Últimas noticias

Vida como um Controlador de elite HIV

June 23, 2015, Por Rodney Rousseau

Depois de ser diagnosticado com o HIV em 2013, a minha primeira rodada de acompanhamento de indicadores laboratoriais mostrou uma carga viral indetectável, e minha contagem de CD4 – uma medida da saúde imunológica, acima de 900/mm3 (típico de adultos saudáveis com contagens de CD4 entre 500 e 1.200 células/mm3).  Lembro-me de meu enfermeiro ter sido surpreendido com o resultado e pediu outra rodada de testes para certificar-se de que não era um erro do laboratório.

Foi quando a segunda rodada de testes voltou, com resultados semelhantes, que ele me disse que eu poderia ser um controlador de elite.

Você sabia que, na estimativa mais elevada, cerca de 5% das pessoas vivendo com HIV mantém uma contagem de células CD4 considerada normal (acima de 500 células/mm3) por oito anos ou mais mesmo na ausência de terapia antirretroviral?

Os investigadores chamam essas pessoas “não progressores de longo termo” uma vez que eles permanecem assintomáticos ou que tenham um grande atraso na progressão da doença ao longo do curso da infecção por HIV.

hemaciaUm subconjunto menor de pessoas com HIV, cerca de 1 % -consegue suprimir a replicação viral, além de manter a contagem de CD4 maior que o esperado. Controladores de Elite, como somos chamados, mantém suas cargas virais indetectáveis até mesmo na ausência de terapia antirretroviral, embora alguns pequenos aumentos virais “frutífiquem”, tem sido documentada em alguns indivíduos.

Alguns podem sentir inveja pois eu tenho sido capaz de fugir à luta diária do HIV, a terapia antirretroviral (e seus efeitos colaterais) que a maioria das pessoas com HIV tem de suportar, com paciência, em suas vidas. Mas eu não posso dizer que senti alívio duradouro, por assim dizer, sobre o meu estado como um controlador de elite.

Após descobrir que eu era um controlador de elite, senti uma grande confusão. Eu sabia o que é um controlador de elite, mas não se traduz em saber o que é, quando se é realmente um.

Eu não era novo no Mundo do HIV- Eu tinha exercido anteriormente um trabalho voluntário com a comunidade de moradores de rua com HIV que era oferecido àqueles que pretendem seguir uma carreira como pesquisador em Microbiologia e HIV, mas eu percebi que eu nada sabia sobre o que estava acontecendo no meu próprio corpo.

Eu gostaria de iniciar a terapia anti-retroviral (TARV) imediatamente. Eu queria ter uma atitude pró ativa, de modo a que eu pudesse sentir-me no controle da minha própria saúde.

Quando me foi dito que não havia realmente nenhuma razão convincente para mim para iniciar TARV, eu tinha sentimentos contraditórios. Fiquei aliviado de não ter que tomar um ou dois ou cinco comprimidos por dia. Mas eu também senti uma falta de controle sobre minha própria circunstância. Como é que eu ia cuidar de mim? Não havia nada que eu poderia fazer?

precoEu comecei a descobrir o que é um controlador de elite, e não ter de tomar medicamentos anti-retrovirais, pode ter um preço Apesar de ter a capacidade de suprimir a replicação do HIV, controladores de elite muitas vezes sofrem com ativação imune crônica e inflamação ao longo de um tempo maior que soropositivos “normais” e em níveis superiores aos vivenciados por pessoas com HIV que controlam suas cargas virais com TARV. Enquanto a causa dessa inflamação ainda não é bem compreendida, ela está ligada a todos os tipos de problemas de saúde como, por exemplo, as condições cognitivas e das doenças cardiovasculares.

Nota do editor de Soropositivo.Org: Eu sugiro uma pausa em sua leitura, para assistir a este video e comprender, melhor, o que é a resposta imune e como isso poderia traduzir-se em SOFRIMENTO para esta pessoa com esta suposta “vantagem”. Mas, se você, como a maioria das pessoas que entam aqui o fazem, deixar o video para depois, nada lhe será pedido por isso, nem neste, nem no outro mundo 🙂   🙂   

Se voc6e viu o video compreendeu, também, que  Deus é maravilhoso, né? 🙂   🙂

Um estudo mostrou que controladores de elite tem uma taxa de hospitalização maior para doenças cardiovasculares, do que as pessoas em tratamento anti-retroviral, que têm suas cargas virais suprimidas e, ainda, as pessoas em tratamento antirretroviral com carga viral detectável. Eventos cardiovasculares foram, do ponto de vista estatístico, a causa de cerca de 30% das internações hospitalares dos controladores de elite, mas menos de 15% para pessoas que tomam medicamentos antirretrovirais.

Estou só no meus “vinte e poucos anos” e já comecei a me preocupar sobre como essas coisas me afetarão no médio e longo-prazo. Para mim, ser uma pessoa “livre de TARV não parece um benefício em hipótese alguma, tendo em vista que isso só significa que minha saúde ainda pode estar em perigo, apesar da ausência de necessidade da TARV.

