Anúncios
Últimas noticias

Paranóia – um anônimo

Nota. Eu atendo, via Whats App, às pessoas que têm dúvidas com relação à AIDS. Normalmente eu não menciono nada no site e, neste caso, a pessoa enviou a mensagem para que eu a publicasse, autorizando isso via whats app e eu publico com finalidade específica. Penso que isso pode servia a outras pessoas na mesma situação e gostaria de fazer uma crítica a determinados sites que publicam coisas sobre o HIV (como janela imunológica) e não as atualizam quando necessário. Estes site acabam gerando um sem número de confusões e levam as pessoas a sofrem mais ainda, com tantas informações desencontradas. Geralmente eu as acalmo dando-lhes um link, que será posto no final do texto, para que outros possam ver que não estão solitários em seus dramas. Isso me ajuda, inclusive, a ajudar outras pessoas....

Children's horrorEu venho por meio de tantas dúvidas sobre essa doença HIV, hoje com tantos recursos no mundo não é possível que não posam acabar com esse monstro HIV tão temido por todos, acho que as autoridades do mundo fecham os olhos para o HIV, mesmo tendo tratamento com drogas específicas com efeitos colaterais em diversas pessoas, mas eu acredito que um dia acabaram com esse monstro.
Vou contar um pouco da minha história de tantas dúvidas e de tanta desconfiança com a medicina.

Minha pergunta é será que sabem mesmo o tempo pra fazer o exame ?
Será que existe faz aguda ?
Teste rápidos são confiáveis ?
Será todos exame dos CTA de são Paulo  Elisa h1 e h2 são de 4ª geração ?
No dia 25 janeiro de 2015 tive uma relação de risco com uma garota de 16 anos mãe de uma criança de 8 meses de idade , eu sei q foi um erro eu ter me exposto  nessa situação , mas vamos lá… Depois desse ato no mês de março eu tive uma candidíase no pênis minha garganta infeccionou senti muita dor de cabeça igual sinusite e uma dor no peito.

Eu fui no CTA no dia 28 março fazer exame e pegar outro que eu tinha feito , quando peguei o papel do enxame anterior recebi a notícia que tinha sífilis , agente de saúde fez outra coleta pra todas as doença sexual ,todos os tipos de hepatite , sífilis e HIV 1 HIV 2 , fui pegar meu enxame depois de 20 dias já com uma consulta marcada com urologista , fui com medo peguei o resultado pra minha felicidade HIV foi não reagente , mas deu positivo pra sífilis.

Fiz o tratamento e, hoje, eu não posso doar mas sangue porque ainda tenho cicatriz sorológica no sangue e isso é pro resto da vida…

Mesmo tendo meu diagnóstico de HIV negativo fiz mais 4 teste rápidos e mais um Elisa com 5 meses da relação que deu não reagente + uma vez.

Mas eu e minha parceira tem os mesmo sintomas vamos por partes:

Primeiro mão e pés ressecados… Aí vem o resto:

Dor na nuca , sinusite atacada todos os dias , visão embaçada ,olho vermelho direto, surgiu também umas pintinhas avermelhada encima da minha mão e no meu tórax , dor abdominal , muitos espirros mais no período da manhã , na minha mão formou como se fosse uns calos e nos dedos fica descascando com um ressecamento… Então é isso eu acho que com tantos negativos será que a um sorologia mais de 7 meses kkkkk , são coisas que me perturba diáriamente, todo o tempo…

Eu pego o metro de manhã fico olhando pra mãos dos povo pra ver se o que eu tenho é normal e, se caso vir alguém com as mãos igual a minha eu ir pergunta se a pessoa tem HIV , é tantas perturbação na minha cabeça kkkkk.
Eu venho agradecer VC que criou esse blog pra quem está desesperado igual eu que eu sei q são muitos , excelente trabalho esse cara parabéns , obrigado por esclarecer minhas dúvidas , sua experiência  é fundamental .Obrigado por tudo . Abraço

Anúncios

Top Blog Pessoal Saúde Juri Acadêmico 2013/2014

Top Blog Pessoal Saúde Juri Acadêmico

um Chamado à cooperação

Precisa conversar

Whats App Soropositivo.Org

Estamos aqui para ajudar a pensar, não para diagnosticar

Ajude-nos a continuar a combater o bom combate!

Escolhidas para Você

Sobre Claudio do Soropositivo.Org (502 artigos)
Depois de assar quatro décadas tentando estabelecer pelo menos um armistício com meu pai e ver as falhas ocorrerem sistematicamente, tentativa após tentativa, eu desisti do sobrenome “de Souza”. Estava me preparando espiritualmente para isso quando uma amiga locupletou a façanha de descobrir onde está minha mãe... Sim, aquela que foi embora de casa e abandonou a mim e a meu irmão à nenhum mercê do conjunto truncado de sinapses que poderia muito bem representar meu pai. Assim, abandono os dois nomes na vida pública na rede e passarei a ser conhecido apenas pela minha condição Cláudio Soropositivo. Quem preferir, aluda-se a mim como o Cláudio do Site Sei que, para muitos, esa é uma decisão assustador. Mas foi muito mais assustador dorir no fundo do poço do elevador de um prostíbulo, enrolado num carpete cheirando a mofo, como única maneira de me abrigar do frio e Deus sabe o porquê de eu não ter sido mordido por um rato... É, sim, eu sou este da foto, que muda de vez em quando, mas sempre parece a cara de um gangster de filmes do Scorsese ou do Tarantino e, francamente, eu acho bom que seja assim. Eu mostro meu rosto, embora alguns me censurem, porque, no meu modesto ponto de vista, ser portador de HIV não é crime e, portanto, não há do que me envergonhar. Eu contraí HIV via sexual. Eu fui um DJ e, durante cinco anos fui DJ no vagão Plaza e durante uns outros dois fui DJ do Le masque. Lá, um filho da puta me pediu para fazer minhas férias e puxou meu tapete. Aí fui parar na "Segredos", uma casa gay e, de quebra, morei lá por um tempo. Rua da Amargura, onde R.A. Gomes me colocou. Mas dei a volta por cima e fu trabalhar na SKY. Depois, na Pink Santher, em Santos e, enfim, na XEQUE Mate e, terminei minha carreira, aquele que fora três vezes considerado o Melhor DJ de São Paulo, como um apagado DJ do La Concorde e do Clube de Paris, onde conheci uma das mais belas mulheres com quem convivi e a perdi. Conheci alguém novo, uma mulher "do dia", que me apresentou esta Entidade, o computador e, por muito tempo vivi de consertá-los. Sei, hoje, que ainda há muita gente que me odeia. Quer saber? Get them the hell and fuck off porque eu não dou a mínima. Simplesmente faço meu trabalho e me reporto a Deus...

2 comentários em Paranóia – um anônimo

  1. Claudio
    Bom dia
    Eu estou vivendo uma terrível dúvida por conta de um risco ocorrido a 20 dias ,após 4 dias após esta exposição apresentei um quadro de faringite ,que persiste até hoje ,febre alternada,cerca de 37,5 a 38 graus que durou uns 3 dias e dor de ouvido ,como existe a tal fase aguda pós infecção estou com muito medo por já ter problemas de saúde ,já não ser jovem e outras coisas ,gostaria se possível que vc me orientasse qual o exame mais rápido e preciso para acabar com esse sofrimento ,e dai ver o que fazer caso eu esteja infectado.
    Muito obrigado e parabéns pelo site.
    sérgio

    Curtir

    • Cláudio S. Souza // 1 de maio de 2016 às 11:37 // Resposta

      Sergio, bom dia. Bem, todos estes sintomas que vc apresenta (estou começando a odiar esta palavra) podem ser de origem psicossomática e eu pretendo colocar um link para vc aqui, de forma que vc possa sentir a lucidez do meu argumento.
      De prático, no momento vc não pode fazer nada, porque a janela imunológica, tempo que o organismo leva para responder à uma infecção depende de algum tempo, onde o organismo trabalha para poder criar anticorpos específicos e no caso do HIV a imunematológica é de trinta dias. Eu recomendo que vc volte ao site e, em qq página que vc estiver, do lado direito, no topo, vc pesquise por janela. Só janela. qq outro termo vc não encontra a página. leia-a, mas não se fixe nos cometários pois tem muita paranoia.
      Obrigado pelo Elogio. O salário do artista é o aplauso e eu fico feliz por saber que posso ajudar outra pessoas. Eu assisti um filme, Cruzadas e em determinada circunstância, alguém diz a outra pessoa: Se Deus não te ama, porque Ele deixou vc fazer tantas coisas? Recomendo o filme.

      O link a que me referi é este: http://brasil.elpais.com/brasil/2016/02/10/ciencia/1455117172_434534.html Tranquilize-se! O HIV não é ma criatura muito infecciosa, e a posibilidade de se contrair o HIV depende muito da quantidade de vírus no local onde o evento (isso tudo a nivel org^nico) e de quanto tempo houve de exposição. Take it easy and relax Você só precisa esperar. Para passar o tempo, se vc tem netflix, assista a uma séria chamada SHIELD. É algo viciante e faz vc esquecer qq problema que vc possa ter
      abraços e um bom domingo!
      Cláudio

      Curtir

Seu retorno é importante. Nós atendemos às solicitações de textos, desde que ligados ao tema central de alguma forma. Faça seu comentário, de sua opnião

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: