Na Holanda, médicos observaram uma taxa de abandono maior que a esperada com a combinação abacavir/dolutegravir

Image default
Artigos, Traduções e Edições

, Blog Soropositivo. OrgQuase uma em cada sete pessoas em uma população soropositiva holandesa parou o tratamento com o inibidor de integrase de HIV dolutegravir por conta de efeitos colaterais, relataram os pesquisadores dos Países Baixos na edição online da AIDS. Aproximadamente 14% dos pacientes deixaram a terapia com o medicamento em virtude de problemas de tolerabilidade, muito mais elevada do que a taxa vista em ensaios clínicos. Dolutegravir causou duas vezes mais abandonos de terapia quando foi tomado em combinação com abacavir, mas os efeitos colaterais que levaram a uma mudança de tratamento não foram associados ao abacavir.

“Numa clínica da vida ‘real’ do DGV [dolutegravir] utilizando na TARV [terapia anti-retroviral ], observamos que em geral a DGV foi muito bem tolerada pela maioria dos pacientes, mas houve interrupções em um ritmo muito superior ao relatado em ensaios clínicos randomizados e controlados”, comentaram os autores.

, Blog Soropositivo. OrgDolutegravir é recomendado para tratamento de primeira linha contra o HIV. O medicamento está disponível em uma combinação num tablet com abacavir e lamivudina Triumeq () e como um comprimido com 50mg em dose única da droga Tivicay (DGV). Dolutegravir está aprovado para o tratamento de pessoas com HIV que nunca tenham tomado tratamento antes (ingênuos para antirretrovirais ) e aqueles que tomaram outro tratamento antes do tratamento (experientes).

Em ensaios clínicos, dolutegravir tinha um potente efeito anti-HIV e ficou demonstrado que é seguro e tolerável, com uma taxa de abandono em 48 semanas de não mais que 2 a 3%.

No entanto, médicos dos Países Baixos observaram que uma proporção significativamente maior de seus pacientes parou com esta terapia com a DGV, do que a taxa observada em ensaios clínicos. Por conseguinte, realizou um estudo para determinar a frequência de sincronização, e razões para o abandono de terapias contendo dolutegravir

A população do estudo foi composta por 556 pessoas em Leiden e Amsterdam que iniciou a terapia com dolutegravir entre 2014 e 2016. A média de idade foi de 48 anos e 66% eram homens que fazem sexo com homens (HSH).

Cerca de um quinto dos pacientes eram ingênuos em TARV (nunca foram submetidos a nenhuma forma de TARV). A combinação de pílula Triumeq foi prescrita para 57% dos pacientes e em todos, 64% estavam tomando dolutegravir em combinação com abacavir.

Um total de 85 pessoas (15%) acabou abandonando os regimes terapêuticos que continham dolutegravir. Em 76 pacientes (14%) houve relato de efeitos colaterais intoleráveis como razão para o abandono. Pacientes nestas modulações terápicas abandonavam o tratamento e média no 73º dias após o início; 95% abandonou no prazo de um ano após iniciar o seu regime contendo dolutegravir Razões comuns para não tolerar o uso de dolutegravir foram insônia e distúrbios do sono (6%), queixas gastrointestinais (4%) e sintomas neuropsiquiátricos como ansiedade e depressão e psicose (4%). Em quase todos os casos, estes efeitos laterais desapareciam tão logo o esquema terapêutico contendo dolutegravir foi descontinuado. Não houve casos de falha virológica. Os pacientes foram cerca de duas vezes mais propensos a interromper seus tratamentos quando estavam tomando Dolutegravir em combinação com abacavir (RAR = 1,92%; IC 95%, 1,09-3,38; p = 0,01).

“Consideramos que pode haver uma interação entre drogas, levando a maior interrupção do tratamento, escrevem os autores, acrescentando que as duas drogas são metabolizadas usando a mesma via hepática. Eles notam, “a interação aparente entre a DGV e o abacavir mediada por esta via de degradação comum não parece tem sido estudada.”

Em contraste, tendo dolutegravir em combinação com um inibidor de protease foi associado com um menor risco de abandono do tratamento (RAR = 0,20; IC 95%, 0,05-0,86; p = 0,03).

Os autores pedem por maiores estudos para determinar a taxa de abandono de tratamento dolutegravir devido a efeitos laterais.

Traduzido por Cláudio Souza do original em Inglês em Doctors in Netherlands observe higher than expected dolutegravir treatment discontinuation rate escrito por Michael Carter Publicado em: 13 de Outubro de 2016. Revisado por Mara de Macedo

Se você é usuário de Natura Compre Conosco

 

Este é um trabalho feito com amor, dedicação, carinho e um 1⃣ senso de responsabilidade! Ele gera custos e despesas! 

Apoie neste link https://www.natura.com.br/?consultoria=claudiosouzaebeleza

E logo abaixo um formulário em que você possa mandar uma mensagem para mim!

Doe R$ 10,00 Doe R$ 50,00 Doe R$ 100,00

 

, Blog Soropositivo. Org
Se você pode e quer, por favor, ajude
, Blog Soropositivo. Org

E não foi dentro de uma “zona temporal de conforto”! Esta é uma história que só eu a tem para contar!

Fui a primeira pessoa física, um CPF, não um CNPJ a, entre aspas, “dar minha cara a tapa”!

Por tudo o que vivi, isso tudo aconteceu em um período ainda conturbado pelo preconceito e, sim, houve preços a serem pagos.

A moeda sempre foi a da exclusão social e cheguei a titubear entre prosseguir ou não!

O grande “IT” de tudo isso é que sem este trabalho nada me restaria, senão o  ócio e com toda a certeza não suportaria. Tenho a necessidade de ser produtivo.

We are Borg!

Se não de tédio pelas horas vazias, ao menos por suicídio pela absoluta falta de propósito que minha vida teria e a terrível impressão de parasitose que viria a me acometer. Assim, eu não pude parar.

Tive a oportunidade de realizar muitas coisas e, na outra mão, perdi diversas oportunidades de fazer mais, com um alcance mais profundo e melhor.

Nem tudo é como se quer. Deixa chover (Guilherme Arantes)!

Enfim, se você tem a possibilidade de apoiar, de financiar, mesmo que minimamente este projeto, eis aqui os fatos:

, Blog Soropositivo. Org
Este é o Único Blog ” Ainda ON LINE” a ter recebido este prêmio e esta consagração. O blog que alcançou o mesmo Status foi o Solidariedaids, de Paulo Giacommini. Infelizmente eu não consigo encontrar o link e a comunicação este eu e ele é muito difícil
  •  
, Blog Soropositivo. Org
Único Blog On Line Tratando deste tema a Ter Recebido Este Prêmio pelo Júri Acadêmico

, Blog Soropositivo. Org

Leitura Recomendada Neste Blog

Oi! Pessoal, obrigado por ter chegado até aqui! Sua atenção e interesse é o nosso maior interesse, trabalhamos aqui, eu e mara, com a finalidade de informar vocês, far alguma clareza em alguns pontos nebulosos de “tudo isso”.

Entretanto, nos faltam recursos financeiros

Se você gosta do trabalho, se tem condições de ajudar e quer ajudar, muitas vezes o custo de uma bobagem do seu dia-a-dia para nós, certamente fará a diferença porque, sabemos, o beija-flor, carregando água na pontinha de seu bico fará toda a diferença no esforço de apagar o incêndio na floresta!

Pense nisso!

Logo abaixo alguns recursos para facilitar o apoio!

Sugestões de leitura

Uma pessoa já disse algo!!! E você, Vai ficar de fora!?

Tem algo a dizer? Diga!!! Este blog é melhor contigo!!!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

A Automattic, o Wordpress e Soropositivo.Org, e eu, fazemos tudo a nosso alcance no que tange à sua privacidade. E estamos sempre aprimorando, melhorando, testando e implementando novas tecnologias de proteção de dados. Seus dados estão protegidos e, eu, Cláudio Souza, trabalho neste blog 18 horas or dia para, dentre tantas outras coisas, garantir a segurança de suas informações, posto que sei das implicações e complicações das publicações aqui passadas e trocadas Eu aceito A Política de Privacidade de Soropositivo.Org Conhecer Nossa Política de Privacidade

Whatsapp WhatsApp Us