Neuropatia Periférica Por HIV – Diagnóstico

By

image
0 Comments jun 15, 2020 AIDS, AIDS depois Dos 50, neurônios, Neuropatia, Neuropatia Periférica e Dor!!!!, Neuropatia Periférica Por HIV , ,

Neuropatia periférica, Blog Soropositivo. Org
A imagem é clicável e abre em outra aba

 Neuropatia periférica Por HIV! Diagnóstico!

 

Neuropatia periférica, Blog Soropositivo. Org

Imagem de Tatutati por Pixabay

Neuropatia periférica precisa de vários testes ​​para diagnosticar neuropatia periférica e sua causa subjacente.

Pois quando você vê seu médico, ele pergunta sobre seus sintomas e examinam a área afetada do seu corpo. Assim, isso pode envolver testes de sensação, força e reflexos.

O seu médico também pode organizar exames de sangue, especialmente para verificar causas como diabetes ou deficiência de vitamina B12.

Confirmando se você tem uma neuropatia periférica Por HIV.

Bem, para algumas pessoas podem precisar consultar um neurologista. O neurologista é o especialista em condições de saúde que afetam o sistema nervoso, você o verá no hospital para exames adicionais.

Isso pode incluir:

  • um teste de condução nervosa (NCS), no qual pequenos fios de metal chamados eletrodos são colocados na pele e liberam pequenos choques elétricos para estimular os nervos; a velocidade e a força do sinal do nervo são medidas – 
  • eletromiografia (EMG), onde uma pequena agulha é inserida na pele pelo músculo e usada para medir a atividade elétrica dos músculos. Eu parei de contar na picada e descarga elétrica 480.

NCS e o EMG geralmente são realizados ao mesmo tempo.

Identificando a causa de uma neuropatia periférica por HIV!

Seu clínico geral geralmente pode identificar a causa subjacente de uma neuropatia periférica.

Neuropatia periférica, Blog Soropositivo. OrgNo entanto, se houver suspeita de diabetes, eles geralmente podem fazer um diagnóstico confiável com base nos seus sintomas, em um exame físico e na verificação dos níveis de açúcar no sangue e na urina.

Assim, se estiver a tomar um medicamento que causa neuropatia periférica, o seu médico pode parar temporariamente a medicação. Ou, ainda, reduzir a dose de suas medicações, para verificar se os seus sintomas melhoram. Observe, no entanto, que isso, a redução de doses, é impraticável com a TARV!

Se a causa é incerta, você poderá ser encaminhado para um neurologista,  para mais exames de sangue com a finalidade de verificar:

E é possível que você pode precisar de um punção lombar para testar um líquido claro e incolor que envolve e suporta o cérebro e a medula espinhal (líquido cefalorraquidiano) quanto à inflamação.

Biópsia e exames para diagnosticar a neuropatia periférica

Ocasionalmente, uma biópsia do nervo  pode ser realizada como parte do seu diagnóstico.

Olha só, não se assuste, este é um procedimento cirúrgico menor, em que uma pequena amostra de um nervo periférico é removida perto do tornozelo para que possa ser examinada ao microscópio.

Em seguida, é verificado se há alterações que possam ser um sinal de certos tipos de neuropatia periférica. Mas biópsias nervosas raramente são necessárias.

Você também pode precisar de uma varredura para procurar por qualquer causa subjacente de sua neuropatia, tais como:

Se você tiver um tempo a mais, procure ler sobre leucoplasia pilosa oral

Felizmente, para algumas pessoas, há uma opção de terapia tríplice, no entanto, sua qualidade de vida pode ser excelente com outros esquemas terapêuticos, mas pode ser bom você pesquisar, também, sobre os preditores de neuropatia periférica por HIV!

Isso também é parte de viver com HIV!

E sempre é bom aprender sobre antirretroviarais como a emtricitabina 

E a vida adulta desemboca no envelhecimento, mais complicado, é verdade e, sim, há boas notícias para quem vive com HIV!

Neuropatia periférica, Blog Soropositivo. Org
A imagem é clicável e abre em outra aba


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Whatsapp WhatsApp Us
Olá! Sou o Beto Volpe! Quer Conversar? Diga olá! Mas tenha em mente que eu trabalho aqui entre 9:00 da manhã e 20 horas. Você pode deixar a mensagem, mas eu responderei nestes horários. Talvez eu demore, mnas em *SEMPRE RESPONDO*

Este Site usa Cookies e você pode recusra este uso. Mas pode saber bem o que está sendo registrado em, conssonãncia com nossa política de privacidade