Neuropatia Periférica – Artigo N. 01

Image default
Especial Neuropatia Periférica

Neuropatia periférica é um tema constante em minha vida e, em boara pareça militância em prol de mim, o que também o é, busco alertar outras pessoas!

 

Especial Neuropatia Periférica

 

Neuropatia Periférica, SoropositivoOrgNeuropatia Periférica Entre trinta a quarenta por cento das pessoas que vivem com HIV são de alguma forma também atingidas pela neuropatia e, como sou daqueles que se for à quermesse, pagar a pescaria, onde SEMPRE SE GANHA ALGO “pesco um lápis”, é mais que natural que eu tenha a neuropatia periférica e, de alguma forma, Deus foi até bastante cortês comigo, pois geralmente este quadro começa suas manifestações pelos pés e, se meus pés estivessem como estão minhas mãos, eu já não poderia andar.

 

Com sinceridade agradeço a Deus todos os dias por acordar e, antes de dormir, por ter sido levado por ele até ali, no momento de meu sono. E poderia ser pior em mil formas! E de tantas maneiras que fico feliz por ser apenas a este o meu problema.

Com estes dois parágrafo confesso um interesse pessoal nesta publicação e nas seis próximas, que faria, uma por dia até completar este “especial sobre neuropatia periférica.

Agradeço a leitura. 

Peço preces silenciosas e agradeço a Deus por tudo e por todos e agradeço a todos por tudo.”

Neuropatia periférica

Visão geral — Os Itens receberão Links a cada nova publicação:

Conteúdo

  1. Visão geral
  2. Sintomas
  3. Causas
  4. Diagnóstico
  5. Tratamento
  6. Complicações+

A neuropatia periférica se desenvolve quando nervos nas extremidades do corpo, como mãos, pés e braços, são danificados. Os sintomas dependem de quais nervos são afetados.

No Reino Unido, estima-se que quase 1 em cada 10 pessoas com 55 anos ou mais seja afetada por neuropatia periférica.

Neuropatia Periférica E O sistema nervoso periférico

O sistema nervoso periférico é a rede de nervos que se localiza fora do sistema nervoso central (cérebro e medula espinhal).

Inclui diferentes categorias de nervos com suas próprias funções específicas, incluindo:

  •   nervos sensoriais — responsáveis ​​por transmitir sensações, como dor ao toque;
  • nervos motores — responsáveis ​​por controlar os músculos;
  • nervos autônomos — responsáveis ​​por regular funções automáticas do corpo; como pressão arterial e função da bexiga.
Neuropatia Periférica, SoropositivoOrg
Imagem de Gerd Altmann por Pixabay

Sintomas desta disfunção neurológica podem ser:  

Os principais sintomas da neuropatia podem incluir:

Dormência e formigamento nas mãos ou pés em chamas, sensação de esfaqueamento ou dor aguda nas áreas afetadas.

Perda de equilíbrio e coordenação, fraqueza muscular especialmente nos pés. Estes sintomas são geralmente constantes, mas podem ir e vir. 

Quando consultar seu médico é importante o informar se sentir os primeiros sintomas de desta condição neurológica.

Isso inclui:

 Dor, formigamento ou perda de sensibilidade nos pés, perda de equilíbrio ou fraqueza, um corte ou úlcera no pé que não está melhorando. Também é recomendável que pessoas com maior risco de neuropatia periférica, como pessoas com diabetes, façam exames regulares e, se possível check ups.

A minha experiência pessoal sobre isso começou por volta de 2013 a 2014 e havia muitos paradoxos, como uma das mãos, geralmente a direita, estar aparentemente em chamas, sem leniência possível enquanto a mão esquerda parecida estar em um balde de água gelada.

E, por outro lado, Mara me disse que quando ela ainda saia cedo de casa via minha mão se abrindo e fechando. O Neurologista me explicou que o cérebro percebia a diferença e estaria checando repostas. E como estas respostas tinham “má qualidade” ele, o cérebro 🧠 “continuava testando”.

Era irritante e frustrante, a coisa em si, estes malditos testes, muitas vezes ocorriam mesmo quando eu estava em vigília (acordado),a qualquer momento e muita sessão de terapia com Maira começava com um determinado assunto, que era substituído por outro até que eu chegava a estes testes e sais do consultório chorando médico perguntará sobre seus sintomas e poderá organizar alguns testes para ajudar a identificar a causa subjacente.

A Busca por um neurologista é importantíssima 

E cuidado na busca. A última mé(r)dica com quem me consultei perguntou-me se eu havia sido promíscuo para contrair HIV 😡 e eu não a mandei a todo os diabos nem sei bem o porquê.

O fato é que, mesmo com retorno marcado nunca mais pensei em procurar-la

Você pode ser encaminhado ao hospital para consultar um neurologista, especialista em problemas de saúde que afetam o sistema nervoso.

Esta coisa, estes testes, muitas vezes ocorriam mesmo quando eu estava em vigília (acordado)

O médico perguntará sobre seus sintomas e poderá organizar alguns testes para ajudar a identificar a causa subjacente.

Você pode ser encaminhado ao hospital para consultar um neurologista, especialista em problemas de saúde que afetam o sistema nervoso.

Limitar os Danos da Neuropatia periférica é uma meta importante!

Neuropatia Periférica, SoropositivoOrg
Imagem de vishnu vijayan por Pixabay

Se não tivesse havido as orientações e providência de Dr.ª F., do C. Iwase eu estaria em uma situação gravíssima agora!

Geralmente, quanto mais cedo a neuropatia periférica é diagnosticada, maior a chance de limitar o dano e prevenir outras complicações. Dr.º A. Walter também foi importantíssimo no ‘mister’ de controlar a dor!

Saiba mais sobre o diagnóstico de neuropatia periférica.

Causas de neuropatia periférica:

No Reino Unido, o diabetes (tipo 1 e tipo 2) é a causa mais comum de neuropatia periférica.

Com o tempo, os altos níveis de açúcar no sangue associado ao diabetes podem danificar os nervos.

Esse dano nervoso é conhecido como polineuropatia diabética.

A neuropatia periférica também pode ter uma ampla variedade de outras causas.

Por exemplo, ela pode ser causada por:

Danos físicos para os nervos. Uma infecção viral, como a infecção por HIV, Herpes Simplex e Zóster ou um efeito colateral de certos medicamentos, ou ingestão sistêmica de bebida alcoólica.

 Pessoas que são conhecidos por terem um risco aumentado de neuropatia periférica devem fazer check-ups regulares para que suas funções neurológicas possam ser avaliadas sistematicamente.

Tratamento da neuropatia periférica:

O tratamento da neuropatia periférica depende dos sintomas e da causa subjacente. Nem todas as causas subjacentes da neuropatia podem ser tratadas.

Por exemplo, se você tem diabetes, pode ajudar a obter um melhor controle do seu nível de açúcar no sangue pode ajudar muito; e parar de fumar ou reduzir o consumo de álcool.

A dor no nervo pode ser tratada com medicamentos prescritos chamados agentes de dor neuropática, pois os analgésicos comuns geralmente não funcionam.

Na minha Vida a Neuropatia periférica é o Inferno Pessoal (Tanto prazer/tanta dor…)

Se você tiver outros sintomas associados à neuropatia periférica, eles podem precisar ser tratados individualmente.

Por exemplo, o tratamento da fraqueza muscular pode envolver fisioterapia e auxiliares de locomoção.

Complicações da neuropatia periférica
Neuropatia Periférica, SoropositivoOrg
Imagem de Erik Smit por Pixabay

As perspectivas para a neuropatia periférica variam, dependendo da causa subjacente e de quais nervos foram danificados.

Alguns casos podem melhorar com o tempo se a causa subjacente for tratada, enquanto em algumas pessoas o dano pode ser permanente ou piorar gradualmente com o tempo.

Se a causa subjacente da neuropatia periférica não for tratada, você pode correr o risco de desenvolver complicações potencialmente graves, como uma úlcera no pé que é afetado.

Isso pode levar à gangrena que, se não for tratada e, em casos graves, pode levar à amputação do pé…

A neuropatia periférica pode afetar os nervos que controlam as funções automáticas do coração e do sistema de circulação (neuropatia autonômica cardiovascular).

Você pode precisar de tratamento para aumentar sua pressão arterial ou, em casos raros, um marcapasso.

Saiba mais sobre as complicações da neuropatia periférica:

Diferentes categorias de neuropatia periférica

A neuropatia periférica pode afetar:

  1. Apenas 1 nervo (mononeuropatia);
  2. vários nervos (mononeurite múltipla);
  3. todos os nervos do corpo (polineuropatia).

É Periférica porque afeta, inicialmente, os nervos mais distantes do Sistema Nervoso Central. De certa forma ela busca os pés como quem busca o Bairro do “Extremo Sul” da Cidade de São Paulo. 😜 Se eu não mantiver meu bom-humor enlouqueço!

A polineuropatia é o tipo mais comum e começa afetando a nervos mais longos primeiro, então os sintomas geralmente começam nos pés.

Neuropatia Periférica, SoropositivoOrg

Com o tempo, gradualmente começa a afetar os nervos mais curtos e parece estar se espalhando para cima e, mais tarde, afeta as mãos.

Neuropatia periférica é condição neurológica com diversas causa e 40% das pessoas com HIV a desenvolverão em suas vidas. E reitero: há Vida com HIV!

Página revista em: 24 de abril de 2019 Traduzida por Cláudio Souza do original em Peripheral neuropathy.

Sugestões de leitura

Carregando

A Automattic, o Wordpress e Soropositivo.Org, e eu, fazemos tudo a nosso alcance no que tange à sua privacidade. E estamos sempre aprimorando, melhorando, testando e implementando novas tecnologias de proteção de dados. Seus dados estão protegidos e, eu, Cláudio Souza, trabalho neste blog 18 horas or dia para, dentre tantas outras coisas, garantir a segurança de suas informações, posto que sei das implicações e complicações das publicações aqui passadas e trocadas Eu aceito A Política de Privacidade de Soropositivo.Org Conhecer Nossa Política de Privacidade

Whatsapp WhatsApp Us