Há Vida Com HIV

Infecção por HIV Sinais e Sintomas – Linkando para Rash

Infecção por HIV, Infecção por HIV Sinais e Sintomas – Linkando para Rash, Blog Soropositivo
Certamente eu era, nesta época, soropositivo, porém, não consciente da sorologia. Olho para esta figurinha do passado e me pergunto o “estrago” que posso ter feito! Xiiiiiiiii

Infecção por HIV – Sinais e Sintomas muitas vezes nublam a cabeça das pessoas. Ao longo dos anos eu aprendi que entre o que tãm os sintomas, em especial os que têm os sintomas sem causa aparente e mesmo sem um resultado que confirme seus temores e suspeitas, por meses e meses após terem ultrapassado a janela imunológica que é de 30 dias, e que criam expressões em que se armam estar em uma “janela imunológica de x tempo” quando vivem, na verdade, uma paranoia ou crise de remorso com manifestações psicossomáticas por períodos que vão além do realismo fantástico acreditando que têm…

Infecção por HIV com Sintomas e Sinais

Bem. Especialistas geralmente descrevem a progressão do vírus da imunodeficiência humana (HIV) como tendo fases distintas durante as quais certos sintomas tendem a se desenvolver. 

Em cada um, os sintomas do HIV – febre, suores noturnos, dores nas articulações e assim por diante – podem variar, se sobrepor ou ser confundidos com os de outra doença. 

Além do mais, há um período após a infecção primária pelo HIV em que pode não haver sintomas, embora o vírus continue a danificar gravemente o sistema imunológico nos bastidores.

Quando o HIV é detectado precocemente, pode-se prevenir sua progressão com medicação retroviral. 

Na verdade, a maioria das pessoas com HIV nos Estados Unidos que recebem tratamento nunca atinge o estágio 3 da infecção, que é mais conhecido como síndrome da imunodeficiência adquirida (HIV / AIDS) – o ponto em que os sintomas do HIV se tornam graves e ameaçam a vida.

Estágio 1: infecção primária (HIV agudo)

Este é o período em que o vírus entra pela primeira vez no corpo e o sistema imunológico começa a reagir. De acordo com o Departamento de Saúde e Serviços Humanos (HHS) dos Estados Unidos, 40% a 90% das pessoas terão sintomas semelhantes aos da gripe  em duas ou quatro semanas após serem infectadas com o vírus da imunodeficiência humana, enquanto o corpo luta para controlar a infecção.1

Os sintomas de infecção aguda por HIV incluem:

  • Febre
  • Arrepios
  • Dor de cabeça
  • Suores noturnos
  • Faringite (dor de garganta),
  • Mialgia (dor muscular e dores)
  • Artralgias (dores nas articulações)
  • Fadiga
  • Linfadenopatia (gânglios linfáticos inchados, principalmente no pescoço)
  • Úlceras na boca

Colectivamente, estes sintomas são referidos como síndrome retroviral aguda (ARS) ou, menos frequentemente, síndrome de seroconversão aguda ou doença de seroconversão.

Algumas pessoas com ARS também sentirão náusea, diarreia ou vômito, e uma em cada cinco desenvolverá uma “erupção cutânea por HIV”, uma doença maculopapular da pele caracterizada por áreas elevadas (eu tive isso e está em tradução, são os rashs), rosa / vermelhas cobertas por pequenas saliências semelhantes a espinhas que geralmente se fundem em um. 

A erupção cutânea do HIV geralmente afeta a parte superior do corpo e às vezes é acompanhada por úlceras nas membranas mucosas da boca ou genitais. Os surtos geralmente desaparecem em uma a duas semanas.

Estágio 2: Infecção latente clínica por HIV (HIV crônico)

Esta fase começa após a resolução dos sintomas agudos e a única indicação de infecção pode ser um leve inchaço dos gânglios linfáticos no pescoço.

Este pode ser um momento complicado porque, apesar da falta de doenças óbvias, o vírus HIV ainda está ativo, danificando e destruindo células do sistema imunológico. Sem tratamento, a fase latente clínica do HIV pode durar cerca de 10 anos, durante os quais a pessoa infectada pode facilmente transmitir o vírus para outra pessoa, mesmo que não tenha nenhum sintoma.1

Fase 3: infecção sintomática pelo HIV / AIDS

Demora cerca de 10 anos de ir sem tratamento para o HIV a desenvolver no que é conhecido como HIV/AIDS. Nesse ponto, os sintomas de destruição contínua do sistema imunológico podem se desenvolver, como febre recorrente, fadiga persistente e extrema, diarréia crônica e distúrbios neurológicos, como depressão e perda de memória.1

Outros sintomas distintivos que podem ocorrer neste momento incluem:

  • Aumento dos gânglios linfáticos: aparecendo mais frequentes no pescoço, abaixo ou atrás da orelha, na virilha, ou sob a axila, em casos graves, a linfadenopatia experimentado durante esta fase de VIH a infecção pode ser dolorosa e desagradável. Quando os nódulos crescem mais de 2 centímetros (aproximadamente uma polegada) e duram mais de três meses, pode-se dizer que uma pessoa tem linfadenopatia generalizada persistente (PGL). Isso pode levar meses ou anos para ser resolvido.
  • Candidíase (aftas): esta infecção fúngica é frequentemente um sinal precoce de doença que se aproxima. Embora seja mais comumente observada na boca, a candidíase também pode ocorrer na garganta ou na vagina. A candidíase tem mais probabilidade de se desenvolver em pessoas com muito baixas contagens de CD4 (abaixo de 200 células / mL). A prevalência de candidíase é tão alta em pessoas com HIV avançado que atualmente é classificada como uma condição definidora de AIDS se afetar os brônquios, a traqueia, o esôfago ou os pulmões.
  • Problemas de pele: podem ser manchas vermelhas, rosa, marrons ou arroxeadas na pele, ou sob a pele, ou na boca, nariz ou pálpebras; manchas brancas ou lesões incomuns na boca, ou na língua; ou feridas no ânus, ou genitais.
  • Hiperidrose do sono: inexplicáveis ​​e intensos suores noturnos podem ser um sinal de uma condição séria relacionada ao HIV, como tuberculose, complexo Micobacterium avium ou histoplasmose.2
  • extrema perda de peso (perda de HIV): desperdício HIV é súbita, perda inexplicada de pelo menos 10% do peso corporal, especialmente quando acompanhado por febre e diarreia por um período de 30 dias ou mais.3

As pessoas com HIV / SIDA também podem desenvolver doenças como o cobreiro  (herpes zoster), pneumonia, e muitos outros.

Vejam Bem

Saber os sintomas da infecção por HIV é importante para direcioná-lo a exames, cuidados e tratamento oportunos.  Mas só eles não devem ser o motivo para desespero ou paranoia. Se você suspeita que foi exposto ao HIV, agora ou em qualquer momento no passado, consulte seu médico e peça para fazer o teste. É a única maneira de saber com certeza se você tem HIV. Ao fazer isso, você pode garantir melhor não apenas sua saúde a longo prazo, mas também a saúde das pessoas ao seu redor.

Traduzido Por Cláudio souza do original em Signs and Symptoms of HIV Infection

Abaixo do Video Uma lista de leituras que te apoiariam no entendimento mais amplo deste texto

 

Apoie o trabalho. Ou ele acabará por desaparecer. Os links levam aos sites destes bancos, os mais importantes! Apoie a um trabalho que procura te apoiar!

Apoie o trabalho. Ou ele acabará por desaparecer. Os links levam aos sites destes bancos, os mais importantes! Apoie a um trabalho que procura te apoiar!



Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Whatsapp WhatsApp Us
Olá! Sou o Beto Volpe! Quer Conversar? Diga olá! Mas tenha em mente que eu trabalho aqui entre 9:00 da manhã e 20 horas.