Estado Laico? E a Pressão Religiosa em campanhas sobre DST/AIDS e Aborto?

Você esta em Início => AIDS => Jovens e a AIDS => Estado Laico? E a Pressão Religiosa em campanhas sobre DST/AIDS e Aborto?
?>
Estado Laico?

A pressão religiosa, nas decisões sobre campanhas de prevenção a DST/AIDS e Aborto no Brasil

 

laicidadeComo manobras políticas e soluções para cavar vagas em ministérios, CPIs e comissões federais, os partidos têm feito cada vez mais esforços para colocarem seus representantes entre os membros dessas áreas governamentais e seus representantes entre os membros dessas áreas governamentais.

Desta forma, cada vez mais interesses particulares têm influenciado nos rumos e objetivos das comissões de regulamentação, investigação e sugestão de melhorias e sugestão de melhorias, onde quem sai perdendo cada vez mais é a população.

O Estado Laico É Ignorado Sistematicamente Quando falamos de crises na política nacional e pensamos diretamente em corrupção.

Porém, um fato que tem cada vez mais impedido o avanço de melhorias significativas.

E, portanto, eu reforço: Significativas e importantíssimas no que tange à saúde pública.

E isso por conta da ausência da laicidade [O secularismo francês, laicismo ou laicidade é um princípio político que rejeita a influência da Igreja na esfera pública do Estado,[1] considerando que os assuntos religiosos devem pertencer somente à esfera privada do indivíduo.[2] Difere do anticlericalismo, na medida que o laicismo tolera a Igreja, assim como outras confissões religiosas, desde que cingidas à esfera privada dos cidadãos. no quadro da politização nacional são os líderes que colocam primeiro os interesses religiosos]. Fonte Wikipedia

Falhando, assim, com o avanço de benefícios à população.

A título de exemplo, podemos citar a bancada evangélica nacional, como a mais grave epidemia ideolágica, dentro de um sistema que pretensamente se diz contrário ao “viés ideológico”.

E, deste modo, hoje, como sempre, assolando o nosso atual sistema de saúde.

No entanto, resta dizer, para que a a justiça seja feita, não são apenas os “neopentecostais“. Eu mesmo me vi literal e visceralmente corroído por “sistemas religiosos mais antigos”!

estupra mas nao aborta
Frase infeliz proferida por alguns políticos e até mesmo alguns religiosos em dias de diarreia verbal

Por questões litúrgicas como homofobia e contrariedade ao aborto, por exemplo.

E, também e não raro, vemos leis que podem tratar problemas sociais e reais a cada dia mais preocupantes no país, sendo barradas, mas não com embasamento sociais, mas, sim,  com fundamentação sistematicamente ideológica.

O conceito religioso é uma conjunto ideológico e, não sendo eu contra religiões cito um texto apócrifo:

Nada Tenho Contra O Cristo mas, sim, contra seus sacerdotes!

Morgana, a fada em Brumas de Avalon

É comum ver propostas sociais que têm seu avanço impedido por uma movimentação religiosa que argumenta contra a lógica de um estado laico, tal como o Brasil se propõe a ser.

A questão da AIDS

Especialmente na questão do Programa Nacional sobre conscientização, tratamento e/ou prevenção de DST/AIDS e Aborto, há muita pressão religiosa.

O grande problema aqui são osaborto-no-pedofilia-si argumentos! Pois, a bem da verdade, dificilmente incluem análises orçamentárias ou logísticas, entrando apenas em méritos vagos como a criminalização da homossexualidade!E está dúvida é comum:

Sexo Oral Passa AIDS?

Felizmente a Pessoa ao Lado já foi substiuída por uma muito mais luminosa. Uma espécie de Farol no nevoeiro, avisando sobre recifes!

Ou mesmo do sexo! E por ser apenas sexo!

E tais argumentos passam a surtir um efeito negativo no país:

Como resultado, o número de jovens gays infectados no país praticamente duplicou em dez anos.

Citando um dado antico, de 2012, que me veio à memória agora eu reporto isso:

De dois mil a dois mil e onze, 11mil pessoas viera a falecer em decorrência de complicações originadas pela AIDS! Vale dizer que são, em média, 1.000 pessoas por ano, com uma média arredondada de 100 por mes, 3 por dia uma a cada oito horas! Isso é pouco?

Secretaria Mucipal de saúde do Município de São Paulo, com calculos e arredondamentos gerados por ilações óbvias elaboradas por mim! Uma morte a cada oito horas, causadas por uma doença que pode ser evitada, ou controlada, se diagnosticada a tempo!

Além disso, enquanto outros países avançam em discussões a temas relacionados ao aborto, por exemplo, o Brasil recua a passos largos perante qualquer menção que exista sobre o assunto.

A contradição do estado laico

A influência religiosa que vemos em campanhas de prevenção num estado que se diz laico é, no mínimo, contraditória.

E assim, a cada dia infeliz que se passa, novas figuras polêmicas ganham status de verdadeiras vozes da população religiosa.

Entregando mensagens contraditórias ao estado laico, preconceituosas e, muitas vezes, dignas de estados totalitários como a Alemanha, de Hitler ou a Coréia do Norte, de Kim Jong-Un.

Eu…. Eu prefiro o bom combate

Figuras como Marco Feliciano que, antes de político, se identifica como pastor, são extremamente nocivas em seus posicionamentos, por não abrirem possibilidades para argumentações!

MarcoFelicianoAlanMarquesFolhaUma vez que todas as suas polêmicas e preconceituosas opiniões são legitimadas com base em crenças religiosas e senso comum.

A ideia é que, ao tratar DSTs, por exemplo, incentivaremos a prática de sexo antes do casamento.

As DST/AIDS, problema de países ainda menos desenvolvidos que o Brasil, passa a ser vista como era há 30 anos:

  • uma doença de homossexuais, que só pode ser adquirida por relações sexuais entre pessoas do mesmo sexo.

E este é, sim, um verdadeiro retrocesso para um país que deveria estar livre de pressões bíblicas que subjugam as necessidades das pessoas.

Sem embargo, enquanto prosperar a pol[itica da troca de cargos por votos e, sobretudo, a influência religiosa na vida do Congresso Nacional.

Organismo importantíssimo, que deveria cuidar to interesse de todos.

Sem, jamais e de forma alguma, se deixar dominar por pressões religiosas em questões tão sensíveis como DST/AIDS e Aborto.

E temo por um horizonte sombrio, com uma eventual crise humanitária, perfeitamente evitável!

Esta pressão religiosa, sem Viéses Ideológicos, ouso dizer, só trará retrocessos, sofrimento, morte e nem quero pensar mais nisso

Vida Com Aids:
Trinta Por Cento dos Trabalhadores no Brasil se recusariam trabalhar ao lado de uma pessoa com HIV
Cláudio Santos de Souza

O Mal em sua essência...

 

Tudo é uma questão de poder e dinheiro.

 

 

 

 

O que querem os homens com dinheiro e poder? Mais dinheiro e mais poderes!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Digiprove certificate id: P551949 – Evidence of this text and HTML content has been

created.

 

Anúncios

Publicações Relacionadas

1 comentário

Comente e Socialize-Se. A vida é melhor com amigos!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

A Automattic, o Wordpress e Sorositivo.Org, fazem tudo a nosso alcance no que tange à sua privacidade.E estamos sempre aprimorando, melhorando, testando e implementando novas tecnologias de proteção de dados. Seus dados estão protegidos e, eu, Cláudio Souza, trabalho neste blog 18 horas or dia para, dentre tantas outras coisas, garantir a segurança de suas informações, posto que sei das implicações e complicações das publicações aqui passadas e trocadas Eu aceito A Política de Privacidade de Soropositivo.Org Ler Tudo em Política de Privacidade

Sua Opinião é Muito Importante!

Você gostaria de dar sua opinião sobre o Blog Soropositivo.Org?

Se você desejat, por favor forrneça seu e-mail, assim enviaremos a você uma resposta

Obrigado. Nós recebemos sua opinião e daremo o retorno em breve

Whatsapp WhatsApp Us
Precisa conversar? Há três pessoas aqui prestando serviços voluntários dentro de suas possibilidadades
error: Content is protected !!