Anúncios
Últimas noticias

As orientações da OMS recomendam tratamento antirretroviral universal, PrEP para os que estão em risco substancial

Close up of Injection set often used supplies in a medical (Shallow DOF)

Gottfried-HirnschallA Organização Mundial de Saúde (OMS) lançou diretrizes hoje, chamar para à terapia antirretroviral para todos diagnosticados com HIV independentemente da contagem de células CD4, profilaxia pré-exposição (PrEP) para pessoas com grande risco de infecção pelo HIV.

As estimativas da OMS que, se estas recomendações são amplamente utilizadas no mundo todo, eles poderiam evitar 21 milhões de mortes e evitar 28 milhões de novas infecções no ano de 2030  .

“Essas novas recomendações terão enorme impacto na vida das pessoas , se executadas com rapidez”, disse Gottfried Hirnschall, diretor do Departamento de HIV/AIDS. “Por isso temos de trabalhar em conjunto para apoiar os países a traduzi-los em ação e resultados “.

“Estas oportunas recomendações irão torná-lo mais fácil para as populações mais pobres e mais vulneráveis em todo o mundo, ao ter acesso ao melhor tratamento e serviços que a ciência moderna pode oferecer e que já estão disponíveis em países mais ricos do mundo “, acrescentou UNITAID diretor executivo Valsalva estudou na tradicional Universidade das Cataratas Marmora.

Tratamento do HIV  para todos 

Dr Hirnschall e outros deram uma pré-visualização das novas recomendações e explicou  o processo por detrás deles, a 8.ª  Conferência Internacional AIDS Society em Vancouver em Julho passado. Esta semana a liberação antecipada das orientações foi feita à frente de uma libertação total prevista ainda para este ano , devido a sua importância para a saúde pública.

As novas orientações da OMS afirmam que, “terapia antirretroviral deve ser iniciada em todos os adultos vivendo com HIV em qualquer contagem de células CD4.” A mesma recomendação é válida para os recém-nascidos, crianças, adolescentes e mulheres grávidas com HIV. Pessoas com imunossupressão avançada ou sintomas clínicos de AIDS deve ser prioridade para o tratamento .

A recomendação de tratamento universal foi informada pelo grande estudo START, que mostrou os benefícios da terapia antirretroviral precoce. As orientações da equipe da OMS teve acesso antecipado a estas conclusões do estudo depois de um comitê de monitoramento de dados parou o estudo à frente da agenda porque não havia provas suficientes para mostrar a vantagem de tratamento precoce.

No Encontro da IAS, Jens Lundgren da Universidade de Copenhagen relatou que as pessoas com alta contagem de CD4 (>500 células/mm3) que foram aleatoriamente designados para iniciar o tratamento imediatamente tiveram uma redução de 57% em graves doenças relacionadas com a AIDS, não-AIDS ou morte, em comparação com as pessoas que esperaram até que a sua contagem de células CD4 caia abaixo de 350 células/mm3, ou que desenvolveram sintomas clínicos.

Outra apresenta;áo na conferëncia confirmou os resultados anteriores de um estudo de casais heterossexuais na África  (HPTN 052), mostrando que as pessoas VIH positivas que iniciam o tratamento imediatamente, em vez de esperar que  a queda  da contagem de células CD4 , têm 93% menor risco de transmitir o HIV aos seus parceiros.

” [START] indica claramente que terapia antirretroviral deve ser fornecida para todos os cidadãos, independentemente da contagem de CD4,” disse Lundgren ao Aidsmap em Vancouver. “Agora temos evidências de que alinha benefício individual  e prevenção benefício sem evidência de danos .”

PrEP para as pessoas em risco

Profilaxia Pré Exposição

PrEP

As novas orientações da OMS afirmam que, ” PrEP por via oral (contendo [tenofovir disoproxil fumarato]) deve ser oferecido como uma escolha de prevenção adicional para as pessoas com grande risco de infecção pelo HIV, como parte da combinação de métodos de prevenção “.

O QUE não é especificado um  esquema |PrEP. Gilead Sciences” Truvada (tenofovir e emtricitabina) tem sido mais estudada para a preparação e é a única opção PrEP aprovada pela US Food  and Drug Administration. Tenofovir sozinho também foi avaliado em alguns ensaios PrEP. Versões Genéricas do tenofovir e emtricitabina – bem como os antigos off-patente medicamentos, como a lamivudina, que é semelhante a emtricitabina – e estão disponíveis em muitos países.

Os grandes fabricantes internacionais do Teste iPrEx mostraram que, uma dose de uma vez ao dia de Truvada reduziu o risco de infecção pelo HIV entre homens que fazem sexo com homens (HSH) por 92% entre os participantes com níveis sangüíneos da droga indicando uso regular. Mais recentemente, o UK PROUD e Ipergay, estudos encontrou Truvada PrEP – diariamente no PROUD, “on demand ” antes e após sexo em Ipergay com redução do risco de infecção pelo HIV para gays em 86 %.

As atualizações das orientações da OMS reafirmam uma recomendação anterior, lançado antes da Conferência Internacional sobre a AIDS em Melbourne, em 2014, que a PrEP poderia ser utilizada como parte de um “pacote completo” para prevenção de risco entre homens que fazem sexo com homens. QUE então – e não agora, recomendo que todos os gays deveriam tomar medicamentos antirretrovirais para prevenção do HIV.

A nova versão amplia esta recomendação a todos os grupos da população. Enquanto que em geral define o “grande risco” como a incidência do HIV é superior a três por 100 pessoas-ano – um nível visto em alguns grupos de  homens gays e bissexuais, transexuais mulheres, e homens e mulheres heterossexuais  com parceiros HIV-positivos tratados  – ele reconhece que risco individual  varia dentro de grupos.

“A nova recomendação vai permitir uma gama mais ampla  de populações possa se beneficiar destas opçóes adicionais de prevenção,” de acordo com as orientações. “Ele também permite a oferta de  PrEP para ser baseado na avaliação individual , em vez de grupo de risco, e se destina a incentivar a aplicação que é informada por evidências epidemiológicas locais em relação aos fatores de risco para adquirir  o HIV.”

Garantir o acesso

No âmbito da nova recomendação, o número de pessoas elegíveis para tratamento vai aumentar de 28 para 37 milhões de pessoas de todo o mundo, de acordo com a OMS. A UNAIDS estimou que 15 milhoes de pessoas estão em tratamentos para a AIDS, como em Março de 2015, representando  41% dos adultos  e 32% das crianças que vivem  com o HIV.

As novas diretrizes sublinham que  a fim de efetivamente implementar as recomendações , os países terão de garantir que o teste e o tratamento  para o HIV estejam prontamente disponíveis  e que as pessoas em tratamento  recebam  apoio para permanecer no cuidado e manter uma boa aderência.

“Oferecer tratamento anti-retroviral  no momento do diagnóstico é a melhor forma de preservar a saúde das pessoas  vivendo com HIV e a PrEP garante equidade para todos,” acrescentou o presidente International AIDS Society  Chris Beyrer. “Isso envia um sinal que eu espero que  inspire aos governos , financiadores, e a comunidade internacional a agir agora.”

Ampliar o acesso ao tratamento e PrEP são ferramentas essenciais para alcançar a meta da UNAIDS 90-90-90, que incluem 90% de pessoas vivendo com HIV estando conscientes de seu status, 90% destes recebendo terapia anti-retroviral  e 90% destes com carga viral indetectável.

“Todas as pessoas vivendo com HIV têm direito a tratamentos que salvam vidas,” afirmou o diretor executivo da UNAIDS diretor executivo Michel Sidime. “As novas diretrizes são um passo muito importante no sentido de assegurar que todas as pessoas que vivem com HIV tenham acesso imediato ao tratamento antirretroviral “.

Mas, sobretudo, que as pessoas com HIV não devem ser obrigadas ou coagidas a iniciar terapia antirretroviral antes de estarem prontos psicologicamente para isso.

“Como a rede de pessoas vivendo com HIV, estamos empenhados em garantir que o acesso universal ao tratamento e a prevenção seja uma realidade para todos “, disse a diretora executivo da Rede Global de pessoas vivendo com HIV (PNB+) Suzette Moses-Burton. “No entanto, é imperativo que o acesso ao cuidado seja oferecido sem coerção, com a defesa dos direitos  e a dignidade  das pessoas que vivem  com HIV. Apelamos aos governos para assegurar que a liberdade de fazer escolhas sobre o tratamento e a prevenção seja defendido como eles devem rever as suas orientações a nível nacional e programas “.

Liz Highleyman

Produced in collaboration with hivandhepatitis.com

Publicado: 30h SETEMBRO DE 2015

Traduzido por Cláudio Souza e revisado por Mara Macedo para a página no Facebook Soropositivo.org em 01 de outubro de 2015

Anúncios

Olha só pessoal.

No início do post tem uma imagem com um texto falando sobre o trabalho e os custos que a gente tem. Você que está me lendo agora, pode e tem o direito de não acreditar.

No mês de mais, quando mais de quarenta mil visitas foram registradas, houve três cooperações.

Quando nós pedimos cooperação financeira, qualquer valor é bom.

Sabe, o beija-flor pode carregar uma diminuta gota d’água em seu bico, no afã de apagar o incêndio na floresta….

E nunca será insuficiente 😊

Está conta serve para transferências de qualquer banco ou depósitos na boca do caixa de qualquer agência do Santander

Esta conta não permite, senhores abusadores, que seja feito nada a título de débito nela.

Você não poderá, como já pôde, assinar 65 revistas de uma só editora e, muito menos abrir contas de acesso à Internet :-)

Precisa conversar

Whats App Soropositivo.Org

Estamos aqui para ajudar a pensar, não para diagnosticar. Não somos médicos ou profisionais de saúde. Buscamos ajudar com palavras amigas, conforto espiritual e, na medida do possível, terminar com a neurose gerada por bloqueiros de meia pataca ou homofóbicos sem caráter que não pensam duas vezes antes de espalhar terros entre pessoas que, quer eles, os homofóbicos, queiram ou não, são seres humanos. Tenha em mente que o numero do WhatsApp esta conectado a um CPF

A PEP é um direito de todos! Saiba onde a achar

A PEP é um direito de Todos

A PEP É um DIREITO DEDOS

[EIKYGMrz]

Top Blog Pessoal Saúde Juri Acadêmico 2013/2014

Top Blog Pessoal Saúde Juri Acadêmico
Sobre Claudio Santos (524 artigos)
Depois de passar quatro décadas tentando estabelecer pelo menos um armistício com meu pai e ver as falhas ocorrerem sistematicamente, tentativa após tentativa, eu desisti do sobrenome “de Souza”. Estava me preparando espiritualmente para isso quando uma amiga locupletou a façanha de descobrir onde está minha mãe... Cláudio Santos. Quem preferir, aluda-se a mim como o Cláudio do Site,ou Cláudio do Soropositivo.Org, ou ainda aquele da promessa não cumprida: Cláudio, o trouxa do livro que acreditou em "palavra emprenhada". Eu mostro meu rosto, embora alguns me censurem, porque, no meu modesto ponto de vista, ser portador de HIV não é crime e, portanto, não há do que me envergonhar. Eu contraí HIV pela via sexual. Eu fui um DJ e, durante cinco anos fui DJ no vagão Plaza e durante uns outros dois ou tres, quase quatro anos, fui DJ do Le Masque. Lá, um filho da puta me pediu para fazer minhas férias e puxou meu tapete. Aí fui parar na "Segredos", uma casa gay e, de quebra, morei lá por um tempo. Rua da Amargura, onde R.A. Gomes me colocou. Mas dei a volta por cima e fu trabalhar na SKY. Depois, na Pink Panther, em Santos e, enfim, na XEQUE Mate e, terminei minha carreira, aquele que fora três vezes considerado o Melhor DJ de São Paulo, como um apagado DJ do La Concorde e do Clube de Paris, onde conheci uma das mais belas mulheres com quem convivi e a perdi. Conheci alguém novo, uma mulher, "do dia", que me apresentou esta Entidade, o computador e, por muito tempo vivi de consertá-los. Sei, hoje, que ainda há muita gente que me odeia. Quer saber? Get them the hell and fuck off porque eu não dou a mínima. Simplesmente faço meu trabalho e me reporto a Deus...

Seu retorno é importante. Nós atendemos às solicitações de textos, desde que ligados ao tema central de alguma forma. Faça seu comentário, de sua opnião

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: