Soropositivo.org HIV, AIDS, Sexo Oral, Janela Imunológica, Recém Diagnosticado?

Atripla! Três Medicações Contra o HIV em um só comprimido!

Você esta em Início ** Regimes De Comprimido Único ** Atripla! Três Medicações Contra o HIV em um só comprimido!
?>
Image default
Regimes De Comprimido Único

Atripla

 

Nome genérico: efavirenz + tenofovir disoproxil fumarato + emtricitabina

Classe de medicamento: 

Empresa: Bristol-Myers Squibb e Gilead Sciences

Status de aprovação: aprovada

Versão genérica disponível: sim

Indicação de medicamento

Um regime de tratamento alternativo para pessoas virgens a terapias antirretrovirais que vivem com HIV, conforme indicado pelo Departamento de Saúde e Serviços Humanos dos EUA (DHHS )

Informações gerais

Atripla é um regime de comprimido único para o HIV. Ele contém dois tipos diferentes de drogas para o HIV: um inibidor da transcriptase reversa não nucleosídeo e dois inibidores da transcriptase reversa nucleosídeo. O Atripla foi aprovado pela Administração de Alimentos e Medicamentos dos EUA para uso por pessoas vivendo com HIV em julho de 2006. O

Atripla é uma combinação de três medicamentos: Sustiva (efavirenz), Viread (tenofovir disoproxil fumarato) e Emtriva (emtricitabina). Todos os três medicamentos podem ser adquiridos individualmente para uso em combinação com outros medicamentos para o HIV.

Dosagem

Dose adulta: Um comprimido uma vez ao dia. Cada comprimido contém 600 mg de efavirenz + 300 mg de tenofovir disoproxil fumarato + 200 mg de emtricitabina.

Dose pediátrica: 12 a 18 anos de idade e pesando pelo menos 88 kg (40 kg): um comprimido uma vez ao dia.

Informações sobre a dosagem: Este é um regime completo de um comprimido, uma vez ao dia. Assuma o estômago vazio. A dose deve ser tomada ao deitar para minimizar tonturas, sonolência e diminuição da concentração.

Efeitos colaterais

Muita, mas muita atenção mesmo ao próximo trecho!!!

Muitos pacientes apresentam tontura, dor de cabeça, dificuldade para dormir, sonolência, dificuldade para se concentrar e/ou sonhos incomuns após iniciar o tratamento com Atripla. Estes sentimentos podem ser menos insistentes se você tomar Atripla na hora de dormir com o estômago vazio. Eles também tendem a desaparecer após você tomar o medicamento por algumas semanas. Informe imediatamente o seu médico se algum destes efeitos secundários persistir ou te incomodar.

Um pequeno número de pacientes teve depressão severa, pensamentos estranhos ou comportamento irritado enquanto tomava Sustiva, um dos medicamentos de Atripla. Alguns pacientes tiveram pensamentos suicidas e alguns realmente cometeram suicídio.

Esses problemas tendem a ocorrer com mais frequência em pacientes com histórico de doença mental. Você deve entrar em contato com seu médico imediatamente se achar que está tendo esses sintomas, para que ele possa decidir se deve continuar a tomar o Sustiva.

Erupção cutânea é outro efeito colateral comum de Atripla. Essas erupções cutâneas geralmente desaparecem sem qualquer alteração no tratamento. Em um pequeno número de pacientes, a erupção cutânea pode ser grave. Se você desenvolver erupção cutânea, ligue para o seu médico o mais rápido possível.

Insuficiência renal

Atripla pode levar a problemas renais novos ou agravados, incluindo insuficiência renal. O seu médico pode fazer análises ao sangue para verificar os seus rins antes e durante o tratamento com Atripla. Se você desenvolver problemas renais, seu médico pode precisar fazer alterações no seu regime de tratamento.

Atripla pode levar a problemas ósseos, incluindo dor óssea ou ossos amolecidos ou finos, que podem levar a fraturas. O seu médico pode fazer testes para verificar seus ossos.

Se você também tem o vírus da hepatite B (HBV) e toma Atripla, sua hepatite pode piorar se você parar de tomá-lo. Não pare de tomar Atripla sem antes falar com seu médico.

As interações Medicamentosas

No dia que antecede sua consulta faça uma litas de tudo o que você toma. Não importam o quão insignificante e “cotidiano” possa lhe parecer um pedicamento. Existem antipiréticos que baixam a pressão. Se no meio de sua consulta a médica te dizer que vai te dar um remédio para manter a pressão baixa, se for hipertenso, pelo menos pergunte para ela quais as alternativas você tem se tiver uma febre (cuidado com a febre que nasce de um delírio psicológico ou paranoide).

