Anúncios
News Ticker

9 Mitos sobre as Mulheres e o HIV

Pessoal, manter o site nos traz custos, custos estes que estão difíceis para arcarmos sozinhos. Nós queremos continuar trazendo informações e ajudando as pessoas que chegam até aqui, mas para isso também precisamos de ajuda. Qualquer valor é bem vindo e nos ajudará a manter o site de pé, caso contrário não conseguiremos mais ter esse canal de informação e ajuda mútua. Segue a conta para depósito: Banco do Brasil, agência 1521-0, conta corrente 19957-5, em nome de Claudio Souza

mitoMitos são coisas extremamente duvidosa e ambíguas. Eles servem apenas para espalhar a desinformação e levar você desviar-se dos fatos. Quando se trata de mulheres e HIV, o mito pode ser uma coisa muito perigosa . Aqui estão nove mitos sobre as mulheres e o HIV e as verdades que devemos estar se espalhando.

MITO: A mulher pode saber se um homem é HIV positivo.

É muito pouco provável que você seja capaz de dizer se um homem é HIV positivo. Pode demorar anos para apresentar sintomas que efetivamente demonstrem isso, e até mesmo esses sintomas podem não chamar imediatamente a atenção ao HIV. Não ter sexo e ter sexo seguro são as únicas formas de lutar contra a transmissão.

MITO: se uma mulher é soropositiva e tem um bebê, o bebê vai ser soropositivo. Bem… se você estiver consciente de seu status sorológico, e no Brasil o teste de HIV é obrigatório para grávidas, no início de sua gravidez, e haverá uma chance menor que dois por cento  que seu bebê nasça HIV positivo. Nos Estados Unidos, o risco sobe cerca de 25% sem tratamento. Se você estiver grávida será testada.

MITO: A mulher não pode transmitir o HIV para o homem.

É bem mais difícil que o homem contraia o HIV mas é perfeitamente possível.[Nota do Tradutor: Eu contraí HIV de uma moça com a qual tive seis meses de relacionamento sexual que não era intenso. Era intensivíssimo].

Durante o coito, o HIV pode entrar num corpo do homem através da ponta do seu pênis (a glande) ou por quaisquer cortes, feridas ou outras aberturas, que podem ser provocadas até mesmo durante uma relação sexual mais intensa [Nota do Tradutor (…)]. A chance de transmissão são ainda maiores se a mulher é diagnosticada e transportando uma carga viral elevada  e se um homem estiver sem um tratamento, como uma das vádias infecções sexualmente transmissíveis .

MITO: se uma mulher contrai HIV, todos os seus amigos e família vão rejeitá-la.

É possível que  alguns familiares e amigos  possam ter dificuldade ao manusear esta informação. Mas as pessoas que valem a pena que permaneçam em sua vida vão entender, mesmo que demore um pouco. Não compartilhar seu status pode ser uma incrível carga para transportar. Só sei que as pessoas que a amam vão dar o seu apoio, mesmo se isso significa construir um novo círculo de “família” e amigos.

MITO: se uma mulher contrair HIV, todos vão culpa-la.

A ignorância é um dos adversários mais perigosos quando se trata de HIV/AIDS. Algumas pessoas podem acusá-la e considerarem você culpada de contrair HIV; e haverá, ainda, outras que a julgarão duplamente se você tiver contraído o HIV de seu marido e, num gesto sublime, perdoar e cuidar dele. Mas isso é com eles, e não com você. Ninguém merece contrair o HIV e ninguém merece ou procura ficar doente, exceto se já estiver mentalmente doente e isso é mais um caso para a psiquiatria do que para julgamentos; Torquemada está morto e queimando no Inferno há muito tempo. Se alguém acusa uma mulher de não se proteger, ele ou ela deveriam considerar, antes, como ele ou ela se sentiriam se a situação fosse invertida.

MITO: A mulher casada ou em uma outra relação monogâmica com um homem não estão em situação de risco para o HIV.

Monogamia presumida não é o mesmo que monogamia. Há homens que têm relações sexuais com outras pessoas e, ao mesmo tempo, um compromisso “monogâmico”, um  relacionamento com uma mulher . Isso pode colocar a mulher em um dramático aumento de risco para o HIV por ela estar presumindo que práticas de sexo mais seguro não são necessárias.

MITO: as lésbicas não estão em situação de risco  para o HIV

As lésbicas e as mulheres que fazem sexo com mulheres ainda pode contrair o HIV , assim como  outras infecções sexualmente transmissíveis. O risco é menor mas a transmissão é possível. Assim práticas de sexo mais seguro ainda devem ser observadas.

MITO: as mulheres idosas e homens idosos não estão em situação de risco  para o HIV.

Há muitas mulheres idosas e homens idosos que são sexualmente ativas e que sem dúvida  alguns usam drogas injetáveis. Eles podem ser menos propensos a usar preservativos por causa de uma falta de conhecimento ou compreensão, que pode acabar por colocá-los em maior risco, então correm risco da mesma forma independendo, inclusive, da condição de usuários de drogas injetáveis… O simples fato de beber pode afetar o julgamento e levar a um comportamento de risco.

MITO: se uma mulher contrai HIV, ela nunca mais será capaz de estar em um relacionamento ou ter relações sexuais.

Ser HIV positivo pode apresentar desafios adicionais quando se trata de relacionamentos e sexo. Mas não é, de forma alguma, o fim de todas as coisas românticas ou íntimas. A chave é a honestidade, a comunicatividade, que é válida para qualquer relacionamento. Você saberá que encontrou a pessoa certa quando você encontrar a pessoa que compreende e aceita-a com graça e companheirirmos, incluindo pessoas do seu mesmo status sorológico.

 Jenny Block

Jenny Block

Por: Jenny Block Fevereiro 11th, 2015

Traduzido do original em 9 Myths About Women and HIV por

claudio felizCláudio Santos de Souza em 24 de julho de 2015

Anúncios

Olha só pessoal.

No início do post tem uma imagem com um texto falando sobre o trabalho e os custos que a gente tem. Você que está me lendo agora, pode e tem o direito de não acreditar.

No mês de mais, quando mais de quarenta mil visitas foram registradas, houve três cooperações.

Quando nós pedimos cooperação financeira, qualquer valor é bom.

Sabe, o beija-flor pode carregar uma diminuta gota d’água em seu bico, no afã de apagar o incêndio na floresta….

E nunca será insuficiente 😊

Está conta serve para transferências de qualquer banco ou depósitos na boca do caixa de qualquer agência do Santander

Esta conta não permite, senhores abusadores, que seja feito nada a título de débito nela.

Você não poderá, como já pôde, assinar 65 revistas de uma só editora e, muito menos abrir contas de acesso à Internet 🙂

Precisa conversar

Whats App Soropositivo.Org

Estamos aqui para ajudar a pensar, não para diagnosticar. Não somos médicos ou profisionais de saúde. Buscamos ajudar com palavras amigas, conforto espiritual e, na medida do possível, terminar com a neurose gerada por bloqueiros de meia pataca ou homofóbicos sem caráter que não pensam duas vezes antes de espalhar terros entre pessoas que, quer eles, os homofóbicos, queiram ou não, são seres humanos. Tenha em mente que o numero do WhatsApp esta conectado a um CPF

A PEP é um direito de todos! Saiba onde a achar

A PEP é um direito de Todos

A PEP É um DIREITO DEDOS

[EIKYGMrz]

Top Blog Pessoal Saúde Juri Acadêmico 2013/2014

Top Blog Pessoal Saúde Juri Acadêmico
%d blogueiros gostam disto: