS DESEJA

Este é o pior sintoma do HIV em mim: A neuropatia periférica por HIV
Quem sabe vendo, você acaba crendo

E, felizmente, eu encontrei forças para atravessar a cidade, aqui de perto do Mandaqui até o Grajaú para apenas e tão simplesmente dizer a ele o que ele precisava ouvir para se pacificar com relação a mim e, neste momento eu vi o improvável!

Ele, meu pai, Sebastião Afonso de Souza, derramou uma lágrima!!!

Porque parecendo insensato ou não sendo insensato ou não, foi a vida com HIV que me conduziu a essa condição de pessoa em reconstrução! Muito Embora eu tenho amigo que talvez fizesse troça com isso e me dissesse como é que você está melhorando Cláudio???!!!

Ele Sabe que eu estou melhorando!

Mas Vejam: Uma pessoa que teve de atravessar o inferno de um extremo ao outro por vezes incontáveis, e conseguiu se reerguer e conhecer o céu, eu cometi erros demais! Mais do que é aceitável e, como disse Gleici, eu terei de lutar com a ideação suicida até o fim de meus dias.

Eu já sabia disso e vou me tratando!

Mas erros que era incabíveis a qualquer criatura viva com a minha bagagem, vir a cometer. Houve uma época em que eu morava em um hotel em frente à casa noturna em que eu trabalhava e não vou falar o nome do hotel porque certamente o Beto Volpe sabe e vai me zoar!

O Dono do hotel era um português, cujo nome me foge da memória! Mas eu me lembro de ter sido chamado por ele uma vez para conversar e, embora eu não consiga me lembrar textualmente do que ele disse, o que ele fez, foi me dar:

“Bons conselhos”!

Ele Mostrou estar muito atento a maneira como eu vinha vivendo e chamou minha atenção para o fato de que a cada manhã entrava uma moça diferente no hotel que passava pela portaria, pegava minha chave e ficava esperando.

E Posso dizer que me lembro de algumas palavras:

–  Cláudio! Você está jogando sua vida fora, cada moça dessas que entra aqui, para ficar com você tem uma esperança! a esperança de que você acorde e que olhe para ela e que veja nela, o valor que digno de se dar a toda e qualquer mulher:

tomá-la para si, como esposa construir família desaparecer dessa rua e nunca mais voltar!

A rua era a Rua Bento Freitas, Beto o hotel era o hotel dominó e a boate era o Le Masque.

Vocês querem que eu diga toda a verdade?

Foi sim, havia rios de razão nas palavras dele, faltava em mim, amor! Amor por mim!

Era Sexo e Não AMOR

Eu não fazia amor eu fazia sexo!

E agrande meta era o orgasmo dela fosse ela quem fosse desde que orgasmo fosse bom.

Afinal a propaganda é a alma do negócio!

Mas, eu “Subi como DJ para o Vagão Plaza na Nestor Pestana”.

Em Algum momento Ali  no vagão Plaza eu creio que contrai HIV!

Eu comentava outro dia com uma amiga e eu vou explicar para vocês!

Rua Nestor Pestana

Na Rua Nestor Pestana  haviam 5 casas noturnas. as mais “fortes” era o Kilt e o vagão Plaza.

Eu não sei bem como as coisas funcionavam no Kilt, mas o Vagão Plaza tinha uma clientela que não chamava nos de teleguiada:

Fosse  de Tóquio, Londres, Amsterdam, Paris Hong Kong outras cidades, todos os dias levantava voo um avião ou 2 ou 3012 ou 30 passageiros com Espírito apontado para o seguinte objetivo:

Nos Próximos cinco dias eu fecharei os negócios que tem que fechar e na próxima sexta-feira sábado domingo ou segunda-feira eu estarei no vagão Plaza!

E Farei um programa com uma daquelas 400  mulheres!

Você Pode acreditar ou não o Fato é que eu estive com quase todas elas e nenhuma delas e eu digo nenhuma  balbuciou “você tem que usar camisinha“! E a triste verdade é que nem eu e isso está no texto em que eu digo que não quero cura! Eu também não me Importei!

E Digamos que me virei para esta minha amiga e olhei virtualmente para ela e disse:

Minha querida amiga, eu não sei quando foi que eu contraí HIV, e jamais poderei saber! O fato, inegável, imutável inconscientemente, mas isso não me serve como desculpas, eu agi como uma centrífuga, e desastrosamente não tenho a noção ou a capacidade de mensurar até onde eu espalhei dor morte e dissolução.

E Esta minha amiga usou aquele emoticon, da tristeza total  porque ele cabia muito bem ali, e eu não sei onde ele pudesse ou poderia vir acabei melhor!

Tristeza Imensa e Algum remorso também 😓😩😫😨

 

Eu Sei que me afastei muito no objetivo final desse texto e eu não tenho a menor pretensão de apagá-lo!

O Que eu prometo para vocês com honestidade. Será que vocês podem acreditar que alguém como eu tenho honestidade?

É que hoje é 21 de Julho de 2019 são 20:42!

Em poucos momentos eu vou usar os recursos de edição que eu tenho para copiar todo esse texto e colar no na mesa de edição do WordPress.

O Que vai diferir dessa versão que está aqui para versão que vocês verão será a correção dos erros ortográficos cometidos por um computador que está ouvindo um ditado! E mesmo assim consegue errar!

É Porque eu então um disléxico, não poderia errar na digitação?

Na digitação os erros são quase que sem consequências, os erros que eu cometi, são existenciais!

E talvez eu tenha que trabalhar mais 50 anos, neste blog, e segundo a minha fé no mundo espiritual, para ao menos os impactos de tanta inquietude de tanta frivolidade e por que não dizer toda a verdade?

Eu Não Sabia Amar, e O Sexo Era Só Diversão

Hoje eu sei e entendo aqui o sexo é algo que Deus nos deu para que nós tivéssemos mais uma alegria ao viver!

E nos dias de hoje sobre o peso de tanto luto, tanta dor, tanto remorso, tanta epifania e aos que preferirem tamanho insight, e não posso usar de nenhum recurso de retórica.

E eu creio que vocês devem ter percebido que eu sou bom nisso,  embora não só na retórica, mas também nos atos , toda essa responsabilidade é única e exclusivamente minha!

Não tivera eu ninguém e Deus me enviou os conselhos do dono daquele hotel que por alguns minutos olhou para mim como quem olha para um filho!

E agiu para comigo da melhor maneira como um pai age para com filho e se o meu que descanse em paz, estava limitado por “n” fatores de leniência, eu não posso usar esses fatores como fator de defesa para mim, porque vocês podem não acreditar mas a rua educa!

Educa com dureza e com aulas caríssimas!

Mais educa, e se eu não aprendi, foi porque com toda a certeza não quis prestar atenção, e colando as afirmações e um personagem de um  filme, eu não tenho direito de olhar para vocês e dizerem que naquele momento a virtude não era conveniente.

Tudo é Como Deus Deseja, Não É Padre Manolo?

E prometo que vou tentar falar apenas e tão somente da sintomatologia do HIV no próximo texto!

Mas eu acho que já deu para vocês perceberem que eu não posso ficar trocando de analista em que é por isso que eu jurei juro que jurei eu jamais trocarei de analista porque: Éline me ajudou muito!

Mas foi Maira que me permitiu que me conduzisse pelos três dos labirintos da minha consciência em vez de ficar aqui com esse salão com tantos baús com tantos retratos e tantos retratos preenchidos com tanta dor! Tanta dor, tanta dor e dor, sim, muita dor!

Não apenas moral e física, mas também dura intelectual.

Recém diagnosticado? Reagente? HIV Positivo?

Se você ler o próximo artigo, vera que, infelizmente, nada mudou!

1º Editorial Agosto de 2000

Anúncios

Artigos Relacionados que você pode gostar de ler

Comente e Socialize-Se. A vida é melhor com amigos!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

A Automattic, o Wordpress e Soropositivo.Org, fazem tudo a nosso alcance no que tange à sua privacidade.E estamos sempre aprimorando, melhorando, testando e implementando novas tecnologias de proteção de dados. Seus dados estão protegidos e, eu, Cláudio Souza, trabalho neste blog 18 horas or dia para, dentre tantas outras coisas, garantir a segurança de suas informações, posto que sei das implicações e complicações das publicações aqui passadas e trocadas Eu aceito A Política de Privacidade de Soropositivo.Org Conhecer Nossa Política de Privacidade

Whatsapp WhatsApp Us
Precisa Conversar? O Beto Volpe (pesquisem este nome no Google) tem muito a oferecer. Eu, Cláudio, não tenho mais como atender a vocês, numa boa, eu não dou conta de digitar apenas com os indicadores e muitas vezes a conversa toma rumos que, pessoas muitas vezes "só de passagem" poderiam sair daqui se perguntando que espécie de louco sou eu!