Estas medicamentações não devem ser tomadas as seguintes medicamentos enquanto está a ser tratado com Atripla®:

  1. Antibióticos: Priftin (rifapentina)
  2. Antifúngicos: doses padrão de Vfend (voriconazol)
  3. Anti-histamínicos: Hismanal (astemizole) ou Seldane (terfenadina)
  4. antipsicóticos: Orap (pimozida)
  5. Ácido medicamentos para refluxo / azia: Propulsid (cisaprida)
  6. Medicamentos para o coração: Vascor (bepridil)
  7. Sedativos: Versed (midazolam) e Halcion (triazolam)
  8. Antimigraine medicações: Wigraine e Cafergot (medicamentos para ergot)
  9. Antivirais: Hepsera (adefovir)

Atripla não deve ser usado na ao mesmo tempo que o Vfend (um voriconazol), um medicamento usado para certas infecções fúngicas. O efavirenz em Atripla pode diminuir significativamente a eficácia do Vfend; Vfend pode aumentar significativamente o risco de efeitos colaterais do efavirenz.

O Atripla não deve ser combinado com nenhum medicamento contra o HIV que contenha qualquer um dos ingredientes ativos do Atripla. Eles incluem: Complera, Emtriva, Genvoya, Stribild, Sustiva ou Viread. A combinação de Atripla com medicamentos para HIV contendo ingredientes ativos semelhantes aos de Atripla também deve ser evitada. Eles incluem: Combivir, Epivir, Epzicom, Rescriptor, Triumeq, Trizivir e Viramune.

Outros medicamentos que podem ser evitados durante o tratamento com Atripla: Fortovase, Invirase (saquinavir), Biaxin (claritromicina), Noxafil (posaconazol) e Sporanox (itraconazol).

Interações medicamentosas importantes do tratamento da hepatite C: Pode ser combinado com Sovaldi (sofosbuvir), Harvoni (ledipasvir / sofosbuvir), ribavirina e interferon alfa peguilado. Não use com Olysio / Sovriad (simeprevir) ou Viekira Pak (ombitasvir / paritaprevir / ritonavir / dasabuvir).

Podem ser necessárias modificações na dose dos seguintes medicamentos, se combinados com Atripla: bloqueadores dos canais de cálcio, como Cardizem ou Tiazac (diltiazem), Covera HS ou Isoptin (verapamil) e outros; Crixivan (indinavir), Selzentry (maraviroc); os medicamentos imunossupressores ciclosporina (Gengraf, Neoral, Sandimmune e outros), Prograf (tacrolimus) ou Rapamune (sirolimus); Metadona; Micobutina (rifabutina); Rifampicina; medicamentos para baixar o colesterol, como Lipitor (atorvastatina), Pravachol (pravastatina) e Zocor (sinvastatina); ou os medicamentos antidepressivos bupropiona (Wellbutrin, Wellbutrin SR, Wellbutrin XL e Zyban) ou Zoloft (sertralina).

Outras interações medicamentosas são possíveis. Consulte o folheto da Atripla para obter mais detalhes: http://packageinserts.bms.com/pi/pi_atripla.pdf

Outras informações

Antes de tomar este medicamento, informe o seu médico se tiver doença renal, hepática (incluindo hepatite B) ou um história de depressão/pensamentos suicidas. Além disso, informe o seu médico se estiver grávida ou planejando engravidar, se estiver amamentando e todas as suas condições médicas, incluindo todos os medicamentos e suplementos prescritos e vendidos sem receita.

Informações sobre o programa de assistência ao paciente : https://www.poz.com/basics/hiv-basics/drug-assistance-programs

Traduzido  Por Cláudio Souza do original da POZ em Atripla Não há informações sobre o autor ou editor do texto

Anúncios

Artigos Relacionados que você pode gostar de ler

Comente e Socialize-Se. A vida é melhor com amigos!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

A Automattic, o Wordpress e Soropositivo.Org, fazem tudo a nosso alcance no que tange à sua privacidade.E estamos sempre aprimorando, melhorando, testando e implementando novas tecnologias de proteção de dados. Seus dados estão protegidos e, eu, Cláudio Souza, trabalho neste blog 18 horas or dia para, dentre tantas outras coisas, garantir a segurança de suas informações, posto que sei das implicações e complicações das publicações aqui passadas e trocadas Eu aceito A Política de Privacidade de Soropositivo.Org Conhecer Nossa Política de Privacidade

Whatsapp WhatsApp Us
Precisa Conversar? O Beto Volpe (pesquisem este nome no Google) tem muito a oferecer. Eu, Cláudio, não tenho mais como atender a vocês, numa boa, eu não dou conta de digitar apenas com os indicadores e muitas vezes a conversa toma rumos que, pessoas muitas vezes "só de passagem" poderiam sair daqui se perguntando que espécie de louco sou eu!