Neste ponto, as pesquisas ainda não definiram” se Controladores de Elite podem obter algum benefício ao tomar TARV padrão. Em um pequeno estudo, com 16 controladores de elite descobriu que o tratamento de 24 semanas com TARV reduziu algumas medidas de ativação imune e inflamação (proteínas “biomarcadoras”) que estão associados com a mortalidade em pessoas com HIV. TARV residual reduziu também o número de anticorpos anti-HIV e vírus que persistem em níveis do sangue e tecido intestinal dos controladores de elite.

Mas, porque este estudo teve uma amostra de tamanho reduzido e não além de 24 semanas? É necessário mais acompanhamento para ver se esses tipos de alterações são clinicamente relevantes, e se fazem uma diferença significativa na vida e saúde dos controladores de elite?

Uma recente resenha no the Journal of Infectious Disease deste ano concluiu-se que precisamos de melhores dados, antes de firmar recomendações de tratamento para os médicos sobre como tratar os Controladores de Elite. Neste momento, se, e como prescrever medicamentos anti-retrovirais para Controladores de Elite é um tema que “reside firmemente na categoria de “parecer do perito.”

Gerenciar minha infecção por HIV será um processo de correção constante.

Eu me comprometo a constantemente me engajar com a pesquisa que pode informar-me qual é a melhor maneira para cuidar de minha saúde. A comunidade científica está constantemente corrigindo e expandindo o que sabemos sobre o HIV e os controladores de elite. Leio tudo o que posso, e não tenho medo de fazer perguntas, e fazer os meus trabalhos de casa com a minha saúde permite-me participar ativamente nas decisões feitas sobre meu estado de saúde. Correção constante significa que algum dia eu possa precisar iniciar a terapia antirretroviral, ou talvez algum outro medicamento.

Agora, o que significa que eu estou apenas tentando viver a vida mais saudável que eu possa, da mesma forma que eu fiz antes de ser diagnosticado com HIV: praticando exercícios físicos, alimentação saudável e lutando por uma vida equilibrada.

Rodney Rousseau é um homem gay vivendo com HIV HIV imunologia concluir uma pós-graduação em Toronto, no Canadá. Rodney é um activista e membro da comunidade trabalham com um interesse particular no impacto da ciência básica e clínica e investigação interdisciplinar entendimentos do HIV como um complexo problema de saúde. Rodney também é um autor com PositiveLite.com. 

Traduzido do Original em Life as an Elite HIV Controller por Claudio Souza. Este trabalho não sairia a contento sem os préstimos insuplantáveis da Revisão de Mara Macedo.

 legalizacao 

Fontes selecionadas.

Crowell, T. e outros.  Hospitalization rates and reasons among HIV elite controllers and persons with medically controlled HIV infection. Oficial de Doenças Infecciosas. ATÉ 2014.

Karris, M. e Haubrich, R. Antiretroviral therapy in elite controllers: Justified or premature? oficial de doenças infecciosas. ATÉ 2014.

Krishnan, S. e outros. Evidence for innate immune system activation in HIV type 1-infected elite controllers. Oficial de doenças infecciosas. ATÉ 2014.

-Saag, M. e Deeks declarou, S. How do HIV elite controllers do what they do? clínica Doenças Infecciosas. ANO 2010.


Publicidade/Sponsorship

Panela Maromba apoia a Soropositivo.Org

Sobre este vídeo. O Panela Maromba contribui como polo catalizador de doaçoes para a comercialização no Brechó Positivo, uma iniciativa nossa, o casal que mantém Soropositivo.Org há 15 anos, de obter sustentabilidade para este site.

Anúncios

Precisa conversar

Whats App Soropositivo.Org

Estamos aqui para ajudar a pensar, não para diagnosticar

Top Blog Pessoal Saúde Juri Acadêmico 2013/2014

Top Blog Pessoal Saúde Juri Acadêmico
Sobre Claudio Santos (509 artigos)
Depois de passar quatro décadas tentando estabelecer pelo menos um armistício com meu pai e ver as falhas ocorrerem sistematicamente, tentativa após tentativa, eu desisti do sobrenome “de Souza”. Estava me preparando espiritualmente para isso quando uma amiga locupletou a façanha de descobrir onde está minha mãe... Cláudio Santos. Quem preferir, aluda-se a mim como o Cláudio do Site,ou Cláudio do Soropositivo.Org, ou ainda aquele da promessa não cumprida: Cláudio, o trouxa do livro que acreditou em "palavra emprenhada". Eu mostro meu rosto, embora alguns me censurem, porque, no meu modesto ponto de vista, ser portador de HIV não é crime e, portanto, não há do que me envergonhar. Eu contraí HIV pela via sexual. Eu fui um DJ e, durante cinco anos fui DJ no vagão Plaza e durante uns outros dois fui DJ do Le Masque. Lá, um filho da puta me pediu para fazer minhas férias e puxou meu tapete. Aí fui parar na "Segredos", uma casa gay e, de quebra, morei lá por um tempo. Rua da Amargura, onde R.A. Gomes me colocou. Mas dei a volta por cima e fu trabalhar na SKY. Depois, na Pink Panther, em Santos e, enfim, na XEQUE Mate e, terminei minha carreira, aquele que fora três vezes considerado o Melhor DJ de São Paulo, como um apagado DJ do La Concorde e do Clube de Paris, onde conheci uma das mais belas mulheres com quem convivi e a perdi. Conheci alguém novo, uma mulher, "do dia", que me apresentou esta Entidade, o computador e, por muito tempo vivi de consertá-los. Sei, hoje, que ainda há muita gente que me odeia. Quer saber? Get them the hell and fuck off porque eu não dou a mínima. Simplesmente faço meu trabalho e me reporto a Deus... E pra quem não acredita em resiliência, eis meu histórico médico De acordo com o que preceitua o Código de Ética Médica, nos termos da legislação vigente e de conformidade com o pedido formulado pelo interessado, declaro que o Sr Cláudio Santos de Souza, matrícula no serviço sob registro RG3256664J, está em acompanhamento regular com seguintes diagnósticos/CID-10 até o presente momento: #HIV/Aids diagnóstico em 11/1996 (B24) #Candidíase oral 1996 (B20.4) #lnfecção latente tuberculosa tratada com Isoniazida em 1997 (Z20.1) #Arritmia cardíaca: bloqueio parcial ramo D/bradicardia sinusal por antidepressivos tricíclicos em 2006 (I49.9/R00.1) #Depressão (F32) Dislipidemia (E78.5) Diabetes (E14.) Obesidade (E66.) #PO tardio de gastroplastia redutora (técnica Capella 10/2011) #Embolia Pulmonar (126.) em 2011 + hipertensão pulmonar #HAS (110) controlada após cirurgia bariátrica Catarata (H26.9) #Sífilis (A51.0) gonorréia (A54.0), herpes genital (A60) Litíase vesicular (K80.5) #Trombose venosa profunda/tromboflebite MMII de repetição (182.9): 2008, 2009 e 2010 #lntervenção cirúrgica em 21/01/2013: de herniorrafia incisional abdominal, apendicectomia, colecistectomia #Herpes zoster ramo oftálmico 04/2015 (B02) 2 # Neuropatia periférica em membros superiores e inferiores (G62.9), acarretando fraqueza muscular, parestesias e dor, medicado e em seguimento pela equipe de dor #Angioma cavernoso cerebelar - em seguimento com neurologia Tratamento: TDF+3TC+ATVr, ezetimibe, alopurinol, AAS, atorvastatina, enoxaparina, clomipramina, risperidona, zolpidem, clorpromazina, flunitrazepam, gabapentina, amitriptilina, metadona Últimos exames: CD4=1070 (28%)/CD8=1597 rel=0,67 (08/03/2015) e Carga viral- HIV(PCR)

2 comentários em Vida como um Controlador de elite HIV

  1. Ola, será que um controlador de elite altera o tempo de janela imunológico, o tempo para a soroconversao?

    Curtir

    • Parece-me, e eu raramente me engano, que vc está tentando encontrar uma maneira de negar, ou renegar, um exame não reagente.
      Vc está enganado. A pessoa que é controladora de elite cria uma quantidade muito maior de anticorpos do que uma pessoa +++normal+++
      E, não pense que se você fosse um Controlador de Elite você estaria ai, numa boa. Geralmente os controladores de elite tem tantos anticorpos desocupados que eles passa a viver como desocupados.
      Ai você me pergunta:
      -“Como vivem os anticorpos desocupados”? E eu respondo:
      -“Fazendo arruaça”, forçando você a frequentar o ambulatório e o posto de saúde com uma fidelidade maior que a maioria das pessoas
      E se, eu não me engano, vc já leu sobre isso, neste texto…. Ou eu devo presumir que vc achou o início do texto e veio direto aos comentários.
      Faça seu testes, se ainda não o fez e, se você cumpriu o tempo de janela iunológica faça-o. E se fez cumprindo a janela imunológica que está no link ai atrás, e deu negativo, aceite-o e aprenda a lição:
      Sua vida vale mais que a M3r%4 de uma transa

      Curtir

5 Trackbacks / Pingbacks

  1. Pesquisador espanhol afirma que AIDS está perto de ser controlada informa o portal Mundo Positivo | Soropositivo.Org Desde 1° de Ago de 2000
  2. Enzima APOBEC pode fazer o HIV Co-habitar com o Organismo Humano pacificamente, informa o Jornal Ciência do R7 | Soropositivo.Org Desde 1° de Ago de 2000
  3. Em busca da cura:  Remissão da infecção por HIV e controle de Pós-tratamento de longo prazo sugere possibilidade de cura funcional | Soropositivo.Org – Há vida com HIV
  4. Cientistas veem mecanismo de ”cura” espontânea de HIV – Soropositivo.Org. Há vida com HIV
  5. Janela Imunológica. Os fatos. Soropositivo.Org - Há vida com HIV

Seu retorno é importante. Nós atendemos às solicitações de textos, desde que ligados ao tema central de alguma forma. Faça seu comentário, de sua opnião

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: